Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Continuação do jantar das "girls"

por Moira, em 25.05.09

Depois de vos ter falado ontem da sobremesa, hoje passamos ao resto do menu.

A mesa mais uma vez foi posta a rigor, as fotos estiveram a cargo dos maridos, que deram atenção a pequenos detalhes esquecendo-se da preparação da refeição que acontecia na sala ao lado.

Com o vinho a respirar e aguardando os últimos preparativos na cozinha, a ementa não foi muito complicada, uma entrada de crepes recheados de requeijão, espinafres e nozes, que hão-de aparecer por aqui oportunamente, uns legumes assados no forno com um molho de iogurte, mel e funcho e um cordeiro assado no forno durante 7 intermináveis horas que espalharam um aroma delicioso não só pela minha casa como pela escada do prédio, (qualquer dia tenho os vizinhos a bater-me à porta).

De todos, este último foi  o prato que mais Hummmms arrebatou por unanimidade na primeira garfada, a receita vi-a há um mês e tal atrás num blog francês excepcional e pensei logo em fazê-la.

O blog chama-se Amouses Bouche - Cuisine Goumande et Pâtisserie, merece uma visita prolongada, pois as fotos são muito elegantes e cuidadas e as receitas absolutamente deliciosas.

Cordeiro Assado no Forno

Ingredientes:

  • 1 perna de cordeiro (ou borrego)
  • 2 cebolas
  • 8 dentes de alho com casca
  • 6 cenouras
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 caldo de carne
  • 1 bouquet de ervas aromáticas frescas (usei tomilho, cerefólio, salva e alecrim, todos frescos)
  • sal e pimenta q.b.

Preparação:

Num tacho coloque o azeite e aloure o cordeiro. Adicione a cebola cortada em pedaços, os dentes de alho com as cascas, as cenouras cortadas às rodelas largas, o caldo de carne esfarelado e o bouquet de ervas aromáticas. Regue com 4 ou 5 copos de água, tempere com sal e pimenta e leve ao forno aquecido a 150º durante 7 horas. Sirva quente.

Nota:

O conselho da Sylvie do Amouse Bouche é que se façam 5 horas no dia antes e se completem as duas horas restantes no dia de servir. O meu forno é eléctrico e tem ventilador por isso a minha carne ao final das 5 horas estava pronta e quase sem molho, para eu conseguir ter a carne no forno durante 7 horas teria que diminuir a temperatura para os 100º.

A carne fica excelente, solta-se dos ossos  facilmente e desfaz-se na boca como manteiga.

Não é a primeira vez que asso carne no forno a baixas temperaturas e durante muitas horas, já o fiz anteriormente com coelho e o resultado é idêntico.

Juntamente com o cordeiro fiz um pedaço de porco porque um dos comensais não gostava de borrego, mas como era cordeiro acabou por comer.

Não dá trabalho nenhum e enquanto a carne assa pode fazer mil e uma coisas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50


WOOK - www.wook.pt


16 comentários

De Fernanda a 19.06.2009 às 17:43

Nossa muito bom, o sabor é muito bom.

De Rico a 28.05.2009 às 13:38

Não posso vir aqui muita vez ..fico sempre cheio de fome, este cordeiro assado no forno fazia um bom almoço para mim agora mesmo e esta tao lindo delicia mesmo :) xx jinhos Rico|Receitas (http://adoro-a-cozinha.blogspot.com)

De Moira a 28.05.2009 às 14:13

Rico,
A intenção é essa despertar a fome com coisas boas e suculentas. Mas o Rico como é um exímio cozinheiro, fácilmente põe mãos à obra e reproduz a receita.
Bjs

De Leonor Rodrigues a 26.05.2009 às 22:59

Olá Manuela!

É sempre agradável jantar com amigos, mesmo quando se aventura em novos pratos e não se tem a certeza do resultado final. Nestas situações tenho alguma dificuldade e gosto de jogar pelo seguro...ehehehe.
Este prato de cordeiro parece ser uma delícia, para além de ter uma boa apresentação!
O seu blog prima pelo bom gosto, parabéns!
Beijinho
(Leonor)

De Moira a 26.05.2009 às 23:23

Olá Leonor Rodrigues,
Com estes amigos combinamos jantares e escolhemos ementas com coisas que nunca fizemos ou elementos que nunca provamos e é nisso que está a graça destes jantares, no facto de descobrimos em conjunto novos sabores.
Mas concordo consigo, quando eu convido alguém, não arrisco e só faço coisas que sei que vão sair bem :)
Beijinhos e obrigada pelo comentário

De leonor a 26.05.2009 às 15:11

Olá Manuela!

