Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


World Bread Day 2016

por Moira, em 16.10.16

Neste dia Mundial da Alimentação e mais uma vez a convite da querida Zorra, pessoas do mundo inteiro juntam-se para fazer pão e celebrar assim o World Bread Day 2016.

O pão está presente nas mesas de todas as culturas mundiais e é indiscutivelmente a base da alimentação.

Para mim, fazê-lo, é um passe de mágica que me faz esquecer o mundo lá fora. Misturar os ingredientes, amassar, sentir a massa nas mãos, esperar a primeira levedação, voltar a amassar, dar-lhe forma, vê-lo de novo crescer, levar ao forno, ficar a admirá-lo enquanto cresce e sentir os aromas que se espalham pela casa, faz-me sentir o Goblin do Senhor dos Anéis. No final, ao tirá-lo do forno, fico a velá-lo atenta enquanto arrefece em cima da grelha. "My precious!"

Pão de Figos e Nozes - IMG_8668

Pão de Figos e Nozes

Ingredientes:

  • 600 g de farinha
  • 2 dl de leite
  • 100 g de açúcar mascavado
  • 1 colher de chá mal cheia de sal fino
  • 1 saqueta de fermento seco de padeiro (usei fermipan)
  • 100 g de manteiga amolecida
  • 3 ovos médios
  • 150 g de figos secos picados
  • 50 g de nozes picadas

Preparação:

Levar o leite ao lume para amornar com o açúcar, desligar o lume e mexer com uma colher até dissolver o açúcar.

Colocar a farinha numa taça grande e fazer um buraco no meio, deitar lá o leite adoçado e o fermento, misturar com um pouco de farinha e esperar uns 20 minutos ou até a mistura começar a formar bolhinhas. Juntar a manteiga e os ovos e amassar à mão ou com a batedeira com as pás próprias para pão até a massa se soltar das paredes da taça. Tapar com um pano e deixar levedar até quase duplicar de volume.

Polvilhar a mesa com um pouco de farinha e deitar por cima a massa estender com a mão para formar um rectângulo. Polvilhar a massa com os figos e as nozes picados e enrolar a massa como se fosse uma torta. Voltar a achatar a massa e voltar a enrolar de novo, mais duas vezes. Untar uma forma de bolo inglês comprida e colocar lá a massa. Tapar com um pano e deixar levedar de novo.

Quando o pão tiver levedado de novo levar ao forno quente a 200º C durante cerca de 30 minutos.

Fonte: Receita de Pães de Figo do livro Doce Tradição da Teleculinária, que tive que alterar ligeiramente por não ter ovos suficientes em casa.

 

Fig and Walnut bread

Ingredients:

  • 600 g flour
  • 2 dl of milk
  • 100 g brown sugar
  • 1 teaspoon bad full of fine salt
  • 1 sachet dried Baker's yeast (fermipan used)
  • 100 g softened butter
  • 3 medium eggs
  • 150 g of chopped dried figs
  • 50 g chopped walnuts

Preparation:

Warm the milk with the sugar, turn off the heat and stir with a spoon until the sugar is dissolved.

Put the flour into a large bowl and make a hole in the middle, pour the sweetened milk there and the yeast, mix with a little flour and wait about 20 minutes or until the mixture starts to form bubbles. Add butter and eggs and knead by hand or with an electric mixer with the paddle suitable for bread until the dough comes away from the walls of the bowl. Cover with a cloth and let rise until almost doubled in volume.

Sprinkle the table with a little flour and pour over the dough and stretch it by hand to form a rectangle. Sprinkle the dough with figs and walnuts stung and roll the dough as if it were a roll. Back to flatten the dough and rolling back again, twice more. Grease an Englishcake tin and put there the dough. Cover with a cloth and let rise again.

When the bread has risen put it in hot oven (200ºC) for about 30 minutes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:04

Salada de Maçã e Nozes

por Moira, em 17.05.14

Hoje é dia mundial de hipertensão e por isso o pretexto perfeito para lembrar sobre a importância da redução do consumo de sal convencional para o controlo da tensão arterial.

Em colaboração com o substituto de sal Bonsalt vamos oferecer o livro "A Dieta Viva" da nutricionista Ana Bravo e uma embalagem de Bonsalt a um dos leitores do Tertúlia de Sabores.

