Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Lanchamos ?

por Moira, em 30.10.16

A hora mudou, os dias escurecem mais cedo, mas por aqui o casaco de malha continua no armário, a mantinha continua dobrada no canto do sofá e o chá continua a pedir cubos de gelo. Apesar de tudo não dispensamos uns scones de abóbora para o desafio da Marta.

São uns scones levemente doces com o  aroma da laranja e da canela, perfeitos para servir com manteiga, queijo creme, ou para os mais gulosos com uma compota ligeiramente ácida. 

Lanchamos?

Scones de Abóbora - IMG_8675

Scones de Abóbora

Ingredientes:

  • 300 g de farinha
  • 2 colheres de chá de fermento em pó
  • 50 g de acúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de canela
  • 60 g de manteiga fria aos cubinhos
  • 1 ovo médio
  • 90 g de puré de abóbora
  • raspa de meia laranja biológica
  • 1 colher de sopa de leite para pincelar

Preparação:

Coloque os ingredientes secos numa taça e misture, junte a manteiga e mexa com as pontas dos dedos para desfazer a manteiga na farinha, vai obter uma mistura com aspecto de areia molhada. Adicione a ovo ligeiramente batido com o puré de abóbora e a raspa de laranja e amasse só até formar uma bola.

Coloque-a sobre uma superfície enfarinhada e espalme a massa de modo a obter um círculo com cerca de 2 cm de altura, corte a massa para obter 8 triângulos, pincele com o leite e leve ao forno aquecido a 220º C durante 10 a 15 minutos.

Sirva com manteiga, queijo creme ou compota.

Scones de Abóbora - IMG_8680

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:51

World Bread Day 2016

por Moira, em 16.10.16

Neste dia Mundial da Alimentação e mais uma vez a convite da querida Zorra, pessoas do mundo inteiro juntam-se para fazer pão e celebrar assim o World Bread Day 2016.

O pão está presente nas mesas de todas as culturas mundiais e é indiscutivelmente a base da alimentação.

Para mim, fazê-lo, é um passe de mágica que me faz esquecer o mundo lá fora. Misturar os ingredientes, amassar, sentir a massa nas mãos, esperar a primeira levedação, voltar a amassar, dar-lhe forma, vê-lo de novo crescer, levar ao forno, ficar a admirá-lo enquanto cresce e sentir os aromas que se espalham pela casa, faz-me sentir o Goblin do Senhor dos Anéis. No final, ao tirá-lo do forno, fico a velá-lo atenta enquanto arrefece em cima da grelha. "My precious!"

Pão de Figos e Nozes - IMG_8668

Pão de Figos e Nozes

Ingredientes:

  • 600 g de farinha
  • 2 dl de leite
  • 100 g de açúcar mascavado
  • 1 colher de chá mal cheia de sal fino
  • 1 saqueta de fermento seco de padeiro (usei fermipan)
  • 100 g de manteiga amolecida
  • 3 ovos médios
  • 150 g de figos secos picados
  • 50 g de nozes picadas

Preparação:

Levar o leite ao lume para amornar com o açúcar, desligar o lume e mexer com uma colher até dissolver o açúcar.

Colocar a farinha numa taça grande e fazer um buraco no meio, deitar lá o leite adoçado e o fermento, misturar com um pouco de farinha e esperar uns 20 minutos ou até a mistura começar a formar bolhinhas. Juntar a manteiga e os ovos e amassar à mão ou com a batedeira com as pás próprias para pão até a massa se soltar das paredes da taça. Tapar com um pano e deixar levedar até quase duplicar de volume.

Polvilhar a mesa com um pouco de farinha e deitar por cima a massa estender com a mão para formar um rectângulo. Polvilhar a massa com os figos e as nozes picados e enrolar a massa como se fosse uma torta. Voltar a achatar a massa e voltar a enrolar de novo, mais duas vezes. Untar uma forma de bolo inglês comprida e colocar lá a massa. Tapar com um pano e deixar levedar de novo.

Quando o pão tiver levedado de novo levar ao forno quente a 200º C durante cerca de 30 minutos.

