Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


temperando com Bonsalt

por Moira, em 24.05.12

Chegou o calor e com ele a vontade de cirandar por aí, fazer caminhadas, dar um salto à praia ou dar apenas uma volta pelo jardim.

Aproveitar o bom tempo para actividades ao ar livre é uma forma de aliviar o stress do dia a dia e meio caminho andado para um estilo de vida mais saudável.

E por falar em saudável, este mês foi lançado um novo produto que o vai ajudar a ter uma alimentação mais saudável e o Tertúlia de Sabores foi convidado a experimentá-lo.

Chama-se Bonsalt e é um substituto do sal. Feito à base de cloreto de potássio, mantendo as características do sal marinho no que diz respeito ao sabor, mas não tem os seus efeitos nocivos quando consumido em excesso.

Pode ser consumido por qualquer pessoa, no entanto torna-se um benefício para as pessoas hipertensas, que habitualmente têm que consumir todos os seus alimentos completamente insossos, graças a ele é possível manter o sabor do sal na comida sem prejudicar a saúde, no entanto e porque há que ser cauteloso, se tiver problemas de saúde, deve aconselhar-se com o seu médico, que lhe dirá se pode ou não consumir este tipo de sal à base de cloreto de potássio.

Na minha opinião, é perfeito para saladas, uma vez que o seu aspecto é o de um vulgar sal de mesa refinado, contudo, torna-se mais difícil de dosear quando para temperar comida de tacho, no entanto nada que não se consiga superar com o tempo. Em Portugal o produto está à venda apenas em farmácias e parafarmácias.

Para experimentar o Bonsalt resolvi fazer estes bolinhos, óptimos para levar na lancheira para o trabalho ou para um picnic com os amigos.

Bolinhos de Atum, Milho e Azeitonas

Bolinhos de Atum, Milho e Azeitonas

Ingredientes:

  • 2 latas de atum em azeite
  • 1 copo de milho
  • 1 mão cheia de azeitonas
  • 2 ovos
  • 100 ml de azeite
  • 150 ml de leite
  • 250 g de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • 1 colher de chá de orégãos
  • 1 colher de café de Bonsalt

Preparação:

Ligar o forno a 180º.

Bater os ovos ligeiramente, juntar o leite e o azeite.

Adicionar a farinha, o sal, os orégãos e o fermento.

Por fim juntar o atum, o milho e as azeitonas e envolver na massa com uma colher de pau.

Levar ao forno em formas untadas e enfarinhadas, ou em forminhas de papel durante cerca de 25 minutos.

Consumir simples ou acompanhados por uma salada verde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04

De Mão em Mão

por Moira, em 08.04.11

Não é segredo para ninguém que desde que tenho este blog tenho feito muitos amigos, não só na blogosfera portuguesa, mas também na Espanhola e na Brasileira. A maioria desses blogs faz parte das minhas leituras diárias, por isso é inevitável não me sentir influenciada pelas suas receitas e sugestões.

Quando a mesma receita tem a mão de duas grandes amigas, é impossível resistir-lhe sabendo de antemão que a mesma será de sucesso garantido.

Esta receita tem a mão da Carlota com inspiração numa receita do Calvoletto di Bruxelles e da Pipoka com a sua pasta de azeitonas, e como as boas receitas são para passar de mão em mão, esta foi uma das entradas que levei para casa de outros amigos.

Caracóis com Pasta de Azeitonas

Ingredientes:
Para a Massa Quebrada
  • 150 g de Farinha
  • 65 g de Manteiga (usei com sal por isso não adicionai sal à massa)
  • 1 Colher de Chá de Açúcar
  • 75 ml de água
Para a Pasta de Azeitonas
  • 100 g de Azeitonas Pretas sem caroço
  • 1 dente de Alho
  • 2 Colheres de chá de Parmesão Ralado
  • 1 Colher de chá de Orégãos
  • 2 Colheres de sopa de Azeite
Preparação:

Massa

Bimby / Thermomix

Colocar todos os ingredientes no copo e programar 15 segundos, velocidade 5, retirar do copo embrulhar em película e guardar no frigorifico por 30 minutos.

 

Tradicional

Colocar a farinha e o açúcar  numa taça, adicionar a manteiga fria cortada aos cubinhos, misturar com a ponta dos dedos até obter uma areia grossa, adicionar a água, fazer uma bola embrulhar em película e guardar no frigorifico por 30 minutos.

A massa deve ser trabalhada rapidamente para não ficar dura depois de cozida.

