Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vamos lá a começar o ano

por Moira, em 12.01.14

Não sei porque razão, mas o primeiro post do ano sofre sempre do mesmo mal, falta de inspiração para escrever ou preguiça de recomeçar tudo de novo.

Uma das minhas prioridades para 2014 era fazer uma empada de bacalhau, primeiro porque só costumo fazer pratos de bacalhau nesta altura do ano e depois porque estava a dever este post à Adega de Borba desde o final do Verão passado, altura em que recebi uma oferta que me deixou enternecida, pela delicadeza de quem a imaginou.

A oferta era composta por uma garrafa de azeite dentro de um mini cesto de piquenique, acompanhada por um pequeno recipiente e um pequeno taleigo com uma miniatura de um verdadeiro pão alentejano. Não resisti a prová-lo de imediato, mais pela apresentação do que pela curiosidade. Os que me seguem há mais tempo sabem que o azeite que se gasta cá em casa é de produção particular, e o seu consumo tornou-me esquisitinha com os azeites de compra, no entanto este surpreendeu-me. É feito a partir de azeitona galega, uma variedade típica no Alentejo e tem um sabor delicado mas que deixa um leve amarguinho na boca que muito me agradou. Claro que um azeite especial merecia um prato especial, foi por isso que resolvi fazer uma espécie de fusão entre a empada galega e o folar de bacalhau de Lamego. O resultado foi uma agradável surpresa, Não acreditam? Então experimentem.

Empada de Bacalhau

Ingredientes:

Para o recheio:

  • 2 postas de bacalhau
  • 4 cebolas grandes
  • 4 colheres de sopa de azeite da Adega de Borba
  • sal e pimenta q.b.

 

Para a Massa

  • 50 g de água
  • 50 g de azeite
  • 50 g de margarina (ou banha se preferirem)
  • 50 g de vinho branco
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 ovo
  • 5 g de fermento seco para pão (usei fermipan)
  • 450 g de farinha de trigo
  • 1 clara de ovo para pincelar

Preparação:

Da Massa

Tradicional: Aquecer ligeiramente os líquidos, só para amornar, misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea e moldável e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Bimby / Thermomix: Colocar no copo a água, o vinho, o azeite, a margarina e programar 2 min., 37º, vel. 2. Adicionar o fermento, o ovo, o sal e a farinha e programar 2 min. vel. espiga, retirar do copo e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Do Recheio

Num tacho colocar o azeite e a cebola picada grosseiramente e deixar refogar. Retirar a pele e as espinhas ao bacalhau e desfiá-lo sem o desfazer muito. Adicionar o bacalhau ao refogado, temperar com sal e pimenta, deixar cozinhar cerca de 10 minutos e reservar até estar quase frio.

Montagem

Estender metade da massa sobre uma superfície enfarinhada, com a ajuda de um rolo da massa, recortar com a forma de um peixe e pôr em cima de um papel vegetal que possa ir ao forno. Colocar por cima o recheio, tendo o cuidado de deixar cerca de 2 cm livres a toda a volta para poder fazer o remate. Estender a restante massa e cortar outro peixe, ligeiramente mais pequeno cerca de 1 cm que o anterior para tapar a empada, pincelar o rebordo livre a toda a volta com clara de ovo, dobrar a massa por cima da tampa para selar a empada e pressionar ligeiramente com um garfo a toda a volta. Com as sobras de massa recortar as barbatanas. Pincelar todo o peixe com clara de ovo e levar ao forno aquecido a 180º cerca de 20 a 25 minutos. ou até a massa estar cozida e com um aspecto ligeiramente dourado.

Notas: A massa da empada é do Livro de Receitas Essenciais da Bimby, o recheio é o tradicional do Folar de Bacalhau de Lamego

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48

convidei para jantar - Cozinheiros Famosos

por Moira, em 16.03.12

Pensei durante muito tempo em quem convidaria para jantar, pela minha cabeça desfilaram nomes de chefes famosos, mas foi na quarta-feira ao final da tarde, numa agradável conversa com a Fátima Moura, autora do "delicioso" livro "Portugal - O melhor Peixe do Mundo" que tive a certeza qua à minha mesa só poderia estar uma pessoa, uma mulher que é para mim uma referência em termos da culinária nacional.