Fonte: Receita de Pães de Figo do livro Doce Tradição da Teleculinária, que tive que alterar ligeiramente por não ter ovos suficientes em casa.

 

Fig and Walnut bread

Ingredients:

  • 600 g flour
  • 2 dl of milk
  • 100 g brown sugar
  • 1 teaspoon bad full of fine salt
  • 1 sachet dried Baker's yeast (fermipan used)
  • 100 g softened butter
  • 3 medium eggs
  • 150 g of chopped dried figs
  • 50 g chopped walnuts

Preparation:

Warm the milk with the sugar, turn off the heat and stir with a spoon until the sugar is dissolved.

Put the flour into a large bowl and make a hole in the middle, pour the sweetened milk there and the yeast, mix with a little flour and wait about 20 minutes or until the mixture starts to form bubbles. Add butter and eggs and knead by hand or with an electric mixer with the paddle suitable for bread until the dough comes away from the walls of the bowl. Cover with a cloth and let rise until almost doubled in volume.

Sprinkle the table with a little flour and pour over the dough and stretch it by hand to form a rectangle. Sprinkle the dough with figs and walnuts stung and roll the dough as if it were a roll. Back to flatten the dough and rolling back again, twice more. Grease an Englishcake tin and put there the dough. Cover with a cloth and let rise again.

When the bread has risen put it in hot oven (200ºC) for about 30 minutes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04

Dia Mundial do Pão - World Bread Day

por Moira, em 16.10.15

Pode ser feito a partir de diferentes tipos de cereais, pode ter processos de fermentação diversos, ter muitos formatos e diferentes formas de cozimento. 

É um alimento importante para todos os povos e está presente em todas as culturas desde épocas ancestrais. 

Alimento básico para uns, infelizmente um luxo para tantos, o pão continua a ser um dos alimentos com maior simbolismo para toda a humanidade.

Por isso e tudo o mais que fica por dizer, a minha escolha para celebrar o Dia Mundial do Pão 2015 é um Pão Sírio, porque o pão também pode e deve ser solidariedade e partilha. 

It can be made from different types of grains may have different fermentation processes and many different shapes or forms of baking.

It is an important food for all the people around the world and is present in all cultures since ancient times.

Basic food for some, unfortunately a luxury for many, bread is one of the foods with the greatest symbolism for all mankind.

For all of this and everything else that is to say, my choice to celebrate the World Day of Bread 2015 is a Syrian Bread, because bread is and should be also solidarity and sharing. (Receipe in english at the end of the post)

Pão Sírio

Pão Sírio

Ingredientes

  • 1 pacote de fermento para pão (usei fermipan)
  • 2 chávenas e meia de água morna
  • 1 colher de sobremesa de açúcar
  • 1 colher de sobremesa de sal
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 7 chávenas de chá rasas de farinha da trigo

Preparação:

Numa taça grande dissolver o fermento com um pouco de farinha e meia chávena de água morna. Esperar cerca de 10 a 15 minutos até a massa começar a borbulhar.

Juntar os restantes ingredientes e misturar tudo à mão ou com uma colher de pão. Despeje a massa sobre uma superfície enfarinhada e amasse durante alguns minutos. Coloque numa tigela untada, cubra com um pano e deixe levedar num local ameno até dobrar de volume, mais ou menos duas horas.

Volte a colocar a massa numa mesa ligeiramente enfarinhada e volte a amassar para retirar as bolhas de ar. Divida a massa em 4 partes iguais e estenda cada uma das partes num círculo, coloque-os em tabuleiros, tape com um pano e deixe levedar de novo por mais meia hora. Enquanto isso ligue o forno nos 180º C.

Antes de pôr os pães no forno pique-os com um garfo conforme a foto. Leve ao forno quente por cerca de 20 minutos ou até estarem dourados. 

A massa pode ser guardada dentro do frigorifico por uma semana caso não queira fazer os quatro pães de uma só vez.

Estes pães também são bons pincelados com azeite e salpicados de óregãos e azeitonas.

Agradecimentos:

Agradeço à Zorra pela organização deste evento ano após ano, que já vai na sua 10ª edição WBD e consegue juntar centenas bloguers de todo o mundo.

