Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Todos temos uma história para partilhar

por Moira, em 09.04.14

Qualquer um pode partilhar a sua história, independentemente do lugar onde vive, por isso vamos lá a partilhar histórias com sabor, pode ser uma receita ou o relato de um momento feliz passado em família em que os sabores se misturam com as memórias.

Por cada história a Margão e a McCormick farão uma doação à United Way para ajudar a alimentar aqueles que mais necessitam.

Em Portugal a ajuda irá para o Banco Alimentar e para participar basta passar pelo site da Margão (link acima) e encontram no canto superior esquerdo o link para partilharem as vossas histórias, entretanto deixo-vos a minha:

A minha primeira sopa foi feita mais ou menos nesta altura do ano, há muitos, muitos anos atrás, eu devia ter os meus 12 ou 13 anos e ainda não dominava a arte dos tachos, mas a curiosidade e a vontade de ajudar levou-me para a cozinha.

A minha mãe trabalhava fora, como quase todas as mães deste país e eu na alegria de a poder ajudar resolvi fazer a sopa para adiantar serviço, no entanto, desconhecia que para cozer feijão era necessário deixá-lo de molho por várias horas.

O tacho foi para o lume com a água, o feijão e a folha de louro, e foi fervendo e fervendo sem que se apresentasse cozido, ainda assim resolvi acrescentar os restantes ingredientes, pensando que o tempo levaria a sopa a bom porto, mas claro que o resultado era previsível.

A minha primeira sopa foi um fiasco, os feijões pareciam pequenas pedras que a minha mãe ia pondo à beira do prato enquanto comia o caldo e me dizia que a sopa estava muito saborosa, enquanto eu, triste e cabisbaixa, pensava onde é que estaria o erro, já que tinha feito tudo como via a minha mãe fazer tantas e tantas vezes.

Hoje fazer uma sopa de feijão já não tem segredos e a receita até é bastante simples.

Sopa de Feijão com Couves

Começar por cozer o feijão que deverá ter estado de molho durante cerca de 8 a 10 horas.

Colocar o feijão numa panela de pressão e juntar o dobro da água, uma folha de louro e uma pitada de sal. Fechar a panela e deixar cozer durante cerca de 20 minutos.
Colocar num tacho 3 colheres de sopa de azeite e 1 courgette grande cortada aos pedacinhos, 2 cebolas pequenas picadas, um dente de alho picado, 2 ou 3 cenouras cortadas às rodelas e deixar refogar um pouco. Juntar cerca de 1 litro da água onde cozeu o feijão e deixar cozinhar até a courgette e a cebola estarem praticamente desfeitas. Juntar meia couve coração cortada aos pedacinhos, rectificar o sal, adicionar um pouco de água se necessário e deixar cozinhar até estar macia, adicionar meia chávena de feijão cozido e está pronta a ser servida.

Notas: Para esta sopa pode usar feijão encarnado, feijão catarino ou outro feijão a gosto, excepto o feijão frade que tem um sabor peculiar e não necessita de ser posto de molho. Quanto às couves, nesta sopa usei couve coração mas também fica excelente com couve portuguesa ou repolho. Tudo depende do gosto ou das couves que se têm na horta. Não pesei nada, porque as sopas em minha casa são quase sempre feitas a olho e para esta história apenas repeti o que aprendi ao longo dos anos com a minha mãe, que para mim continua a fazer as melhores sopas do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18

Convidei para Jantar - Ídolos da Música

por Moira, em 14.10.12

A música faz parte do meu dia a dia e oiço praticamente todos os géneros músicais.

Gosto de ir a concertos, de vibrar com a música ao vivo, ou simplesmente ouvi-la enquanto preparo o jantar, mas até hoje, apenas me emocionei com um músico, tornando-o para mim especial.

Nunca esquecerei toda a emoção que senti ao ouvir os primeiros acordes e a entrada em palco do meu convidado de hoje.

A sua música acompanha-me desde a adolescência por isso quando o tema do Convidei para jantar são ídolos da música, o meu convidado, só poderia ser, Peter Gabriel.

