Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Papelotes

por Moira, em 25.02.14

Hoje trago-vos uma receita da revista Sabe Bem, para quem desconhece é a revista do Pingo Doce, sai de dois em dois meses e vem sempre recheada de excelentes sugestões. Seja para quem não sabe o que cozinhar para o jantar, seja para quem pretende inovar no menú do dia a dia. São receitas relativamente simples mas que prometem impressionar o paladar dos mais exigentes.

A receita que vos apresento hoje foi integralmente confeccionada com produtos da marca Pingo Doce que são, na minha opinião de excelente qualidade.

Das muitas receitas apresentadas na revista, a minha escolha recaiu sobre um prato de extrema simplicidade feito à base de bacalhau, um peixe muito apreciado pelos portugueses e que o Pingo Doce disponibiliza em diversos formatos ou cortes, destacando-se para esta receita os lombos congelados, muito práticos, prontos a utilizar e no ponto certo de sal.

Lascas de Bacalhau em Papelote com Legumes - para 2 pessoas

Ingredientes:

  • 2 lombos de bacalhau congelado Pingo Doce
  • 1 cebola pequenina
  • 1 dente de alho pequeno
  • 100 g de bróculos cozinhados ao vapor
  • 150 g de preparado para sopa juliana Pingo Doce
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de vinho branco
  • sal q.b
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • raspa de limão q.b.
  • 1 pitada de pimentão doce

Preparação:

Descongele o bacalhau.

Aqueça o forno a 180º

Coloque um tacho ao lume com um pouco de água, a cebola, o dente de alho e a folha de louro.

Quando ferver coloque os lombos de bacalhau, deixe levantar fervura e apague o lume.

Deixe arrefecer o bacalhau, limpe-o de peles e espinhas e faça-o em lascas grandes.

Coloque numa tigela o preparado para sopa juliana e tempere com sal e 2 colheres de sopa de azeite, misture bem, para envolver.

Recorte 4 quadrados de papel vegetal, sobreponha-os 2 a 2, colocando no centro uma parte da juliana, depois os bróculos cozinhados ao vapor e por fim o bacalhau. Borrife com o vinho branco,  polvilhe com o pimentão e regue com o restante azeite. Feche o papel vegetal formando um embrulho, ate com cordel para culinária e leve ao forno quente por cerca de 20 minutos.

Depois de cozinhado, abra os papelotes com cuidado para não se queimar, polvilhe com salsa picada e raspa de limão e sirva de imediato.

 

Acompanhe com vinho branco do Dão marca Pingo Doce

Nota: A receita é muito simples mas também muito requintada na apresentação. A única alteração que lhe fiz foi acrescentar um pouco de pimentão doce

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14

O Amor tem destas coisas

por Moira, em 07.02.14

Eu adoro arroz de bacalhau, já o meu marido odeia arroz de bacalhau, mas o amor tem destas coisas, de quando em vez fazem-se umas cedências e foi assim que saiu um arroz de bacalhau com camarões para agradar a ambos. Embora não ficasse com aquele gostinho que eu guardo de infância, ficou bastante saboroso e ele até disse que podia repetir mais vezes.

Arroz de Bacalhau com Camarões

Arroz de Bacalhau com Camarão e Pimentos

Ingredientes:

  • 1 posta de bacalhau demolhado
  • 8 a 10 camarões descascados
  • 1 chávena de arroz carolino
  • 4 colheres de sopa de pimento cortado aos cubinhos
  • 1 colher de sobremesa de salsa picada
  • 3 chávenas de água de cozer o bacalhau
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 4 colheres de sopa de azeite da Adega de Borba
  • 1 colher de sopa de polpa de tomate
  • salsa ou coentros para polvilhar no final

Preparação:

Comece por cozer o bacalhau durante cerca de 5 minutos, deixe arrefecer um pouco e faça-o em lascas.

Faça um refogado com a cebola, o alho e o azeite.

Quando a cebola ficar translúcida junte a folha de louro, o pimento cortado aos cubinhos e a polpa de tomate. Adicione o arroz e tempere com sal, misture bem e passados poucos minutos regue com as 3 chávenas cheias de água de cozer o bacalhau.

Adicione o bacalhau às lascas e os camarões. Ferva em lume brando até o arroz ficar macio. Polvilhe com salsa picada e sirva de imediato.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:25

Vamos lá a começar o ano

por Moira, em 12.01.14

Não sei porque razão, mas o primeiro post do ano sofre sempre do mesmo mal, falta de inspiração para escrever ou preguiça de recomeçar tudo de novo.

Uma das minhas prioridades para 2014 era fazer uma empada de bacalhau, primeiro porque só costumo fazer pratos de bacalhau nesta altura do ano e depois porque estava a dever este post à Adega de Borba desde o final do Verão passado, altura em que recebi uma oferta que me deixou enternecida, pela delicadeza de quem a imaginou.

A oferta era composta por uma garrafa de azeite dentro de um mini cesto de piquenique, acompanhada por um pequeno recipiente e um pequeno taleigo com uma miniatura de um verdadeiro pão alentejano. Não resisti a prová-lo de imediato, mais pela apresentação do que pela curiosidade. Os que me seguem há mais tempo sabem que o azeite que se gasta cá em casa é de produção particular, e o seu consumo tornou-me esquisitinha com os azeites de compra, no entanto este surpreendeu-me. É feito a partir de azeitona galega, uma variedade típica no Alentejo e tem um sabor delicado mas que deixa um leve amarguinho na boca que muito me agradou. Claro que um azeite especial merecia um prato especial, foi por isso que resolvi fazer uma espécie de fusão entre a empada galega e o folar de bacalhau de Lamego. O resultado foi uma agradável surpresa, Não acreditam? Então experimentem.

