Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


2011 em retrospectiva

por Moira, em 29.12.11

2011 está no fim e não me deixa saudades, por isso espero que 2012 seja um bom ano particularmente no que diz respeito à saúde e não se esqueçam de dar o tudo por tudo para realizar os vossos sonhos.

 

Para trás fica um número interessante de receitas que me deram um enorme prazer a fazer, a comer, e claro, a partilhar convosco.

1. Pudim de Abóbora, 2. Bolo de Chocolate e Côco, 3. Folar de Carnes Transmontano, 4. Raia com Molho de Pitau,

5. Cheese Cake, 6. Broa de Milho, 7. Cookies de Alfarroba, 8. Bolo Rainha,

9. Tomate Recheado com Migas de Bacalhau, 10. Frango Assado, 11. Pão de Leite, 12. Meloa com Mel e Vinho do Porto,

13. Trouxas de Pescada e Cenoura, 14. Sonhos, 15. Bola Doce Transmontana, 16. Salada de Trigo, Tomate e Beldroegas

 

Entrem em 2012 com o pé direito e divirtam-se!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:25

um verdadeiro desafio

por Moira, em 04.11.11

Imagine que vivia num local do mundo onde não tinha acesso a praticamente nada, em que uma varinha mágica é coisa de contos de fadas e civilização é pouco mais que uma palavra no dicionário. 

Imagine que de um dia para o outro a sua alimentação mudava drasticamente devido ao facto de viver num país longínquo em que tudo escasseia e em que o trivial é pago a peso de ouro.

Imagine que os ingredientes que tem à mão para cozinhar são pouco mais que 20 e que toda a parafernália de equipamento que tem nos armários da cozinha desapareceu.

Imagine ainda, que nesse local longínquo o restaurante mais próximo fica na capital, a muitos quilómetros de distância e que só pode por lá passar uma vez por mês.

Coffee Handler with Beans from Timor Cooperative

Foto da Galeria das Nações Unidas no Flickr - Timor-Leste - UN Photo/Martine Perret

 

Nós temos que imaginar, mas a Maria não, pois na verdade, a Maria foi viver para o outro lado do mundo, está Timor Leste como voluntária das Nações Unidas, ela não precisa de imaginar nenhuma das coisas de que vos falei há pouco, porque para ela é o dia a dia, por isso fez-me um apelo.

Foi na sequência desse apelo e depois de ter falado com ela que me lembrei que estamos em Novembro, o mês em que tradicionalmente lanço um desafio à blogosfera, ocorreu-me por isso que poderíamos fazer uma coisa diferente, uma espécie de desafio solidário, e aquilo a que eu chamo um verdadeiro desafio, pois vai ser preciso puxar pela imaginação.

O que vos proponho é que ajudemos a Maria a cozinhar de uma forma variada com o pouco que tem e sem recurso a qualquer utensílio de cozinha que não esteja na lista.

Ela não tem balanças nem copos medidores, por isso nada de gramas ou mililitros, apenas chávenas, colheres ou pitadas.

Para cozinhar a Maria dispõe apenas de um fogão de dois bicos, não tem forno e os utensílios resumem-se a um tacho, uma panela e uma frigideira, também há pratos, facas, colheres e garfos, chávenas de chá e quem sabe uma colher de pau.

A lista de ingredientes é escassa, mas ainda assim dá para fazer muita coisa, esqueçam os ovos mexidos com salsichas ou as batatas cozidas com atum que disso já ela está farta, puxem pela imaginação e sejam criativos, tenho a certeza que a Maria agradece.

A água não está mencionada abaixo, mas é coisa que não falta, já da electricidade não se pode dizer o mesmo, vamos então à lista de ingredientes:

 

 

Ingredientes Básicos

Galinha

Salsichas em lata

Atum em lata

Farinha

Ovos

Leite

Arroz

Batata

Esparguete

Açúcar

Abóbora

Cenouras

Alface

Tomate

Pepino

Alhos

Cebolas

Pimentos

 

Temperos

 

Colorau

Orégãos

Canela

Azeite

Óleo

Sal

Pimenta

Salsa

 

 

Frutas

 

Maçã

Papaia

Melancia

Banana

Laranja

Limão

Coco

 

 

Ingredientes que aparecem quando o rei faz anos

Natas

Gelatina

Chocolate

 

Atenção - Actualização da lista de ingredientes e utensílios:

  • Fermento em pó consigo, 
  • feijão enlatado também (feijão vermelho e feijão frade). De vez em quando consigo apanhar em Díli 
  • grão em lata da Compal (tenho cá em casa duas latas)
  • salsa também há
  • guardanapos de papel
  • chávenas de chá que o dono do Hotel em Díli me emprestou
  • Pacotes de gelatina também consigo de vez em quando em Díli
  • frigideira é anti antederente sim porque é nova

Regras:

Quem pode participar?

