Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Petiscos de Lisboa

por Moira, em 12.01.10

Nesta foto tirada nos anos 40 está a minha avó e o meu pai com uns 8 ou 10 anos no Terreiro do Paço em Lisboa. Quando penso na receita que vos trago hoje penso na minha avó paterna, nas comidas que ela fazia e regresso invariavelmente ao passado.

Peixinhos da Horta, é um petisco típico Lisboeta, que já tem muitos anos, mas cuja origem desconheço, acrescentei ao polme pimenta e orégãos embora a receita original ser um polme bem simples, apenas com farinha ovo e água.

Peixinhos da Horta

Ingredientes:

  • 250 g de feijão verde
  • 1 pitada de sal
  • 100 g de farinha
  • 1 dl de água fria
  • 1 ovo
  • 1 pitada de pimenta
  • 1 pitada de orégãos secos
  • óleo para fritar

Preparação:

Lava-se o feijão verde corta-se ao meio e dá-se uma fervura em água e sal. Escorre-se o feijão e seca-se com papel absorvente.

Faz-se um polme com a farinha, o ovo e a água, tempera-se com sal, pimenta e orégãos, este polme não deve ficar nem muito espesso, nem muito líquido.

Passa-se o feijão pelo polme e frita-se em óleo quente. Escorre-se em papel absorvente e come-se quentinho.

 

Notas: Com o polme que sobrou fiz também umas rodelas de cebola e este petisco que era suposto ser o acompanhamento dos tentáculos das lulas que fiz hoje apenas com molho de tomate, acabou por ser a estrela do jantar que foi acompanhado por um Terraços do Tejo branco.

Quanto às lulas não merecem registo porque não ficaram nada de especial.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:16


WOOK - www.wook.pt


37 comentários

De moranguita a 17.01.2010 às 00:57

Eu gosto muito deste petisco
confesso que com esse polme temperadinho ainda devem ser mais gostosos de facto.
esta guardada a sua dica moira
:-)

De Moira a 18.01.2010 às 19:07

Moranguita,
Esta é uma das receitas que me fazem matar saudades ;) só não faço mais vezes por ser frito.

De sandra fonseca a 15.01.2010 às 10:05

Olá Moira,
Os teus peixinhos da horta ficaram lindos! Agora fiquei com vontade de os comer... ai ai!
Bjs

De Moira a 15.01.2010 às 11:01

Sandra,
Compreendo a tua preocupação, são fritos e é bom evitá-los.
Como eu não sou de comer batatas fritas de vez em quando faço estas incursões no reino das frituras ;)
Beijocas e bom fim de semana

De Ana Paula Motta a 13.01.2010 às 16:27

Meu pai, quando gozava de boa saúde ainda podia comer fritos adorava esses peixinhos. Tem sabor de infância.

De Moira a 14.01.2010 às 15:01

Eu evito comer fritos e faço-os muito poucas vezes na esperança de que nunca tenha que deixar de os saborear.

De Ana Trigo a 13.01.2010 às 12:08

Prezada Moira, sou uma fã sua do Brasil, até hoje "muda", apenas acompanhando suas receitas e especialmente suas maravilhosas fotos. São simplesmente es-pe-ta-cu-la-res!
Mas decidi te escrever por conta da foto de sua avó. Uma avalanche de lembranças inundaram minha mente. Como muitas senhoras portuguesas daquela época, o cabelo aparece impecavelmente penteado para trás e preso em um coque. Meus olhos se encheram de lágrimas ao lembrar-me de minha avó paterna e também da irmã do meu pai, minha adorada tia, que usavam o cabelo tal e qual.
Enfim, saudades...
Um beijo e obrigada

De Moira a 14.01.2010 às 15:19

Ana Trigo,
Antes de mais obrigada pela visita e pelo simpático comentário.
O meu avó materno também andou pelo Brasil por volta de 1909, mas voltou para Portugal, já as irmãs dele foram para lá e nunca mais vieram, nem sei se ainda são vivas, era a Tia Alzira que foi para Santos e a Tia Silvina que foi para o Rio de Janeiro.
Na época era usual este penteado que a minha avó usa, ficavam tão bonitinhas :)
Beijo grande e volta sempre

De risonha a 13.01.2010 às 11:43

adoro, mas......... não tenho pachorra para fazer.
a sorte é que tenho uma colega que de vez em quando faz e me oferece uma dose... lol

De Moira a 14.01.2010 às 15:00

Que sortuda que és ;)

De marly a 13.01.2010 às 10:05

Moira,
Muito interessante a receita e a foto. Creio que o que aí é chamado de feijão verde, aqui chamamos de vagem (das quais há variados tipos). Para nós o feijão verde é o feijão tenro, recém-debulhado.

Beijinho e bom dia.

De Moira a 13.01.2010 às 12:28

Marly,
É isso mesmo feijão verde é vagem. O que vocês chamam de feijão verde nós chamamos de feijão de debulhar, a junção dos dois faz uma sopa deliciosa que eu publiquei aqui: http://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/59868.html
Beijinhos

De desperate.viz a 13.01.2010 às 00:49

é sempre bom passar por cá e descobrir sempre um novo bocadinho do país que me adoptou... obrigada por partilhares

De Moira a 14.01.2010 às 14:59

Obrigada :)

De Gasparzinha a 12.01.2010 às 22:59

Que foto linda. :)

E que belo petisco, quem adora é o meu pai!

Beijinhos lisboetas.

De Moira a 14.01.2010 às 14:59

Apesar de frito é uma delícia :)

De Inmaculada (Adi) a 12.01.2010 às 20:20

Querida Moira, gracias por una receta que no conocía. Adoro la cocina portuguesa y aunque la conozco poco, cada vez que voy a Badajoz a visitar a mi familia procuramos ir a Elvas a comer algo típico de Portugal. Allí se come mucha comida Alentejana y uno de mis platos favoritos son las migas de esa región.

Cuando estuve en Lisboa hace tres años no tuvimos mucho tiempo para visitar restaurantes, pero no recuerdo haber tomado nada como esto. Creo que lo haré pronto. Me gusta mucho.

Feliz Año Nuevo. Un abrazo.

De Moira a 14.01.2010 às 14:57

Hola Adi,
A mi me encantan tanbién las migas.
Cuando volveres a Lisboa, di-me que iremos a comer algo tipico :)
Besos

De STA a 12.01.2010 às 18:00

Adorei essa tua versão dos peixinhos da horta... cá em casa gostamos muito.
E a foto está o máximo!
Bjs

De Moira a 12.01.2010 às 18:15

Eu nunca tinha feito, e adoramos porque tinhamos muitas saudades.
Bjs

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D