Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Bolo de Cenoura com Muesli

por Moira, em 23.02.15

Diz que a cenoura faz os olhos bonitos...

Mas mesmo que já tenha uns lindos olhos e mesmo que não goste de cenoura, garanto-vos que este bolo fica uma delícia. Não acreditam ? Experimentem, vão ver que é tão bom que desaparece num instante.

Bolo de Cenoura - IMG_7488

Bolo de Cenoura com Muesli

Ingredientes:

  • 220 g de cenoura descascada e partida aos pedaços
  • 3 ovos
  • 1 dl de azeite (ou 100 g de manteiga)
  • 200 g de açúcar
  • 100 g de farinha de trigo
  • 1 colher e meia de chá de fermento
  • 100 g de muesli (ou granola)
  • 50 g de passas de uva
  • 1 colher de chá mal cheia de canela moída (opcional)

Preparação:

Bimby / Thermomix

Pré-aqueça o forno a 180º.

Coloque a cenoura no copo e rale 15 segundos, vel. 9.

Adicione os ovos, o azeite e o açúcar e programe 1 minuto, vel. 6.

Adicione a farinha e o fermento e programe 15 segundos, velocidade 3.

Por fim junte o muesli e as passas e envolva com a ajuda da espátula.

Leve ao forno aquecido em forma untada e enfarinhada durante cerca de 30 a 40 minutos. Se ao espetar um palito no centro do bolo o mesmo sair seco o bolo está cozido.

Tradicional (versão não testada)

Pré-aqueça o forno a 180º.

Rale a cenoura e reserve.

Bata os ovos com o açúcar até dobrarem de volume, junte a cenoura ralada, o azeite e adicione a farinha e o fermento misturando sem bater.

Por fim junte o muesli e as passas e envolva com a ajuda da espátula.

Leve ao forno aquecido em forma untada e enfarinhada durante cerca de 30 a 40 minutos. Se ao espetar um palito no centro do bolo o mesmo sair seco o bolo está cozido.

Notas: A receita original é da Revista Bimby Momentos de Partilha Nº 47 de Outubro 2014 ,  é originalmente feita com all-bran, mas eu usei o muesli que tinha em casa e fiz mais algumas alterações. Reduzi o açúcar de 350 g para 200 g e substitui a manteiga por azeite. Se optar por usar azeite escolha um de sabor suave.

A massa fica bastante líquida, mas é mesmo assim. No final o bolo fica com uma consistência bastante húmida. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

Vamos lá a começar o ano

por Moira, em 12.01.14

Não sei porque razão, mas o primeiro post do ano sofre sempre do mesmo mal, falta de inspiração para escrever ou preguiça de recomeçar tudo de novo.

Uma das minhas prioridades para 2014 era fazer uma empada de bacalhau, primeiro porque só costumo fazer pratos de bacalhau nesta altura do ano e depois porque estava a dever este post à Adega de Borba desde o final do Verão passado, altura em que recebi uma oferta que me deixou enternecida, pela delicadeza de quem a imaginou.

A oferta era composta por uma garrafa de azeite dentro de um mini cesto de piquenique, acompanhada por um pequeno recipiente e um pequeno taleigo com uma miniatura de um verdadeiro pão alentejano. Não resisti a prová-lo de imediato, mais pela apresentação do que pela curiosidade. Os que me seguem há mais tempo sabem que o azeite que se gasta cá em casa é de produção particular, e o seu consumo tornou-me esquisitinha com os azeites de compra, no entanto este surpreendeu-me. É feito a partir de azeitona galega, uma variedade típica no Alentejo e tem um sabor delicado mas que deixa um leve amarguinho na boca que muito me agradou. Claro que um azeite especial merecia um prato especial, foi por isso que resolvi fazer uma espécie de fusão entre a empada galega e o folar de bacalhau de Lamego. O resultado foi uma agradável surpresa, Não acreditam? Então experimentem.

Empada de Bacalhau

Ingredientes:

Para o recheio:

  • 2 postas de bacalhau
  • 4 cebolas grandes
  • 4 colheres de sopa de azeite da Adega de Borba
  • sal e pimenta q.b.

