Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A de Alfarroba e B de Bom

por Moira, em 10.03.11

Este ano o aniversário do António foi festejado apenas em família, por isso limitei-me a fazer dois doces, o Bolo de Aniversário e uma Tarte de Alfarroba.

Há quem diga que a Alfarroba se assemelha ao chocolate, não concordo, a semelhança é apenas e simplesmente na cor, pois no sabor a alfarroba é bastante diferente, pelo menos para mim. É engraçado perceber como as pessoas têm a tendência de torcer o nariz a coisas novas, foi o que aconteceu cá em casa, eu disse que era tarte de alfarroba e apenas duas pessoas gostaram, quando levei para o escritório não disse praticamente a ninguém que era alfarroba e todos gostaram.

O primeiro contacto com a tarte é visual e as pessoas gostam, ao provar continuam a gostar, mas se antes do primeiro contacto dissermos que é tarte de alfarroba os narizes torcem-se e a vontade de experimentar quase desaparece.

A minha sugestão é que experimentem e depois logo me dizem, o recheio fica húmido e a tarte aguenta-se boa durante mais de dois dias.

Tarte de Amêndoa e Alfarroba

Ingredientes:

Para a Massa:

  • 150 ml de água (no original 14 colheres de sopa)
  • 50 g de banha (no original 3 colheres de sopa) também pode substituir por margarina
  • Casca de meio limão
  • 1 colher de chá de canela
  • 130 g de farinha

Para o recheio:

  • 140 g de açúcar
  • 100 g de amêndoa picada com pele (no original sem pele)
  • 6 ovos médios
  • 75 g de farinha de alfarroba
  • 1 cálice pequeno de licor de alfarroba (no original 1 dl de aguardente de medronho)

Preparação:

Massa:

Colocar num tacho a água, a banha e a casca de limão, quando ferver, retirar a casca de limão e juntar de uma só vez a farinha misturada com a canela e mexer rapidamente até formar uma bola. (faz-se exactamente como a massa de fazer os rissóis). Deixar arrefecer para poder estender e forrar uma forma de tarte. Não é necessário untar a forma pois a massa tem bastante gordura.

Recheio:

Ligar o forno nos 180º.

Bater as claras em castelo adicionando quase no final umas duas colheres de açúcar retiradas dos 140 g necessários e reservar.

Bater as gemas com o restante açúcar até obter uma mistura fofa e esbranquiçada, adicionar a amêndoa moída, e farinha de alfarroba e o licor, por fim juntar as claras batidas em castelo.

Forrar a forma com a massa e colocar por cima o recheio, levar ao forno por cerca de 35 a 40 minutos. (No original mandava cozer por 50 minutos mas o meu forno ficaria queimada)

Para ver se está cozida, usar o método do palito, se sair seco está pronta.

 

Esta receita foi ligeiramente adaptada do livro Entre Coentros e Poejos e trás receitas agradáveis de sabores mais ao sul.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26


2 comentários

De Mané a 05.05.2011 às 23:21

Recebi um comentário no meu blog que fazia menção à sua partilha nas experiências da alfarroba e, embora goste de dar uma olhadela nas belas sugestões que apresenta (os meus parabéns) vim ver, em concreto ao que ela se referia...acho que já sei onde vou utilizar a farinha que me sobrou :) :) :)!
Se ainda tiver um restinho aí por casa dou-lhe, também uma sugestão, caso me permita: http://obolodatiarosa.blogspot.com/2011/04/torta-de-alfarroba-com-mel.html
Bjs

De Moira a 05.05.2011 às 23:29

Olá Mané,
Obrigada pela visita e pela sugestão da torta de alfarroba, que me parece muito boa..
Bjs

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.








Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D