Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Regresso a África

por Moira, em 19.03.09

Um dos pratos mais emblemáticos de Angola é a Muamba, quando era miúda tenho a certeza que fazia birra para a comer, principalmente se viesse acompanhada de pirão no sul ou de funge na casa dos primos em Malange.

(Nota: Pirão é farinha de milho cozida e Funge é farinha de mandioca cozida)

As minhas memórias de África têm mais a ver com paisagens e aromas da terra do que com paladares gastronómicos . Vocês sabem como são os miúdos, nunca gostam de nada, e antigamente era igual, a única diferença é que hoje se não gosta não come e antigamente mesmo que não gostasse o que ia para a mesa era para comer.

Assim a minha relação com a Muamba ainda hoje é um bocadinho duvidosa, mas pediram-me para fazer e eu fiz, e comi.

É mais uma vez um prato bastante simples de executar, se usarmos óleo de palma de compra, de resto a carne a usar deverá ser galinha ou em alternativa frango do campo, e outro elemento fundamental são os quiabos, esse legumezinho estranho que ou se gosta ou se detesta, seja como for vale sempre a pena experimentar algo da cozinha Angolana que até é bastante diversificada e pouco divulgada no nosso país.

Muamba de Galinha

Muamba de Galinha - 2 pessoas

Ingredientes:

  • Meia galinha (em alternativa frango do campo)
  • 1 cebola
  • 12 quiabos médios
  • 1 courgette grande
  • 2 colheres de sopa mal cheias de óleo de palma
  • 2 dentes de alho
  • sal e gindungo (piri-piri) q.b.

Preparação:

Cortar a galinha em pedaços e alourar em duas colheres de sopa de óleo de palma. Adicionar a cebola e o alho, um copo de água e deixar cozinhar a galinha até estar quase cozida, aqui usei a panela de pressão, cerca de 20 minutos. Temperar com sal e gindungo a gosto, juntar os quiabos cortados às rodelas e a courgette também cortada em rodelas e depois em quartos, deixar cozinhar em lume brando até a galinha estar cozida e o molho ficar bem espesso.

E como já vos disse que não gosto nem de pirão, nem de funge, acompanhei com um belíssimo arroz branco.

Notas:

  1. A receita original levava abóbora carneira, juro que não faço a mínima ideia do que isso seja, se alguém souber, a informação será bem-vinda, em alternativa usei courgette, mas também se pode usar uma mistura de courgette e beringela.
  2. Quem não tiver óleo de palma pode usar azeite, mas o sabor não será o mesmo.
  3. Para quem não sabe o que são quiabos, aqui fica a foto, para os arranjar basta cortar o pé, e depois são cortados às rodelas podem ser adicionados a qualquer guisado. Os quiabos frescos apresentam-se como os da foto, com uma pele aveludada e sem manchas acastanhadas. As sementes são comestíveis, não é necessário tirá-las e ao cortá-los largam uma baba que também é comestível, pode ir assim mesmo para o tacho.

     

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:46


WOOK - www.wook.pt


27 comentários

De Manoela a 01.09.2014 às 08:06

Oi Moira, eu sou brasileira e moro em Luxemburgo, aqui vende-se muito o dendê africano vendidos em latas, mas eles são muito fortes em gosto, você sabe se na cuinária africains vocês usam um outro azeite de dendê ?( o brasileiro é tipo um óleo e com um gosto Bem mais fraco). Ou se você souber como deixar o dendê africano mais leve, eu agradeço as dicas. Grande beijo, Manoela

De Conceição Santos a 14.02.2011 às 00:06

Começo por pedir desculpa pela minha interferência!...

Os produtos base de uma moamba, são os quiabos, o dendém e a galinha.
Em Angola era raro utilizar-se o óleo de palma. Usava-se ou usa-se a massa de dendém que pode ser comprada em latas ou fazer-se a massa com os frutos de dendém.
O refogado já foi adicionado pelos ocidentais. Os povos cozinhavam e ainda muitos cozinham tudo em cru.
Em Angola também depois dos produtos base: galinha (peixe, marisco) quiabos, dendém, adiciona-se qualquer tipo de abóbora, folhas de batata doce etc. Isto varia de zona para zona e de época para época.
Também é normal adicionar tomate maduro (não obrigatório) e nunca esquecer o gindungo.

Junto a receita de moamba que editei no meu livro "Sabores de África"

Cumprimentos
Conceição Santos

Muamba (ou moamba) de galinha

1 galinha (ou frango)
2 tomates grandes
1 cebola grande
500 g de quiabos
2 copos bem cheios de dendém
Alho q.b.
Picante q.b.
Limão
Sal q.b.
Tempere a galinha com alho, sal, picante e limão ou vinagre e deixe ficar algum
tempo para tomar o gosto. Junte-lhe o tomate, cebola cortados aos bocadinhos
e o dendê e leve ao lume.
Quando a galinha estiver quase cozida, junte-lhe os quiabos. Quando os quiabos
estiverem cozidos, a muamba está pronta a ser servida.
Sirva com feijão de óleo de palma, funge, pirão ou arroz.
Nota: esta receita é uma base simples de muamba que pode ser (e é) alterada
consoante a zona e os ingredientes de que se dispõe. É habitual juntar alguns
vegetais e legumes.