 

Pasta de Azeitonas

Misturar todos os ingredientes num robô de cozinha e picar até obter a consistência desejada.

Na Bimby / Thermomix são 12 segundos, velocidade 5. Se necessário baixe os residos com a espátula e tritura mais uns segundos na mesma velocidade.

 
Montagem
Estender a massa com um rolo da massa de forma a obter um rectângulo,  se necessário aparar as pontas com uma faca para ficar o mais perfeito possível.
Espalhar o recheio de pasta de Azeitonas por cima da massa de forma uniforme e enrolar como se fosse uma torta.
Com uma faca cortar fatias de cerca de 1 cm de espessura e ajeita-las de forma a formar círculos, colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal e levar ao forno a 200º até estarem douradas +/- 10 a 15 minutos.
 
Nota: Também se pode estender a massa em círculo, dividir cada círculo em oito partes iguais, colocar na parte mais larga uma colherzinha de pasta de azeitona e enrolar da parte mais larga para a parte mais estreita, formando pequeninos croissants, podendo no final pincelar com gema de ovo dissolvida numa colher de leite ou água.
A massa quebrada pode ser congelada e a pasta de azeitona pode ser feita com alguns dias de antecedência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:56

Ainda em Marrocos...

por Moira, em 12.12.10

Cá por casa continuamos a apostar nos pratos quentes do norte de África, por isso quando a Formiguinha num comentário me falou desta receita como sendo deliciosa para eu usar a minha conserva de limão eu não hesitei, trago-vos pois mais uma das iguarias daquela região.

A Tagine é um prato típico de Marrocos, e esta receita combina o sabor intenso do limão em conserva (salmoura) com o sabor forte e salgado das azeitonas, por isso não adicione sal ou faça-o com bastante cautela.

A conserva de limão é feita pondo os limões mergulhados no seu próprio sumo com bastante sal podendo levar alguns condimentos, depois é aguardar que o tempo faça o seu trabalho, na altura de utilizar lava-se muito bem e aproveita-se apenas a parte amarela da casca do limão.

Tagine de Frango com Limão e Azeitonas

Djej M'Chermel

Ingredientes:

  • 1 frango cortado em 8 partes e com as suas miudezas
  • 2 colheres de sopa azeite
  • 1 cebola grande bem picadinha
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 2 colheres de café de paprica
  • 1 colher de café de gengibre em pó (usei 1 cm de gengibre fresco)
  • ½ colher de café de cominhos em pó
  • ¼ colher de café de açafrão
  • 4 colheres de sopa de coentros picados
  • 4 colheres de sopa de salsa picada
  • sal q.b.
  • ½ colher de café de pimenta moída na hora
  • 1 ½ chávena de água
  • Casca de 1 limão em conserva só a parte amarela, cortado em tirinhas
  • 1 mão cheia de azeitonas verdes descaroçadas (usei pretas e inteiras)
  • Sumo de 1 limão

Preparação:

Num tacho de ferro aqueça o azeite e doure o frango com a pele virada para baixo, quanto todo o frango estiver dourado adicione as miudezas e baixe o lume. Junte a cebola, o alho, as especiarias e as ervas aromáticas, aqueça gradualmente mexendo para envolver todos os sabores na carne, tempere com sal, muito pouco pois o limão e as azeitonas são salgados e adicione então a água, o suficiente para cobrir o frango, deixe levantar fervura, reduza de novo o lume e deixe cozinhar entre 20 e 30 minutos virando a carne de vez em quando.

Junte então a casca de limão, as azeitonas e o sumo e deixe cozinhar por mais 10 a 15 minutos.

Transfira o frango para uma travessa e se o molho estiver muito líquido aumente o lume e deixe reduzir um pouco, coloque sobre o frango e sirva de imediato. Acompanhe com arroz branco ou com cuscuz.

 

A receita da Tagine e parte do texto de introdução é do site The Recipe Link.

 

A receita da Conserva de Limão é do David Lebovitz.

Deixo-vos a minha tradução feita mais ou menos à letra:

Conserva de Limão

Ingredientes:

  • Limões biológicos (ou outros desde que tenham a certeza que estão livres de qualquer produto químico)
  • 1 colher de sopa de sal por cada limão
  • 1 colher de chá de sementes de coentro
  • 1 colher de café de grãos de pimenta
  • 1 pau de canela
  • 1 folha de louro

Preparação:

Abrir os limões em 4 sem separar totalmente, coloque uma colher de sal dentro de cada limão e vá colocando os limões dentro de um frasco de conserva, daqueles com tampa de vidro, adicione os restantes ingredientes e pressione com uma colher de pau para extrair o sumo, feche o frasco e reserve por uma noite. Repita o processo de pressionar os limões, no segundo e no terceiro dia, caso o sumo não seja suficiente para cobrir os limões adicione mais sumo. Guarde o frasco no frigorifico por um mês antes de usar, sendo que os limões conservam-se em sal e no seu prórpio sumo por cerca de 6 meses.

