Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um Doce Engano

por Moira, em 02.09.09

Este mês não fui a tempo de participar no BreadBakingDay, é o que dá deixar tudo para a última.

Tinha pensado fazer uma Fogaça de Vila da Feira, mas depois de muita pesquisa não consegui encontrar uma receita com quantidades, ao que parece é um segredo bem guardado, mas como eu sou persistente, mais tarde ou mais cedo hei-de conseguir.

Depois passei à ideia de fazer um Brioche, pesquisei na net, procurei nos meus livros e todas as receitas que encontrei eram diferentes por isso não cheguei à conclusão de qual seria a receita correcta.

Escolhida a receita, pus mãos à obra, ou neste caso pus as mãos na massa, mas cedo percebi que aquela receita não ia resultar na massa elástica e moldável que eu estava à espera de encontrar. Sem desistir, fui acrescentando um pouco daqui tirando um pouco dali, mas sempre com medo de estragar tudo que isto de massas tem muito que se lhe diga e quando as proporções são quebradas normalmente sai "borrada".

O resultado não foi exactamente o que esperava mas acabou por sair um pão ligeiramente doce, muito macio e bastante agradável que fez hoje parte do meu pequeno almoço, tomado na varanda com um belíssimo sol a entrar pelas vidraças.

O doce que acompanha, é mais uma vez um Doce de Ameixa, mas desta vez foi feito com ameixas vermelhas sem retirar a casca, o que lhe dá uma tonalidade mais escura e um sabor ligeiramente mais ácido.

Esta é a história possível de um pão que era para ser uma Fogaça, depois um Brioche e acabou por sair um pão doce, mas eu não desisto e para a próxima sai melhor.

Pão Doce

Ingredientes:

  • 650 g de farinha
  • 100 g de açúcar
  • 1 colher de chá de sal refinado
  • 1 saqueta de levedura seca
  • 325 g de ovos (5 a 6 ovos)
  • 150 g de margarina
  • 100 ml de leite morno

Preparação:

Numa taça misturar a farinha com os restantes ingredientes secos, fazer um buraco no meio e colocar lá os ovos ligeiramente batidos, a margarina derretida, mas fria e o leite.

Amassar, pode ser com uma colher de pau e deixar levedar até dobrar o volume. Voltar a mexer com a colher de pau em movimentos de baixo para cima e deixar de novo a levedar.

Nisto tudo passam mais ou menos duas horas a duas horas e meia.

Entretanto untar 2 formas com óleo e polvilhar com um pouquinho de farinha, usei uma de brioche e uma rectangular, dividir a massa pelas duas formas, pincelar com leite e deixar de novo a levedar por mais meia-hora.

Levar ao forno quente a 180º cerca de 15 a 20 minutos, ou até estar cozido.

Retirar do forno, desenformar e deixar arrefecer sobre uma rede.

Servir com manteiga ou doce, ou até simples, soube-me bem de todas as maneiras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:23


WOOK - www.wook.pt


22 comentários

De flavia pantoja a 08.09.2009 às 23:58

Adorei esse pao! Parece uma rosca de Minas Gerais que temos aqui e é uma perdiçao!!!!
bjs

De Moira a 09.09.2009 às 11:16

Flávia,
Não era nada disso que eu queria, mas saiu tão saboroso que publiquei e vou repetir. Mas o que eu queria mesmo era uma Fogaça de Vila da Feira, daquelas que se fazem desde tempos antigos e que são uma delicia.
bjs

De Sushibaby a 04.09.2009 às 10:16

Com ou sem engano a verdade e que esse pão esta com um aspecto delicioso.
Beijinhos

De Moira a 04.09.2009 às 11:58

Sushibaby,
Não foi só no aspecto, no sabor também ;)
Para a semana já vou repetir e vou adicionar-lhe raspa de limão.
Beijocas

De leonor sousa bastos a 03.09.2009 às 22:01

Manuela,

Quem dera que todos os enganos fossem tão doces como esse! :)
Muitas vezes descobrem-se receitas maravilhosas com estas experiências e o seu "tira daqui, acrescenta ali" parece muito bem sucedido!

Imagino o prazer matinal dessa fatia de pão barrada com compota de ameixa... um começo de dia assim, só pode ser um bom prenúncio! :)

Beijo!

De Moira a 04.09.2009 às 00:23

Leonor,
Sabes que este pão doce ficou muito parecido com um pão doce da região de Coimbra que se chama Bolo das Alhadas, não sei se conheces. Para a próxima junto-lhe raspa de limão.
Bjs

De Né a 03.09.2009 às 15:17

Como eu a invejo por ter essas mãos de fada em que tudo sai bem.
Para minha tristeza não sei fazer grande coisa, só o trivial.

