Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia da Hipertensão

por Moira, em 17.05.13

Já todos devem saber que eu não sou fã de dias disto e dias daquilo, no entanto compreendo que cada vez mais é necessário criar um dia específico, para em conjunto chamar à atenção da população em geral, para um determinado assunto. Neste caso eu diria que é um problema e afecta um enorme número de portugueses.

Hoje é o Dia Mundial da Hipertensão, e segundo dados da Sociedade Portuguesa de Hipertensão, mais de 40% dos portugueses sofre deste mal. Só na minha família tenho 5, por isso há que ter cuidados redobrados, nomeadamente: reduzir o sal, controlar os valores da tensão arterial, praticar algum exercício físico, comer mais fruta e legumes, e nunca stressar, em resumo adoptar um estilo de vida mais saudável para assim contornar algumas maleitas.

Apesar de nem todos os casos de hipertensão serem derivados da alimentação, há no entanto uma clara relação entre o consumo de sal e o aparecimento da doença.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o consumo de sal recomendado por adulto deveria ser de 5 g diários ao invés dos 10,7 g que consumimos e no que toca às crianças, os números então são assustadores, pois consomem 4 vezes mais que a dose diária (3 g) recomendada, há por isso que reflectir sobre o assunto e começar por alterar hábitos.

Bonsalt é um bom aliado dos hipertensos, por isso, neste dia da Hipertensão, nada como um receita sem sal, onde o sal convencional é substituído por Bonsalt. Escolhemos uma receita mais saudável, não deixando no entanto de ser apelativa à vista e ao palato.

Peito de Frango Grelhado com Couscous e Molho de Citrinos

Ingredientes:

  • 2 peitos de frango
  • 1 chávena média de couscous
  • 1 chávena de água a ferver
  • 1 a 2 dentes de alho laminados
  • Bonsalt q.b.
  • salada e algumas folhas de manjericão

Para o molho

  • sumo e raspa de meia laranja
  • sumo e raspa de meia lima
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 pitada de pimenta moída no momento

Preparação:

Misturar todos os ingredientes do molho e reservar.

Temperar os peitos de frango com Bonsalt, os dentes de alho laminados, um terço do molho de citrinos e deixar marinar pelo menos 30 minutos.

Grelhar o frango numa chapa quente.

Entretanto preparar colocar o couscous numa taça, deitar por cima a água quente com uma colher de café de Bonsalt e duas colheres de sopa do molho de citrinos, mexer e reservar tapado por 5 a 10 minutos. Soltar os grãos do couscous com um garfo, rectificar temperos se necessário e colocar uma porção no centro dum prato, colocar o peito de frango grelhado por cima e decorar com salada a toda a volta e algumas folhas de manjericão. Regar o frango e a salada com o restante molho e servir de imediato.

Notas:

O molho de citrinos foi baseado no molho elaborado no workshop que o substituto de sal Bonsalt ofereceu no Kiss the Cook há alguns meses atrás.

Pode substituir o couscous por outro acompanhamento mais a gosto, mas não prescinda da salada.

O substituto de sal Bonsalt usa-se da mesma forma que o sal marinho, no entanto por ser um sal à base de potássio não deve ser consumido por pessoas com problemas renais ou doentes cardíacos de longa data, pelo que deve consultar sempre o seu médico antes de usar, este ou qualquer outro produto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

Simples e Saboroso

por Moira, em 08.05.13

Numa alimentação saudável o sal tal como o açúcar, devem ser sempre usados com moderação.

Devemos privilegiar o uso de ervas aromáticas e especiarias no tempero dos alimentos, evitar os açúcares refinados, e reduzir o consumo de gorduras. Para completar este quadro o ideal é praticar algum tipo de exercício físico, pelo menos 2 a 3 vezes por semana.

Assim, e no âmbito da colaboração com o substituto de sal Bonsalt, trago-vos mais uma receita simples e relativamente rápida de confeccionar que usa este ingrediente.

Sendo o Bonsalt um sal (cloreto de potássio), também ele deve ser consumido de forma moderada, pelo que o uso do alecrim nesta receita permite diminuir muito a quantidade de sal que se usaria habitualmente.