E porque os tempos têm sido difíceis, as notícias deixam-nos diariamente de rastos e o Outono trás sempre alguma nostalgia, a receita escolhida é uma sopa, daquelas que aquecem os dias curtos e cinzentos e nos reconfortam o corpo e a alma.

Para ouvir e porque seria dificil escolher só uma música deixo-vos: "Growing Up".

Creme de feijão branco com abóbora e bacon

Ingredientes:

  • 1 cebola grande picada
  • 1 alho françês médio cortado às rodelas
  • 1 dente de alho picado
  • 1 courgete pequena descascada
  • 1 pedaço pequeno de abóbora cortado aos cubos
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 chávena de feijão branco cozido
  • 100 g de bacon fatiado muito bem picado 
  • 1 raminho de tomilho
  • 1 folha de louro
  • +/- 1 l de água
  • sal q.b.

Preparação:

Colocar 1 colher de sopa de azeite num tacho, tostar o bacon e reservar.

Acrescentar o restante azeite e alourar a cebola, o alho e o alho françês picados.

Juntar a abóbora e a courgete cortadas aos pedaços, o tomilho, o louro e a água.

Deixar cozer em lume brando durante cerca de 30 minutos.

Retirar o raminho de tomilho e a folha de louro, adicionar o feijão branco cozido, triturar a sopa até ficar com aspecto aveludado e servir polvilhada com o bacon tostado.

 

Ideia original da Ana do "Anasbagueri", acolhida na sua 7ª edição pela Vera do "Hoje para jantar..."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:33

pequena pausa

por Moira, em 22.03.12

De vez em quando temos que parar um pouco para descansar, essas pausas, mesmo que pequenas, são necessárias para revitalizar o corpo e a mente, por isso eu vou estar uns dias a sopas e a descanso. 

Sopa de Espinafres e Lentilhas

Ingredientes:

  • 3 cenouras grandes
  • 1 courgette
  • 1 cebola
  • 1 chávena de chá de lentilhas cozidas
  • 1 molho de espinafres de folha pequena
  • 1 fio de azeite (umas três colheres de sopa)
  • sal q.b.

Preparação:

Coza as cenoura, a courgette e a cebola com um pouco de água e tempere com sal.

Quando os legumes estiverem macios triture e junte mais água se necessário.

Deixe ferver e acrescente os espinafres, regue com o azeite e quando os espinafres estiverem cozidos acrescente as lentilhas cozidas, rectifique o tempero e sirva quente.

 

Eu que sempre fui uma esquisitinha com as lentilhas, com as quais sempre tive um ódiozinho de estimação, fiquei surpreendida com a combinação perfeita que fazem com os espinafres.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58

Verde Ervilha

por Moira, em 13.01.11

Esta é uma sopa que povoa as minhas memórias desde há muitos anos a esta parte e hoje num ataque de nostalgia resolvi que o meu jantar seria verde ervilha salpicado de pequeninos pedaços de presunto cozido.

E porque continuo de poucas palavras deixo-vos a receita.

Creme de Ervilhas com Presunto

Ingredientes:

  • 1 cebola bem grande
  • 1 batata média
  • 1 chávena de ervilhas
  • 1 pedaço de presunto
  • 1 fio de azeite
  • 1 colher de sopa de coentros picados
  • sal q.b.
  • a ponta de um colher de café com bicarbonato de sódio

Preparação:

Cozer a cebola com a batata e o presunto, quando a batata estiver quase cozida acrescente as ervilhas, os coentros e o bicarbonato de sódio.

Tempere com sal, pouco porque o presunto já é salgado e uma ou duas colheres de sopa de azeite.

Quando tudo estiver cozido retire o presunto e triture a sopa.

Pique o presunto e sirva sobre a sopa quente.

Notas: O bicarbonato serve para manter o verde das ervilhas e dos coentros, senão acaba por ficar com uma cor acastanhada. Em vez da batata também pode usar courgette.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:52

O que é ? O que é ?

por Moira, em 14.10.10

Tem amêndoas mas não é doce, é branco mas não tem natas.