A minha convidada só poderia ser Maria de Lourdes Modesto, foi nos livros dela que tantas vezes tirei as minhas dúvidas e ainda é nos livros dela que busco as mais básicas receitas tradicionais portuguesas.

A ideia de poder partilhar uma refeição com ela pôs-me a pensar no que lhe poderia servir e a minha escolha recaiu numa empada de alheira com espinafres e cogumelos salpicada com pinhões e acompanhada por uma salada verde, espero que seja do seu agrado.

Empada de Alheira, Espinafres e Cogumelos

Ingredientes:

Para o recheio:

  • 1 alheira
  • 1 dente de alho
  • 150 g de cogumelos enlatados
  • 250 g de espinafres cozidos
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de pinhões tostados

Para a Massa

  • 50 g de água
  • 50 g de azeite
  • 50 g de margarina
  • 50 g de vinho branco
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 ovo
  • 5 g de fermento seco para pão (usei fermipan)
  • 450 g de farinha de trigo
  • 1 gema de ovo misturada com uma colher de sopa de leite para pincelar

Preparação:

Do Recheio

Num tacho colocar o azeite e o alho bem picado, juntar os cogumelos e a alheira sem a pele, deixar cozinhar em lume brando, adicionar os espinafres e mexer para os incorporar. Reservar até estar completamente frio.

 

Da Massa

Tradicional: Aquecer ligeiramente os líquidos, só para amornar, misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea e moldável e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Bimby / Thermomix: Colocar no copo a água, o vinho, o azeite, a margarina e o sal e programar 2 min., 37º, vel. 2. Adicionar o fermento, o ovo e a farinha e programar 2 min. vel. espiga, retirar do copo e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

 

Montagem

Estender a massa sobre uma superfície enfarinhada, com a ajuda de um rolo da massa, cortar rodelas de tamanho a poder forrar forminhas de empadas, previamente untadas (para isso usei o spray da espiga). Colocar dentro uma colher de recheio, cortar outra rodela de massa um pouco mais pequena que a anterior para tapar a empada, selar a empada, torsendo o bordo da massa a toda a volta. Proceder de igual forma até acabar a massa e o recheio. Pincelar com a gema de ovo e levar ao forno aquecido a 180 º cerca de 20 a 25 minutos. ou até a massa estar cozida.

 

Nota: Fiz duas empadas de tamanho médio e guardei a restante massa para experimentar outros recheios. Ah! E esqueci-me de passar a gema de ovo por cima da empada, pelo que no final pincelei apenas com manteiga para lhe dar algum brilho.


Com este prato participo no projecto Convidei para Jantar criado pela Ana do Anasbageri e este mês alojado no Gourmets Amadores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:08

Um Verão com cheiro de Outono

por Moira, em 01.09.11

O Verão ainda não acabou, mas os dias têm estado cinzentos, frescos e chuvosos, deixando-me nostálgica.

A sensação, é que salvo meia dúzia de dias, este ano, o Verão não passou por mim.

Não senti as noites quentes, não comi gelados, nem larguei o casaco para sair à noite.

O Verão ainda não acabou e eu já tenho saudades dos dias grandes, dos piqueniques e das férias.

E por falar em piqueniques, esta é sem dúvida uma das receitas que faz sempre um enorme sucesso em qualquer piquenique.

A primeira vez que a provei foi feita pela Helena, ou seria pela Carlota? Sei que já a comi feita por uma e por outra e ambas estavam muito boas, depois disso, já a fiz vezes sem conta e a minha afilhada adora a de frango, o recheio é quase sempre improvisado, consoante os apetites ou o que tenho no frigorifico, é por isso uma receita bastante versátil.

Empada Galega

Ingredientes:

Massa

  • 50 g água
  • 50 g azeite
  • 50 g vinho branco
  • 1 açúcar
  • 1 colher de chá de sal
  • 150 g margarina ou banha (coloquei 100 g de margarina e 20 g de banha)
  • 5 g de fermento seco de padeiro (usei meia saqueta de fermipan)
  • 1 ovo
  • 500 g farinha
  • 1 ovo batido para pincelar a empada antes de ir ao forno

Recheio

  • 2 latas de atum
  • 1 chávena de azeitonas descaroçadas recheadas com pimento
  • 1 chávena de cogumelos laminados (usei de lata)
  • 1 tomate grande, descascado e cortado aos cubos pequenos
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 colheres de sopa de azeite

Preparação:

Massa

Coloque no copo, a água, o azeite, o vinho branco, o açúcar, o sal, a margarina, o fermento e programe 2 minutos, temperatura 37ºC, vel 1.

