Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


As Cerejas... Ai as Cerejas...

por Moira, em 24.05.11

A pedido de uma leitora muito querida a sobremesa de hoje é especial porque foi feita a pensar nos diabéticos.

A diabetes é uma doença incurável que afecta grande parte da população mundial e que tem que ser controlada dia a dia através de uma alimentação saudável e adequada, exercício físico e por vezes com recurso a medicamentos.

Depois de uma breve pesquisa que não deu em nada porque na net encontra-se informação tão distinta que é necessário conhecimento para a saber filtrar, optei por consultar uma amiga internauta que é nutricionista e que se prontificou a esclarecer-me. Obrigada Ana!

Assim percebi que nem tudo está interdito aos diabéticos e que o seu maior cuidado deverá ser no consumo de açúcares, e por açúcares entenda-se não só o açúcar refinado, o açúcar amarelo ou o integral, mas também o mel, a frutose e os hidratos de carbono que acabam por se transformar em açúcar que é assimilado pelo nosso organismo. Parece-me que é tudo uma questão de equilíbrio e tal como numa alimentação equilibrada os doces devem ser guardados para ocasiões especiais.

Assim, hoje trago-vos uma versão integral, aprovada pelo menos cá em casa, de um dos mais emblemáticos doces franceses, o Clafoutis, cada ano que passa descubro uma nova versão para experimentar, esta é a versão do famoso Christophe Felder, que está no blog da Elvira e que foi adaptada para quem não pode consumir açúcares.

Clafoutis

Ingredientes:

  • 100 g de açúcar + mais um pouquinho para polvilhar (substitui por 10 g de adoçante em pó próprio para culinária e polvilhei com adoçante muito levemente)
  • 1 colher de sopa de  Maizena (substitui por farinha de trigo integral)
  • 50 g de miolo de amêndoas moído
  • 2 ovos + 1 gema
  • 3 colheres de sopa de natas espessas (substitui por natas light)
  • 300 g de cerejas com caroço lavadas e secas com papel absorvente
  • manteiga para untar (usei margarina)

Preparação:
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma redonda ou uma assadeira com margarina e polvilhar ligeiramente com adoçante. Reservar.
Misturar muito bem o adoçante com a farinha de trigo integral e as amêndoas finamente moídas numa tigela grande. Juntar os ovos e a gema previamente batidos. Adicionar as natas e bater com uma vara de arames até a massa ficar ligada e homogénea. A massa fica com a consistência de uma massa de crepes.
Espalhar as cerejas com caroço pela forma. Verter a massa sobre as cerejas e levar ao forno por 15-20 minutos, ou até se apresentar ligeiramente dourado. Servir morno ou frio, na própria forma.

Usei uma forma com cerca de 20 cm de diametro.

Notas: A alterações que fiz à receita original para a adaptar a um diabético estão entre parêntesis. A textura final é ligeiramente mais densa que a do doce original, mas igualmente boa, no caso de as cerejas serem muito doces pode reduzir mais no açúcar ou no adoçante, passando de 100 g de açúcar para 75 g e as 10 g de adoçante para 7,5 g

 

A cereja é uma das frutas pela qual tenho uma relação de amor incontornável, gosto delas ao natural, em doces, em compotas e também em sobremesas. E gosto de todas as variedades de cerejas que provei até hoje, embora tenha um fraquinho por cereja branca, como por nehuma outra, mas essas por cá nunca aparecem e a viagem é longa para as ir buscar.

Quem as conhece, sabe do que falo, quem nunca as viu fica a foto como garantia da sua existência, estas já estão maduras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D