Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Coelho com Habones Zamoranas

por Moira, em 22.09.14

A vila transmontana onde passo férias alguns dias por ano fica mesmo ao lado da fronteira com Espanha, tenho por isso a sorte de poder experimentar alguns dos produtos regionais dos nuestros hermanos a preços agradáveis, se é que me entendem.

De ambos os lados da fronteira há paisagens e costumes em comum, embora a gastronomia tenha características bem diversas.

Na região de Zamora cultivam-se estas habones muito parecidas com as nossas feijocas mas com um sabor distinto.

Neste fim de semana convidei os meus pais para almoçar e resolvi experimentar uma combinação diferente, que tirando as habones, nada tem a ver com a comida tradicional de Zamora, mas que deu conversa para o almoço.

Conta a minha mãe que lá na terra havia uma moça, de nome Maria, recém casada com um espanhol. Rapariguinha nova e sem experiência, não dominava a arte dos tachos.

Um dia perguntou ao marido o que havia de fazer para o almoço.

Ele respondeu-lhe que fizesse coelho.

Ao que ela ripostou: Coelho com quê?

Ele no gozo respondeu-lhe: Faz coelho com feijões...

A moça que nada entendia do assunto lá fez o coelho com feijões, e apesar de ser uma combinação estranha, o espanhol até gostou.

Certo é que com o tempo, lá na terra, quando se fazia alguma comida diferente, dizia-se que era à moda da Maria Pescoa.

Não sei se a Maria Pescoa ainda é viva, mas se for, tenho a certeza que ficará com um sorriso nos lábios ao saber desta minha experiência culinária que teve a aprovação de todos os comensais.

E sabem que mais? Não sobrou nem um feijão.

Coelho com Habones Zamoranas

Para a marinada:

1 coelho partido aos pedaços pequenos

3 dentes de alho

1 colher de café de cravinho em pó da Margão

1 colher de chá de colorau da Margão

meio copo de vinho

3 colheres de sopa de azeite

2 folhas de louro

1 pitada de piment d'Espelette (alternativa: pimenta ou piri-piri)

sal q.b.

Para o guisado:

500 g de Habones Zamoranas (alternativa: feijocas)

1 cebola média

1 chouriço pequeno

1 pedaço de toucinho fumado

6 colheres de sopa de azeite

Preparação:

De véspera coloque as habones ou as feijocas de molho e tempere coelho com um pouco de sal, alho picado, o cravinho, o colorau, o piment d'espelette, as folhas de louro, o vinho e o azeite, misture bem para que todo o coelho fique envolvido no molho e deixe a marinar de um dia para o outro.

Levar as habones ou as feijocas ao lume com bastante água e uma pitada de sal e deixar ferver durante cerca de 1 hora, juntamente com o chouriço e o toucinho fumado.

Num tacho colocar 6 colheres de sopa de azeite e alourar o coelho de ambos os lados, juntar a cebola picada, deixe alourar e adicionar o toucinho fumado e o chouriço cortado aos pedaços pequenos. Juntar um pouco do caldo de cozer as habones ou as feijocas e deixar cozinhar o coelho até estar tenro.

Por fim adicionar as habones ou as feijocas mexer com uma colher, se necessário adicionar mais um pouco de caldo, reduzir o lume para o mínimo e deixar fervilhar em lume brando, mais uns 15 a 20 minutos para apurar o molho.

Servir polvilhado de salsa picada e arroz branco.

Notas:

Pode substituir as habones zamoranas por feijocas ou por outro tipo de feijão a gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:39


WOOK - www.wook.pt


3 comentários

De Marmita a 26.09.2014 às 14:22

Ai que sorte perto de Espanha era o meu sonho :D Tb tenho sorte com a casa dos meus sogros em Leon, mas assim que me apanho em Espanha como em qualquqer país uma visita ao supermercado local é coisa que faço sempre. Parecem mesmo as feijocas que a minha mãe fazia, e adorava. Devem ser optimos.

De Susana Antunes a 23.09.2014 às 21:23

Ficou com um aspecto muito requintado...
Gostei...
Eu creio que existe uma Maria Pescoa dentro de cada um de nós....
A minha evidenciou-se na época da universidade... :)
Era só para mim :) e fazia cada mistura... Nem te conto...
Ainda bem que agora não,é assim....
Obrigado por partilhares... Beijinhos e boa semana...

De Cozinhar Sem Lactose a 23.09.2014 às 14:02

É muitas vezes assim que se inventam receitas novas! :-) Eu também tenho um pouco de Maria Pescoa dentro de mim porque adoro experimentar associações inesperadas. :-)

Comentar post



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D