De Moira a 20.02.2011 às 13:28

Olá Conceição,
Antes de mais deixe-me dizer que não interfere em nada, pelo contrário o seu comentário é muito benvindo.
Muito obrigada pelas explicações e pela sua receita de moamba.
Sempre pensei que aquelas latas que se vendem por aí com óleo de palma, que é em pasta fosse o utilizado para fazer a moamba, da proxima vez já compro a polpa que também já vi à venda.
Cumprimentos
Manuela Cruz

De Anónimo a 01.11.2009 às 20:08

Abóbora carneira é também chamada de "Lagenária Siceraria Clavata", é uma abóbora longa, grande e de cor verde claro.

De Moira a 01.11.2009 às 22:56

Obrigada pela informação.
Como não conheço vou procurar com esse nome a ver se encontro alguma foto para ver.

De Claudia a 23.03.2009 às 19:55

Moira,

que maravilha essa galinha. Sabe que no Brasil este é um prato super tradicional mas se chama 'frango com quiabo', ainda que seja feito com galinha. E pode ser servido com pirão também.

Sempre comíamos muito pirão em casa e gosto demais, principalmente com peixes. Mas no Brasil, pelo menos no Rio, pirão é feito tanto com farinha de milho, como com farinha de mandioca, não há nome diferente se troca-se a farinha. Engraçado como dois vegetais das Américas (milho e mandioca) se enraizaram na África.

Eu gosto quando você escreve sobre sua vida na África.

Beijos,

C.

De Moira a 23.03.2009 às 22:58

Cláudia,
Já me dei conta que para além dos ingredientes há muitos pratos comuns entre África e Brasil, e que muitos dos ingredientes foram exactamente do Brasil para África em tempos antigos. São sabores sem dúvida muito diferentes dos europeus e eu gosto muito de variar por isso tenho experimentado fazê-los em casa e postá-los, pois não há muita divulgação da gastronomia africana.
Ao escrever sobre o assunto também mato um pouco as saudades daquelas paragens, o que não deixa de ser agradável, eu vivi por lá pouco tempo mas o meus bisavós um andou pela América outro andou por África, qualquer dia digitalizo umas fotos antigas para pôr por aqui.
Bjs
Moira

De isabelocas a 21.03.2009 às 19:53

Que prato apetitoso, nunca comi muamba mas fiquei com vontade de provar.
Bjos

De Moira a 22.03.2009 às 09:05

Olá Isabelocas,
Não é nada dificil de fazer e vale sempre a pena experimentar sabores de outras paragens.
Bjs
Moira

De MT a 21.03.2009 às 18:12

Obrigada. Vou experimentar.
Beijinhos

De Moira a 22.03.2009 às 09:03

Olá MT,
Obrigada pela visita, depois conte-me como correu.
Bjs
Moira

De Canela a 21.03.2009 às 08:26

Gosto de moamba,mas faço pouco,só para dois cá em casa.
O aspecto não podia ser melhor.
Bj

De Moira a 21.03.2009 às 11:53

Olá Canela,
Aqui também somos só dois, fiz meia galinha mas ainda sobrou, mais logo vais ver o que fiz com os restos :)
Bjs e bom fim de semana
Moira

De tappano a 21.03.2009 às 07:45

hello moira
quiabos? are beautiful, but I find them in Italy.

Me and my family we have enrolled in a growing bio that will take you directly to the house and the vegetables we are experiencing so many varieties of cabbage ... are always fascinated by your post!

bye bye
tap

De Moira a 21.03.2009 às 11:56

Hi Tap
The name for quiabos in english is okra, do you like it or not?
I wish i could have fresh vegetables direct from the farm.
See you
Moira

De AndreaDomingas a 20.03.2009 às 17:31

Oi Moira,
Gostei muito do visual do prato e, se não fosse os quiabos, adoraria... mas vou indicar para a família no Brasil, que é fã de quiabos e tudo o que é apimentado! :) No Brasil chamamos o óleo de palma de "Azeite de Dendê", muito usado na culinária bahiana.
Bjs

De Moira a 20.03.2009 às 17:48

Olá Andreia,
Realmente os quiabos são coisa dificil, ou se gosta ou se detesta, eu pessoalmente acho que não sabem a nada :)
Aqui também se chama óleo de palma ou de dendê.
Tenho que pesquisar sobre comida bahiana, porque ainda tenho uma porção enorme de óleo de dendê para acabar de usar e quem sabe vou encontrar alguma comida gostosa.
Bjs e obrigado pela visita
Moira

De Filipa a 20.03.2009 às 12:19

E eu que andava à procura de uma receita de muamba. Nunca provei mas os pratos africanos sempre me fascinaram. Obrigada por partilhar connosco esta receita. Parabéns pelo seu blog. Beijinhos

De Moira a 20.03.2009 às 14:11

Olá Filipa,
Obrigado pela visita, espero que goste da receita.
Bjs
Moira

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D