Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hoje abro uma excepção...

por Moira, em 17.06.09

Porque neste blog qualquer desafio só faz sentido se for para falar de comidinhas, hoje abro uma excepção e vou falar de memórias, aquelas que gostaria de reviver em "slow motion", mas como nas memórias há sempre algo saboroso envolvido deixo-vos aquela receita que andava à procura faz tanto tempo, a das Rosquilhas de Azeite da minha terra.

 

Rute desafiou-me para  descrever cinco momentos da minha vida que gostaria que passassem em "slow motion" e eu de repente percebi que tenho tantos momentos felizes que a dificuldade está em escolhe-los, mas então aqui vai:

  • A minha infância, porque toda a minha infância foi feliz, mas tenho que destacar dois momentos: a minha passagem pela ilha de S. Tomé, ilha que ainda hoje consigo recordar com saudade apesar de lá ter estado com apenas 7 ou 8 anos e a minha estadia em Angola com especial destaque para uma viagem que fiz por picadas (estradas de terra batida) pelo meio da selva desde o sul até à cidade de Malange onde passava férias com os primos do meu pai, descrever essa viagem aqui era impossível tantos são os pormenores que tenho na minha memória, mas numa palavra só, posso dizer que foi inesquecível. 
  • O dia do meu casamento, porque foi diferente de todos os casamentos que conheço, só tenho pena que não me "tivessem deixado" casar de Jeans, acho que tive que fazer algumas cedências. 
  • A minha estadia na Alemanha, onde passei dois meses a estudar Alemão no Göethe Institute de Kontanz, com colegas do mundo inteiro, foi uma experiência muito agradável e uma aprendizagem de vida. No final acho que saí de lá a falar melhor Castelhano do que Alemão, mas em compensação conheci toda a zona dos Alpes, um dos mais belos locais para quem gosta de estar em contacto com a natureza.
  • A minha viagem a Itália em que passei um mês inteiro a percorrer várias cidades, vilas e aldeias, com um percurso pouco usual feito pelo meu amigo italiano que vive perto de Milão. Em Florença, quando visitei a pequena igreja que fica junto à casa onde viveu Dante, o mesmo que escreveu "A Divina Comédia", o espaço em questão era de uma simplicidade pouco vista nos monumentos italianos, e lá dentro senti uma paz de espirito que nunca tinha experimentado, e perto de Piacenza uma festa de aldeia, com comidinha caseira feita pelas "mamas" e um grupo coral que cantou cantigas do tempo da resistência, eu e o meu marido eramos os únicos estrangeiros por lá e fomos tratados como príncipes, inesquecível!
  • Por fim os jantares com os meus amigos, eles sabem quem são. Estes jantares são sempre muito especiais começando com a programação das ementas, passando pela confecção das refeições, muitas vezes feitas em conjunto, finalizando com momentos muito saudáveis de convívio e cumplicidade que só se têm com amizades tão antigas como as nossas.

Para acompanhar este desafio uma receita dos meus sabores de infância que encontrei por acaso este mês na revista do Clube de Consumidores da Lusitana e que foi enviada pela Dª. Licínia Monteiro Nobre, a ela também o meu agradecimento.

Rosquilhas de Azeite

Ingredientes:

  • 250 g de farinha de trigo fina (self-raising) - Usei farinha normal sem fermento
  • 40 ml de azeite (usei azeite aromatizado com louro e oregãos)
  • meia colher de café de sal
  • Água morna q.b (usei 100 ml)

Preparação:

Numa tigela deite a farinha e faça uma cova no meio, deite lá o azeite e o sal e amasse deitando àgua aos poucos até envolver toda a farinha e ter uma massa dura para poder moldar as rosquilhas, conforme fotos abaixo. Vão ao forno aquecido a 180º durante cerca de 15 minutos ou até apresentarem uma cor ligeiramente dourada.

Rende 16 pequenas rosquilhas que ficam estaladiças como os gressinos.

Espero ter satisfeito a curiosidade da Rute e dos outros leitores, quanto à passagem deste desafio, eu sempre fui muito rebelde e não gosto de seguir normas, mas ficaria feliz se alguma blogueira das que passam por aqui e que ainda não foram desafiadas por ninguém, tivessem a coragem de pegar neste desafio.

Se isso acontecer digam-me qualquer coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:46


WOOK - www.wook.pt


48 comentários

De Anónimo a 18.05.2016 às 11:04

muito bom adorei

De Ana Maria a 11.01.2010 às 21:19

Boa noite Moira

Tentei fazer esta sua receita de rosquilhas, mas tenho uma duvida
Como consegue faze-las tão certinhas? As minhas ficaram cheias de "bochechas". Há algum truque ou é mesmo a minha falta de jeito?

