Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sem tempo e mais umas sobras

por Moira, em 25.06.09

Os meus dias têm sido de muito trabalho, deixando pouco espaço para ler, escrever ou comentar blogs, o tempo não dá para tudo e por isso algo tem que ficar para trás, as férias estão quase a chegar e nem sequer tenho tempo para pensar onde vou ou o que vou fazer.

Na cozinha fazem-se trivialidades que de tão básicas não merecem qualquer relato.

No entanto deixo-vos aqui uma delas, por ser diferente, apesar de eu não gostar, o marido adora e foi ele que me pediu para fazê-la.

Como já sabem eu detesto fígados e miudezas ao contrário do D. que adora todas essas coisas, a receita que vos deixo hoje é uma aproximação de algo que ele adora, que se faz para as bandas de Almeirim e a que chamam carne da matança, mas qualquer semelhança do que vos trago hoje com a realidade é pura imaginação minha, já que nunca provei nem nunca lhe vi o aspecto.

Não sei o que lhe hei-de chamar, mas isso pouco importa, nem tão pouco tenho uma receita base, mas passo a descrever o que fiz.

Cortei às tiras uma isca de porco frita que tinha sobrado de outra refeição, grelhei uma bifana de porco e cortei-a ás tiras também, fiz uma cebolada com duas cebolas cortadas  em pedaços grandes com um fio de azeite, quando a cebola começou a ficar translúcida adicionei as carnes e mexi para tomarem sabor e por fim adicionei um molho de coentros picados, dei mais uma volta e servi com batata nova cozida com a casca.

Se quiserem experimentar estejam à vontade, eu não provei mas ele adorou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:58


WOOK - www.wook.pt


27 comentários

De Luis Pontes a 28.06.2009 às 13:06

...eheheh, esse petisco deve ter ficado bem bom mas é um bom bocado diferente de Carne de Matança, pelo menos da que se faz lá mais para Norte e que eu adoro, que sou como o D.!

...claro que a Moira nem sonha todas as outras "coisas" moles que um porco tem e que entram na original, além do fígado, mas claro que nem vale a pena descrever esse delicioso "pesadelo" :-)

De Valdomicer a 27.06.2009 às 17:52

Hace tiempo que sigo tu blog con interés.
He hecho tus "costeletas de borrego com porto e laranja" ya en dos ocasiones, una con cordero y otra con cerdo. Han sido dos éxitos.
Enhorabuena.
Date un paseíto por mi blog de vez en cuando.
Besos.

De Moira a 27.06.2009 às 21:00

Hola Valdomicer,
Muchas gracias por tu visita y tu comentario. No conocia tu blog pero daré un paseio por el con mas tiempo mañana.
Curiosamente la receta de cordero con porto y naranja es de una publicación española. És muy buena pero nunca la hice con cerdo tengo que probarla tanbien.
Vuelve siempre que quieras y perdona mi castellano que no es muy bueno :)
Besos
Moira

De tapano a 27.06.2009 às 15:30

The beautiful bowl red dots!
Great job!

besos

De Moira a 27.06.2009 às 21:01

Hi Tap,
I love dots :)

De Cherry Blossom a 27.06.2009 às 07:40

Eu aceito! Adoro fígados e miúdos! Só sangue que não me vai! Esse seu muito me apetece.Gosto desde criança, já meu irmão os detesta,portanto acho que já tenho uma predisposição.
Um lindo fim de semana pra ti!
beijinho

De Moira a 27.06.2009 às 21:01

Cherry,
Ainda bem que gostas, parece que consegui agrader muita gente apesar de eu não ser fã de fígados.
Bjs

De leonor a 26.06.2009 às 17:00

Olá Manuela!

Por aqui estamos na mesma...muitas coisas para fazer e pouco tempo para distruibir por todas elas...há sempre um mundo que tem que ficar a perder e acaba por ser o virtual.

Eu também não sou fã de miudezas, fazem-me impressão.
Quando era pequena adorava fígado mas desde que descobri o que estava a comer ganhei uma aversão para a vida inteira.
Na escola, no 1º ano, fui obrigada a provar uns rolinhos recheados com miolos e quase tive vontade de chorar...

Às vezes, gostava de poder fazer uns pratos assim para o Miguel (ele também adora essas coisas) mas também teria que cozinhar sem provar o que torna a tarefa um bocadinho mais complicada!

Apesar de tudo, " gostos não se discutem" e se "ele adorou" é porque o jantar devia estar óptimO!

Beijos!

De Moira a 27.06.2009 às 21:03

Ai Leonor, imagino o sofrimento! Mioleira para mim então era impensável, deve ter sido um enorme sacrficio.
Beijo

De Marly a 26.06.2009 às 12:13

Eu até que gostava de fígado de boi, quando solteira, em casa o faziam tão bem teperadinho que ficava apetitoso! Meu marido
porém, não o suporta; resultado: nunca mais o comi (e minhas
duas filhas jamais o viram!). Sua "invenção" me recordou o que
comia outrora!

De Moira a 26.06.2009 às 13:06

Marly,
Porque não fazes só para ti? Fazes uma carne para a família e uma isca para ti, assim matas as saudades :)
Bjs

De pipoka a 26.06.2009 às 10:41

A minha colega de blogue Farófia faz uma receita muito parecida para aproveitar restos de carne no churrasco. Fica uma maravilha.
Não sou grande fã de fígado (gosto do sabor mas sou avessa à consistência - sobretudo do de vitela - já o de aves, adoro). Mas acho que não ia resistir.

beijocas

De Moira a 26.06.2009 às 13:05

Pipoka o que eu não gosto é mesmo do sabor e de aves ainda pior.
Bjs

De Mary a 26.06.2009 às 00:17

Gosto muito de iscas, embora pouco, porque quem as cozinha bem é minha mummy...quer dizer, agora com a tua receita tão prática, acho que me vou estrear! lol
Adoro trivialidades e coisinhas básicas, quanto mais simples e decomplicado melhor! E não me fales em férias, que só as verei daqui a uns meses...ai de mim! hehehe:)

De Moira a 26.06.2009 às 00:27

Mary,
Não desesperes que eu estou a tentar fazer o mesmo. Tenho trabalho até ser crescida, e as férias marcadas para daqui a uma semana, mas parece que o marido não consegue tirar férias e eu não sei o que fazer. Enfim, nada que não se consiga resolver.
Beijocas

De Claudia a 25.06.2009 às 22:14

Moira, sou totalmente a favor dos aproveitamentos. Andamos comendo muitas sobras esses dias.

Olha, sobre a folha das groselhas, eu publiquei uma foto do arbusto com as groselhinhas ainda verdes nesta postagem:

http://saborsaudade.blogspot.com/2009/06/arbustos-e-iogurte-ao-sol.html

É a foto do alto, a direita, numa colagem de quatro fotos. Já fiz fotos das framboesas mas ainda estão tão feinhas que não publiquei...

Bj,

Claudia

De Moira a 25.06.2009 às 22:33

Cláudia,
Já fui espreitar a foto e acho que o que nasceu no vaso são mesmo groselhas :)
Obrigada!
Bjs
Moira

De G' a 25.06.2009 às 21:13

Bem, estão já somos duas. Eu também não gosto nada de miudezes, nem de frango nem de outra coisa. Agora o meu M' adora essas coisinhas todas
Gostei da tua proposta, simples e rápida. E ainda se aproveitam as sobras!

Beijinhos*

De Moira a 25.06.2009 às 22:37

Sempre podes fazer para ele que é o que faço. A minha mãe também odeia favas e sempre as fez para mim e para o meu pai que adoramos ;)
Bjs

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D