Para usar: Retirar o limão do frasco e passar por água, raspe a polpa e deite fora. Corte as cascas de limão em tiras finas e use conforme indicado na receita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:11

Já Cheira a Primavera

por Moira, em 06.04.10

Os meus jantares do dia a dia, são simples, raramente têm sopa e muito menos entradas, no entanto o prato principal tem obrigatoriamente legumes ou saladas a acompanhar, no final há sempre fruta e as sobremesas doces estão reservadas apenas para jantares com amigos ou ocasiões especiais, tal como as entradas.

No entanto a receita que vos trago hoje, exerceu sobre mim um tal fascínio que tive de a fazer só para nós, transformando uma refeição normal da semana, numa refeição especial.

A Primavera chegou à minha mesa vinda do extraordinário Gastronomia e Cia, com esta receita que praticamente não deu trabalho nenhum a confeccionar, apesar das alterações que sofreu por falta de dois ou três dos ingredientes usados na receita original, adorei a mistura de sabores, espero que gostem tanto como eu.

Espargos de Navarra com Morangos e Abacate (para 2 pessoas)

Ingredientes:

  • 6 espargos brancos de conserva
  • 4 morangos
  • 1/2 abacate
  • 1 cebola nova pequena
  • 2 azeitonas cortadas (no original são usadas azeitonas pretas)
  • 1 pitada de pimenta moída no momento
  • 1 pitada de sal
  • umas lascas de queijo curado
  • azeite (no original leva azeite baunilhado)
  • vinagre de xerez

Preparação:

Lavar os morangos, secá-los e cortá-los em cubos.

Picar a cebola, adicioná-la aos morangos, temperar com sal e pimenta, azeite e vinagre, mexer bem e reservar.

Entretanto cortar as azeitonas. Secar os espargos com papel de cozinha e colocá-los no prato de servir, cortar o abacate em lâminas e colocá-las ao lado dos espargos.

Colocar os morangos temperados por cima dos espargos, as azeitonas e as lascas de queijo. Regar com um fio de azeite e servir.

 

Notas:Usei o queijo italiano Gran Padano, mas para a próxima usarei um manchego, decerto ficará melhor.

A receita original usa um sal de rosas, alecrim e laranja que ainda não tive oportunidade de fazer mas que está para breve.

Usei azeitonas recheadas com amêndoas, porque não tinha as azeitonas pretas usadas na receita original.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:28

Sabores do Mediterrâneo

por Moira, em 20.10.09

Há blogs com os quais nos cruzamos que nos ficam de imediato na memória, daqueles que queremos fazer todas as receitas, é o caso do Anice & Cannella, um blog italiano que descobri recentemente com óptimas receitas e uma fotografia fantástica. 

Das muitas delícias que por lá se encontram, não consegui resistir a este aperitivo à base de Azeitonas.

Azeitonas em Crosta

Ingredientes:

  • 20 azeitonas verdes descaroçadas (usei recheadas com amêndoa)
  • 50 g de farinha
  • 30 g de manteiga
  • 30 gr de queijo parmesão ralado (pode ser fresco ou seco)
  • 1 colher de sopa de água fria

Preparação:

Mistura-se a farinha com a manteiga, adiciona-se o queijo e a água fria para ligar, guarda-se a massa no frigorifico por meia hora, (eu coloquei no congelador por 15 minutos).

Estende-se a massa com a ajuda do rolo da massa sobre uma superfície enfarinhada (eu estendi entre duas películas de film de cozinha sem a farinha) e cortam-se pequenas rodinhas, utilizei uma chávena de café para o fazer.

Coloca-se uma azeitona bem seca sobre um pedacinho de massa e fecha-se. Procede-se de igual forma até esgotar a massa e as azeitonas. Vai de novo ao frio no mínimo 2 horas, ou durante uma tarde, para os bolinhos não perderem a forma ao cozer (em vez disso eu voltei a colocar no congelador por cerca de 40 minutos).