O que é ? O que é ?

É Sopa de Couve-Flor para o Festival das Sopas da Manelita.

E com este temos mais um desafio cumprido, agora só falta o pão para o World Bread Day.

Sopa de Couve-Flor com Amêndoa Torrada

Ingredientes:

  • 1 Cebola grande
  • Chuchu
  • 1 Couve-Flor
  • água q.b.
  • sal q.b.
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • pimenta e noz moscada q.b.
  • amêndoa torrada para decorar

Preparação:

Tradicional

Colocar os legumes num tacho com água até cobrir os legumes, deixar cozer por 25 minutos, triturar, temperar com pimenta e noz moscada moídas no momento, decorar com amêndoa torrada e servir quente.

 

Bimby / Thermomix

Colocar os legumes, meio litro de água, o sal e o azeite no copo e programar, 100º, 25 minutos vel. 1

Triturar 1 minuto, vel. 5 7 9.

Temperar com pimenta e noz moscada moídas no momento, decorar com amêndoa torrada e servir quente.

 

No final se estiver muito grosso acrescentar um pouco de água quente para diluir.

 

Inspirada nesta receita do Forum Bimby feita pela Isabelocas do Pantagruela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Com Saudades de Sopa?

por Moira, em 03.09.10

No verão como muito mais saladas e fruta que praticamente deixo de fazer sopa, embora a coma todos os dias no refeitório da empresa, feita pelas hábeis mãos de duas cozinheiras excepcionais, e digo-vos se as sopas da minha mãe são para mim as melhores do mundo acreditem que as delas vêm logo a seguir e não estou a dar graxa porque elas nem sabem que eu tenho um blog.

Na semana passada, apesar do calor que se fez sentir, não sei se foi a vontade de fotografar estes feijões se as saudades de uma sopa que me levaram a comprar este extraordinário feijão de debulhar, que é como se chama na minha terra ao feijão novo, já formado mas ainda por secar.

Ao longo do tempo de existência deste blog que tenho vindo a coleccionar fotografias de frutas e legumes por puro prazer, e estes feijões, que se me apresentaram de imediato fotogénicos ainda não faziam parte dessa colecção.

Sopa de Feijão de Debulhar

Ingredientes:

  • 1 chávena de feijão
  • 1 nabo pequeno
  • 1 cebola média
  • 2 cenouras
  • sal e azeite q.b.
  • 1 colher de sopa de coentros picados

Preparação:

Cozer o feijão com o nabo, a cebola e as cenouras apenas cortados ao meio, quando a cenoura estiver cozida o feijão também estará. Retirar uma parte do feijão, triturar o resto, juntar de novo o feijão que tinhamos reservado, adicionar os coentros picados e uma colher de sopa de azeite, deixar levantar fervura e servir.

 

Nota: Este feijão também pode dar pelo nome de feijão maduro.

Se o conhecerem por outros nomes digam-me é sempre bom saber.

Se gostarem podem acrescentar um pouco de arroz cozido, como fazia a minha avó, ou uma massinha, eu cá prefiro simples.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10


WOOK - www.wook.pt Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes	Da Horta para a Mesa de Cláudia S. Villax - www.wook.pt


Tertúlias favoritas



Sobre a autora

tertulianos em linha

Insira o seu endereço de e-mail:

Entregue por FeedBurner


Translation, please



Também estou aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram


Follow Me on Pinterest


Aplicação para Nokia -nokia-n8-2


Parcerias


 








Eventos em foodblogs

World Bread Day

World Bread Day 2013 - 8th edition! Bake loaf of bread on October 16 and blog about it!

World Bread Day

World Bread Day 2012 - After Hours Party


World Bread Day

Participações de anos anteriores

World Bread Day 2012 - Roundup Bake Bread for World Bread Day 2011 World Bread Day 2010 - Roundup World Bread Day 2009 - Yes we baked. - Roundup


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D