 

Para a Massa

  • 50 g de água
  • 50 g de azeite
  • 50 g de margarina (ou banha se preferirem)
  • 50 g de vinho branco
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 ovo
  • 5 g de fermento seco para pão (usei fermipan)
  • 450 g de farinha de trigo
  • 1 clara de ovo para pincelar

Preparação:

Da Massa

Tradicional: Aquecer ligeiramente os líquidos, só para amornar, misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea e moldável e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Bimby / Thermomix: Colocar no copo a água, o vinho, o azeite, a margarina e programar 2 min., 37º, vel. 2. Adicionar o fermento, o ovo, o sal e a farinha e programar 2 min. vel. espiga, retirar do copo e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Do Recheio

Num tacho colocar o azeite e a cebola picada grosseiramente e deixar refogar. Retirar a pele e as espinhas ao bacalhau e desfiá-lo sem o desfazer muito. Adicionar o bacalhau ao refogado, temperar com sal e pimenta, deixar cozinhar cerca de 10 minutos e reservar até estar quase frio.

Montagem

Estender metade da massa sobre uma superfície enfarinhada, com a ajuda de um rolo da massa, recortar com a forma de um peixe e pôr em cima de um papel vegetal que possa ir ao forno. Colocar por cima o recheio, tendo o cuidado de deixar cerca de 2 cm livres a toda a volta para poder fazer o remate. Estender a restante massa e cortar outro peixe, ligeiramente mais pequeno cerca de 1 cm que o anterior para tapar a empada, pincelar o rebordo livre a toda a volta com clara de ovo, dobrar a massa por cima da tampa para selar a empada e pressionar ligeiramente com um garfo a toda a volta. Com as sobras de massa recortar as barbatanas. Pincelar todo o peixe com clara de ovo e levar ao forno aquecido a 180º cerca de 20 a 25 minutos. ou até a massa estar cozida e com um aspecto ligeiramente dourado.

Notas: A massa da empada é do Livro de Receitas Essenciais da Bimby, o recheio é o tradicional do Folar de Bacalhau de Lamego

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48

Para hidratar e refrescar

por Moira, em 25.04.13

Hoje saí de manhã com uns amigos para dar um passeio a pé pelas redondezas e de regresso já estava tanto calor que cheguei a casa completamente desidratada, isto porque me esqueci de levar água, pelo que esta limonada cumpriu a missão não só de hidratar mas também de refrescar.

Limonada de Lima e Morango

Ingredientes:

  • 2 limas
  • 100 g de morangos + 2 ou 3 para decoração
  • 50 g de açúcar
  • 1 litro de água

Preparação:

Bimby/Thermomix

Lavar os morangos e cortar os pedúnculos.

Pulverizar o açúcar, acrescentar os morangos e triturar, 1 minuto, velocidade 6.

Acrescentar as limas cortadas em quatro e a água e carregar no turbo durante um segundo.

Coar e servir com gelo e alguns morangos laminados.

Tradicional:

Triturar os morangos com o açúcar no liquidificador até obter um puré de aspecto homogéneo, acrescentar o sumo de lima e a água, misturar de novo e servir com cubos de gelo e alguns morangos laminados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:27

Para uma Páscoa Saudável

por Moira, em 05.03.13

Manda a tradição oferecer amêndoas na Páscoa, mas não têm que ser cheias de açúcar, pois não?

Para uma Páscoa mais saudável, vamos cortar no açúcar e no sal sem que com isso tenhamos que comer coisas menos apetitosas.


Bolachinhas de Amêndoa

Ingredientes:

  • 350 g de farinha de trigo
  • 50 g de amêndoa moída em farinha
  • 100 g de açúcar amarelo
  • 150 g de manteiga sem sal
  • 1 ovo pequeno
  • raspa de 1 limão
  • 1 colher de sopa de sumo de limão
  • 1 colher de café de Bonsalt*

Para guarnição:

  • amêndoa lascada q.b.
  • gema de ovo ou clara de ovo para pincelar

Preparação Tradicional:

Misturar farinha, amêndoa, açúcar, raspa de limão e Bonsalt.

Juntar manteiga cortada aos cubinhos e misturar até obter um preparado com aspecto de areia molhada.

Adicionar o ovo e o sumo de limão, misturando até formar uma bola de massa.

Fazer 2 ou 3 rolos de massa com cerca de 3 cm de diâmetro e levar ao frigorifico durante 1 hora.

Aquecer o forno a 180º, cortar as bolachas com cerca de meio cm de espessura e colocá-las num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Pincelar as bolachas com gema de ovo ou clara de ovo batida e polvilhar com amêndoa lascada.

 

Preparação Bimby / Thermomix:

Colocar todos os ingredientes no copo e programar 15 segundos, velocidade 5.

Retirar a massa do copo, sobre uma superfície enfarinhada formar 2 ou 3 rolos com cerca de 3 cm de diâmetro, embrulhar em papel de alumínio e deixar repousar durante 1 hora no frio.

Aquecer o forno a 180º, com uma faca cortar as bolachas com cerca de meio cm de espessura e colocá-las num tabuleiro untado ou forrado com papel vegetal.

