Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os Bolinhos da minha Mãe

por Moira, em 09.03.16

Estes são, para mim, os melhores bolinhos do mundo, feitos pela minha mãe há anos sempre da mesma forma e com a mesma dose de paciência, não são exageradamente doces e são plenos de boas memórias, fazendo as delícias de quem os come e de quem os molda.

Lembro-me de, criança pequena que mal chegava à mesa, subir para uma cadeira e passar horas a moldar pequenas formas imaginárias, como quem molda plasticina, num faz e desmancha até obter o boneco perfeito. De tanto faz e desfaz, a massa começava a ficar peganhenta, mas quem se importava?

Das mãozinhas pequenas saiam, flores e bichos diversos, argolas, torcidos e tudo o mais que nos passasse pela cabeça.

A minha mãe sossegava e tinha-nos sossegadas durante o tempo que demoravam a moldar aqueles pequenos bolinhos que depois de ir ao forno apareciam douradinhos e ficavam a repousar sobre a rede em filinha até serem guardados em caixas de lata. 

A festa terminava no lanche com um copo de leite que deixava bigodes e um pratinho de bolinhos acabados de fazer.

Bolinhos IMG_9624

Bolinhos da Minha Mãe

Ingredientes:

500 g de farinha de trigo

500 g de farinha de trigo com fermento

300 g de manteiga

300 g de açúcar

4 ovos médios

raspa de 1 limão

1 colher de sobremesa de canela

Preparação:

Amassar tudo e deixar repousar durante cerca de 1 a 2 horas.

Ligar o forno a 180º.

Moldar pequenos biscoitos, com o formato que entender, podem ser bolinhas, torcidos, argolas, como os que estão na foto ou pequenos bonecos conforme a inspiração do artista e levar ao forno quente, em tabuleiros untados ou apenas forrados com papel vegetal, durante cerca de 10 minutos ou até estarem ligeiramente dourados.

Cuidado para não cozer demais pois os biscoitos endurecem depois de frios.

Duram cerca de 1 mês desde que guardados em caixas herméticas, isto se conseguir resistir-lhes tanto tempo.

Nota: Se depois de misturar os ingredientes a massa não estiver moldável sem se agarrar às mãos, polvilhe com um pouco de farinha e misture de novo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46

Bolachinhas de Tomate com Requeijão

por Moira, em 27.05.14

Já conhecem a revista "Sabores Partilhados"? É uma revista online inteiramente grátis e que está de parabéns pelo seu primeiro ano de existência e a quem agradeço o convite para participar nesta edição.

Para o número especial de aniversário preparei estas bolachas de tomate com orégãos, que tanto podem ser servidas como snack como para petiscar como entrada.

Bolachas de Tomate e Orégãos com Creme de Requeijão
Ingredientes:
Para as Bolachas:
• 150 g de farinha de Trigo
• 50 g de margarina cortada aos cubinhos
• 1 colher de sopa de concentrado de tomate
• 2 colheres de sopa de água fria
• 1 colher de chá de orégãos
• 1 colher de chá mal cheia de paprika
• 1 colher de café de sal fino
Para o Creme de Requeijão:
• 50 g de Requeijão
• 20 g de queijo creme (tipo Philadelphia ou Quark)
• Sal e pimenta q.b.
Para Acompanhar:

Microvegetais da Life in a Bag 

Preparação:
Das Bolachas:
Misturar a farinha, o sal, os orégãos e a paprika. Juntar a margarina e misturar com a farinha até obter uma massa areada, adicionar o concentrado de tomate e a água a pouco e pouco até ter obter uma massa moldável.
Formar uma bola e guardar no frigorífico por meia hora.
Estender a massa com o rolo da massa o mais fino possível, e cortar as bolachas com um corta bolachas.
Colocar as bolachas em cima de papel vegetal que possa ir ao forno, e picá-las com um garfo.
Vão ao forno aquecido a 180º durante cerca de 8 a 10 minutos.
Acompanhar com creme de requeijão e micro vegetais.
Do Creme de Requeijão:
Misturar o requeijão com o queijo creme até obter uma mistura cremosa, temperar com sal e pimenta.
Sugestão de apresentação:
Com uma parte da massa forre uma forma pequena de muffins, leve ao forno junto com as bolachas, deixe arrefecer por completo e use-a para servir como recipiente para apresentar o creme de requeijão.
Nota: A receita dá para cerca de 30 bolachinhas + o recipiente para servir o creme de requeijão.

Os micro vegetais são da Life in a Bag estes são rebentos de rabanete.

 

Entretanto e já com algum atraso comunico que a vencedora do passatempo da Bonsalt foi a Daniela Anaísa Costa. Os números foram atribuídos pela ordem de chegada de comentários num total de 16 participações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30

Bolachinhas de Cacau

por Moira, em 08.04.13

Para beliscar a meio da tarde estas bolachinhas são a combinação perfeita para uma chávena de café.

Bolachinhas de Cacau e Canela

Ingredientes:

Para a massa

Para a guarnição

  • 1 clara de ovo ligeiramente batida para pincelar
  • amêndoa laminada q.b.

Preparação:

Misturar todos os ingredientes secos, juntar a manteiga fria cortada aos cubinhos e trabalhar a massa de forma rápida até ficar com aspecto de areia molhada. Adicionar as gemas e misturar apenas o necessário para poder formar uma bola. 