Os meus agradecimentos também às minhas colegas de trabalho, à Maria José, pelas mãos e pela paciência de atender aos meus pedidos de fotógrafa mais que amadora e à Rita Pupo pela edição da foto. 

Agradeço também à Hanna do blog House Vegan onde encontrei a receita deste pão.

IMG_8813

Syrian Bread - Makes 4 Loaves

Ingredients:

  • 1 package of bread yeast (11g)
  • 2 and a half cups of warm water
  • 1 tea spoon of sugar (8g)
  • 1 tea spoon of salt
  • 1 table spoon of olive oil
  • 7 cups of all purpose flour

Preparation:
In a large bowl combine the yeast, half a cup of flour and half a cup of water. Allow it to sit for 10 or 15 minutes, until rise and make bubbles.
Add the rest of ingredients to the yeast mixture and mix with a wooden spoon.
Pour the dough on a floured surface and knead for several minutes. Coat your mixing bowl with oil. Place the dough in the bowl, and cover it with a tea towel. Allow the dough to rise until doubled in size, about 1 1/2 - 2 hours.
Punch your dough down, and pour in onto a very lightly floured surface. Knead it a couple of times to get the bubbles out. Cut the dough into quarters, and roll each quarter into circles. Cover the loaves with your tea towel, and let them rise for half an hour. Meanwhile, preheat your oven to 180º C.
After the second rise place the loaves on un-greased cookie sheets. Using a fork, poke holes in each loaf. The pattern should look like you're going to cut a pizza.
Bake in the preheated oven for 20 minutes or until golden.

The dough can be stored in the refrigerator for a week if you do not want to do all the breads at once.

These breads are also good brushed with olive oil and sprinkled with oregano and olives.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:27

Cheirinho a Natal

por Moira, em 15.12.13

Estamos quase no Natal, sei que estão todos à espera das minhas sugestões, mas por aqui o espírito natalício anda um pouco perdido, a razão é simples e embora eu não me sinta obrigada a justificar-me também não vou estar com rodeios, a razão é que tenho uma pessoa de família muito doente e por isso como devenm compreender não estamos muito vocacionados para festas.

No entanto e porque o Natal pode ser feito de coisas rápidas e muito simples, mas ainda assim com ar de festa deixo-vos uma receita de aspecto natalício que se faz em três tempos e que preparei há algum tempo para o especial de Natal do blog No Reino dos 7.

A receita que escolhi é fácil de fazer e uma alternativa saudável às tradicionais rabanadas que por norma são fritas e cheias de açúcar.
Em Portugal são conhecidas por rabanadas e também por fatias-douradas, mas fazem-se noutros países quer da Europa, quer do resto do mundo, em Espanha dão pelo nome de torrijas, em França por Pain-perdu, no Canadá por pain-doré, em Inglaterra por french toast, só para mencionar algumas. No entanto, e ao que parece, apenas em Portugal e em alguns países de expressão lusófona fazem parte das tradições natalícias.

 
Rabanadas no Forno

Ingredientes:

manteiga para untar o tabuleiro
20 fatias de pão de forma para rabanadas
3 ovos médios
1 chávena e 1/4 de leite
1/4 de chávena de vinho do porto
2 colheres de sopa de compota de alperce
1/2 chávena de açúcar amarelo
1/2 colher de chá de canela
1 colher de sopa de amêndoa laminada

Preparação:

Unte um tabuleiro de ir ao forno.
Com a ajuda de um corta bolachas corte estrelas no miolo do pão.
Coloque-as de forma harmoniosa no tabuleiro untado.
Bata os ovos com o leite, o açúcar, a compota, o vinho do porto e a canela.
Verta sobre o pão, de forma a que fique todo embebido e reserve por uma hora.
Ligue o forno e regule a temperatura para os 180º.
Quando estiver quente, coloque o tabuleiro no forno e deixe cozinhar por 25 a 30 minutos, ou até o pão estar tostado em cima.
Quando sair do forno polvilhar com amêndoa laminada.
Serve-se morno.