Adicione o ovo e a farinha e programe 2 minutos, velocidade espiga. Retire a massa do copo, coloque numa taça, tape com um pano e deixe dobrar de volume.

 

Recheio

Refogar a cebola e o alho no azeite, adicionar o tomate e o atum e deixar cozinhar uns 10 minutos em lume brando.

Quando tiver evaporado todo o líquido, juntar os cogumelos e as azeitonas, mexer e deixar arrefecer completamente antes de usar.

 

Reserve 1/3 da massa para cobrir e decorar a empada, estenda a restante massa muito fina com ajuda de um rolo e forre com ela uma forma rectangular. Coloque o recheio e cubra com a massa restante.

Fure a superfície da massa com um garfo e pincele com o ovo batido. Com as pequenas sobras de massa faça flores ou outros motivos e decore a empada.

Leve ao forno pré-aquecido a 200º C cerca de 20 minutos.

 

Notas: Se usar cogumelos frescos adicione-os juntamente com o atum e o tomate, pois irão largar imensa água. O recheio deve ficar sem líquidos.

A receita da massa é do Livro de Receitas Essenciais da Bimby, o recheio foi adaptado ao meu gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:12

Novembro em Festa

por Moira, em 01.11.10

É incrível como o tempo passa a correr, estamos de novo em Novembro e o Tertúlia está de novo em festa!

3 anos de postagens, receitas, intercâmbios, desafios, conversas e algumas amizades novas.

 

Este ano vamos ter de novo uma agenda preenchida, mais uma vez teremos convidadas especiais que para além da cozinha têm uma outra particularidade em comum, são todas brasileiras, embora nem todas vivam no Brasil, elas foram convidadas a contribuir com uma receita para o Tertúlia que será publicada aqui no blog ao longo do mês.

 

Mas para que ninguém fique de fora, lanço de novo o desafio a todos os que queiram participar, e tal como no ano passado podem agendar o dia 20 de Novembro para o fazer. Lembrei-me que seria giro ter um tema, mas um tema em que todos pudessem dar asas à imaginação fazendo, criando ou recriando algo que imaginam que eu possa gostar, sendo assim, o tema é:

"Hoje a Moira vem Jantar... "

 

E agora o que fazer? Surpreendam-me! Já sabem que eu sou boa boca, e aprecio coisas simples e gostosas, só não gosto de miudezas, aceitam-se sobremesas, pratos de carne ou de peixe, pães, entradas sopas e bebidas, podem ser receitas vossas ou de outros blogs e/ou de livros (não esquecer de mencionar a fonte) pode até ser a receita da vizinha, da tia ou da avó.

 

Como gosto de experimentar pratos de outras paragens, sejam eles simples ou exóticos, aceitam-se participações do mundo inteiro, conto com todos, as postagens podem ser em português, espanhol, inglês, francês ou italiano, não se incomodem que o que eu não souber, o google traduz.

 

Para participar basta enviar-me um e-mail com os seguintes dados:

Nome ou Nickname:

Cidade e/ou País:

Nome do Blog:

URL do Blog:

Nome da Receita:

URL da Receita:

A publicação deverá ser feita apenas no dia 20 de Novembro, no final do mês será publicada a lista de todos os participantes. 

 

E enquanto pensam no que vão fazer, deixo-vos umas empadinhas para se entreterem, é que de barriguinha cheia tenho a certeza que terão ideias fantásticas, e agora: mãos ao trabalho!

