Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um Grande Dilema e mais Favas

por Moira, em 28.04.10

E se de repente o marido disser que vai jantar sushi com os amigos. O que fazer para o Jantar?

Sei que a maioria responderá que come qualquer coisa e já está.

Como para mim qualquer coisa, não é nada resolvi fazer umas favas guisadas, e já está.

Depois da sopa ainda sobraram favas, eram tão fresquinhas que seria um crime congelá-las, e como a temporada é curta, porque não aproveitá-la, é assim que vamos de novo à fava enquanto a ervilha não chega.

Da receita não há muito a dizer, quem a faz como ninguém é a minha sogra, por isso telefonei-lhe e pedi instruções e ela explicou-me tudo, tim tim por tim tim. O segredo, é não pôr água nenhuma, mas se quiseres podes refrescar com uns borrifos de vinho branco, as favas cozem com o vapor e a gordura das carnes. Ah! E não te esqueças, muitos coentros.

E quantidades? Ao que me responde: Tu vês mais ou menos, pões uma camadinha de favas depois de chouriços, como é só para os dois (pensava ela) não vale a pena pores entrecosto, e acabas com uma última camadinha de favas.

Lá fui lampeira para a cozinha enquanto ele saia para o sushi sem sonhar o que seria  o meu jantar.

Favas Guisadas com Chouriço

Coloquei um tacho de ferro ao lume, deitei-lhe um fio de azeite, uma cebola, um dente de alho picado e uns pedaços de bacon, deixei refogar um pouco, enquanto cortava um pouco de chouriço de carne e uma moira (chouriço próprio para as favas).

Depois borrifei com o vinho branco, não chegou a um cálice, coloquei tudo em camadas conforme recomendado, um pouco de sal e alguns coentros picados, coloquei a tampa e deixei o fogão no mínimo.

De vez em quando e resistindo estoicamente a não abrir a tampa para não deixar sair o vapor pegava nas asas da panela e balançava-a de modo a que os sabores se misturassem, não sei exactamente quanto tempo passou, perdi-me a ler um livro sobre o pão em Portugal, quando voltei à cozinha mais uma vez pareceu-me ouvir um som estranho vindo do fundo do tacho, sinal que algo poderia não estar a correr bem, as favas ainda não estavam completamente cozidas e o fundo estava a começar a pegar, fugi da tentação de pôr água, ou qualquer outro líquido, desliguei o lume, voltei a pôr a tampa, abafei o tacho com uma toalha e voltei para a sala descansada.

Preparei a máquina fotográfica e vinte minutos depois regressei para fotografar e jantar.

Posso dizer-vos que foi uma aventura, cozinhar sem água parecia-me impossível, mas no final, que mais posso dizer-vos senão que valeu a pena? Foi mais ou menos como ter ficado o ano todo à espera da mulher da fava rica.

 

Notas: Fazer coisas a olho dá sempre muito mais do que imaginamos, claro que sobraram favas com chouriço para amanhã, e de certeza que estarão muito melhores como acontece com todos os guisados.

Como referência, posso dizer que usei cerca de 700 g de favas, 100 g de bacon, 1 moira, 1/2 chouriço, duas colheres de sopa de azeite, uma cebola média e um dente de alho, o sal claro, é a gosto não esquecendo que quer o bacon, quer os chouriços já são salgados.

Estas quantidades dão para 2 a 3 pessoas, conforme sejam mais ou menos comilões.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:37


WOOK - www.wook.pt


39 comentários

De Anónimo a 06.02.2016 às 17:39

onde entram os poejos nas vc receitas=???

De Moira a 06.02.2016 às 18:36

Esta receita, em minha casa, não leva poejos.

De Ana Paula a 19.05.2010 às 13:03

O meu marido adora as favas com chouriço que a minha sogra faz!! Claro que eu como esposa dedicada (:o), quero igualar ou superar essas mesmas...
Deparei-me comum problema... Comprei as favas, e os restantes ingrediente, toda orgulhosa de que ia fazer o tão afamado prato... O marido descasca as favas e diz... Não dão! Estão muito grandes!!! A minha reacção: Socorro!!!!
O que posso fazer? Se tirar a casca devem desfazer-se todas!!!

Parabéns como sempre!! Adoro as suas receitas!!!

De Moira a 19.05.2010 às 13:11

Ana Paula,
Pois as favas com chouriço são melhores com as favas mais tenras, desde que o olho da fava não esteja negro, são optimas.
Mas nada está perdido, quando o olho da fava está negro, retira-se essa casca e utilizam-se na sopa que publiquei no post anterior: http://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/89841.html
Beijinho e bons cozinhados

De Ana Paula a 19.05.2010 às 13:16

Obrigada Moira pela pronta resposta!!
Ou um arroz de favas!!! Adoro!!!
Fico é decepcionada por não puder provar a moira :-)