Pincelar as bolachas com gema de ovo ou clara de ovo batida e polvilhar com amêndoa lascada.

 

Notas:

Pincele apenas 5 ou 6 bolachas de cada vez, para que a amêndoa fique colada, caso contrário o ovo seca e a amêndoa não cola.

O Bonsalt é um sal sem sódio, próprio para hipertensos, no entanto não deve ser consumido por pessoas com problemas renais.

Para qualquer dúvida o ideal é consultar o médico.

* Pode substituir o Bonsalt por sal marinho refinado ou simplesmente omiti-lo da receita.

Rende cerca de 80 bolachas pequeninas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:34

World Bread Day 2012

por Moira, em 16.10.12

É no Dia Mundial da Alimentação, que me junto a mais uma edição do World Bread Day, a 7ª,  promovida pela Zorra.

Este ano tenho andado um pouco perdida no tempo, pelo que não tive oportunidade de procurar uma receita típica portuguesa.

Mas isso não era motivo para não participar, por isso, deixei-me levar pela imaginação e fiz um pão com leite de coco e ameixas pretas.

O resultado não foi exactamente aquele que eu esperava, porque não se sente o sabor do coco, no entanto ficou muito agradável e por isso digno de partilhar.

Pão Doce com Ameixas Secas

Ingredientes:

  • 700 g de farinha de trigo
  • 50 g de açúcar
  • 100 g de manteiga
  • 250 ml de leite de coco
  • 2 ovos
  • 150 g de ameixas secas descaroçadas e cortadas
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 saqueta de fermento seco de padeiro (11 g)
  • 1 cálice de vinho do porto
  • gema de ovo para pincelar

Preparação:

Tradicional

Colocar as ameixas secas numa taça e regá-las com o vinho do Porto, reservar por  1 a 2 horas.

Numa taça colocar a farinha, o fermento seco, o açúcar e o sal, misturar e fazer um buraco no meio.

Amornar o leite de coco juntamente a manteiga durante 30 a 40 segundos no micro-ondas, se aquecer de mais esperar até ficar morna antes de utilizar, para não matar o fermento.

Juntar os ovos, o leite de coco e a manteiga à mistura de farinha e amassar até obter uma massa homogénea que se solta das paredes da taça formando uma bola.

deixar levedar numa taça untada e em local morno, até dobrar o volume pode demorar entre 30 minutos a 1 hora ou mais, consoante a temperatura ambiente.

Divida a massa e forme três rolos iguais, espalme-os para formar 3 rectângulos iguais, coloque as ameixas picadas no meio, no sentido do comprimento e enrole de modo que as ameixas fiquem no meio e obtenha de novo 3 rolos. Proceda de igual forma com as outras duas partes de massa. Forme então uma trança, coloque no tabuleiro  de ir ao forno, sobre uma folha de papel vegetal e pincele com gema de ovo ou com o resto do vinho do porto onde as ameixas estiveram a hidratar.

Deixe a massa levedar mais 30 a 40 minutos e leve então ao forno aquecido a 180º C durante 30 a 40 minutos.

Se necessário tape com papel de alumínio para não queimar por cima. 

Bimby

Colocar as ameixas secas numa taça e regá-las com o vinho do Porto, reservar por  1 a 2 horas.

Colocar no copo o leite de coco, a manteiga e o açúcar e programar 2 minutos, 37º, vel. 2.

Juntar os ovos e o fermento e programar 10 segundos, velocidade 6.

Por fim juntar a farinha e o sal e programar 3 minutos, velocidade espiga.

Retirar a massa do copo, formar uma bola e deixar levedar numa taça untada e em local morno, até dobrar o volume pode demorar entre 30 minutos a 1 hora ou mais, consoante a temperatura ambiente.

Divida a massa e forme três rolos iguais, espalme-os para formar 3 rectângulos iguais, coloque as ameixas picadas no meio, no sentido do comprimento e enrole de modo que as ameixas fiquem no meio e obtenha de novo 3 rolos. Proceda de igual forma com as outras duas partes de massa. Forme então uma trança, coloque no tabuleiro  de ir ao forno, sobre uma folha de papel vegetal e pincele com gema de ovo ou com o resto do vinho do porto onde as ameixas estiveram a hidratar.

Deixe a massa levedar mais 30 a 40 minutos e leve então ao forno aquecido a 180º C durante 30 a 40 minutos.

Se necessário tape com papel de alumínio para não queimar por cima. 

 

Nota: Se preferir adicione as ameixas picadas à massa antes de a pôr a levedar.

Em vez de uma trança, pode fazer bolinhas ou pequenos pães.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:12


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D