Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


As Tâmaras foram parar à Frigideira

por Moira, em 03.10.11

Para o jantar de aniversário da minha irmã preparei estes lombinhos com tâmaras.

Como o doce e o salgado juntos nem sempre são do agrado de todos, e neste caso tinha que agradar à aniversariante, resolvi fazer o molho das tâmaras à parte, para que ninguém ficasse sem comer.

Lombinhos de Porco com Tâmaras - para 4 pessoas

Ingredientes:

  • 2 lombinhos de porco
  • 6 cebolas médias cortadas em gomos finos
  • 1 fio de azeite
  • 1 pitada de sal
  • 250 ml de Brandy de Jerez
  • 250 ml de água
  • 10 a 12 tâmaras descaroçadas cortadas em rodelas

Preparação:

Fatiar os lombinhos com cerca de 1 cm de espessura e alourá-los no azeite, apenas para selar a carne.

Alourar a cebola no azeite que ficou de alourar a carne, até ficar macia.

Voltar a colocar a carne no tacho, regar com o brandy, tapar e deixar cozinhar em lume brando.

Conforme o molho se for evaporando juntar um pouco de água.

Retirar metade do molho para um tachinho e acrescentar as tâmaras, se necessário acrescentar um pouquinho de água, deixar fervilhar um pouco e servir numa molheira à parte.

Para acompanhar fiz um arroz de açafrão e deveria ter servido uns espinafres salteados que no meio da confusão ficaram completamente esquecidos, e só eu dei por falta deles.

 

Notas: Pode substituir o Brandy por Rum e se todos gostarem dos sabores agridoces pode juntar as tâmaras com a carne quando a mesma estiver cozinhada, deixando fervilhar um pouco apenas para misturar os sabores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31

Sem muitas Palavras

por Moira, em 10.01.11

Há dias em que as palavras não fluem, tenho a receita, tenho as fotos e ainda assim não sei o que escrever.

Da aparelhagem sai um som de fundo, oiço o Summertime, na versão do Miles Davis, acho que foi a frustração de mais um dia sem sol que me levou a escolhê-la, no entretanto passei pelo facebook e escrevi sobre as minhas distracções, imaginem-me de avental e chapéu na cabeça, e não, não era um chapéu de cozinheiro, era mesmo um chapéu preto impermeável por causa da chuva, dá para imaginar a figurinha?

Não adianta, hoje não há mais texto, por isso passemos à receita.

Bochechas de Porco Estufadas em Cerveja

Ingredientes:

  • 8 bochechas de Porco, limpas de peles e gorduras
  • 2 cebolas médias
  • 2 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 raminho de salsa
  • 1 colher de sopa de pimentão doce
  • 1 cerveja mini
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • sal e pimenta q.b.

Preparação:

Colocar o azeite no tacho, a cebola e o alho, a carne e os restantes ingredientes, tape e deixe cozinhar em lume brando até estar macio, convém ir deitando um olho para que a cerveja não se evapore completamente, caso isso aconteça acrescente mais cerveja ou um pouco de água.

Sirva com batata cozida com casca e grelos salteados.

 

Nota: Eu resolvi cozinhá-las num wok em vez do tacho vulgar, e em lume muito brando demorou cerca de hora e meia, talvez duas horas para ficarem bem macias, quase a desfazerem-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:10

Bolotas? Não havia nada melhor para acabar 2010?

por Moira, em 28.12.10

Estou desejosa que passem as festas, que acabe o ano e que se inicie um novo ciclo.

O ano que passou trouxe-me mais coisas más do que boas, e embora as boas sejam as que permanecem com agrado na minha memória estou desejosa de fechar a porta e deixar para trás um ano que passou depressa e mal.

Das coisas boas de 2010 ressalvo uma em especial, o facto de me ter cruzado com um grupo de pessoas maravilhosas, todas diferentes e afinal tão iguais. Onde estamos geramos a maior das algazarras, falamos todas ao mesmo tempo, mas ninguém se importa, estamos sempre desejosas de provar as iguarias umas das outras e perdemos-nos em conversas, risotas e boa disposição.