Neste livro para além de conselhos sobre a alimentação saudável, poderão encontrar mais de 100 receitas que vos ajudarão a fazer pratos equilibrados do ponto de vista nutricional. Segundo a Dr. Ana Bravo o objectivo deste livro é ajudar as pessoas a adaptar a alimentação à sua vida e não a vida à alimentação.

Para se habilitar a este prémio só tem que deixar um comentário neste post até ao dia 23 de Maio à meia-noite. O sorteio só é válido para moradas em Portugal Continental e Ilhas. A cada comentário será atribuido um número e a escolha do vencedor será feita de forma aleatória. O resultado será publicado aqui no blog no dia 24 de Maio.

E para celebrar este dia escolhi uma das receitas do livro "A Dieta Viva", é uma salada muito simples mas também muito saborosa

Salada de Maçã e Nozes (para 4 pessoas)

Ingredientes:

  • 1 alface pequena
  • 2 maçãs (usei granny smith)
  • 8 nozes picadas
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 colher de sopa de vinagre (usei de Vinagre de Jerez)
  • algumas folhas de hortelã
  • Bonsalt q.b.

Preparação:

Lave a alface e escorra e ponha numa saladeira, coloque por cima as maçãs laminadas ou cortadas aos cubinhos tempere com o vinagrete, polvilhe com as nozes picadas e sirva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

um jantar sobre rodas

por Moira, em 16.02.12

Por motivos de trabalho, há quem passe grande parte da vida viajando, percorrendo a maioria das estradas europeias e ainda assim mantenha um blog de culinária com receitas tentadoras e deliciosas, algumas delas confeccionadas num fogão de dois bicos sobre doze rodas, é o caso da Susana.

O seu blog, A Cozinha da Familia Antunes completou 1 ano de existência, e a Susana resolveu festejá-lo de uma forma original, propondo um desafio em que seria ela a escolher a receita que cada participante faria.

Era um desafio e tanto, pensei que ia roer as unhas de nervos caso não conseguisse executar o que ela me iria propor, mas afinal a receita escolhida tinha tudo a ver comigo, é daquelas receitas que eu própria escolheria caso folheasse o livro Verrines da Caroline Bodin.

Tive que fazer alguns ajustes, pois não estamos em época de melão e não consegui encontrar toranjas, mas mantive a essência da receita.

É uma entrada colorida e deliciosa que foi do agrado de todos os que a provaram.

Copinhos de Fruta e Frango - para 4 pessoas

Ingredientes:

  • 2 peitos de frango
  • 1 manga grande (no original melão)
  • 2 laranjas médias (no original 1 toranja rosa)
  • 1 mão cheia de espinafres de folha pequena
  • 2 ou três colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de creme de vinagre bálsamico com laranja
  • 4 nozes (no original sementes de sésamo)

Para a marinada:

  • 1 colher de sopa de açúcar mascavado
  • 1 colher de sopa de molho inglês
  • 1 colher de sopa de óleo de amendoim
  • 2 dentes de alho picados
  • sumo de meio limão
  • sal e pimenta moída no momento

Preparação:

Cortar os peitos de frango aos cubos bem pequenos, temperar com sal e pimenta, misturar os restantes ingredientas da marinada e reservar por um par de horas.

Entretanto descascar e cortar a manga aos cubos pequeninos. Descascar a laranja e cortar os gomos retirando a parte branca, dividindo-os em duas ou três partes. Lavar e secar as folhas de espinafre.

Numa frigideira colocar o azeite e alourar o frango escorrido reservando a marinada, quando quando estiver dourado adicionar a marinada e agitar a figideira, deixar cozinhar até desaparecer todo o molho.

Montagem:

Começar por colocar nos copos uma porção de manga, por cima os espinafres, depois o o frango e por fim a laranja, regar cada copo com uma colher de chá de azeite e um fio de creme de vinagre bálsâmico com laranja, finalizar com uma noz picada em cada copo.

Notas:

A receita original é feita com melão e toranja, o primeiro apesar de se encontrar à venda não está a bom preço, quanto à toranja não as encontrei à venda. Substitui as sementes de sésamo por nozes porque não tinha a certeza se os meus convidados gostavam delas e acrescentei molho inglês à marinada.

Receita adaptada do Livro Verrines de Caroline Bodin.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:44

Simplicidade, precisa-se

por Moira, em 18.09.11

Por vezes, essência de uma sobremesa reside na simplicidade.

