Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Doce de Abóbora com Nozes

por Moira, em 21.11.07

Não há nada mais agradável que um fim de tarde de Domingo, com um chá a fumegar e uns  scones com doce. Aqui fica uma sugestão de um doce tradicional feito no micro-ondas para uma execução rápida, que tanto dá para os ditos scones como para servir com o tradicional requeijão como sobremesa.

 

Nota Importante: o peso da abóbora é já sem casca, o que deve dar mais ou menos 550 g de abóbora com casca.
Quem gosta de muito doce deve pôr igual quantidade de açúcar e de polpa de fruta, eu normalmente retiro pelo menos 50 a 70 g.

 

Doce de Abóbora com Nozes

 

Ingredientes:

  • 400 g de abóbora
  • 350 g de açúcar
  • Casca de uma laranja
  • 1 pau de canela
  • 1 colher de café de canela em pó
  • raspa de 1 laranja
  • 1 ou 2 colheres de sopa de nozes picadas

 

Preparação:

Coza a abóbora com o pau de canela e a casca de laranja por cerca de 10 minutos.

Retire o pau de canela e a casca de laranja e escorra a abóbora para tirar o máximo de água e esmague-a com um garfo.

Num pirex   fundo, ponha a abóbora esmagada, o açúcar , a canela em pó, as nozes picadas  e a raspa da laranja.

Misture e leve ao micro ondas, na potência máxima, durante 15 minutos, mexendo a cada 5 minutos.

Entretanto escalde o frasco ou frascos onde vai pôr o doce, retire a água e limpe-os, deite lá dentro o doce, feche hermeticamente e volte-o ao contrário até arrefecer.

 

Sirva com requeijão, queijo fresco, pãezinhos ou scones

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:08


WOOK - www.wook.pt


21 comentários

De Filipa Machado a 07.02.2012 às 15:12

Olá Moira!

Eu também tenho um blogue mas sou amadora nas lides da cozinha, sei algumas coisas e alguns truques que a minha mãe e avó me ensinaram, e também vejo os doces que se fazem na minha família e começo a tentar imitar os meus preferidos!!!...A mãe de uma tia minha, Minhota faz um doce natalício que se denomina Mexidos, são os melhores mexidos que já provei, é um doce à base de pão e mel, e leva passas, nozes, pinhões e sei lá mais o quê,...só sei que são deliciosos, cremosos, doces a saber a mel e a frutos secos da melhor qualidade. Isto tudo para dizer que também adoro as suas receitas e gostava de ter algum do seu know-how, como é que se aprendeu tantas coisas?....Eu para além de postar receitas, interesso-me também por postar receitas mais salutares, para a saúde entre outros assuntos - mas o meu blogue ainda agora começou por isso, vai decerto sofrer muitas mudanças ao longo do tempo!...Beijinhos Filipa

De Moira a 07.02.2012 às 22:42

Olá Filipa,
Obrigada pela visita e pelo comentário.
Eu costumo fazer formigos, mexidos ainda não experimentei, mas a julgar pela descrição devem ser uma maravilha.
Tudo o que sei de cozinha fui aprendendo ao longo dos anos, cam a minha mãe e com outras mulheres da família, mas também com o intercâmbio que existe entre os blogs de culinária.
Quando puderes diz-me qual é o teu blog, porque pelo link que está no teu nome eu não consigo entrar.
Beijinho e até breve

De Filipa Machado a 08.02.2012 às 00:55

Olá, sou a Filipa Machado e o meu Blogue tem o endereço
seguinte:

http://receitas-filipa.blogspot.com

Penso que assim já conseguirá abrir a página.

Cumprimentos,
Filipa

De Elisabete Aperta a 30.10.2011 às 10:10

Olá Cara Moira
Gosto imenso das sua receitas, são simplese fáceis de fazer :D
Costumo fazer muitas compotae e doces, mas há dias tive a triste notícia que tinha ficado diabética. :(
Gostaria de lhe perguntar o seguinte: Existe ou tem conhecimento da equivalência de adoçantes como por exemplo, o Tandarel para as quandidades de açúcar referenciadas nas receitas?
Fico ansiosa a aguardar a sua resposta, o que desde já agradeço imenso.
Um abraço
Elisabete

