Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Azeite Aromatizado com Laranja

por Moira, em 09.11.19

Já o fiz várias vezes, e tem encantado quem o tem provado.

Só necessita de apenas dois ingredientes, bom azeite e laranjas biológicas, um frasco bonito, uma etiqueta artesanal e tem um presente de Natal feito por si para oferecer a alguém especial.

Este azeite aromatizado é muito versátil, pode servir de entrada com pãozinho do bom, fica óptimo para temperar uma salada de folhas verdes e laranja ou de beterraba. Mas também é excelente para temperar um salmão grelhado, ou uns espargos cozidos.

Azeite Aromatizado com Casca de Laranja

Ingredientes:

  • casca de 1 laranja biológica (só o vidrado)
  • 250 ml de azeite de boa qualidade (usei Oliveira Ramos, Premium da João Portugal Ramos)

Preparação:

Lave a laranja, seque-a e com uma faca afiada corte o vidrado da casca de laranja em juliana fina, coloque a casca de laranja numa garrafa, adicione o azeite e coloque uma rolha. chocalhe ligeiramente a garrafa nos primeiros 3 dias e espere pelo menos 15 dias antes de usar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Bolo Rei com Castanhas

por Moira, em 04.11.19

Dia 1 foi dia de finados ou de todos os santos, transformado recentemente, com as novas gerações, em halloween e trazendo com elas outras tradições. Confesso que até acho graça a esta espécie de carnaval de mascarados à moda de um bom filme do Tim Burton.

Isto para dizer que as tradições já não são o que eram e que diariamente são iniciadas novas tradições. Ontem vi à venda um bolo rei com castanha (tipo escangalhado),  mas a massa pareceu-me demasiado amarela (talvez corantes, não faço ideia) ora sendo eu uma gulosa por uma massa de bolo rei bem feitinha, e porque a outra não me convenceu,não resisti a experimentar incluir castanhas na massa de bolo rei que já é costume fazer cá em casa.

Como o S. Martinho à porta esta é uma boa sugestão para comemorar este dia, não acham?

Bolo Rei com Castanhas

Ingredientes

  • 100 g de açúcar amarelo
  • Casca de 1 limão (sem a parte branca)
  • 120 g de leite
  • 70 g de manteiga
  • 1 ovo pequeno
  • 25 g de fermento fresco de padeiro
  • 20 ml de aguardente
  • 30 ml de vinho do Porto
  • 450 g de farinha de trigo
  • 1 pitada de sal
  • 250 g de frutos secos (passas de uva, amêndoas, nozes e pinhões)
  • 24 castanhas cozidas com erva doce
  • 1 gema de ovo misturada duas colheres de leite para pincelar

Preparação:

Bimby / Thermomix 

Pulverize o açúcar com a casca de limão, 15 segundos, velocidade 9. Junte o leite, a manteiga e o fermento e programe 2 minutos/37º/velocidade 3. Na mesma velocidade, adicione através do bocal, o ovo, o vinho do porto, a aguardente, depois a farinha aos poucos e finalmente o sal. Aumente a velocidade até à 9 durante 30 segundos.

Seleccione 3 minutos, velocidade espiga, caso não forme uma bola, polvilhe as paredes com farinha e volte a amassar na velocidade espiga.

Deixe repousar a massa no copo até levantar o copo medida, quando isso acontecer, misture 15 segundos na velocidade 9 e programe 1 minuto, velocidade espiga.

Retire a massa do copo, adicione os frutos secos (deixando alguns para decoração) e metade das castanhas partidas aos pedaços  e incorpore-os na massa.

Tenda a massa em forma de uma rosca larga e coloque num tabuleiro untado ou com papel vegetal. Decore com as restantes amêndoas e castanhas, pincele com a gema de ovo, deixe levedar de novo.

Quando tiver duplicado o volume, coloque no forno a 180º por uns 20 a 30 minutos ou até estar cozido.

Nota: Convém tapar o bolo com papel de alumínio a meio da cozedura para não ficar demasiado escuro.

Bolo Rei com Castanhas

Versão Tradicional

Dissolver o fermento no leite morno com um pouco de farinha e deixar levedar até ver que se formam bolhas e o volume aumentou.

Colocar a farinha numa taça grande ou na bancada e fazer um buraco no meio, colocar aí a raspa de um limão, a manteiga derretida, o fermento e os restantes ingredientes excepto os frutos secos e amassar até obter uma massa que se solta das mãos, tapar com um pano e deixar levedar até dobrar o volume.

Amassar de novo para retirar o ar à massa, adicione os frutos secos (deixando alguns para decoração) e metade das castanhas partidas aos pedaços  e incorpore-os na massa.

