Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Parlez vous français ?

por Moira, em 04.06.09

Esta é uma sobremesa típicamente francesa, dizem que a mais famosa é a da região de Limousin, mas imagino que tal como o nosso arroz doce, cada região tenha a sua.

Desde há muito que tinha uma enorme curiosidade por esta receita, já a vi no Elvira's Bistrô e também no Sabor Saudade, esta semana ao folhear um livro de receitas muito antigo deparei-me com ela e como tinha em casa umas cerejas bem maduras a precisar de consumo, não pensei duas vezes.

Assim, aqui fica mais uma versão de um doce, que não é excessivamente doce, é delicado na boca e na minha opinião, muito bom.

Clafoutis

Ingredientes:

  • 500 g de cerejas pretas (o livro mandava pôr 750 g, mas achei demais)
  • 60 g de manteiga amolecida
  • 75 g açúcar
  • 4 ovos
  • 2 dl de natas (usei 200 g de crème fraîche)
  • 2,5 dl de leite
  • 100 g de farinha
  • 1 colher de sopa de rum (facultativo)
  • 1 colher de sopa de açúcar em pó

Preparação:

Lavar as cerejas, retirar-lhes os pés e conforme notas da Elvira e da Cláudia, não se tiram os caroços (apesar de que no livro mandava fazê-lo e eu só vi as notas delas tarde demais, prometo que da próxima vez  faço tudo direitinho).

Peneirar a farinha para uma taça, fazer um buraco no centro. Colocar no centro da farinha, 1 ovo e três gemas, a manteiga e o açúcar, misturar até obter uma massa homogénea, adicionar as natas, o rum e o leite aos poucos misturando bem. A consistência desta massa é líquida e muito idêntica à dos crepes.

Barrar muito bem um tabuleiro que possa ir ao forno e à mesa, colocar as cerejas, cobrir com a massa e levar ao forno, a temperatura média, durante cerca de 30 minutos.

Polvilhar com açúcar em pó e servir morno ou frio.

Esta quantidade deu para uma forma de 20 cm de diâmetro e para seis individuais e ainda sobrou massa que hoje há-de ser utilizada em mais qualquer coisinha, entretanto estive a ver uma receita francesa, que me parece bem mais genuína e que vou experimentar para a próxima.

 

Enquanto escrevia este post veio-me à cabeça uma lenga-lenga muito engraçada, que aposto vai fazer-vos sorrir, existe uma versão mais brejeira, mas eu prefiro a versão "light".

 

Era uma vez
Um gato maltês
Tocava piano
E falava francês
Queres que te conte outra vez?

Era uma vez
Um gato maltês
Saltou-te às barbas
Não sei que te fez
Queres que te conte outra vez?

Era uma vez
Um gato maltês
Tocava piano
Falava françês
A dona da casa
Chamava-se Inês
O número da porta era o trinta e três!
Queres que te conte outra vez?

Era uma vez
Uma galinha pedrês
E um galo francês
Eram dois
Ficaram três…
Queres que te conte outra vez?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:52


WOOK - www.wook.pt


32 comentários

De Sónia Luísa a 18.06.2009 às 08:27

Rio...rio porque esta lengalenga foi a primeira que aprendi quando entrei para a "primária", e há certas memórias que, quando reavivadas, nos fazem felizes...esta é uma delas...Obrigada.
Provei clafoutis há alguns anos atrás, e tinha caroços.
:-)beijos

De Moira a 18.06.2009 às 08:33

Olá Sónia,
De vez em quando lembro-me destas coisas hehehe e há algumas que nos fazem realmente felizes. Quanto ao Clafoutis, realmente é para fazer com caroços, mas vou-te confessar que depois de fazer das duas maneiras prefiro a versão sem caroços em que a massa fica ensopadinha com o sumo das cerejas. Com alperces e pêseegos também fica muito bom.
Bjs

De Raquel a 18.06.2009 às 00:06

Eu não gostava de cerejas, mais quando provei achei uma delicia, muito bom.