Obrigada
Beijinhos
Ana Maria

De Moira a 11.01.2010 às 23:31

Olá Ana,
Não faço a mínima ideia do que possa ter acontecido, usaste farinha com fermento? Na receita dizia para usar, mas eu nunca tenho dessa farinha em casa e acabei por não pôr fermento nenhum, será disso?
Eu não tenho nenhum truque nunca as tinha feito e sairam como as vês na foto
Provavelmente as tuas ficaram com bochechas porque a massa cresceu :) como acontece com a massa do pão.
Espero que tenham ficado boas na mesma apesar de bochechudas.
Beijocas

De Ana Maria a 12.01.2010 às 13:35

Olá

Sim, usei farinha sem fermento porque tambem é a que tenho sempre em casa. Ficaram boas apesar de não muito bonitas. Digamos que ficaram "rusticas". Pesquisei na net e parece-me que ta receita será a das rosquilhas do Louriçal. A pastelaria que as faz tem um site http://www.novavida.opportunity-lda.com/.
Obrigada pelas dicas
Bjnhs

De Moira a 12.01.2010 às 18:13

Tens razão estas rosquilhas são muito parecidas com as do Louriçal, lembro-me bem de as comer há muito tempo atrás.
Beijocas

De Angela a 07.07.2009 às 15:17

Dúvidas não existem, ora aqui está uma receita que vou fazer. Ai vou, vou. É hoje sem falta. Vou fazer uma pausa no meu trabalho para as Novas Oportunidades e fazer umas belas Rosquilhas. Já me cheira a Figueira da Foz! Grande ideia!

De Moira a 07.07.2009 às 15:34

Olá mana,
Faz, faz que ficam muito boas, mas não as comas todas de uma virada, senão as caminhadas têm que ser a dobrar
Beijocas

De RedTuxer a 31.12.2009 às 16:26

Se cheira à Figueira!!! Rosquilhas vão nascer já daqui a pouco!!

De idalina a 19.06.2009 às 23:52

Olá Moira! Peço-lhe desculpa pelo silêncio, mas estamos no final do ano lectivo e as avaliações também aqui chegaram...Contudo passo por aqui quase todos os dias e não posso deixar passar em branco o percurso das recordações. É incrível , como elas permanecem tão claras após tantos anos. E é bom que assim fiquem. Como não vivemos a destruição de uma terra que foi a nossa, ela continua a viver, intacta e linda na nossa memória. Um beijo.

De Moira a 19.06.2009 às 23:59

Olá Idalina,
Já tinha dado pela falta mas calculei logo que seria toda a azáfama dos exames e das notas finais, mas não tem problema, a seguir temos muito tempo para pôr a conversa em dia.
Tenho andado a digitalizar fotos antigas que estou a pôr no meu outro blog, qualquer dia aparencem umas quantas de áfrica.
Beijocas e bom fim de semana

De Verena a 19.06.2009 às 20:54

Adorei o texto!!!! E as rosquinhas devem ser divinas!

De Susana a 18.06.2009 às 23:06

Olá :)

Gostei muito de ler este post :) E as rosquinhas... perfeitas!

De Coffee & Vanilla a 18.06.2009 às 22:49

It is again me to let you know that you have been, as one of the first, awarded with Beautifully Designed Blog award.

Here are the rules:
http://www.coffeeandvanilla.com/?p=7020

And here is the list of other well designed blogs:
http://www.coffeeandvanilla.com/?page_id=7022

De Moira a 18.06.2009 às 23:18

Thank you Margot for this award, i realy apreciate it. I'll send it for some of the portuguese bloguers with special design.

De Canela a 18.06.2009 às 22:08

Moira
Eu sei que nasceste cá,já li que os teus pais estavam de ferias na Figueira,não foi?Por isso me referi a Angola como a tua terra.
Tambem houve um almoço no meu casório,no Alentejo.Sabes eu sou alfacinha,mas de alma sou alentejana........;)
Bj

De tappano a 18.06.2009 às 21:21

dear moira
These photographs are amazing!!
Poetry for the eyes!

besos

De Moira a 18.06.2009 às 21:57

Thank you Tap, you're very kind :)

De Canela a 18.06.2009 às 21:17

Moira
As rosquinhas ficaram perfeitinhas e lindas!
Gostei de ler a excepção....Gostava de conhecer a tua terra,o meu marido viveu em Cabinda (em criança)e guarda muitas memorias.Eu desperdicei a minha oportunidade de lá viver há uns anos,pela idade que os meus filhos tinham na altura.
Já vi que o teu casamento não foi convencional,o meu foi apenas uma ida ao registo numa sexta-feira 13.......há uns 24 anos(é assustador!)
Bj

De Moira a 18.06.2009 às 21:49

Olá Canela,
A minha terra é Portugal foi cá que nasci e vivi a maior parte da minha vida, Angola é a minha segunda terra apesar de só lá ter estado 5 anos, o tempo que o meu pai teve para implantar um sistema novo numa empresa cuja filial era em Angola.
Cabinda nunca conheci mas do resto de Angola, viajei de lés a lés, e ainda me lembro de quase tudo.
Casamento numa sexta-feira 13 deve dar sorte hehehe, o meu também foi só pelo registo, mas não me safei de dar um almoço aos amigos e à família, mas nisso tive muito gosto.
Bjs

Comentar post


Pág. 1/3



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D