Meloa com Mel e Vinho do Porto

Ingredientes:

  • 1 meloa cantalupe
  • 2 colheres de sopa de mel de rosmaninho
  • 4 a 5 colheres de Vinho do Porto
  • 2 nozes

Preparação:

Abra a meloa ao meio, retire-lhe todas as sementes e com a ajuda de uma colher própria faça bolinhas que divide por 2 taças.

Numa taça à parte, dissolva o mel com o vinho do porto.

Regue a meloa com esta mistura e reserve por cerca de meia hora no frio, mexendo de vez em quando para que toa a meloa ganhe sabor.

Sirva frio, polvilhado por nozes partidas ou amêndoa torrada.

 

Notas: Pode polvilhar com canela ou raspa de limão em vez das nozes.

Para uma versão não alcoólica, substitua o vinho do porto por chá preto.

Se não tiver a colher para fazer bolinhas, corte a meloa em pequenos cubos.

Pode usar outra variedade de meloa e também fica bem com melão.

Usei mel de rosmaninho transmontano, mas pode usar outro a gosto.

O vinho do Porto é um Rozès especial reserva, mas pode usar outro vinho do porto que também não ficará mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27

Um Bolo Especial para uma Pessoa Especial

por Moira, em 06.06.11

Portuguesa a viver na Suécia, raramente festeja o seu aniversário por estar longe da família, mas este ano será diferente porque a Ana convidou toda a blogosfera a confeccionar um bolo.

Quando vi o desafio que a Ana nos propunha, foi este o bolo que me veio de imediato à cabeça,  não por ser o bolo dos aniversários cá de casa, nem por ser o bolo da família, mas porque este bolo tem toda uma história por trás que tem a ver com o relacionamento possível entre pessoas que não se conhecem a não ser através dos blogs. Vi-o pela primeira vez há exactamente três anos atrás, num mês de Maio num blog norueguês que entretanto acabou e nunca mais saiu da minha memória. 

A receita estava em norueguês mas isso não foi problema, os meus parcos conhecimentos de alemão foram suficientes para entender a essência da receita, mas havia um ingrediente que não consegui traduzir. Escrevi à Catherine, a dona do blog que prontamente me ajudou enviando-me a receita em inglês, mas que por qualquer razão ficou perdida entre as centenas, senão milhares de receitas que gostava de fazer um dia.

Comprei a fécula de batata há uns dias atrás numa viagem relâmpago que fiz ao Porto para estar com uma amiga que conheci exactamente por causa do blog e acabei por conhecer outras tantas que me receberam com um enorme carinho e que me mostraram um Porto diferente daquele que eu guardava na minha memória.

Por tudo isso este bolo acaba por ser um bolo especial porque tem na sua essência, a amizade e o intercâmbio entre blogs, assim dedico-o não só à Anasbagueri, como também à Catherine pela sua gentileza e a todos os que me acompanham ao longo dos anos e que são cada vez mais.

Bolo de Frutos Secos com Natas e Pêssegos em Calda

Ingredientes:

Para o bolo:

  • 4 ovos
  • 160 g de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 2 colheres de sopa de fécula de batata
  • 100 g de amêndoas
  • 100 g de nozes

Para a guarnição:

  • 1 lata de pêssegos em calda
  • 150 g de doce de pêssego
  • 4 dl de natas
  • 4 colheres de sopa de açúcar

Preparação:

Picar as nozes e as amêndoas num robot de cozinha. Na Bimby são 4 segundos velocidade 7.

Bater os ovos com o açucar até dobrarem de volume, cerca de 15 minutos com uma batedeira, adicionar a fécula de batata com o fermento em pó envolvendo com cuidado por fim juntar os frutos secos triturados misturando com uma espátula.

Vai ao forno cerca de 30 minutos, a 180º C, em forma forrada no fundo com papel vegetal, untada e enfarinhada. Deixar arrefecer o bolo, cortá-lo ao meio e rechear.

Bater as natas até dobrarem de volume, juntar o açúcar, reservar metade das natas batidas, à outra parte juntar o doce de pêssego e colocar sobre a base do bolo, colocar a outra parte por cima, barrar com as restantes natas batidas e decorar com os pêssegos em calda.

 

Nota: Se quiser pode embeber o bolo com a calda do pêssego.

A Fécula de Batata comprei na loja A Vida Portuguesa, mas há à venda em quase todas as mercearias.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:45


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D