Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Broinhas da Figueira da Foz

por Moira, em 04.01.09

Estas são Broinhas típicas de Natal da região da Figueira da Foz, embora se encontrem à venda facilmente durante o ano inteiro. Esta receita tirei-a do Livro de Receitas Tradicionais Portuguesas, e como as quantidades eram para dias de festa, dividi a receita ao meio, adaptei-a ao meu gosto e é essa que vos apresento.

Broinhas de Abóbora com Frutos Secos

Ingredientes:

  • 650 g de abóbora cozida com uma casca de laranja (guardar um pouco da água da cozedura)
  • 750 g de farinha de trigo
  • 250 g de farinha de milho branca
  • 25 g de fermento de padeiro
  • 250 g de açúcar
  • sal q.b.
  • 1 colher de café de canela
  • 1 colher de chá de erva doce moída
  • 150 g de passas (corintos ou sultanas)
  • 75 g de pinhões
  • 125 g de nozes picadas grosseiramente

Preparação:

Misturam-se as farinhas e escaldam-se com a abóbora acabada de cozer, mexe-se bem com uma colher de pau.

Dissolve-se o fermento de padeiro num pouco da água da cozedura da abóbora, que deve estar morna, adiciona-se à mistura das farinhas e trabalha-se bem.

Junta-se o açúcar, a canela e a erva doce e trabalha-se a massa até fazer bolhas. Tapa-se com um pano e abafa-se para levedar num local morno e sem correntes de ar.

Quando a massa tiver dobrado de volume juntam-se os frutos secos, misturam-se bem na massa e com as mãos enfarinhadas tendem-se pequenas broas redondas que vão ao forno bem quente em tabuleiros untados e bem polvilhados de farinha.

Nota: A cor laranja deve-se à cor da abóbora, habitualmente fica com um tom muito suave.

As quantidades indicadas deram para fazer três broinhas médias e mais uma comprida cozida  numa forma de pão de forma.

 

In English:


Pumpkin Bread with Dried Fruits

Ingredients:

  • 650 g pumpkin cooked with an orange peel (drain and save a bit of the cooking water)
  • 750 g of wheat flour
  • 250 g of white corn flour (can find it in mexican stores but probably yellow flour works well too)
  • 25 g of fresh yeast (11g if it’s dry yeast)
  • 250 g sugar
  • a pinch of salt
  • 1 teaspoon ground cinnamon
  • 1 teaspoon ground fennel
  • 150 g dried raisins (currants or sultanas)
  • 75 g pine nuts
  • 125 g walnuts coarsely chopped

Preparation:

Mix the flours and scald with the baked pumpkin, stir well with a wooden spoon.

Dissolve the yeast in a bit of the pumpkin cooking water, which should be warm, add to the mixture of flours, that should be warm too and mix.

Add the sugar, the salt and the spices and work out the dough until it bubbles.

Cover the dough with a cloth and let it rise at least one hour.

When the dough has doubled in size we must add the currants and the nuts and mix them in the dough. With the hands floury tend small round balls, that go into the hot oven in tray well greased and floured for 30 minutes. (with silicone pads is not necessary to grease)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:31


WOOK - www.wook.pt


23 comentários

De fontes a 28.11.2014 às 11:59

ola,a receita esta bem explicada mas quando tempo no forno e o calor do forno qual e a temperatura .obrigada pela a resposta

De Moira a 10.12.2014 às 15:22

Boa tarde,
Peço desculpa pela demora na resposta. O forno deverá estar numa temperatura de pelo menos 180º a 200º. Será igual como se estivesse a cozer pão.

De susana a 14.11.2012 às 16:00

Boa tarde. Andava à procura de umas broas de abóbora e estas cativaram-me!! Precisa de uma ajuda se possível, vou fazer as broas mas em dobro, gostava de saber se tbm coloco o fermento a duplicar. Obrigada e parabéns pelo blog e pela partilha.

De Gabi a 31.01.2011 às 09:42

Obrigada p partilhar esta receita. Vivo na Figueira da Foz e adoro broinhas das Alhadas, a minha avó vivia nas Alhadas e no Natal fazia sempre estas broinhas....agora a minha irmã e eu resolvemos fazer esta receita....uma maravilha....no forno a lenha da minha mãe....foi de comer e chorar p mais....

De Moira a 31.01.2011 às 17:27

Olá Gabi,
Que bom que gostaram, estas broinhas são das coisas que mais gosto na região da Figueira. Há uns anos havia uma padaria nas Alhadas que ainda as fazia, mas há muito que não passo por lá, não sei se ainda as fazem.
Também adoro o Bolo das Alhadas, por acaso não terás a receita?
Parece que é um segredo bem guardado, até hoje nunca consegui arranjar uma receita.