Tenda a massa em forma de uma rosca larga e coloque num tabuleiro untado ou com papel vegetal. Decore com as restantes amêndoas e castanhas, pincele com a gema de ovo, deixe levedar de novo.

Quando tiver duplicado o volume, coloque no forno a 180º por uns 20 a 30 minutos ou até estar cozido.

Nota: Convém tapar o bolo com papel de alumínio a meio da cozedura para não ficar demasiado escuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:23

Compota de Physalis e Moscatel

por Moira, em 23.07.19

O quintal da minha mãe é um pequeno oásis à beira da cidade onde a passarada se reúne para comer e beber. Eu diria que por lá se fazem verdadeiros banquetes porque ou estamos atentos ou quando a fruta amadurece já tem uma bela colecção de bicadas.

As Physalis do quintal da minha mãe são ligeiramente ácidas, as doces comem-nas os pássaros, e para que não desapareçam todas no festim da passarada, ela vai apanhando uma aqui, outra ali e vai congelando. Quando tem um saquinho delas manda para minha casa, que eu é que sou a mulher das compotas.

IMG_5178 Compota de Physalis

Compota de Physalis e Vinho Moscatel

Ingredientes:

  • 400 g de physalis
  • 300 g de açúcar
  • Casca de meio limão 
  • 2 paus de canela
  • 60 ml de vinho moscatel doce

Preparação:

Colocar todos os ingredientes mexer, esmagar algumas das frutas e deixar macerar por 1 hora,

Levar o tacho ao lume deixar levantar fervura, baixar o lume e deixar cozinhar por 15 a 20 minutos mexendo de quando em vez para não pegar ao fundo.

Coloque em frascos esterilizados e quentes, tape de imediato e deixe arrefecer.

Esta compota fica bem com Torradas, misturada no iogurte natural não açucarado e com queijos, frescos ou de cura média.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

Pudim de Ananás e Coco

por Moira, em 22.10.18

Esta é daquelas sobremesas que não é dificil de fazer, nem é demasiado calórica, ainda por cima faz sempre um enorme sucesso junto dos nossos amigos gulosos.

A receita andava por aqui esquecida, mas como sei que é daquelas que eu própria não vou querer perder, aqui fica o registo.

Ainda anda alguém por aí que a queira experimentar?

IMG_8854A Pudim

Pudim de Ananás e Coco

Ingredientes:

  • 500 g de iogurte de coco (4 iogurtes)
  • 400 ml de leite de coco (usei magro)
  • 12 folhas de gelatina incolor (20 g)
  • 1 pacote de gelatina de ananás sem açúcar
  • 1 lata grande de ananás em calda (peso líquido 825 g)

Preparação:

Colocar as folhas de gelatina de molho em água fria por alguns minutos.

Levar o leite de coco ao lume, quando começar a levantar fervura, desligar, juntar-lhe as folhas de gelatina bem escorridas e mexer para dissolver.

Bater os iogurtes com uma vara de arames e juntar o leite de coco, mexendo mais um minuto.

Colocar em copinhos individuais ou em forma plástica para pudim untada com uma colherzinha de chá de óleo vegetal. Levar ao frio para solidificar.

Cerca de uma hora depois, preparar a gelatina de ananás.

Guardar 3 ou 4 rodelas de ananás para decoração. Levar a calda do ananás ao lume, quando levantar fervura adicionar a gelatina de ananás e mexer para dissolver. Num copo misturador triturar as restantes rodelas de  ananás, juntar ao preparado da gelatina e mexer, deixar arrefecer um pouco e colocar por cima do preparado de coco que já deverá estar sólido.

Servir fresco, com umas folhinhas de hortelã e coco ralado torrado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:43

Olha o Carapau fresquinhoooooo !

por Moira, em 19.06.18

A minha mãe chamava-lhe carinhosamente peixe de frango assado e para nós as palavras frango assado eram o que bastava para nos sentarmos à mesa e comermos sem reclamar.

Não sei como é que ela nos conseguia enganar mas certo é que nos levava a comer peixe com um blá blá blá que para nós, na altura nos parecia convincente.

Há anos que não comia carapaus assados assim, outro dia, nem sei bem porquê, lembrei-me desta pérola da minha infância e resolvi fazê-los. Espero que gostem!

IMG_8775 Carapaus temperados

Carapaus Grelhados

Ingredientes:

  • 2 carapaus escalados
  • 1 ou 2 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher de chá de colorau
  • 1 colher de sopa de azeite
  • sal q.b.

Preparação:

Tempere os carapaus com todos os ingredientes e deixe marinar por meia hora.

Grelhe os carapaus sem os deixar secar demasiado e sirva regado com sumo de limão, uma salada ou legumes cozidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Tradutor





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D