De Moira a 03.09.2009 às 15:45

Né,
Nem tudo nesta cozinha sai bem, já tive aqui relatos de coisas mal sucedidas. Mas digo já que é uma questão de prática e persistência. Tenho uma amiga que não sabia fazer nada na cozinha, um dia cansou-se de comer porcarias pré-cozinhadas e congeladas, comprou um livro de cozinha e hoje é uma óptima cozinheira. Vai fazendo o básico, quando tiveres tempo aventura-te em algo mais elaborado e de degrau em degrau vais ver que chegas lá.
Eu por exemplo, só muito recentemente descobri que adorava fazer pão, não tenho máquinas e tudo o que faço é à mão, tenho vindo a experimentar coisas cada vez mais difíceis e estou a adorar.
Estar na cozinha sem ser por obrigação é das coisas mais gratificantes e anti-stress que conheço.
Beijocas e bons cozinhados

De Mary a 03.09.2009 às 09:27

Moira,
Esse pão com um aspecto óptimo, o pão o doce tudo:) as fotos lindas.Que engraçado comento este blog já algum tempo e só agora reparei que somos da mesma geração:)

bjs

De Moira a 03.09.2009 às 11:47

Olá Mary,
Segundo a minha sobrinha então já somos "cotas".
E eu que te fazia uma miúda hehehe
Beijocas

De Ameixinha a 02.09.2009 às 23:40

É um híbrido he he
Mas é daqueles que tem muito bom aspecto e eu quando fiz doce de ameixa gostei mais da versão com cascas :)

De Moira a 02.09.2009 às 23:46

Ameixinha,
Só mesmo tu hehehe coitadinho do meu pãozinho até os ovos eram de galinhas felizes, a receita é que era híbrida senão teria saído um brioche :)
Tens razão quanto ao doce, com cascas fica muito melhor. Acho que vou fazer igual com os pêssegos, desconfio que também é boa ideia.
Beijocas

De Gasparzinha a 02.09.2009 às 21:38

Pois pelas fotos que nos mostras, valeu bem a pena o engano.
Eu gostava de partilhar uma dessas fatias com doce (e que doce!) aí na tua varanda, com essa luz matinal.

Bem disseste tu que o BreadBakingDay ia ser nas últimas...
:) :)

Beijinhos.

De Moira a 02.09.2009 às 22:21

Pois é Gasparzinha, tão nas últimas que eu ontem às 10 da noite já não tive coragem para fotografar, ainda por cima eu queria mesmo era fazer uma fogaça, pão doce bem tradicional na zona da Feira, ainda por cima parece que é medieval, como não saiu o que eu queria não enviei. Daqui a 6 dias já sei qual é o próximo desafio do BreadBakingDay.
Mas este falso brioche saiu tão bem que passo a fazê-lo mais vezes, tu que tens a MFP tens a vida facilitada.
Beijocas

De Carlota a 02.09.2009 às 21:37

Pois já somos 3 a ter facas iguais :))
Sabes que ontem também fiz um Brioche mas... na máquina do pão ;)
Gostei do resultado mas não tinha aquela forma tão charmosa que os originais têm. O teu pãozinho tem um excelente aspecto.

Beijinhos,
Carlota

P.S Vi ontem à venda farinha Branca de Neve para Brioche, são uns pacotes pequenos, conheces?

De Moira a 02.09.2009 às 22:24

Carlota,
As facas são muito giras :)
Podes fazer a massa na máquina e depois pô-la numa forma e cozer no forno.
Quanto à farinha vou procurar, apesar de eu começar a ficar escaldada com essas misturas prontas de fazer pão, sabes que de vez em quando eles devem-se esquecer de pôr o fermento, já me aconteceu por duas vezes pôr tudo no lixo porque a massa não fermenta, contei à minha mãe e ela tem a máquina, que normalmente não falha na fermentação e ela queixou-se do mesmo, até pensou que a maquineta estava avariada.
Beijocas

De Canela a 02.09.2009 às 20:55

Moira
Pode não ser fogaça,nem brioche,mas fizeste um belo pão!
Que bom esse pequeno almoço , banhado com raios de sol.
Beijinhos

De Moira a 02.09.2009 às 22:27

Canela,
O meu marido ontem viu-me tão atribulada com a procura da receita da fogaça que hoje encontrou-a e trouxe-ma, vem com 4 kg de farinha nos ingredientes mas já estive a fazer as reduções e brevemente vou experimentar.
Os meus pequenos almoços são quase sempre assim a apanhar o solinho matinal na varanda, sabe tão bem para começar o dia :) parece que fico com as energias redobradas.
Beijinhos

De Claudia Lima a 02.09.2009 às 18:25

O pão ficou com um aspecto muito bonito e esta geléia realçou deliciosamente.
Tb adorei as faquinhas. Muito graciosas!
Bjs :)

De Moira a 02.09.2009 às 22:29

Cláudia,
O doce de ameixa já é um dos preferidos cá de casa e este pão também vai passar a ser feito mais vezes porque ficou bastante agradável.
As faquinhas foram oferta de uma marca de manteigas à uns meses atrás, achei-as lindas.
Bjs

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D