Pelos vistos o Miguel é como a sua avó porque quando era pequeno pedia sopa e bifes ao pequeno-almoço!...:)
Eu tenho uns apetites estranhos de madrugada, mas ainda não me deu para sopa!...quem sabe um dia! ehehehe

Hoje consegui comentar super bem!...desculpe se sou "chata" e insistente mas tinha-me acontecido algumas vezes o mesmo problema e pensei que isso pudesse acontecer a mais pessoas!

beijinho grande

De Ameixinha a 26.05.2009 às 14:26

Mon dieu de la France que até se me nasce água na boca :)
O meu forno é a gás e sem regulação de temperatura. Nem faço ideia de como iria sair algo assim. Normalmente para os assados estufo a carne primeiro durante umas horas ao lume depois levo mais uma ou duas horas ao forno. É a solução :)

De Moira a 26.05.2009 às 14:35

Ameixinha,
Não dá para imaginar quão boa ficou a carne ;)
Eu também já cozinhei com forno a gaz, mas quando tive que trocar de fogão, não hesitei em comprar eléctrico e com todas as mariquices incluidas, é certo que custou uma pipa de massa, mas vale todos os tostões gastos pois faz tudo na perfeição, desde os delicados suspiros ao pão mais exigente em calor. Os assados então nem se fala.
Beijocas

De Marly a 26.05.2009 às 14:24

Ah, os pequenos tesouros da vida! entre eles - em minha opinião - é obrigatório que haja as ações relativas ao preparo de uma boa refeição, a ser degustada em grupo: a arrumação da mesa (incluindo a escolha e disposição da toalha/copos/talheres e decoração), que não precisa - de maneira alguma - ser suntuosa, mas cuidadosa. O modo de fazer a comida e até o de comê-la.
Cora Coralina, uma poetisa brasileira, disse, num de seus poemas:
"A culinária é a mais nobre das artes... porque está ligada à vida e à saude humana".
Eu concordo com ela!

De Moira a 26.05.2009 às 14:37

Marly,
Também concordo plenamente com a Cora Coralina, autora que desconheço e que tenho que pesquisar pois adoro poesia :)
Bjs

De Gasparzinha a 26.05.2009 às 12:09

Moira, tb sou adepta da carne assada lentamente a baixas temperaturas. O resultado é sempre excepcional!
Costumo fazer pá de porco, uma carne tão vulgar e que preparada assim se torna uma refeição de eleição. :)

E tb sou leitora do Amouse Bouche, é mesmo uma blog a visitar com atenção.

Parabéns pelo jantar: um manjar!
:)
Beijinhos.

De Moira a 26.05.2009 às 14:39

Gasparzinha,
A Sylvie tem um blog extraordinário, não é? Apetece fazer cada uma das suas receitas.
O jantar ficou um piteu ;)
Bjs

De leonor a 26.05.2009 às 05:39

Olá Manuela!!

Não tivesse eu já ter comido o meu pão com queijo e o meu copo de leite do costume e "atacava" directamente esta perna de cordeiro mesmo a estas horas da manhã...(acordei com as minhas reviravoltas de sempre e muita fome a acompanhar...ehehe!)
A minha mãe costuma fazer os assados assim...Começa a assar a carne à hora do almoço e vai-nos torturando com aquele cheirinho até à hora de jantar...nhamm... Imagino como esse cordeiro deve ter provocado os vizinhos e feito as delícias aí de casa!!:)

Esses jantares estão a ficar cada vez melhores!...Momentos assim é que valem a pena!;)

(os homens vão ter muito que se esmerar para conseguir superar esse menú! )


Beijinhos!


De Moira a 26.05.2009 às 14:44

Leonor,
Fizeste-me lembrar a minha avó que gostava de comer sopa ao pequeno almoço :)
Os assados assim ficam um primor, e os meninos ficaram a pensar no que fazer para um próximo jantar, está a ficar engraçada esta concorrência, o mais giro é que tivemos uma pequenita de 8 anos a participar activamente na confecção do jantar e a apreciar cada aroma que saía das diversas receitas.
O pessoal do sapo alterou os botões dos comentários, retirando a imagem por cima do botão, ainda sentiste alguma dificuldade em validar o comentário?
Beijocas

De Claudia a 26.05.2009 às 00:40

Moira,

a mesa ficou linda mesa e o cardápio uma tentação. Essas noites com amigos, cozinhando juntos são simplesmente fantásticas não? Eu amo cozinhar com amigos também.

Bj,

C.

De Moira a 26.05.2009 às 14:46

Cláudia,
É tão agradável fazer algo em comunidade, e cozinhar junto com os amigos é realmente muito bom, a partilha na confecção e o prazer de saborearmos em conjunto o que fizemos.
Beijocas

Comentar post



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D