Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mas que grande Caldeirada...

por Moira, em 05.06.09

Há comidas que gosto, e mesmo que não sejam fotogénicas vão ter que passar por aqui, porque fazem parte das minhas memórias gustativas.

Quando era criança este era o tipo de comida que eu detestava, mas vamos crescendo e vamos aprendendo a gostar de novos sabores, de qualquer das formas eu nunca tive hipótese de dizer: Não gosto!  Não como! E ainda bem, pois hoje gosto de tudo com excepção de fígados sejam lá do que forem, já tive a minha dose e pronto!

O D. há muito que me pedia para fazer uma caldeirada de cabrito, não encontrei cabrito, encontrei cordeiro que vai dar quase no mesmo, e assim nasceu o jantar de ontem.

Não sei se perceberam, mas eu tenho um tacho novo... azul como a minha cozinha, não é daqueles da famosa marca Le Creuset, mas foi o que se pode arranjar na famosa loja sueca e ajudou muito bem na confecção do jantar.

 

Caldeirada de Cordeiro

Ingredientes:

  • cordeiro (usei um pouco de cachaço e um pouco da mão)
  • 1 cebola cortada às rodelas finas
  • 2 dentes de alho
  • 2 tomates maduros, sem pele e cortados às rodelas
  • meio pimento cortado às tiras finas (usei vermelho)
  • batatas cortadas às rodelas
  • sal e pimenta q.b.
  • 1 colher de café de colorau
  • um fio de azeite
  • 1 raminho de tomilho fresco

Preparação:

Temperar o cordeiro com dois dentes de alho às lascas, um nadinha de colorau, um fio de azeite e um copo de vinho branco, e deixá-lo assim um bom par de horas.

Num tacho pôr um fio de azeite, alourar a carne, regá-la com a vinha de alhos, descartando os alhos, e temperá-la com sal e pimenta acabada de moer.

Adicionar a cebola e o tomate, um ou dois copos de água, tapar o tacho e deixar cozinhar em lume brando, quando a carne estiver tenra, adicionar as batatas e os pimentos, o raminho de tomilho, adicionar mais água se estiver muito seco e deixar cozer a batata.

Nota: Para quem não tem problemas com dieta, o que não é exactamente o meu caso, pode acompanhar com fatias de pão caseiro ligeiramente tostado.

 

Ah! O reflexo de luz que se vê na tampa do tacho é o meu precioso candeeiro de cozinha de alumíno, que funciona como reflector em sintonia com o flash que incorporei na máquina fotográfica e que faz com que as fotos dos meus jantares saiam com a luz que se vê, pois nenhuma delas foi trabalhada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:11


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D