O desafio está aberto a todos os que quiserem participar que tenham blog ou sejam fãs da página do Facebook do Tertúlia de Sabores, podem participar com uma ou mais receitas, todas as sugestões são bem-vindas, leiam com atenção o texto acima e respeitem quer a lista de ingredientes, quer a lista de utensílios, isto é importante porque a Maria vai ler as vossas receitas e vai querer experimentá-las.

Quando podem publicar?

Podem publicar quando quiserem, ao longo de todo o mês de Novembro, mencionando que estão a participar no desafio de Aniversário do Tertúlia de Sabores, que este ano tem como lema: "Uma Receita para a Maria". Os que não têm blog podem publicar directamente na página de fãs do Facebook do Tertúlia de Sabores.

O que devem fazer depois de publicar?

Quem publicar no Facebook não tem que fazer nada, quem publicar num blog e como não conheço todos, peço que deixem um comentário neste post ou enviem-me um e-mail com o link para o vosso post, para eu poder partilhar na página do Tertúlia de Sabores no Facebook e poder fazer posteriormente um resumo com todas as publicações recebidas.

 

Conto convosco!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:39

Feliz Natal

por Moira, em 23.12.10

Gostava de ter tempo de passar por cada um dos vossos blogs, trocar dois dedos de conversa com cada um dos meus leitores, mas isto do tempo é uma coisa complicada de gerir, por isso deixo aqui votos de um Feliz e Doce Natal para todos vós.

Para quem ainda anda à procura de ideias para o menu natalício poderá encontrar aqui algumas sugestões feitas em anos anteriores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:14

Uns Biscoitos e Alguns Conselhos

por Moira, em 03.12.10

Para satisfazer os pedidos de alguns gulosos, dos que provaram e dos que apenas viram as fotos, hoje temos biscoitos.

Mas antes da receita algumas reflexões sobre blogs e outras coisas a eles inerentes.

Como sabem este blog completou três anos de existência no passado mês de Novembro, e de vez em quando recebo pedidos para opinar sobre o aspecto ou o conteúdo de blogs que estão agora a começar, eu não sou perita em coisa nenhuma, excepto no que diz respeito ao comando dos tachos na minha casa, mas, ao longo deste tempo que afinal parece tão breve, aprendi que nestas andanças de blogs devemos deixar que as coisas aconteçam naturalmente e ao seu ritmo.

Aspecto Gráfico e não só

Para quem está agora a começar o meu conselho é que sejam originais, isso vai fazer com que o vosso blog seja especial, por vezes único, para quem o lê, para isso a apresentação visual do blog é importante e deve ser conjugada com outros factores não menos importantes como a fotografia, a originalidade das receitas e até dos textos.

Comentários e Visibilidade

Para que as pessoas saibam que o vosso blog existe não há necessidade de deixar links para o vosso blog em cada comentário que fazem noutros blogs, pois isso soa tipo eu estou aqui venham visitar-me, ou tipo eu passei por cá agora tens que me retribuir a visita. Deixem comentários genuínos que como disse acima as coisas acontecem naturalmente, as visitas não aumentam de um dia para o outro apenas porque deixamos comentários noutros blogs, elas são fruto de um trabalho árduo que é feito a cada post que publicamos.

Eu pessoalmente não sou amiga de semear comentários por todos os blogs que visito, e são muitos acreditem, prefiro responder aos comentários que me deixam, por uma questão de gentileza  e só comento postagens que realmente me agradam, mas isso foi uma decisão minha e não me considero exemplo para ninguém.

Ritmo

Não há necessidade de publicar diariamente, mas é importante manter um ritmo mais ou menos constante e um conteúdo interessante.

Fotografia

Outra coisa importante é o que diz respeito à fotografia, continuo a ver por aí muitos blogs com uma foto de cada nação, ou seja a pessoa coloca a receita e vai ao google procurar uma foto que ilustre aquilo que fez, isto confesso que é das coisas que mais me tira do sério como dizem as minhas amigas brasileiras, principalmente quando não dão os créditos à pessoa que fotografou. É que tirar fotografias dá trabalho, em muitos casos é necessário criar um cenário, e fazer uma quantidade de fotos acima do normal para escolher aquela que melhor ilustra o prato que fizemos, sujeitando-se no final a comer tudo frio, a receber reclamações de quem está á espera para comer para no final ver a sua foto roubada, digamos que não é justo.

As Ideias e As Fontes para uma Partilha Saudável

As grandes ideias raramente surgem do nada, por isso não tenham receio de dizer que o resultado magnífico que tiveram numa determinada receita por todos elogiada foi fruto de inspiração, numa revista, num livro, num site, num fórum ou num blog mesmo que escrito em javanês.

O que quero com isto dizer ?

É que o mundo é pequeno e de repente alguém pode chegar à receita original com um simples click do rato e perceber que afinal aquele blog com ideias tão giras afinal limita-se a copiar o trabalho de outras pessoas, não seria bonito pois não?

