Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pão de Centeio

por Moira, em 09.03.09

Depois de ter lido sobre um novo método de fazer pão no blog da Alegna - La Casita Verde e no blog da Manuela - Delícias e Cª, não resisti e logo experimentei fazer pão sem recurso a qualquer tipo de máquina e sem ter que me preocupar se a massa estava a levedar bem ou não.

De repente percebi que tudo o que tinha aprendido sobre pão me parecia agora completamente inútil e imagino o que se poderá por aí dizer sobre este novo método, certo é que funciona e eu já experimentei duas vezes com sucesso, e penso experimentar outro tipo de receitas de massas lêvedas, tipo brioche ou pão de leite, com esta mesma fórmula.

A primeira vez que utilizei este método foi com a receita da Alegna e obtive um pão excelente com um miolo muito idêntico ao do nosso pão de mafra, ficou tão agradável que não deu tempo de ser  fotografado, mas podem ver o aspecto dele nos blogs acima referidos.

Desta vez, e porque sou muito curiosa, utilizei uma mistura de pão de centeio, daquelas que se compram nos supermercados e que só temos que juntar água, misturei a farinha e a água morna com a ajuda de uma colher de pau, mas pode ser com a mão, apenas o tempo suficiente para que o elemento seco esteja todo incorporado, diria que cerca de 5 minutos.

Depois guarda-se essa massa no frigorifico, de um dia para o outro, numa caixa plástica tapada mas com espaço para a massa crescer.

Liga-se o forno a 200º colocando um pouco de água no tabuleiro inferior, com as mãos enfarinhadas dá-se a forma desejada ao pão, fazem-se uns golpes transversais com uma faca afiada e coloca-se num tabuleiro polvilhado com farinha de milho, deixa-se descansar cerca de 40 minutos tapado com um pano. Findo esse tempo vai ao forno quente durante cerca de 30 a 40 minutos consoante o gosto.

O resultado foi este:

Abaixo podem ver um video da receita original ou consultar o blog Artisans Bread in Five Minutes a Day (em inglês)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:00


WOOK - www.wook.pt


16 comentários

De Moira a 09.03.2009 às 14:15

Fiz a massa e guardei logo no frio. Já da primeira vez tinha feito assim e resultou muito bem. Em relação á farinha de centeio o que notei foi que demorou mais a crescer, mas já percebi como funciona a coisa :)
Ao guardar a massa no frio, ele leveda lentamente de um dia para o outro, quando a tiras cá para fora a diferença de temperatura é tão grande, que ela faz a 2ª levedação muito mais rápido, e a água quente no forno também ajuda a crescer. A minha tia de Coimbra guardava um pouco da massa da broa para utilizar como isco para a broa seguinte, a massa que fazemos e guardamos no frio funciona um bocado como o isco. Estou desejosa de experimentar com a massa de brioche, e com um pão dinamarquez que eu costumo fazer e que leva cenoura ralada. Assim que o fizer logo ponho por aqui.
A família anda toda satisfeita com esta nova fórmula e até as minhas cunhadas já experimentaram, porque não custa nada :)
Bjs
Moira

De Nucha a 09.03.2009 às 14:17

Moira,
Há tempo que ando tentada a fazer pão...acho que é desta!!!
Beijinhos!

De Moira a 09.03.2009 às 14:38

Olá Nucha,
Põe mãos à obra que até uma criança de seis anos é capaz de fazer a massa do pão desta maneira :)
Bjs
Moira

De Anónimo a 11.03.2009 às 21:07

Que grande ideia, fiquei muito contente de ver esta receita, tenho várias embalagens de pão de centeio para gastar mas como só eu é que gosto não tenho feito porque é muito para mim, assim a massa conserva-se vários dias no frigorifico e posso ir utilizando.
Bjos

De Moira a 12.03.2009 às 14:25

Caro Anónimo,
Depois diga-me como correu a experiência.
Bjs
Moira

Comentar post



Fotos no Flickr




Tradutor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D