Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hoje abro uma excepção...

por Moira, em 17.06.09

Porque neste blog qualquer desafio só faz sentido se for para falar de comidinhas, hoje abro uma excepção e vou falar de memórias, aquelas que gostaria de reviver em "slow motion", mas como nas memórias há sempre algo saboroso envolvido deixo-vos aquela receita que andava à procura faz tanto tempo, a das Rosquilhas de Azeite da minha terra.

 

Rute desafiou-me para  descrever cinco momentos da minha vida que gostaria que passassem em "slow motion" e eu de repente percebi que tenho tantos momentos felizes que a dificuldade está em escolhe-los, mas então aqui vai:

  • A minha infância, porque toda a minha infância foi feliz, mas tenho que destacar dois momentos: a minha passagem pela ilha de S. Tomé, ilha que ainda hoje consigo recordar com saudade apesar de lá ter estado com apenas 7 ou 8 anos e a minha estadia em Angola com especial destaque para uma viagem que fiz por picadas (estradas de terra batida) pelo meio da selva desde o sul até à cidade de Malange onde passava férias com os primos do meu pai, descrever essa viagem aqui era impossível tantos são os pormenores que tenho na minha memória, mas numa palavra só, posso dizer que foi inesquecível. 
  • O dia do meu casamento, porque foi diferente de todos os casamentos que conheço, só tenho pena que não me "tivessem deixado" casar de Jeans, acho que tive que fazer algumas cedências. 
  • A minha estadia na Alemanha, onde passei dois meses a estudar Alemão no Göethe Institute de Kontanz, com colegas do mundo inteiro, foi uma experiência muito agradável e uma aprendizagem de vida. No final acho que saí de lá a falar melhor Castelhano do que Alemão, mas em compensação conheci toda a zona dos Alpes, um dos mais belos locais para quem gosta de estar em contacto com a natureza.
  • A minha viagem a Itália em que passei um mês inteiro a percorrer várias cidades, vilas e aldeias, com um percurso pouco usual feito pelo meu amigo italiano que vive perto de Milão. Em Florença, quando visitei a pequena igreja que fica junto à casa onde viveu Dante, o mesmo que escreveu "A Divina Comédia", o espaço em questão era de uma simplicidade pouco vista nos monumentos italianos, e lá dentro senti uma paz de espirito que nunca tinha experimentado, e perto de Piacenza uma festa de aldeia, com comidinha caseira feita pelas "mamas" e um grupo coral que cantou cantigas do tempo da resistência, eu e o meu marido eramos os únicos estrangeiros por lá e fomos tratados como príncipes, inesquecível!
  • Por fim os jantares com os meus amigos, eles sabem quem são. Estes jantares são sempre muito especiais começando com a programação das ementas, passando pela confecção das refeições, muitas vezes feitas em conjunto, finalizando com momentos muito saudáveis de convívio e cumplicidade que só se têm com amizades tão antigas como as nossas.

Para acompanhar este desafio uma receita dos meus sabores de infância que encontrei por acaso este mês na revista do Clube de Consumidores da Lusitana e que foi enviada pela Dª. Licínia Monteiro Nobre, a ela também o meu agradecimento.

Rosquilhas de Azeite

Ingredientes:

  • 250 g de farinha de trigo fina (self-raising) - Usei farinha normal sem fermento
  • 40 ml de azeite (usei azeite aromatizado com louro e oregãos)
  • meia colher de café de sal
  • Água morna q.b (usei 100 ml)

Preparação:

Numa tigela deite a farinha e faça uma cova no meio, deite lá o azeite e o sal e amasse deitando àgua aos poucos até envolver toda a farinha e ter uma massa dura para poder moldar as rosquilhas, conforme fotos abaixo. Vão ao forno aquecido a 180º durante cerca de 15 minutos ou até apresentarem uma cor ligeiramente dourada.

Rende 16 pequenas rosquilhas que ficam estaladiças como os gressinos.

Espero ter satisfeito a curiosidade da Rute e dos outros leitores, quanto à passagem deste desafio, eu sempre fui muito rebelde e não gosto de seguir normas, mas ficaria feliz se alguma blogueira das que passam por aqui e que ainda não foram desafiadas por ninguém, tivessem a coragem de pegar neste desafio.

Se isso acontecer digam-me qualquer coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46


WOOK - www.wook.pt


48 comentários

De Leonor Rodrigues a 17.06.2009 às 23:14

Olá Manuela!
Reviver estes momentos bonitos, com certeza que lhe trarão saudades...
Adorei ver como faz as suas rosquilhas...como ficam lindas! Sem açúcar, sempre se pode comer mais algumas...ehehe

Beijinhos

(Leonor)

De Moira a 18.06.2009 às 14:40

Leonor,
Não confiando, que estas não têm açúcar mas são muito gulosas, uma atrás da outra desaparecem num ápice.
Bjs

De Olleonor a 17.06.2009 às 23:12

Olá Manuela,

Gostei de ler todas essas suas boas recordações...as suas palavras dizem que foram momentos maravilhosos.
Fico contente por finalmente ter encontrado a receita de rosquilhas que tanto procurava. É melhor ainda poder vê-las aqui, feitas pelas suas mãos!
Ficaram lindas!

Beijinho!

De Moira a 18.06.2009 às 14:32

Olá Leonor,
Não desafiei ninguém em particular, e a ti nunca o faria porque sei que não encaixa no Flagrante Delícia, mas tenho a certeza que também terias belas histórias para nos contar.
Estas rosquilhas são típicas da região de coimbra e ao tempo que andava à procura de uma receita sem sucesso, até que ela me caiu nas mãos hehehe
beijocas

De Verdinha a 17.06.2009 às 23:02

Acho os desafios giros e até interessantes sim, pois ficamos a conhecer melhor as pessoas...

Participei da forma que o tempo me deixou (pois está muito curto...)

Quanto as rosquinhas.... são fritas ou vão ao forno???

Nunca fiz biscoitos com azeite!!

beijokas

De Moira a 17.06.2009 às 23:17

Ai meu deus esqueci-me de pôr o final da receita, vou já corrigir. É no forno ;)
Bjs

De Fabi a 17.06.2009 às 23:01

Muito bem feito com todos os cuidados, e deve de ser muito gostosa também!

Comentar post


Pág. 3/3



Fotos no Flickr




Tradutor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D