Empada de Bacalhau

Ingredientes:

Para o recheio:

  • 2 postas de bacalhau
  • 4 cebolas grandes
  • 4 colheres de sopa de azeite da Adega de Borba
  • sal e pimenta q.b.

 

Para a Massa

  • 50 g de água
  • 50 g de azeite
  • 50 g de margarina (ou banha se preferirem)
  • 50 g de vinho branco
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 ovo
  • 5 g de fermento seco para pão (usei fermipan)
  • 450 g de farinha de trigo
  • 1 clara de ovo para pincelar

Preparação:

Da Massa

Tradicional: Aquecer ligeiramente os líquidos, só para amornar, misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea e moldável e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Bimby / Thermomix: Colocar no copo a água, o vinho, o azeite, a margarina e programar 2 min., 37º, vel. 2. Adicionar o fermento, o ovo, o sal e a farinha e programar 2 min. vel. espiga, retirar do copo e deixar repousar em local ameno cerca de 1 hora para levedar.

Do Recheio

Num tacho colocar o azeite e a cebola picada grosseiramente e deixar refogar. Retirar a pele e as espinhas ao bacalhau e desfiá-lo sem o desfazer muito. Adicionar o bacalhau ao refogado, temperar com sal e pimenta, deixar cozinhar cerca de 10 minutos e reservar até estar quase frio.

Montagem

Estender metade da massa sobre uma superfície enfarinhada, com a ajuda de um rolo da massa, recortar com a forma de um peixe e pôr em cima de um papel vegetal que possa ir ao forno. Colocar por cima o recheio, tendo o cuidado de deixar cerca de 2 cm livres a toda a volta para poder fazer o remate. Estender a restante massa e cortar outro peixe, ligeiramente mais pequeno cerca de 1 cm que o anterior para tapar a empada, pincelar o rebordo livre a toda a volta com clara de ovo, dobrar a massa por cima da tampa para selar a empada e pressionar ligeiramente com um garfo a toda a volta. Com as sobras de massa recortar as barbatanas. Pincelar todo o peixe com clara de ovo e levar ao forno aquecido a 180º cerca de 20 a 25 minutos. ou até a massa estar cozida e com um aspecto ligeiramente dourado.

Notas: A massa da empada é do Livro de Receitas Essenciais da Bimby, o recheio é o tradicional do Folar de Bacalhau de Lamego

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48

Dia Mundial das Massas

por Moira, em 25.10.13

Fonte privilegiada de hidratos de carbono, a massa é essencial na alimentação de pessoas de todas as idades e fundamental na alimentação de desportistas, porque necessitam de doses extra de energia e de crianças porque fornece vitaminas e minerais essenciais para um desenvolvimento saudável.

Pelo seu sabor e versatilidade de confecção, são largamente apreciadas no mundo inteiro, mas têm um lugar de destaque na dieta mediterrânica.

Hoje comemora-se o Dia Mundial das Massas e a Milaneza lançou o desafio de criar um prato com o novo macarronete com azeitona. 

O aroma a azeitona que se sente ao abrir a embalagem fica a pairar no ar adivinhando-se uma enorme riqueza de sabor e tendo-me deixado a cabeça a fervilhar com ideias.

Pensei em experimentar uma meia dúzia de pratos diferentes, mas como nem sempre conseguimos fazer o que queremos, o meu tempo escoou-se à velocidade da luz, entre afazeres domésticos, familiares e outros compromissos inadiáveis pelo que só ontem consegui elaborar uma prato que não sendo nenhum dos que eu tinha planeado acabou por ser o fruto de um dia triste, cinzento e muito chuvoso, daqueles que pedem comfort food, um sofá e uma música suave a acompanhar o livro que estava quase a terminar.

Sem luz natural decente para fotografar, a foto do prato não faz juz ao paladar destas massas de sabor mediterrânico e requintado.

Bacalhau com Grão e Macarronete com Azeitona

Ingredientes:

  • 1 chávena de  macarronete com azeitona da Milaneza 
  • 2 colheres de sopa de azeite + 2 para o refogado
  • sal e pimenta q.b.
  • 1 chávena de grão de bico cozido
  • 1 posta de bacalhau seco demolhado
  • 1 raminho de salsa
  • 2 tomates
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 dente de alho

Preparação:

Leve a água ao lume com o sal e 2 colheres de sopa de azeite, quando ferver deitar a massa, mexer e deixar cozinhar por 9 a 10 minutos. Escorrer, passar por água fria e reservar.

Colocar outro tacho ao lume, quando a água ferver colocar o bacalhau e deixar cozer por 10 minutos. Escorrer, retirar pele e espinhar e fazer em lascas.

Entretanto fazer um refogado com duas colheres de sopa de azeite, a cebola e o alho bem picadinhos, juntar o tomate picado sem pele e sem sementes, temperar com sal e pimenta, adicionar meio copo com água e deixar cozinhar em lume brando por cerca de 15 a 20 minutos, juntar o macarronete com azeitonas, o grão cozido e o bacalhau, envolver com uma colher e deixar fervilhar durante 2 ou 3 minutos para absorver os sabores. Servir de imediato.

Nota: Este post teve o patrocínio de Massas Milaneza

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:46

Salada de Bacalhau com Tomate

por Moira, em 22.06.08

O meu jantar de hoje foi uma Salada de Bacalhau com Tomate, fresca e simples de confeccionar.

Para 2 pessoas usei uma posta de bacalhau cru, demolhado e desfiado, sem pele nem espinhas. Dois ou três tomates e uma cebola cortados às rodelas, uma tira de pimento cortado às tirinhas. Tempera-se com sal, pimenta, azeite e vinagre e já está.

Mais simples do que isto é impossível

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:08


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D