De Moira a 07.11.2011 às 21:33

Olá Elizabete,
Peço desculpa pela demora, mas só agora reparei que ainda tinha comentários por responder.
As equivalências entre os adoçantes e o açúcar normalmente vêm nas embalagens dos adoçantes. No caso do Canderel 10g de Canderel são equivalentes e 100g de açúcar.
No entanto os adoçantes não dão para fazer compotas caseiras conforme está na receita, mas pode usar em bolos e em pudins.
Para as compotas ficarem com consistência terá que adicionar pectina e terá que fazer quantidades muito pequenas pois esse tipo de compota tem a mesma longevidade de uma sopa de legumes, no máximo 5 dias depois azeda.
Mas quando tiver vontade de um doce pode perfeitamente fazer uma compota de maçã ou de frutos silvestres, não sou perita no assunto, mas sei que terá que ter cuidado com frutas e legumes que têm mais açúcar e ter em conta que os hidratos de carbono também se transformam em açúcares no sangue.
Um abraço e qualquer dúvida, disponha

De Elisabete Aperta a 08.11.2011 às 21:10

Olá Cara Moira
Muito obrigada pela sua resposta e grande ajuda. Vou começar agora a usar o Candarel, ainda nem o comprei. Não me conformo com o facto de estar diabética. Para mim vai ser muito difícil substituir os produtos de que estava habituada, tais como, a manteiga e o açúcar. :( Mas vou tentar para bem da minha saúde.
Mais uma vez obrigada, se o que eu fizer com o Candarel resultar, comunico-lhe :D.
Um grande abraço
Elisabete

De Anónimo a 30.08.2011 às 14:53

Olá
Fiquei deliciada com este blog. As receitas são fáceis e por norma ficam bem! Muito obrigada por partilhar connosco as suas ideias e receitas fantásticas.
Gostava de fazer doces para oferecer às minhas amigas no Natal mas não sei se faço já ou se é muito cedo, e deva esperar para Outubro ou Novembro. Podia-me dar o seu conselho?
Por outro lado, também gostaria de fazer um licor de chocolate mas não encontro uma receita que me inspire confiança. Será que conhece alguma?
Eunice Pinho

De Moira a 30.08.2011 às 15:17

Olá Eunice,
Obrigada pela visita e pelo comentário.
Agora é a altura ideal para fazer os doces, uma vez que aproveita a melhor época e variedade de frutas.
Em Outubro ou Novembro pode então fazer os de abóbora, ou de maçã.
Aproveito para deixar o link para todos os doces e compotas publicabos aqui no blog.
Para que o doce se mantenha bom durante alguns meses, deve ser colocado em frascos escaldados e secos com papel absorvente logo que acaba de o fazer, tapando os frascos de imediato e virando-os para baixo durante 10 a 15 minutos.
Espero ter ajudado, no entanto qualquer dúvida que tenha estou à disposição.
P:S:: Quanto ao licor de chocolate não conheço nenhuma receita, mas se encontrar alguma coisa eu digo-lhe.

De Moira a 30.08.2011 às 15:18

Esqueci-me do link das compotas: http://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/?tag=doces+e+compotas
São várias páginas.

De Anónimo a 09.01.2011 às 20:25

Olá !! Adoro doce de Abóbora com nozes , é um dos meus doces preferidos :D

Ando à procura de um doce de maçã reineta , que fiz na primeira classe , mas não encontro ... ando a procurar na internet mas existem tantas receitas e não sei qual a melhor ! Poderia ajudar-me ?

Obrigada e parabéns pelas boas receitas que faz :)
Bia

De Moira a 09.01.2011 às 21:11

Olá Bia,
Obrigada pela visita e pelo comentário.
Nunca fiz doce de maçã, mas pode usar esta receita como base, em vez da abbora usa a maçã e substitui a laranja por limão, adiciona uma colher de sumo de limão ao doce e não adiciona as nozes. Creio que pode resultar. Usando a maçã reineta não é necessária quase nenhuma água para a cozer se a cortar em fatias finas.
Espero que fique bom. Se experimentar diga-me alguma coisa.