Notas:
Podem ser feitas apenas com leite para poderem ser consumidas por crianças.
A compota de alperce por ser substituída por outra compota a gosto ou por mel.
Pode ser feito com as fatias de pão inteiras, mas se optar por cortar o pão às estrelas ou outro formato qualquer guarde os recortes do pão para fazer formigos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:08

Arrufadas de Coimbra para o World Bread Day 2013

por Moira, em 16.10.13

Desde que conheci o Blog da Zorra em 2008 que me tornei habitué deste evento, que já vai na sua 8ª Edição, e desde essa época que tento, sempre que possível, fazer um pão tradicional português. Uma forma singela de homenagear o meu país dando a conhecer os nossos pães tradicionais num evento que tem vindo a crescer ano após ano e que hoje em dia junta bloguers do mundo inteiro, numa verdadeira festa do pão.

Este ano escolhi um pão doce tradicional de Coimbra, terra natal do meu pai. A receita foi retirada do mais emblemático livro de receitas português, Cozinha Tradicional Portuguesa de Maria de Lourdes Modesto.

Arrufadas de Coimbra

Ingredientes:

  • 1 kg de farinha de trigo T65
  • 1 dl de leite
  • 11 g de fermento de padeiro granulado 
  • 250 g de açúcar
  • 1 colher de chá de canela
  • 5 ovos (a minha levou 6 médios)
  • 125 g de manteiga derretida (usar morna)

Preparação:

Colocar a farinha num alguidar, fazer um buraco no meio e colocar lá o fermento e o leite mexer para misturar um pouco de farinha e deixar levedar até parecer uma esponja. Juntar os ovos, o açúcar, a canela e amassar até formar uma bola, se necessário adicionar um pouco mais de leite, mas muito pouco. Por fim adicionar a manteiga derretida e amassar bem para incorporar na massa. Tapar com um pano e deixar levedar, em local ameno duas a três horas, se usar apenas uma colher de fermento pode deixar levedar durante a noite.

Formar bolas com cerca de 100 g de massa cada uma e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal untado e enfarinhado, fazer rolinhos de massa e colocar por cima de cada arrufada como se fosse uma coroa. Voltar a tapar com um pano e deixar levedar de novo até dobrarem de volume. Antes de irem ao forno pincelam-se com gema de ovo diluida num pouco de leite.

Vai ao forno quente a 200º C durante cerca de 15 a 20 minutos conforme o forno. 

 --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- --- 

English Version

Since I met Zorra's Blog in 2008, I became an habitué of WBD, which is in its 8th Edition, and I try since then, whenever possible, bring a traditional Portuguese bread. A simple way to honor my country in an event that has been growing year after year and that brings together bloggers from all over the world.
This year I chose a traditional sweet bread of Coimbra, Portugal, homeland of my father, and took the recipe from the most emblematic Portuguese cookbook: "Traditional Portuguese Cuisine" of Maria de Lourdes Modesto.

Arrufadas de Coimbra

Ingredients:

  • 1 Kg all porpose flour
  • 1 dl milk
  • 11 g dried yest
  • 250 g sugar
  • 1 tsp cinnamon
  • 5 eggs (mine took 6 medium eggs)
  • 125 g butter

Preparation:

Put the flour in a bowl, make a hole in the middle and put there the yeast and milk, mix with a little of flour and let rise up until it looks like a sponge. Add the eggs, sugar, cinnamon and knead until it forms a ball, if necessary add a little more milk, but very little. Finally add the melted butter and knead well to incorporate into the batter. Cover with a cloth and let rise in warm place for two or three hours. If you use a little less yeast let it rise during all night.
Form balls of dough with about 100 g each and place them on a tray lined with greased parchment paper and floury, do mass rolls and put on top of each arrufada as if it were a crown. Recap with a cloth and let rise again until double in volume. Before going to the oven brush with egg yolk diluted in a little milk.
Go to oven eated to 200º C for about 15 to 20 minutes, depending on the oven.

 

World Bread Day 2013 - 8th edition! Bake loaf of bread on October 16 and blog about it!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:13


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D