Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Parlez vous français ?

por Moira, em 04.06.09

Esta é uma sobremesa típicamente francesa, dizem que a mais famosa é a da região de Limousin, mas imagino que tal como o nosso arroz doce, cada região tenha a sua.

Desde há muito que tinha uma enorme curiosidade por esta receita, já a vi no Elvira's Bistrô e também no Sabor Saudade, esta semana ao folhear um livro de receitas muito antigo deparei-me com ela e como tinha em casa umas cerejas bem maduras a precisar de consumo, não pensei duas vezes.

Assim, aqui fica mais uma versão de um doce, que não é excessivamente doce, é delicado na boca e na minha opinião, muito bom.

Clafoutis

Ingredientes:

  • 500 g de cerejas pretas (o livro mandava pôr 750 g, mas achei demais)
  • 60 g de manteiga amolecida
  • 75 g açúcar
  • 4 ovos
  • 2 dl de natas (usei 200 g de crème fraîche)
  • 2,5 dl de leite
  • 100 g de farinha
  • 1 colher de sopa de rum (facultativo)
  • 1 colher de sopa de açúcar em pó

Preparação:

Lavar as cerejas, retirar-lhes os pés e conforme notas da Elvira e da Cláudia, não se tiram os caroços (apesar de que no livro mandava fazê-lo e eu só vi as notas delas tarde demais, prometo que da próxima vez  faço tudo direitinho).

Peneirar a farinha para uma taça, fazer um buraco no centro. Colocar no centro da farinha, 1 ovo e três gemas, a manteiga e o açúcar, misturar até obter uma massa homogénea, adicionar as natas, o rum e o leite aos poucos misturando bem. A consistência desta massa é líquida e muito idêntica à dos crepes.

Barrar muito bem um tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa, colocar as cerejas, cobrir com a massa e levar ao forno, a temperatura média, durante cerca de 30 minutos.

Polvilhar com açúcar em pó e servir morno ou frio.

Esta quantidade deu para uma forma de 20 cm de diâmetro e para seis individuais e ainda sobrou massa que hoje há-de ser utilizada em mais qualquer coisinha, entretanto estive a ver uma receita francesa, que me parece bem mais genuína e que vou experimentar para a próxima.

 

Enquanto escrevia este post veio-me à cabeça uma lenga-lenga muito engraçada, que aposto vai fazer-vos sorrir, existe uma versão mais brejeira, mas eu prefiro a versão "light".

 

Era uma vez
Um gato maltês
Tocava piano
E falava francês
Queres que te conte outra vez?

Era uma vez
Um gato maltês
Saltou-te às barbas
Não sei que te fez
Queres que te conte outra vez?

Era uma vez
Um gato maltês
Tocava piano
Falava françês
A dona da casa
Chamava-se Inês
O número da porta era o trinta e três!
Queres que te conte outra vez?

Era uma vez
Uma galinha pedrês
E um galo francês
Eram dois
Ficaram três…
Queres que te conte outra vez?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:52


WOOK - www.wook.pt


32 comentários

De Mary a 05.06.2009 às 00:26

Moirita, nunca fiz clafoutis e morro de curiosidade, mais para sentir o sabor da fruta no forno com o resto dos ingredientes...deve ficar cremosa e uma delícia!
Também conhecia a lenga-lenga, mas na outra versão...hehehe:)

De Moira a 05.06.2009 às 15:39

Mary,
Tens que experimentar, é absolutamente delicioso. Adorei com cerejas e quero experimentar com alperces.
A ameixinha não conhece a outra versão e eu aqui não a posso pôr hehehe
Beijocas e bom fim de semana

De Leonor Rodrigues a 04.06.2009 às 23:33

Boa noite Manuela!

Apesar de achar que a receita francesa é mais genuína do que esta, a verdade é que pelo aspecto, parece estar deliciosa! Pena ter sobrado massa, às vezes é uma benção, outras nem tanto... Talvez a "genuína" tenha a medida certa.
Beijinho
(Leonor)

De Moira a 04.06.2009 às 23:48

Leonor,
Sobrou porque eu não coloquei as 750 g de cerejas e não usei um tabuleiro maior. Problemas de uma casa só para dois, em que a maioria dos tachos foram comprados a pensar em dois :)
Mas a massa não se estraga e já tem destino, o marido sugeriu uma opção alcoólica da coisa e eu achei graça e vou fazer um clafoutis com as ginjas que estão dentro da garrafa da ginjinha :) vamos lá a ver o que vai sair.
Beijinho

De Carlota a 04.06.2009 às 23:31

Oh La La.. Très Joli ;)

De G' a 04.06.2009 às 22:13

Também ando com vontade de fazer um clafouti, é uma óptima sugestão para uma sobremesa. A tua receita parace'me ter ficado muito boa, quem sabe se não faço um de cereja seguindo os teus conselhos : )

Beijinhos*

De Moira a 09.06.2009 às 13:02

G'
Uma leitora deu conta de que faltava a quantidade de açúcar, já está corrigido, podes experimentá-la e espero que gostes.
Bjs

De Abelha Maia a 04.06.2009 às 22:11

Espectacular, não pensei que fosse tão fácil.
Quando li o titulo, lembrei-me dessa lenga-lenga que ouvia muito quando era miuda.
bjss

De Moira a 09.06.2009 às 13:01

Abelha Maia,
De tão simples que é, seria uma pena não experimentares. Também pode ser feito com outras frutas, mas aí o nome muda para Flognard, clafoutis só mesmo de cerejas.
bjs

De Ameixinha a 04.06.2009 às 21:05

Adoro clafoutis mas nunca provei de cereja. É bastante simples de fazer e ainda mais simples de comer :)
Agora conta-me pela primeira vez a versão brejeira que eu ainda não conheço e é uma falha grave no meu currículo he he

De Moira a 04.06.2009 às 21:45

Ameixinha,
Aqui não posso ah ah ah isto é um blog de comidinhas , m as se conheces o resto puxa pela cabeça que vais-te lembrar da estrofe que falta.
Beijocas

De Rico a 04.06.2009 às 16:45

et voila un cerise tarte, adorei ver esta tarte de cereja ficou super que grande cozinheira :) xxx

De Moira a 04.06.2009 às 17:37

Rico,
Este doce é tão fácil que até uma criança o consegue fazer e fica muito bom porque não é excessivamente doce. Digamos que eu não sou gulosa ;)

Comentar post


Pág. 2/2



Fotos no Flickr




Tradutor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D