Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Carqueja e Coelho

por Moira, em 31.10.09

A minha colega B. foi a Trás-os-Montes e trouxe-me flor de carqueja, e eu para além de beber o chá utilizei-o para cozinhar, o resultado foi surpreendente.

A carqueja é um pequeno arbusto aromático, com flores amarelo torrado e cujas folhas têm propriedades medicinais, em Portugal cresce espontaneamente em terrenos secos.

A carqueja também é largamente conhecida na América Latina, nomeadamente no Brasil e no Perú.

Coelho com Chá de Flor de Carqueja

Ingredientes:

  • 1 coelho partido aos pedaços
  • 2 copos de chá de flor de carqueja
  • 1 cebola picada
  • 1 folha de louro
  • 2 piri-piri (usei os que a Neide me trouxe e que ainda nem fotografei)
  • 1 fio de azeite
  • sal aromatizado q.b. da Casa do Sal da Figueira da Foz

Preparação:

Aloure o coelho num fio de azeite, adicione a cebola bem picada, a folha de louro e o chá de flor de carqueja, tempere com o sal aromatixado e o piri-piri e deixe cozinhar até a carne ficar macia, se necessário adicione um pouco de água ou mais chá.

Se usar a panela de pressão são cerca de 20 minutos.

Sirva acompanhado de espinafres salteados em azeite e alho e arroz ou puré de batata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:18


WOOK - www.wook.pt


19 comentários

De moranguita a 02.12.2009 às 00:30

Mourandesde ja as minhas desculpas por ano a vir visitar a imenso tmpo.
acabei por perder od esafio de aniversario do tertulia:-(
mas pronto terei oprtunidade numa proxima.
este coelho devia estar muito bom. com cha e novidade para mim.
beijinhos

De Moira a 09.12.2009 às 00:00

Sabes que ao cozinhar qualquer líquido que acrescentes ao cozinhado vai dar-lhe sabor, por isso cozinhar com chá também é possível e agradável, quer em pratos salgados quer em doces.
Por exemplo podes cozinhar peras em chá em vez de vinho e fica muito agradável, hás-de experimentar.
Bjs

De Cacahuete a 01.11.2009 às 21:03

As fotos ficaram fantásticas. Não conheço esta planta, mas parece-me que faz pratos maravilhosos, pois o seu ficou com muito boa pinta.

Bjs ;)

De Moira a 01.11.2009 às 22:27

Assim que eu possa vou fotografar e coloco por aqui.
Bjs

De Natacha a 01.11.2009 às 13:07

Nunca bebi dessa chá! Mas adoro coelho! Aproveito para dar os Parabéns ao teu blog!!

De Moira a 01.11.2009 às 22:25

O chá não é mau e ficou lindamente no coelho.

De Pedro a 01.11.2009 às 12:46

Gosto das duas fotografias lado-a-lado :)

De Moira a 01.11.2009 às 22:24

Obrigada!

De Claudia a 01.11.2009 às 12:40

Moira,

carqueja é chá que minha mãe bebe sempre, todo mundo conhece no Brasil e eu já tomei bastante, mas nunca experimentei como tempero. Deve ficar bem interessante.

Bj,

C.

De Moira a 01.11.2009 às 22:26

Cláudia,
Chá de carqueja faz bem a muita coisa, no coelho dá-lhe um toque de coelho bravo. Bastante interessante a meu ver.

De conceição a 01.11.2009 às 07:52

Deve bom, mas por nunca vi carqueja.
Bjs

De Moira a 01.11.2009 às 22:24

Eu vou fotografar num destes dias e depois mostro, tem umas flores amarelas lindas.
Bjs

De Sushibaby a 31.10.2009 às 23:01

Desculpa Moira, sou mesmo totó, não é frango é coelho dah...

De Moira a 01.11.2009 às 22:23

:) és muito despistada!

De Ameixinha a 31.10.2009 às 21:00

Em Trás-os-Montes pode haver muita mas aqui nunca vi, nem sequer sei o aroma ou paladar que deixa nos pratos. Mas não deve ser nada mau :) Adorei a combinação da travessa com a toalha!

De Moira a 01.11.2009 às 22:22

Ameixinha,
Da próxima vez que eu for a Trás-os-Montes vou apanhar um pouco e depois peço-te a morada para te enviar :)
Quanto à toalha... bom não é bem uma toalha é um tecido que comprei para fazer um vestido e achei que ficava bem com aquela travessa, invenções de Moira hehehe
Bjs

De Sushibaby a 31.10.2009 às 20:12

Ficou com óptimo aspecto esse frango.
beijinhos

De neide rigo a 04.11.2009 às 21:14

Moira,
depois que conversamos sobre chamuscar o porco com ramos de carqueja fiquei na maior curiosidade pra saber se a carqueja de que fala é a mesma que temos aqui. Amarga de doer. Quando tiver foto, me avise. Espero que aproveite as pimentinhas.
beijos, N (esta colherinha de pau aqui está parecendo com a que me deu - é parente?)

De Moira a 04.11.2009 às 23:08

Neide,
Parece que a carqueja é a mesma, mas eu usei só as flores secas para fazer o chá e não era amargo.
A planta é esta:
www.flickr.com/photos/pmarques/2331856372/
www.flickr.com/photos/mozambiqueportugalblogcom/147163848...
www.flickr.com/photos/pestevao/132042584/
Vai ver se não é igual.
A colher é mesmo irmãzinha da tua :) só é ligeiramente mais pequena.
Beijinhos

Comentar post



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D