De Sónia a 17.06.2009 às 20:48

Adorei esta receita!
Ontem estava a pensar que doce poderia fazer com umas cerejas que tenho cá por casa e esta pareceu-me excelente!!

Obrigada pela sugestão e parabéns pelo blog. Uma verdadeira delícia :)

De Moira a 18.06.2009 às 08:29

Olá Sónia,
Obrigada pela visita e espero que tenhas gostado da receita do clafoutis. Nós cá por casa adoramos, já repetimos mais 2 vezes.

De leonor a 09.06.2009 às 18:40

Olá Manuela!!

Bem-vinda de volta à blogosfera!;)
Espero que a sua viagem tenha corrido super bem e que a sua pausa lhe tenha trazido descanso e muita energia! :)

Fico à espera de mais um "era uma vez" :)

Beijinhos!

De Isita a 07.06.2009 às 22:38

Esqueceu-se de indicar a quantidade de açúcar :) obrigada

De Moira a 09.06.2009 às 12:49

Cara Isita,
Muito obrigada por ter reparado, foi mesmo um grande esquecimento.
Já está corrigido!
Bjs

De Verdinha a 07.06.2009 às 18:01

Pronto mais uma tarte delicia de cerejas... hoje isto está a fazer frente a minha resistencia em fazer um doce!!!

De Moira a 09.06.2009 às 12:59

Verdinha,
Acho que também deves fazer uma, se estás de dieta diminuis no açúcar.

De Claudia a 07.06.2009 às 11:09

Moira,

Ficou muito linda tua clafouti. Espero que tenhas gostado. Mas você sabe que o nome clafouti está relacionado ao fato da fruta ser cozida com os caroços. Uma vez me explicaram mas já esqueci...

Olhe, já estou fazendo versões mais leves de clafouti, sem manteiga e sem creme de leite. Usando leite, ovos, um pouco de creme azedo e maizena...ao invés de apenas farinha. Mas acho que já publiquei essa receita 'light'...

Beijos.

C.

De Moira a 09.06.2009 às 12:51

Cláudia,
Cheguei ontem à noite de Trás-os-Montes, com uma cesta carregadinha de cerejas brancas, acho que vou experimentar a tua versão light.
Bjs

De Gasparzinha a 06.06.2009 às 11:54

Eu gosto muito de fazer clafoutis de pêssego e tb o faço salgado, com tomates cerejas e requeijão - fica fantástico!
:)

Manuela, estas fotos são verdadeiras tentações!!!

De Moira a 09.06.2009 às 12:53

Gasparzinha,
Tenho que investigar essa tua versão salgada que também me agrada.
Hoje vou fotografar as famosas cerejas brancas que trouxe ontem de Trás-os-Montes.
Bjs

De Canela a 05.06.2009 às 21:14

Tambem queria....
Está na altura de voltar a fazer...fiquei com vontade depois de ver essa foto maravilha!

De Moira a 09.06.2009 às 12:55

Canela,
Pois então mãos à obra, eu acho que já repetia outra vez :) ainda por cima trouxe mais cerejas, uma variedade transmontana que é completamente branca.

De risonha a 05.06.2009 às 15:26

tu até parece que consegues ler o meu pensamento...
acabei de comprar uma caixa com mais de 2kgs de cerejas por 5€ (vêm vender mesmo à porta do meu trabalho) e eu estava a pensar "O que vou eu fazer com tanta cereja?"
pois acabei de encontrar a solução.. eh eh eh

De Moira a 05.06.2009 às 15:36

Olá Zézinha,
Espreita a receita da Elvira está aí o link e conforme as instruções dela e do site francês não tires os caroços ás cerejas.
O doce é muito agradável, eu adorei pois não é daqueles enjoativos com toneladas de açúcar.
Bjs e bom fim de semana

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D