De Miguel a 05.05.2010 às 23:40

Olá Moira,
O seu nome está para o blogue como o chouriço (moiro) para as favas. Também adoro favas. Ainda não arrisquei cozer sem água. Conhece as "favas sapatadas"? É uma designação que se usa para favas com poejo, típico do Algarve e Alentejo. Há já muito tempo que não as como assim. Um dia destes vou fazê-las e deixarei concerteza o registo no meu blogue. Voltando às favas, reconheci no seu texto conversas de colegas minhas do tipo "hoje que o meu marido não está, vou fazer favas...". O mito de não gostar de favas não é mais do que isso. Há pessoas que ainda nem sequer meteram a 1ª colher na boca e já estão a dizer: "detesto favas". Não sabem o que perdem. Uma curiosidade final: existe uma alergia alimentar chamada "Favismo", é uma alergia rara, normalmente detecta-se na primeira vez que alguém as come. É algo que obriga a ir a uma urgência hospitalar de imediato. Mas felizmente é algo mesmo muito raro. Que saudades que tenho de uma favas...
Miguel from http://cozinha-sem-tabus.blogspot.com/

De Moira a 06.05.2010 às 00:16

Miguel,
Ainda não comi essas favas sapatadas, mas creio que a Margarida do Figo Lampo as fez há uns dias. Eu também as vou querer experimentar. Aqui a história do marido é diferente, ele adora favas e se soubesse o que era o jantar mandava o sushi à fava hehehe, mas eu guardei-lhe um bocadito e no dia seguinte ainda estavam melhores.
Para fazê-las sem água é bom ter um bom tacho com uma tampa que não deixe escapar o vapor, senão secam muito e pegam-se ao fundo.
Não conhecia essa doença, ainda bem que não sofro disso pois adoro favas de todas as maneiras :)

De Filipa Oliveira a 03.05.2010 às 14:48

Só agora conheci o blog e achei fantástico! E ainda por cima FAVAS, que adoro, logo para iniciar a visita! Parabéns! Vou colocar na minha lista de blogues a vsitar! Parabéns!

De Moira a 03.05.2010 às 17:47

Olá Filipa,
Obrigada pela tua visita e pelo teu comentátio.
Assim que puder passo pelo teu blog a retribuir a visita.
Volta sempre e fica à vontade para percorrer as diversas tags.

De Helena a 30.04.2010 às 19:01

Olá Moira
Prefiro a tua refeição a sushi.
Um regional que nunca recuso.
Beijo

De Moira a 01.05.2010 às 23:55

Concordo plenamente contigo, apesar de gostar de sushi.
Estou no nordeste transmontano e tenho comido coisas que não sabia comestíveis. Quando regressar conto tudo.
Bjs

De Futuro Bloguero a 29.04.2010 às 19:34

No lo comprendo, yo hago comida para muchos, aunque seamos dos en casa. Luego, congelamos lo que sobra y así tenenmos ya comida lista para toda la semana.

Besos

De Moira a 01.05.2010 às 23:57

En mi casa es igual ;)

De aespumadosdias a 29.04.2010 às 16:53

Eu coloco sempre água. Por cá faz-se também muitas vezes ervilhas com ovos

De Moira a 01.05.2010 às 23:57

Também gosto muito de ervilhas, é um dos meus pratos de eleição desde miúda.

De Belocas a 28.04.2010 às 23:56

Quando era criança, achava que não gostava de favas. Mais tarde, convenci-me que este prato nunca seria do meu agrado e então nem quiz aprender a fazer. Quando estava grávida da minha filhota, o meu pai chegou da horta com um grande balde cheio de favas, verdes, viçosas, gradas e bem tenrinhas... fiz-me de desentendida e disse á minha mãe faça, faça.. eu não me importo...
Desde esse dia que acho que este prato é uma verdadeira Iguaria. Este ano ainda não consegui arranjar ums favinhas para fazer. A receita da minha mãe também é bem diferente, mas ela faz como ninguem. Vamos ver ser consigo fazer este prato um destes dias.
A receita da sua sogra também deve ser muito boa e as suas fotografias como sempre...lindas.
Bjs

De Moira a 01.05.2010 às 23:59

Belocas,
Eu já tenho 47 anos e de vez em quando provo coisas que achava que não gostava e surpreendo-me a mim própria :)
Beijinho

De Ameixinha a 28.04.2010 às 22:10

Isto de usar a própria cozinheira moira na receita, é que é obra :)
Tem um belíssimo aspecto! Adoro favas e adorei o comentário da Gasparzinha :) Mas ela tem que pensar que ficaste com a fava rica da sogra.. o teu esparguetezinho he he

De Moira a 02.05.2010 às 00:01

Ameixinha,
Cozinhar a cozinheira não é para todos pois não?
O meu esparguete é mais um macarrãozinho hehehe

De Gasparzinha a 28.04.2010 às 17:28

Se eu pedir conselhos culinários à minha sogra, sou capaz é que ouvir um "Vai à fava!". :) :)

Eu gosto muito de sushi, mas qual quê, prefiro essas ricas favas!

Beijinhos.

De Moira a 28.04.2010 às 18:37

Gasparzinha,
A minha relação com a sogra é tão boa ou melhor que com a minha mãe, acho que sou uma sortuda.
Eu também gosto de sushi, mas neste caso ele adora favas e se soubesse com antecedência o que ia ser o jantar cancelava o sushi com os amigos, também não era justo.
Beijocas

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D