Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Feliz Natal!

por Moira, em 24.12.13

O Natal também está nos pequenos detalhes.

Desejo um Feliz Natal para todos!

Árvore de Natal

Ingredientes:

  • 1 fatia de queijo Brie
  • 14 framboesas 
  • 1 colher de sopa de mel

Preparação:

Coloque a fatia de queijo num prato de servir, decores com as framboesas e regue com o mel.

Sirva com tostas de pão

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21

Já cheira a Outono

por Moira, em 26.10.11

Esta é uma dupla reincidente cá em casa e à qual vou fazendo pequenas variações. É também uma das minhas entradas preferidas nesta estação que também convida aos petiscos.

Morcela com Maçã

Ingredientes:

  • 250 g de maçãs pequenas
  • 20 g de margarina
  • 1 colher de sopa de açúcar integral
  • 1 cálice de Jeropiga
  • 1 fio de mel
  • 1 morcela

Preparação:

Descascar as maçãs e cortá-las em gomos finos. Derreter a margarina numa frigideira e adicionar as maçãs, quando começarem a ganhar cor juntar o açúcar, mexer e adicionar depois a jeropiga, deixar cozinhar em lume muito brando até ecaporar todo o líquido.

Cortar a morcela às rodelas, e aquecê-las numa frigideira anti aderente, de um lado e de outro para derreter a gordura e cozinhar por dentro.

Servir a morcela com a maçã fatiada por cima e regar com um fio de mel.

 

Nota: Não use maçã reineta pois desfaz-se com a cozedura. Costumava servir a morcela com mação cozida, mas assim, fica muito melhor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:37

Simplicidade, precisa-se

por Moira, em 18.09.11

Por vezes, essência de uma sobremesa reside na simplicidade.

Meloa com Mel e Vinho do Porto

Ingredientes:

  • 1 meloa cantalupe
  • 2 colheres de sopa de mel de rosmaninho
  • 4 a 5 colheres de Vinho do Porto
  • 2 nozes

Preparação:

Abra a meloa ao meio, retire-lhe todas as sementes e com a ajuda de uma colher própria faça bolinhas que divide por 2 taças.

Numa taça à parte, dissolva o mel com o vinho do porto.

Regue a meloa com esta mistura e reserve por cerca de meia hora no frio, mexendo de vez em quando para que toa a meloa ganhe sabor.

Sirva frio, polvilhado por nozes partidas ou amêndoa torrada.

 

Notas: Pode polvilhar com canela ou raspa de limão em vez das nozes.

Para uma versão não alcoólica, substitua o vinho do porto por chá preto.

Se não tiver a colher para fazer bolinhas, corte a meloa em pequenos cubos.

Pode usar outra variedade de meloa e também fica bem com melão.

Usei mel de rosmaninho transmontano, mas pode usar outro a gosto.

O vinho do Porto é um Rozès especial reserva, mas pode usar outro vinho do porto que também não ficará mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27

Com Mel e Amêndoas

por Moira, em 07.06.10

Já tinha visto por aí, mas na realidade nunca pensei que fosse tão bom.

Sendo uma pessoa que gosto de praticamente tudo às vezes não sou muito dada a inovações, eu passo a explicar, para mim o requeijão é bom salgado e com ervas ou doce com compota de abóbora.

Por isso a ideia de pespegar com um requeijão no forno a alta temperatura e ainda por cima coberto de mel, era para mim inconcebível, mas tinha um requeijão no frigorifico que estava quase passar de prazo e a voz da consciência a dizer-me que não se pode estragar nada...

Foi assim que a conselho de uma colega de trabalho lá enviei o requeijão para o forno e o resultado foi surpreendente, a repetir muitas e muitas vezes.

 

Requeijão no Forno com Mel e Amêndoas

Ingredientes:

  • 1 requeijão
  • 2 a 3 colheres de sopa com mel transmontano de Rosmaninho
  • 2 colheres de sopa de amêndoas picadas

Preparação:

Retirar o requeijão da embalagem, colocar num prato que possa ir ao forno, regar com o mel e levar ao forno aquecido a 180º durante cerca de 10 minutos. Retirar do forno, colocar as amêndoas picadas grosseiramente por cima, regar com o mel que está no fundo do prato e voltar a pôr no forno de novo mais 5 minutos ou até as amêndoas estarem ligeiramente douradas.

Servir morno.

 

Notas: A meio da cozedura virei o requeijão, mas não me parece que seja necessário.

Creio que habitualmente leva nozes, mas eu substitui por amêndoas que era o que tinha em casa.

Pode usar qualquer tipo de mel, embora o mel tenha sabores e cores muito distintos consoante as regiões e as plantas das redondezas, por exemplo eu adoro mel de rosmaninho que é claro e perfumado mas já não aprecio o mel de urze que é escuro e com um leve travo amargo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:42

Era uma vez um Pato

por Moira, em 29.03.10

No fim de semana a minha cozinha ficou por mãos alheias, mas muito bem entregue, a cozinheira de serviço foi a minha cunhada mais nova que nos presenteou entre outras coisas com um belo pato assado.

A receita é simples e o resultado gostoso, o que dá mais trabalho é trinchar o pato que deve ser cortado em lascas bem fininhas.

Essa tarefa, como sempre, é do meu cunhado que o trinchou mas como sempre ouvi dizer a pressa é inimiga da perfeição e como ele estava com pressa para ir ver o jogo do "glorioso" o pato não ficou tão bem cortado como de costume, mas vá lá tem desculpa, em dia de futebol ter um homem na cozinha é quase impossível, só se for para ir buscar cerveja, se é que me entendem.

 

Pato Assado com Mel

Ingredientes:

  • 1 pato
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 1/2 l de vinho branco
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó
  • 1 colher de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de molho de soja
  • sal e pimenta q.b.

Preparação:

Limpa-se o pato de todas as penugens e esfrega-se com sal e pimenta, deixa-se assim por uma hora.

Num Tacho largo coloca-se o óleo e aloura-se o pato por todos os lados, depois adiciona-se o vinho branco e o gengibre em pó, e deixa-se cozer até epaporar completamente o líquido, vai-se voltado o pato de vez em quando.

Liga-se o forno a 180º e quando estiver quente coloca-se o pato no forno, em cima de uma grelha com um tabuleiro por baixo para apanhar a gosdura que vai caindo, vai-se voltando o pato de vez em quando até ficar bem tostadinho. Quase no final pincela-se o pato com o mel misturado com o molho de soja e volta-se mais uma vez ou duas para ficar bem sequinho e com a pele crocante.

Tira-se para fora, deixa-se arrefecer um pouco antes de trinchar.

 

Entretanto não resisto a mostrar-vos o novo habitante em casa da minha cunhada, tem pouco mais de 30 cm e é irresistível, não há como não o encher de mimos. Chama-se Simba como o Rei Leão e vai ser uma "fera", afinal de contas já rosna aos cortinados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:35


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D