Para todos vós e para elas em especial votos de um novo ano cheio de saúde, esperança, amizade e muitas comidinhas boas.

 

Posto isto, passemos às Bolotas que foi o que aqui me trouxe hoje. Quem disse que as Bolotas são para os Porcos?

Poucos saberão que as bolotas não são só para os porcos, em tempos idos fazia-se pão com farinha de bolota e também com farinha de castanha.

As bolotas podem ser consumidas da mesma forma como se consomem as castanhas, por isso nada como experimentar uma coisa diferente.

A receita que vos trago hoje encontrei-a em Cocina con Chico, não sei se é típica de alguma região espanhola, mas é sem dúvida agradável e diferente do usual. As Bolotas foram-me oferecidas por uma colega de trabalho que gosta delas assadas na lareira, como eu não tenho lareira mandei-as para a frigideira. Receita original (Solomillo con Bellotas) em espanhol com fotos do passo a passo muito úteis.

Lombinhos de Porco com Bolotas

Ingredientes:

  • 1 lombinho de porco
  • 12 bolotas
  • 3 dentes de alho
  • 1/2 copo de brandy (usei whisky)
  • 1 fio de azeite
  • sal e pimenta q.b
  • 1 colher de café de Tomilho (usei Tomilho Limão das Ervas da Zoé)
  • 1/2 copo de cerveja
  • Salsa (não usei porque não tinha)

Preparação:

Cortar a coroa da bolota e retirar a casca rija. Levar um tacho ao lume com água, quando ferver colocar as bolotas e deixar ferver por um ou dois minutos, pelar as bolotas e cortá-las em lâminas.

Colocar as bolotas cortadas numa frigideira com um pouco de azeite em lume muito brando, para cozinharem sem que fiquem douradas, durante cerca de 10 minutos, acrescentar os alhos laminados e deixar cozinhar por mais dez minutos

Noutra frigideira colocamos mais um pouco de azeite e em lume bem forte douramos os lombinhos de porco cortados em rodelas largas de um lado e do outro, temperamos com sal e pimenta, regamos com o brandy, eu usei whisky e pegamos fogo, nesta parte é necessário ter algum cuidado para não pegar fogo a nada, principalmente se a chaminé for baixa e com exaustor.

Quando se apagar o fogo, adicionam-se as bolotas e os alhos, adiciona-se o tomilho, um pouco de salsa picada e meio copo de cerveja e deixa-se cozinhar até que quase todo o molho tenha evaporado. Serve-se quente com espinafres ou grelos salteados.

 

Actualização em 4 de Janeiro de 2011

Encontrei um texto muito interessante sobre bolotas no Via Natura que vale a pena ler.

Soube também através de um comentário que a Herdade do Freixo do Meio tem uma loja no Mercado da Ribeira e que está a comercializar farinha de bolota, bolota assada e biscoitos de bolota, com sorte quem sabe não teremos ainda a oportunidade de para o ano termos por lá também umas bolotinhas à venda. Para já a loja abre às sextas das 8h-14h e das 15h-19h e aos sábados das 8h-14h.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:05

Nem é Carne, nem é Peixe, são as duas coisas

por Moira, em 09.05.10

Fazendo uma pausa nos relatos da viagem, deixo-vos o meu almoço de sábado.

Esta é uma receita recorrente na minha cozinha, foi uma espécie de amor à primeira vista, não é carne, nem é peixe, é tudo junto e é muito bom, creio que vinha num dos primeiros números da Saberes e Sabores, mas há muito que a faço de memória talvez já não esteja conforme o original, ainda assim continua a encantar-me.

Aproveitando uma belíssima carne de porco que comprei em terras transmontanas, lembrei-me desta dupla de sucesso e fiz dela o meu almoço.

Carne de Porco com Camarão

Ingredientes:

  • 4 bifinhos de porco cortados às tiras
  • 8 camarões
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 colheres de sopa de pickles picadinhos
  • sal q.b.
  • 4 colheres de sopa de Azeite Aromatizado com Sal Picante da Casa do Sal da Figueira da Foz
  • 3 batatas cortadas aos cubos

Preparação:

Numa frigideira fritar as batatas, noutra colocar o azeite e alourar a carne com um dente de alho picado, retirar a carne e alourar os camarões com o outro dente de alho picado, voltar a juntar a carne, temperar com sal e adicionar os pickles picados. Se necessário borrife com um cálice de vinho branco.

