Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Panna Cotta de Amêndoim com Calda de Café

por Moira, em 24.09.13

A Delta lançou o passatempo Receitas do Mundo na sua página do facebook, passem por lá e habilitem-se a ganhar um excelente prémio.

Mas enquanto viajam pelo mundo através das receitas deliciem-se com esta sobremesa de textura delicada e sabor exótico.

Panna Cotta de Amêndoim com Calda de Café e Especiarias

Ingredientes:

Para a panna cotta

  • 400 ml de nata com 30% de gordura
  • 250 ml de leite
  • 50 g de açúcar
  • 30 g de manteiga de amendoim
  • 3 folhas de gelatina

Para a calda de café

  • 250 ml de café Delta Origens Timor
  • 75 g de açúcar amarelo
  • 1 estrela de anis
  • 1 pau de canela
  • 1 pitada de canela em pó

Preparação:

da Panna Cotta

Dissolva a manteiga de amendoim com um pouco de nata, misturar a restante nata, o leite e o açúcar e levar ao lume até começar a ferver.

Apagar o lume e juntar as folhas de gelatina previamente amolecidas em água fria. Misturar bem e colocar em taças passadas por água fria.

Deixar solidificar no frio de um dia para o outro.

da Calda

Levar todos os ingredientes ao lume, quando levantar fervura, baixar o lume e deixar reduzir até ter apenas um quarto da quantidade inicial de líquido e obter uma calda grossa.

Servir frio sobre a panacotta, que pode ser polvilhada de amendoim torrado.

Nota: Esta receita foi desenvolvida para a Delta Cafés para promover o Passatempo Receitas do Mundo, cliquem sobre a imagem abaixo para aceder à lista de prémios.

Prémios do Passatempo Receitas do Mundo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

Mais uma vez o café

por Moira, em 06.07.13

A ideia hoje era trazer uma receita que fizesse brilhar mais um dos novos Cafés Delta Origens, mas não queria uma receita qualquer, queria fugir ao tradicional, por isso escolhi uma receita retirada do livro "A Volta ao Mundo em 80 Pratos" de David Loftus, que reúne pratos excelentes de cerca de 40 chefs espalhados pelo mundo inteiro, uns já bastante famosos e outros ainda em ascensão.

Creio que a escolha não poderia ser melhor, um pão de tâmaras com café e nozes, que, apesar do calor abrasador, me levou a ligar o forno ontem à noite para executar este belíssimo pão (eu diria bolo dada a sua textura).

Porta da cozinha fechada para o calor não se espalhar pela casa e uma hora depois o aroma invadia todas as divisões fazendo despertar os sentidos, tornando-se difícil resistir-lhe. Aguardei no entanto pela manhã seguinte, onde a estrela da mesa do pequeno almoço foi devidamente apreciada e acompanhada por uma chávena de café com dois cubos de gelo.

Um pão que não é própriamente um pão, que tem um sabor único e ligeiramente doce, um aspecto rústico e uma textura húmida parecida com os pães de centeio negro da baviera.

Uma forma diferente de começar o fim de semana e uma receita a repetir muitas e muitas vezes. São servidos?

Pão de Tâmaras com Café e Nozes

(Receita de Debbie Loftus do Livro A Volta ao Mundo em 80 Pratos)

Ingredientes:

  • 250 g de tâmaras descaroçadas
  • 1 colher de café de bicabornato de sódio
  • 250 ml de café Delta Origens Colombia
  • 2 colheres de manteiga amolecida
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 ovo médio
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • 150 g de farinha de trigo
  • 1 colher de café de sal
  • 1 colher de chá mal cheia de fermento em pó
  • 100 g de nozes picadas grosseiramente

Preparação:

Pré-aquecer o forno e regular a temperatura para 180º C

Untar uma forma de bolo inglês de 20x10 cm e forrar o fundo com papel vegetal.

Picar as tâmaras e colocá-las numa taça, polvilhar com o bicabornato de sódio, verter o café por cima e reservar.

Noutra taça bater o açúcar com a manteiga e o ovo, adicione o extracto de baunilha, junte a farinha, o sal e o fermento e misture bem, se a massa estiver muito compacta vá juntado um pouco do café das tâmaras.

Por fim acrescentar o café com as tâmaras e as nozes picadas.

Deitar a massa na forma e levar ao forno (colocar no centro) durante cerca de uma hora ou até estar cozido.

Quando estiver pronto, deixe arrefecer um pouco antes de desenformar, retirar o papel e colocar sobre uma rede para arrefecer.

Nota: Fica óptimo morno servido com manteiga e uma chávena de café.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28

Novos cafés Delta Origens

por Moira, em 29.06.13

O café foi introduzido na Europa por mercadores vindos do Oriente há cerca de 400 anos atrás e era servido apenas a doentes que tinham problemas de circulação.

A primeira loja a vender o precioso grão torrado na Europa localizava-se na famosa Praça de S. Marcos em Veneza, e rápidamente surgiram outras espalhadas pelas principais capitais europeias.

Actualmente é difícil imaginar a vida sem café, no entanto esta bebida aromática e estimulante, na altura denominada como a "bebida dos turcos" era um luxo apenas disponível às classes mais abastadas.

Difícil é também imaginar que só nos anos trinta do século passado foi inventada por Achilles Gaggia, a máquina que tira o café sob pressão, o chamado expresso, bica ou cimbalino consoante a região do país ou da europa em que estamos.

Mais ou menos forte, mais ou menos aromático o café é hoje em dia uma bebida acessível a todos e que muitos de nós já não conseguem prescindir.

A Delta lançou recentemente quatro lotes de café com a denominação "Origens" nas variedades, Angola, Brasil, Colombia e Timor.

Todos eles fazem parte das minhas preferências, já que sou consumidora habitual dos cafés Delta, tenho, no entanto, que confessar que o meu preferido é o Angola, um café cheio de carácter, pouca acidez e feito a partir de uma selecção dos melhores "robustas" africanos.

E porque os dias estão quentes a minha sugestão vai para um cocktail de café bem geladinho, perfeito num final de tarde para quem gosta de café e de sabores intensos.

Cocktail de Café com Tequila

Ingredientes:

  • 250 ml de café forte Angola Origens
  • 1 cálice de tequila (+/- 40 ml)
  • açúcar e gelo q.b.

Preparação:

Prepare o café, adoce a gosto, deixe arrefecer e coloque no frigorífico.

Encha um copo alto com cubos de gelo, verta por cima a tequilla e por fim o café frio adoçado a gosto.

Sirva de Imediato.

Nota: Se preferir um café gelado sem teor alcoólico, pode optar por mazagran.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D