Apesar de nem todos serem apreciadores, esta é uma das carnes que, quando de boa qualidade, pouco ou nada precisa para ficar saborosa.

Costeletas de Borrego Grelhadas com Alecrim

(Inspirada e adaptada de uma receita do Chef Kerry Simon)

Ingredientes:

  • 6 costeletas de borrego
  • 1 colher de sopa de alecrim fresco (só as folhas)
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • Bonsalt q.b.

Acompanhamento:

  • 2 maçãs de preferência que não sejam ácidas
  • 1 colher de café de caril em pó
  • umas gotas de tabasco verde a gosto
  • 1 colher de chá bem cheia de mel
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de água

Preparação da Carne:

Pincelar as costeletas com azeite.

Temperar com Bonsalt, polvilhar com o alecrim picado e deixar marinar por cerca de uma hora.

Aquecer a grelha, colocar as costeletas e grelhar de ambos os lados a gosto.

Preparação do acompanhamento:

Descascar as maçãs, fatiá-las e regá-las com o sumo de limão.

Levar uma frigideira anti-aderente ao lume com o azeite, quando estiver quente juntar as maçãs, polvilhar com o caril, adicionar a água e deixar cozinhar por alguns minutos, o tempo de cozedura depende da variedade de maçã que usar. Regar com um fio de mel, juntar umas gostas de tabasco verde, mexer para envolver e servir junto com as costeletas e uma salada de agrião.

Nota:

O substituto de sal Bonsalt usa-se da mesma forma que o sal marinho, no entanto por ser um sal à base de potássio não deve ser consumido por pessoas com problemas renais ou doentes cardíacos de longa data, pelo que deve consultar sempre o seu médico antes de usar, este ou qualquer outro produto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

Para uma Páscoa Saudável

por Moira, em 05.03.13

Manda a tradição oferecer amêndoas na Páscoa, mas não têm que ser cheias de açúcar, pois não?

Para uma Páscoa mais saudável, vamos cortar no açúcar e no sal sem que com isso tenhamos que comer coisas menos apetitosas.


Bolachinhas de Amêndoa

Ingredientes:

  • 350 g de farinha de trigo
  • 50 g de amêndoa moída em farinha
  • 100 g de açúcar amarelo
  • 150 g de manteiga sem sal
  • 1 ovo pequeno
  • raspa de 1 limão
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 colher de café de Bonsalt*

Para guarnição:

  • amêndoa lascada q.b.
  • gema de ovo ou clara de ovo para pincelar

Preparação Tradicional:

Misturar farinha, amêndoa, açúcar, raspa de limão e Bonsalt.

Juntar manteiga cortada aos cubinhos e misturar até obter um preparado com aspecto de areia molhada.

Adicionar o ovo e o sumo de limão, misturando até formar uma bola de massa.

Fazer 2 ou 3 rolos de massa com cerca de 3 cm de diâmetro e levar ao frigorifico durante 1 hora.

Aquecer o forno a 180º, cortar as bolachas com cerca de meio cm de espessura e colocá-las num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Pincelar as bolachas com gema de ovo ou clara de ovo batida e polvilhar com amêndoa lascada.

 

Preparação Bimby / Thermomix:

Colocar todos os ingredientes no copo e programar 15 segundos, velocidade 5.

Retirar a massa do copo, sobre uma superfície enfarinhada formar 2 ou 3 rolos com cerca de 3 cm de diâmetro, embrulhar em papel de alumínio e deixar repousar durante 1 hora no frio.

Aquecer o forno a 180º, com uma faca cortar as bolachas com cerca de meio cm de espessura e colocá-las num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Pincelar as bolachas com gema de ovo ou clara de ovo batida e polvilhar com amêndoa lascada.

 

Notas:

Pincele apenas 5 ou 6 bolachas de cada vez, para que a amêndoa fique colada, caso contrário o ovo seca e a amêndoa não cola.

O Bonsalt é um sal sem sódio, próprio para hipertensos, no entanto não deve ser consumido por pessoas com problemas renais.

Para qualquer dúvida o ideal é consultar o médico.

* Pode substituir o Bonsalt por sal marinho refinado ou simplesmente omiti-lo da receita.

Rende cerca de 80 bolachas pequeninas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Tradutor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D