De naná a 02.11.2010 às 18:56

olá :D fiz esta receita hoje e devo dizer que ficou muito bom :)
eu que nem gosto de canela, depois de provar, devo admitir que admirei, pois sabia mesmo bem! o mal foi que julgo ter escorrido mal a abobora e pus açucar a mais, mas pelo que provei à pouco, está muito bem :)
quanto tempo tenho de manter as embalagens ao contrário? e você sabe quanto tempo duram mais ou menos os doces fechados, sem azedar e/ou ganhar bolor?
beijinhos, e obrigada por partilhar estas pequenas alegrias :D

De Moira a 02.11.2010 às 19:13

Naná,
O frasco só tem que ficar virado para baixo até estar morno, é o tempo suficiente criar vácuo.
Desde que não abra o frasco e se colocou peso igual de abóbora e de açúcar, ele aguenta-se vários meses. Normalmente cria bolor quando tem pouco açúcar e não ferveu o tempo suficiente para ficar no ponto. Depois de aberto deve consumir-se no máximo em 15 dias e deve ser guardado no frio.
Beijinho

De naná a 02.11.2010 às 19:48

muito obrigadaaaaaaa :D

De antonio batalha a 05.03.2010 às 16:33

Muito obrigado pela sua receita de doce de abóbora. Como vivo em Espanha e por cá eles não vendem em lado nenhum doce de abóbora esta receita veio mesmo a calhar para servir com requeijão. Ficou-me demasiado seco/doce talvez porque comprei a abóbora já partida, ou por a abóbora de cá ser mais seca do que as de Portugal. Para a próxima ponho menos açucar e ficará óptimo

De Moira a 05.03.2010 às 16:44

Olá António,
Para o doce não ficar tão seco pode adicionar um pouquinho de água ou sumo de laranja ou limão. Eu já roubei no açúcar, se retirar ainda mais açúcar à receita o doce não pode ser guardado mais que uma semana pois vai azedar ou ganhar bolores.
Obrigada pelo feed-back.

De antonio batalha a 05.03.2010 às 17:25

Eu já coloquei menos açucar conforme a receita e mesmo assim ficou em torrão, por isso pensei que como a variedade da abóbora aqui é diferente ela deve ter menos água. Mas é boa ideia por sumo de laranja, limão ou mais água da próxima vez.
Duvido é que o doce viesse a ganhar bolor, porque não dá muito e com requeijão marcha num instante cá em casa!!!
Já agora informo que o requijão faço-o eu pois em Espanha não se vende o nosso requijão. É muito simples e fica óptimo:
Ferver 2 litros de leite, juntar o sumo de um limão filtrado, deixar ferver mais uns minutos e passar tudo por um passador de rede de plástico grande. Temperar com sal e guardar no frigorífico. Fica estupendo! Ahh e com a água do soro de leite aproveito e faço sopa que fica com uma consistência espectacular...

De Moira a 05.03.2010 às 18:33

Obrigada pela receita do requeijão que vou experimentar brevemente.
Quanto ao doce, continuo a achar que não será da abóbora, talvez do tempo de cozedura ou da potência do micro-ondas caso tenha seguido a minha receita no modo de preparo.
Normalmente os doces ficam muito "rijos" porque o açúcar carameliza, nesses casos basta levar de novo ao lume adicionando um pouco de água para dissolver. Eu por cá também compro a abóbora aos pedaços, tal como toda a gente que vive nas grandes cidades. É uma questão de tentar ajustar o tempo de cozedura, pode ser que fique melhor.
Bom fim de semana

De antonio batalha a 06.03.2010 às 01:06

Muito obrigado pela dica de acrescentar mais água no doce de abóbora que ficou rijo e assim poder "consertar" a forma como ficou.
Entretanto se tiver mais receitas feitas com forno micro-ondas terei sempre toda a curiosidade para as experimentar.
Bom fim de semana!
António

De Anónimo a 16.11.2008 às 22:03

Boa noite
Queria agradecer-lhe ter colocado esta receita on line. Eu não gosto de doces. Mas estive em Beja há um mês e comi num hotel um doce de abobora que não me saia da cabeça. Vi várias receitas na internet e nenhuma me parecia que fosse parecida com o que eu tinha comido. A sua pareceu-me simples, pelo que decidi arriscar em fazê-la. Ficou maravilhosa. Mais uma vez obrigada.
Sónia

De Moira a 16.11.2008 às 22:51

Cara Sónia,
Fico-lhe muito grata pela sua mensagem, são estas pequenas coisas que me fazem feliz por ter iniciado este blog e que está agora a fazer um ano.
Por coincidência hoje fiz este mesmo doce para enviar a uma amiga espanhola.
Muito Obrigado!
Moira

Comentar post



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D