De ana soares a 03.01.2011 às 13:46

Só hoje li a receita das broas da região da F.Foz e achei que devem ser uma delícia.Este Natal fiz umas broas muito parecidas com estas, e que ficaram boas, no entanto muito rijas. No dia seguinte só aquecidas na torradeira se podiam comer.Se tiver alguma sugestão quanto ao erro que eu cometi, agradeço o seu comentário.
Bom ano 2011 e óptimos cozinhados.
Ana Soares

De Moira a 03.01.2011 às 14:02

Olá Ana,
Sem ver a receita torna-se difícil saber qual foi o erro.
Usou fermento para bolos ou fermento de padeiro?
Normalmente quando se usa fermento de bolos para este tipo de broa doce elas só são boas no próprio dia.
Bom 2011 também para si.

De azélia a 04.11.2010 às 20:53

I came across this recipe Moira but you are going to have to translate the ingredients please.

I would like to try it :)

...and do you have a recipe for pasteis de nata?

De Moira a 04.11.2010 às 21:04

I'll do it in a moment, and put it here in the post.
I neves made pastéis de nata but I think I have a recipe, I'll have to surch in my papers.

De Moira a 04.11.2010 às 21:41

Azélia,
It's done. I hope you understand the preparation, please tell me if there are language mistakes to correct, I'm not sure about cooking terms.
This is traditional specially for Christmas at my home-birth.

De Luisa Vicente a 15.08.2010 às 01:25

Olá Manuela!
Ouvi esta manhã a entrevista na antena 1 e vim logo procurar o teu blog.
Naturalmente ainda não vi tudo o que cá tens, mas o que vi, gostei imenso! Estás de parabéns!!!
Agora encontrei a receita das broas de abóbora e fiquei satisfeita porque os meus pais são da Figueira da Foz. Sempre que lá vou, não deixo de ir comprar broas, mas nem sempre as encontro.
Agora com a tua receita, já as poderei fazer cá em casa!!!
Obrigada por tudo o que aqui partilhas e desejo que continues a ter inspiração e entusiasmo para continuares.
Abraços da, Luisa

De Moira a 15.08.2010 às 23:29

Olá Luisa,
Obrigada pela visita e pelo comentário.
Esta não é a receita verdadeira mas dá para matar as saudades.
Onde costuma haver sempre é numa padaria nas Alhadas.
Um abraço

De Luisa Vicente a 15.08.2010 às 23:40

Manuela,
Obrigada pela informação sobre a padaria nas Alhadas. E a propósito: tens a receita do bolo das Alhadas? - Gosto imenso, mas também nem sempre há (:
Abraço.

De Moira a 19.08.2010 às 21:55

Ando à procura dessa receita há bastante tempo, tenho uma lista de ingredientes deixada por uma tia velhinha que já faleceu, mas não tenho a certeza que esteja completa. Mas num destes dias hei-de experimentá-la e logo ponho por aqui.

De neide rigo a 20.05.2010 às 15:03

Moira, que maravilha de broa. Não sei se é parecida com a "broa portuguesa" que temos em Santos, mas de qualquer forma vai pra minha listinha de receitas a testar.
Um beijo, N

De Manuela a 06.01.2009 às 23:39

Ai essas broinhas! Que saudades!!! Eu quando ia a Coimbra pelo Natal comia umas broinhas assim ainda quentinhas... ai que delícia, até lhes consigo sentir o cheiro!!!!

De Moira a 07.01.2009 às 00:24

Até eu já tinha saudades, por isso andei desalmada à procura da receita, agora só me falta uma, os bolos das alhadas, mas hei-de encontrar.
Bjs

De pipoka a 05.01.2009 às 15:22

Essas broinhas são "a minha cara", abóbora com frutos secos e erva doce... delicioso.

Diz-me só uma coisa: achas preferível que se façam em tamanho pequeno (tipo bolachas/bolinhos) ou com o tamanho de um pãozinho (tipo aquelas bolinhas de mistura)...?

Beijocas e Bom Ano







De Moira a 05.01.2009 às 15:58

Olá Pipoka,
Têm que ser um pouco maiores que as bolinhas de mistura, porque a côdea da broa de milho fica sempre rija e se for mais pequeno provávelmente fica demasiado seco, mas quando fizeres experimente numa das fornadas fazer umas mais pequenas a ver como resulta. As que se vêem nas fotos têm mais ou menos 15 cm de diâmetro.
A consistência da massa é como a massa de pão e no final fica com a consistência da broa de milho da região de Coimbra, côdea dura e interior húmido.
Um bom ano para ti.
Bjs

De Claudia a 05.01.2009 às 00:30

Uma maravilha tua broa. Eu adoro pão de abóboras, faço um salgado que fica delicioso. Mas gostaria de experimentar este com frutas secas. Mas as abóboras já desapareceram, agora só no ano que vem.
Aqui é assim, as frutas e vegetais ficam muito pouco tempo no mercado...
Claudia

De Moira a 05.01.2009 às 16:02

Olá Cláudia,
Aqui em Portugal temos abóbora o ano inteiro, não sei se a receita funciona sem a abóbora, só experimentando.
Bjs
Moira

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D