Empadas de Frango

Ingredientes:

Para o Recheio

  • Meio Frango cortado em pedaços
  • Meio chouriço de carne
  • 1 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 raminho de salsa
  • 1 folha de louro
  • 2 colheres de sopa de azeite (ou 1 de azeite e outra de banha)
  • 2 copos de vinho branco

Para a Massa

  • 50 g de água
  • 50 g de azeite
  • 50 g de margarina
  • 50 g de vinho branco
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 ovo
  • 5 g de fermento seco para pão (usei fermipan)
  • 450 g de farinha de trigo
  • 1 gema de ovo misturada com uma colher de sopa de leite para pincelar

Preparação:

Do Recheio

Num tacho colocar o azeite, a cebola e o alho bem picados, o frango, o chouriço cortado em rodelas largas, o sal e a pimenta e deixar estufar em lume brando até o frango estar cozido e o molho praticamente evaporado.

Deixar arrefecer, retirar os ossos e a pele do frango e desfiá-lo em pedacinhos pequeno.s Picar o chouriço e misturar com o frango. Se tiver  sobrado algum molho engrossá-lo com uma colherzinha de maisena e misturar com o frango. Reservar até estar completamente frio.

 

Da Massa

Tradicional: Aquecer ligeiramente os líquidos, só para amornar, misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea e moldável e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Bimby / Thermomix: Colocar no copo a água, o vinho, o azeite, a margarina e o sal e programar 2 min., 37º, vel. 2. Adicionar o fermento, o ovo e a farinha e programar 2 min. vel. espiga, retirar do copo e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

 

Montagem

Estender a massa sobre uma superfície enfarinhada, com a ajuda de um rolo da massa, cortar rodelas de tamanho a poder forrar forminhas de empadas, previamente untadas (para isso usei o spray da espiga). Colocar dentro uma colher de recheio, cortar outra rodela de massa um pouco mais pequena que a anterior para tapar a empada, pressionar com um garfo a toda a volta para selar a empada. Proceder de igual forma até acabar a massa e o recheio. Pincelar com a gema de ovo e levar ao forno aquecido a 180 º cerca de 20 a 25 minutos. ou até a massa estar cozida

 

Notas: Para o recheio segui mais ou menos a receita do recheio das Empadas Alentejanas da Patanisca, para a massa segui a receita de massa para empadas do livro As Receitas Essenciais da Bimby.

O recheio pode ficar feito de véspera. Se sobrar massa pode congelar para utilizar noutro dia, depois é só deixar descongelar de um dia para o outro dentro do frigorifico.

Se não quiser ter o trabalho de fazer as empadas nas formas, pode estender a massa em forma de rectângulo, colocar montinhos de recheio, dobrar a outra parte da massa por cima e cortar como os rissóis, selar bem com um garfo, pincelar com gema de ovo e levar ao forno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Em Contagem Decrescente

por Moira, em 08.07.10

Abro as janelas, deixo correr a aragem que por vezes teima em não querer passar, ainda assim o tempo quente não me impede de acender o forno e desta cozinha continuam a sair umas coisitas simples que se comem em duas dentadas e enchem a mesa de cor.

As férias estão à porta, a partir de segunda feira deixo os tachos de lado, durante três semanas vou deliciar-me com petiscos feitos por outras mãos noutras latitudes, vou aproveitar o sol e a sombra e esquecer que o resto do mundo existe.

Devo dar um salto a Espanha, mas ainda não sei quando nem onde provavelmente para norte, embora tenha que ir um dos dias a Salamanca. Já agora algum dos meus leitores espanhóis me aconselha onde comer bem em Salamanca ou arredores?

Antes das férias ainda volto tenho que fazer uma receita com Cerejas para o Lazy Blog, porque o prometido é devido, não me esqueci, o problema é que as cerejas vão chegando e vão marchando "au naturel".

 

 

Tarteletes de Tomate e Requeijão

Ingredientes:

  • 1 folha de massa folhada fresca
  • Requeijão
  • Tomate maduro mas firme
  • Ervas de Provença
  • Orégãos
  • sal e pimenta q.b.

Preparação:

Forra-se a forma com papel vegetal, coloca-se por cima a massa folhada.

Por cima da massa põe-se o requeijão esfarelado que se polvilha com as Ervas de Provença.

Corta-se o tomate às rodelas tempera-se com sal e pimenta polvilha-se com orégãos e vai ao forno entre 10 a 15 minutos só até a massa estar dourada.

Nota: Eu fiz tarteletes pequenas mas pode fazer-se numa forma das grandes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:19


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D