Vai ao forno quente a 170º, ventilado, durante cerca de 10 minutos ou até estarem douradinhos.

Serve-se como aperitivo e eu adorei, quer morno, quer frio.

 

Nota: Pode usar o tipo de azeitona que mais gostar, eu usei verdes recheadas de amêndoa, mas podem ser outras recheadas ou não.

Quanto ao queijo, usei parmesão fresco ralado em casa, no entanto creio que ficará muito bem com o nosso riquissímo queijo da ilha ralado.

O queijo tem que ser ralado muito fino, senão não vai conseguir estender a massa, o queijo ralado de compra não serve, à excepção do parmesão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

A Pão e Azeitonas no Dia da Cor

por Moira, em 11.10.09

Esta é a minha participação em mais um dia da cor, para o Delícias e Talentos, desta vez a cor escolhida é o preto, e apesar de não ser uma cor apetitosa, não foi difícil encontrar alimentos pretos, um porém chamou a minha especial atenção por fazer parte da nossa alimentação quase diariamente apesar de o consumirmos em estado líquido.

Estou a falar do  Azeite, que é elemento presente na alimentação mediterrânica desde tempos imemoráveis.

O Azeite é uma das gorduras mais saudáveis, feito óbviamente a partir da azeitona, que pode ser verde, preta ou acastanhada, é uma das entradas mais simples que se pode servir, podem ser simples ou recheadas e temperadas de forma diversa consoante o gosto de cada um, com ervas aromáticas, limão, vinagre ou alhos, e acompanham sempre bem uma simples fatia de pão.

A apanha da azeitona ainda se faz manualmente em muitas regiões do país, há quem goste, que é o meu caso e há quem prefira fazer outras coisas... Mas não deixa de ser um ritual interessante.

Flor da Oliveira

Varejando

Para aprender a curtir azeitonas à moda antiga passem pelo Blog Outras Comidas, o Luís fez um verdadeiro tratado sobre o assunto e o meu conselho é que sigam as instruções à risca que nesta coisa de curas não dá para inventar, quanto ao tempero final para conservar as azeitonas depois de curtidas, há uma infinidade de possibilidades, que varia consoante a região do país ou mesmo do globo, mas onde podem entrar o alho, o tomilho, a laranja, o limão, os orégãos, o cravo ou o louro.

É caso para dizer que hoje o Tertúlia está a pão e azeitonas, claro que não falta um copo de vinho, neste caso alentejano que a pasta ficou forte e a pedir um bom vinho.

Há quem lhe chame tapenade ou até patê, mas como eu não gosto muito de estrangeirismos prefiro chamar-lhe apenas pasta de azeitona, e embora as azeitonas que usei fossem pretas a minha pasta ficou com uma cor de toupeira, que para além de não ser muito bonita, não é preto, por isso contentem-se com as azeitonas que já vão bem servidos e eu fico com a pasta e o pãozinho, que mesmo que quisesse dar-vos a receita não conseguiria, pois usei os restos de várias farinhas, quatro ao todo, e não anotei quantidades. O resultado foi um pão escuro tipo broa, muito bom, mas que nunca mais conseguirei reproduzir para grande pena minha, mas vamos ao que interessa.

 

Pasta de Azeitona

Ingredientes:

  • 200 g de azeitona preta
  • 6 anchovas conservadas em azeite
  • 1 colheres de sopa de alcaparras
  • 1 dente de alho pequeno
  • 4 colheres de sopa de azeite aromatizado

Preparação:

Descaroce as azeitonas, junte todos os ingredientes, excepto o azeite e triture tudo até formar uma pasta. Por fim adicione o azeite.

Serve-se à temperatura ambiente sobre fatias de pão torrado ou pão rústico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48


WOOK - www.wook.pt Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes	Da Horta para a Mesa de Cláudia S. Villax - www.wook.pt


Tertúlias favoritas



Sobre a autora

tertulianos em linha

Insira o seu endereço de e-mail:

Entregue por FeedBurner


Translation, please



Também estou aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram


Follow Me on Pinterest


Aplicação para Nokia -nokia-n8-2


Parcerias


 








Eventos em foodblogs

World Bread Day

World Bread Day 2013 - 8th edition! Bake loaf of bread on October 16 and blog about it!

World Bread Day

World Bread Day 2012 - After Hours Party


World Bread Day

Participações de anos anteriores

World Bread Day 2012 - Roundup Bake Bread for World Bread Day 2011 World Bread Day 2010 - Roundup World Bread Day 2009 - Yes we baked. - Roundup


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D