Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bacalhau? Onde?

por Moira, em 15.06.10

Para mim alheira que é alheira, é de carne e feita pela minha comadre transmontana, mas agora andam para aí umas modernices que inventaram umas alheiras de bacalhau que até se comem.

Eu já experimentei, e tenho a dizer o seguinte, estas alheiras têm tudo para ser boas, tempero, pão, azeitonas e o bacalhau, claro está.

Agora não sei se fui eu que tive azar ou se serão todas assim, fazendo um pouco lembrar uns pastéis de batata com cheiro de bacalhau que se vendem por aí e a que chamam pastéis de bacalhau, a minha alheira tinha 0,5% de bacalhau, 1% de azeitonas e 98,5% de pão e temperos, o que fazia dela umas migas feitas com água de cozer bacalhau, ora bem, se era para comer açorda dentro de uma tripa eu também a fazia, por isso o final da outra alheira de bacalhau que tinha em casa foi este:

Tarteletes de Alheira de Bacalhau

Ingredientes:

  • 1 folha de massa quebrada
  • 1 alheira de bacalhau
  • sobras de bacalhau cozido salteado em azeite e alho (equivalente a meia posta)

Preparação:

Retirar a tripa da alheira e colocar o conteúdo num prato, desfazer com um garfo e misturar o bacalhau às lascas.

Estender a massa sobre uma tarteira, picar o fundo com um garfo, colocar a mistura da alheira por cima e levar ao forno quente por 15 a 20 minutos ou até estar douradinho.

 

Servir com uma salada de tomate cortado aos cubos, pepino, cebola e folhas de mangericão.

 

Notas: Fiz tarteletes individuais mas pode fazer-se uma tarte grande.

Para a massa quebrada pode encontrar óptimas receitas no Figo Lampo ou no Outras Comidas, neste caso usei uma que tinha de compra e que não era grande coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:57


38 comentários

De Carina a 16.06.2010 às 14:28

Mas que belíssima ideia!!!!
Hà que saber sempre dar a volta à questão... uma alheira que tinha sido uma desilusão, acabou numa bela iguaria!!!!

Beijocas :)

De Moira a 16.06.2010 às 17:55

Carina,
Aqui em casa é como na famosa Lei de Lavoisier ;)
Bjs

De Gasparzinha a 16.06.2010 às 12:44

As últimas alheiras que comi, foram umas caseirinhas que me ofereceram e me regalaram.
Dessas de bacalhau já ouvi falar, mas nunca provei, agora essa tua tarte, amiga, ficou com um aspecto delicioso!! :)

Beijinhos

De Moira a 16.06.2010 às 12:57

Gasparzinha,
Eu só como alheiras caseiras e feitas por pessoas que conheço e que são como minha família. Estas de Bacalhau vendem-se agora nos hipermercados, são saborosas mas escassas em bacalhau, já as tartes ficaram um mimo. muito saborosas, mas para a próxima faço eu as migas e escuso de estar a pagar pão ao preço de bacalhau ;)
Beijocas

De Margarida a 16.06.2010 às 12:22

Sou muito reticente em relação a essas inovações. Não imagino muitas vezes o sabor convencional de certas comidas noutro formato. Não sei se me entendes mas é assim como o chouriço de atum que já se comercializa aqui no Sul..
Mas se não soubesse que essas tarteletes eram feitas com alheira de bacalhau não pensava duas vezes.. : )
beijinho

De Moira a 16.06.2010 às 12:37

Margarida,
Sabes que a base das alheiras é exactamente a mesma que a base das migas alentejanas, só varia muito ligeiramente no tempero. Por isso fazes umas migas de bacalhau, e com o que sobrar, acrescentas as azeitonas ou algo mais que aprecies e fazes as tarteletes ;)
É o que vou fazer da próxima vez pois as alheiras não são própriamente baratinhas.
Beijinhos

De mesapara4 a 16.06.2010 às 11:53

Que tarteletes tão bonitas :) e com alheira de bacalhau devem ser muito boas :*

De Moira a 16.06.2010 às 12:39

E ficaram mesmo, mas para a próxima faço eu o recheio com a sobra de umas migas de bacalhau que costumo fazer e adoro.

De Cacahuete a 16.06.2010 às 10:52

E e assim que se acaba com a ultima alheira de bacalhau, ou melhor, de pao com cheiro a bacalhau.
Ficou com um lindo aspecto, e por certo foi uma bela forma de comer este tipo de alheira. Por acaso ainda nao provei...

Beijinhos

De Moira a 16.06.2010 às 17:57

Cacahuete,
Sabes o que me dá pena, é que estas alheiras têm tudo para ser um sucesso é uma pena que não tragam bacalhau como deve ser, ou se calhar fui eu que tive azar.
Se encontrares prova, porque até são boas de sabor.
Beijocas

De Babette a 16.06.2010 às 10:34

Se não tens bacalhau caça com tartelettes, é o que eu tenho a dizer!
Babette

De Moira a 16.06.2010 às 12:58

Hahahaha

De Sandra G a 16.06.2010 às 10:12

Nunca comi alheira de bacalhau!!Mas parece-me ser um petisco.
Na versão de tarteletes deve ficar uma maravilha.
Nunca vi á venda alheira de bacalhau?!!!Será que é só lá para o Norte?

Beijinhos

De Moira a 16.06.2010 às 17:59

Sandra,
Eu não vivo no Norte :) estas alheiras compram-se em Lisboa, creio que em mais do que um supermercado, mas no caso comprei-as no Continente.
A versão tartelete é muito melhor que as alheiras, embora as ditas sejam bastante saborosas.
Bjs

De Noêmia a 16.06.2010 às 08:21

Moira, você conseguiu transformar uma 'alheira desastrosa' numa bela refeição! É assim que é!!!
:o)

De Moira a 16.06.2010 às 18:01

No fundo limitei-me a acrescentar o bacalhau que lhes faltava e a pôr dentro da massa, já sabes que sou bem desenrascada.
O resultado é bastante agradável.
Bj

De conceição a 16.06.2010 às 08:16

Está com excelente aspecto.
Bjs

De Moira a 16.06.2010 às 18:02

E também ficou bom de sabor e com uma apresentação catita :)
Bjs

De sofia a 16.06.2010 às 08:16

Moira,
deste a volta a questao com muito estilo! ;)
desejo-te um bom dia!
sofia

De Moira a 16.06.2010 às 18:03

Sofia,
Temos que ser desenrascadas :)
Bjs

Comentar post


Pág. 2/2








Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D