Quem me acompanha sabe que desde o início faço questão de mencionar as fontes das receitas que reproduzo, muitas vezes o resultado final já nada tem a ver com o original, mas ainda assim considero importante divulgar a fonte da receita ou da inspiração que levou à receita.

E aqui dou-vos um exemplo prático, a receita que vos trago hoje foi inspirada numa receita do Livro de Receitas básicas da Bimby que foi publicada no Blog Pão e Beldroegas recentemente.

Entre os Bolinhos da Olinda da Gisela e os meus Biscoitos de Alfarroba e Amêndoa existem diferenças consideráveis, quer no aspecto, quer no sabor.

Eu podia fazê-los, fotografá-los e publicá-los sem que ninguém desse por isso, mas para a mim não seria a mesma coisa, e este para mim é um dos factores mais importantes, por uma questão de ética eu faço questão de indicar sempre que possível a origem de cada receita.

 

Espero que os conselhos sejam úteis para quem começa agora e que também possam ajudar a mudar alguns hábitos de quem já anda por aí há algum tempo. Críticas são sempre bemvindas, desde que construtivas e sugestões são uma bênção caída do céu.

Biscoitos de Alfarroba e Amêndoa

Ingredientes:

  • 200g de farinha de trigo

  • 50 g de farinha de alfarroba

  • 50 g de amêndoa moída

  • 100g de açúcar

  • 100g de manteiga

  • 1 ovo pequeno + 1 clara

  • 1 colher de chá de fermento em pó

  • 100 g de amêndoa lascada para pôr por cima dos biscoitos

Preparação Tradicional
Colocar todos os ingredientes numa taça e misturar bem, com a ajuda de uma batedeira, ou uma colher de pau, até a massa ficar moldável.

Tender pequenas bolinhas, achatá-las ligeiramente e passar a parte de cima das mesmas por amêndoa lascada. Dispor num tabuleiro forrado de papel vegetal. Levar ao forno a cozer durante 10 minutos a 180º.

Preparação Bimby / Thermomix
Colocar todos os ingredientes, excepto a amêndoa lascada, no copo e programar 15 segundos, vel. 6.

Tender pequenas bolinhas, achatá-las ligeiramente e passar a parte de cima das mesmas por amêndoa lascada. Dispor num tabuleiro forrado de papel vegetal. Levar ao forno a cozer durante 10 minutos a 180º.

 

Fonte - Livro base da Bimby baseado nos Bolinhos da Olinda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03

O meu AIG chegou

por Moira, em 23.11.10

 

 

O AIG é uma coisa engraçada, trocam-se presentes entre pessoas que não se conhecem, uma espécie de presentes em cadeia, ou um passa a outro e não ao mesmo, e conhecem-se pessoas, virtualmente é certo, mas que basta uma viagem para estarmos frente a frente a tomar um café e trocarmos dois dedos de conversa. Desde o início que participo no AIG (Amigo Invisivel Gastronomico) organizado pela querida Bea do Blog El Rincón de Bea e através dele tenho conhecido muitos blogs espanhóis que passei a seguir.

Este ano eu fui a AIG da Margot, cujo extraordinário Blog Margot Cosas de La Vida já conhecia e acompanhava e a Lola de Almeria do Blog Ajoblancofoi a minha AIG tendo-me enviado um montão de presentes que vinham num embrulho lindo que não cheguei a fotografar pois recebi a encomenda no escritório e não consegui resistir até chegar a casa.

O presente chegou-me às mãos exactamente na véspera do Aniversário do Blog, tendo acabado por ser também ele uma prenda de aniversário.

IMG_5537 Postal

Este foi o postal de Natal escolhido pela Lola. Lindo não é?

Um vinagre de Jerez, especialíssimo e um dos meus preferidos e chocolates Belgas.

IMG_5540

Uma colher de pau para a minha colecção e também ela com o símbolo do Indalo.

Um rapa-tachos muito útil, diferente do que eu tenho e que também é azul para condizer com a cozinha, e um montão de corta-bolachas com formatos de animais, muito engraçado para fazer bolachas para as crianças.

Uma dezena artesanal e um porta chaves com um dos símbolos de Almeria, o Indalo uma figura de uma pintura rupestre datada provavelmente do neolítico.

Havia ainda um abafador para o bule, um moinho para pimenta, um pacote de chá verde em folha, folhetos turísticos de Almeria com as suas principais atracções e um carrinho solar, um dos brinquedos que se vende em Almeria Solar, um projecto muito interessante.

Copos de Chá

Uns copos de chá mesmo a condizer com uma Moira, e onde eu para além do chá adoro servir o meu couscous doce.

Um livro com receitas muito saborosas e mais um pormenor da colher de pau.

E por fim uma árvore de Natal de madeira, mesmo a condizer com todos os meus enfeites de natal que são talhados em madeira.

Obrigada Lola, por todos os presentes escolhidos com carinho.

É tão bom ter amigos mesmo que sejam invisíveis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:16


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D