Juntar as batatas à carne e aos camarões, misturar tudo e servir de imediato.

 

Nota: Acompanhamos a refeição com um Pegos Claros 2005, um Palmela tinto da Companhia das Quintas, perfeito !

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:52

Tertúlias da Pipoka

por Moira, em 17.11.09

A Pipoka é uma das Three Fat Ladies, parece ser um doce de pessoa, pelo menos é assim que a imagino, gosta de experimentar comidas exóticas, é fã incondicional de comida indiana e é também uma das participantes no projecto 4 por 6, de que já vos falei antes. Este também era um dos blogs que eu lia antes de de ter iniciado o Tertúlia, e é um blog a que recorro frequentemente quando estou sem ideias para o jantar (acreditem que também tenho dessas coisas).

Esta cozinha hoje fica mais uma vez nas mãos de mais uma das minhas convidadas,  mãos cheias de mestria como poderão comprovar pela receita enviada pela Pipoka.

Deixo-vos as palavras e a receita com que me presenteou:

As especiarias são uma boa metáfora para representar a minha paixão pelo Tertúlia de Sabores (e admiração pela Moira). Um blogue aromático, doce, quente, aconchegante... que me viciou por estes ingredientes, mas também pela sabedora prosa da Moira, as belíssimas imagens e as receitas inspiradoras. Os meus parabéns pelos 2 anos do Tertúlia, e por tudo o que faz deste blogue um dos meus favoritos.

 

Fotos da autoria da Pipoka, gentilmente cedidas para este evento.


Entrecosto Caramelizado com Especiarias

e Arroz de Ananás -  para 4 pessoas
Ingredientes:

  • 1 kg entrecosto
  • 3 colheres de sopa de vinho do porto
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher chá piri-piri em pó
  • ½ colher de chá de pimenta da Jamaica em pó
  • ½ colher de chá de sementes de coentros em pó
  • ¼ colher de chá de canela em pó
  • 1 colher sopa de gengibre fresco ralado
  • Sal q.b.
  • 2 colheres de sopa de açúcar amarelo
  • 2,5 dl de água (ou caldo de carne)
  • 2 malaguetas
  • 2 colheres sopa de vinagre de arroz
  • 100 g de ananás

  • 200 g de arroz de jasmim
  • Coentros a gosto (as folhas)

Preparação da Carne:

Corte a carne de acordo com o seu gosto (pode deixar a peça intacta, mas levará mais tempo a cozinhar). Num recipiente, misturar o vinho, as especiarias, 1 colher de sopa de azeite, o açúcar e o sal. Esfregar esta mistura no entrecosto.

Colocar o entrecosto num saco plástico juntamente com a marinada. Deixar marinar cerca de 30 minutos. Selar o entrecosto no resto do azeite (1 colher de sopa), em lume forte para que fique ligeiramente tostado. Baixar o lume e juntar a marinada, o vinagre e o gengibre. Deixar cozinhar, sempre em lume brando, até o entrecosto ficar tenro e o molho ficar espesso e caramelizado (cerca de 1h30 para entrecosto cortado, 2h para peça inteira). Atenção: se o molho caramelizar muito depressa pode ser necessário juntar um pouquinho mais de água.

Preparação do Arroz:

Entretanto, cortar o ananás em cubinhos pequenos.

Tirar as sementes e os veios da malagueta e cortá-la em pedacinhos.

Preparar o arroz de acordo com as instruções da embalagem.

Juntar o ananás e a malagueta. Enfeitar com folhas de coentros.


Receita adaptada do livro Spice it. 

 

 

Como diria a minha avó um grande "Bem Haja" que quer dizer o mesmo que Obrigada Pipoka! Pela receita, pela dedicação com que a executaste e pelas palavras simpáticas que me enviaste. Gostei muito da sugestão que de certeza me lembrará de ti cada vez que a executar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:29







Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D