Dividir a massa em 3 ou 4 partes e formar cilindos. Embrulhar em folha de alumínio e guardar no frio por cerca de 2 a 3 horas, ou se preferir de um dia para o outro. Ligar o forno nos 180º, cortar as bolachas com cerca de 5 mm de espessura, pincelar com clara de ovo batida e colar em cima de cada uma um pedaço de amêndoa lascada. Levar ao forno, sobre uma folha de papel vegetal, entre 10 a 12 minutos. Para a clara não secar antes de colar a amêndoa, convém pincelar apenas 6 bolachas de cada vez.

 

Notas: Acompanham bem, quer um chá, quer um café, mas o melhor é servir com cautela que estas bolachas são viciantes.

Consoante o tipo de farinha que usamos e o tamanho dos ovos, por vezes é necessário adicionar uma colher de sopa de água fria para ligar a massa e poder moldá-la.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:17

Para uma Páscoa Saudável

por Moira, em 05.03.13

Manda a tradição oferecer amêndoas na Páscoa, mas não têm que ser cheias de açúcar, pois não?

Para uma Páscoa mais saudável, vamos cortar no açúcar e no sal sem que com isso tenhamos que comer coisas menos apetitosas.


Bolachinhas de Amêndoa

Ingredientes:

  • 350 g de farinha de trigo
  • 50 g de amêndoa moída em farinha
  • 100 g de açúcar amarelo
  • 150 g de manteiga sem sal
  • 1 ovo pequeno
  • raspa de 1 limão
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 colher de café de Bonsalt*

Para guarnição:

  • amêndoa lascada q.b.
  • gema de ovo ou clara de ovo para pincelar

Preparação Tradicional:

Misturar farinha, amêndoa, açúcar, raspa de limão e Bonsalt.

Juntar manteiga cortada aos cubinhos e misturar até obter um preparado com aspecto de areia molhada.

Adicionar o ovo e o sumo de limão, misturando até formar uma bola de massa.

Fazer 2 ou 3 rolos de massa com cerca de 3 cm de diâmetro e levar ao frigorifico durante 1 hora.

Aquecer o forno a 180º, cortar as bolachas com cerca de meio cm de espessura e colocá-las num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Pincelar as bolachas com gema de ovo ou clara de ovo batida e polvilhar com amêndoa lascada.

 

Preparação Bimby / Thermomix:

Colocar todos os ingredientes no copo e programar 15 segundos, velocidade 5.

Retirar a massa do copo, sobre uma superfície enfarinhada formar 2 ou 3 rolos com cerca de 3 cm de diâmetro, embrulhar em papel de alumínio e deixar repousar durante 1 hora no frio.

Aquecer o forno a 180º, com uma faca cortar as bolachas com cerca de meio cm de espessura e colocá-las num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Pincelar as bolachas com gema de ovo ou clara de ovo batida e polvilhar com amêndoa lascada.

 

Notas:

Pincele apenas 5 ou 6 bolachas de cada vez, para que a amêndoa fique colada, caso contrário o ovo seca e a amêndoa não cola.

O Bonsalt é um sal sem sódio, próprio para hipertensos, no entanto não deve ser consumido por pessoas com problemas renais.

Para qualquer dúvida o ideal é consultar o médico.

* Pode substituir o Bonsalt por sal marinho refinado ou simplesmente omiti-lo da receita.

Rende cerca de 80 bolachas pequeninas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

para a troupe do bikini

por Moira, em 15.07.12

Férias à porta e não há quem não se preocupe com a linha.

Fazem-se dietas loucas em nome da aparência, quando essa devia ser uma preocupação diária.

É a pensar nas pessoas que gostam de manter uma alimentação saudável o ano inteiro, ainda assim cheia de sabor, que a revista Saúde à Mesa apresenta receitas saudáveis e seleccionadas de acordo com as necessiadades de quem sofre de hipertensão arterial, obesidade, diabetes ou colesterol elevado, e é a convite da mesma revista que passarei a apresentar uma vez por mês uma das receitas publicadas na revista.

A minha escolha deste mês recaiu sobre uns biscoitos de aspecto guloso, para a pausa do café ou para um pequeno lanche e que se comem sem sentimento de culpa, basta ler a lista de ingredientes para se perceber porquê.

Biscoitos com Sementes

Ingredientes:

  • 1 ovo + 1 gema
  • 40 g de açúcar (usei 50g)
  • 6 colheres de sopa de azeite
  • raspa de 1 laranja (usei raspa de 2 limas)
  • 220g de farinha de trigo
  • 30 g de amido de milho
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 clara de ovo ligeiramente batida
  • sementes de papoila q.b
  • sementes de sésamo q.b. (gergelim)

Preparação:

Ligue o forno a 175º C.

Bata o ovo inteiro com a gema e o açúcar até dobrar o volume, junto o azeite e a raspa de laranja.

À parte junte as farinhas e o fermento, envolva a farinha na mistura de ovo e amasse até ligar e formar uma bola.

Molde pequenas bolas e achate-as ligeiramente, pincele-as com a clara batida e  polvilhe metade dos biscoitos com sementes de pappolia e outra metade com sementes de sésamo.

 

Nota: Pode encontrar esta e outras receitas na revista Saúde à Mesa nº 75 de Junho de 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:06


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D