Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Doces e Compotas

por Moira, em 15.09.08

Para que não restem dúvidas e porque me têm perguntado, eu faço quase todos os doces no micro-ondas, a técnica é idêntica para todos eles, excepto para o doce de abóbora gila que para além de muito trabalhoso, deve seguir regras muito específicas e por isso é sempre feito no fogão.

A preparação dos doces no micro-ondas tem um "senão", é que não dá para fazer grandes quantidades, assim se quer utilizar um quilo ou mais de fruta, faça o doce da forma tradicional.

Doce de Pêssego e Alperce 

Utilizando 300 ou 400 gramas de fruta dá para matar a saudade de um doce caseiro, só que feito com mais rapidez e rende um frasco médio ou dois pequenos de doce.

A imaginação não tem limites, por isso dêem asas à imaginação... 

Notas importantes:

Utilizar um pirex largo e fundo e nunca utilizar mais que 1/3 da capacidade do recipiente, para o doce não sair por fora durante a cozedura.

Não utilizar recipientes de plástico, durante a cozedura o ponto do açúcar pode derreter o recipiente.

A duração da cozedura no micro-ondas para uma quantidade de 300 a 400 g varia entre 15 e 20 minutos consoante a potência do seu aparelho e deve mexer o doce com uma colher de pau de cinco em cinco minutos, para que a cozedura seja uniforme.

Utilizar a mesma quantidade de fruta que de açúcar, se quer reduzir algum açúcar em 300 ou 400 g de fruta nunca deverá reduzir mais que 100 g, não se esqueça que este doce não leva conservantes e que se reduzir no açúcar ele vai ganhar bolor no final da primeira semana.

Para saber se o doce está no ponto certo, tire uma colher de doce para um prato e deixe arrefecer, para ver se está na consistência certa. Quando o doce acaba de fazer a sua consistência ainda é um pouco líquida, mas ao arrefecer torna-se mais denso.

Espero ter esclarecido todas as vossas dúvidas, no entanto podem sempre deixar comentários ou enviar e-mails.

Doce de Pêssego e Alperce

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:36


WOOK - www.wook.pt


10 comentários

De Miguel a 02.09.2010 às 23:18

Hoje vim cá ter por um link da:
http://decozinhaemcozinha.blogspot.com/2010/09/doce-de-pessego.html
E, pensei,... o que é que a Moira aprontou desta vez?
Admiro o seu sentido prático e desenvencilhado. Acho que realmente algumas pessoas não me põem a fazer doce porque imaginam que vão ter de pelar 2 kg de fruta,... e depois os frasquinhos vão andar atirados no canto do frigorífico. Assim com menor quantidade acho que estimula mais a fazer.

Duas perguntas: a fruta não espirra a meio da cozedura? Cobre com uma tampa de microondas? E o doce da foto que de que fruta é?

Um abraço.

De Moira a 03.09.2010 às 00:21

Olá Miguel,
Eu realmente faço sempre porções de doce muito pequenas, acima de tudo porque gosto de variar, e claro para não ficaram esquecidos no fundo do frigorifico.
Nunca me acontedeu espirrar, nunca coloquei tampa, mas o pirex tem que ser mesmo alto porque a cozedura do micro-ondas faz borbulhar e subir o açúcar e a fruta, caso se encha o pirex até metade, sai por fora, já me aconteceu.
O doce da foto é de pêssego e alperce.
Deixo um link com todos os meus doces e compotas, uns feitos no micro-ondas, outros no tacho: http://tertuliadesabores.blogs.sapo.pt/tag/doces+e+compotas
Um abraço

De Pão, Bolos e Cia. a 21.09.2008 às 22:27

Sugestão muito boa, tenho feito doces na MFP, e uso muito o microondas para cozinhar e mesmo fazer purés de fruta para bébés, mas nunca tinha pensado em fazer doces no microondas, vou experimentar.

De Moira a 22.09.2008 às 10:40

Se já costuma usar o micro-ondas para cozinhar vai super fácil.

De Jean Claudi a 17.09.2008 às 16:35

Prezada Moira,

Obrigado pela aula sobre doces e compostas.

Parabéns pela didática.

Um abraço,

Jean Claudi.

De Moira a 17.09.2008 às 17:36

Apesar de não ser a forma tradicional é uma forma prática e rápida de todos terem doce caseiro ao seu alcance.
Um abraço

De leonor a 15.09.2008 às 20:42

Mais uma compota, que bom!... Não podia ser nada mais a propósito para esta época!...
O fim do Verão, deixa-nos sempre com imensa fruta e os doces são uma forma excelente de preservar esses sabores ao longo de todo o Inverno...
Adorei o "chapéu" que pôs à compota...

Beijinho

De Moira a 15.09.2008 às 20:53

Olá Leonor,
É exactamente isso, aproveitar para não estragar!
Como na minha família há várias pessoas que têm árvores de fruto, sempre aparece fruta a mais, para dois "gatos pingados" cá em casa, por isso vou fazendo uns doces para animarem os nossos crepes e scones pelo Inverno fora... E como já diziam as nossas avós: - No aproveitar é que está o ganho!
Bjs

De pipoka a 15.09.2008 às 17:52

Normalmente faço grandes quantidades, quando me oferecem uns quilos de determinada fruta e tenho medo que se estrague (acontece muito com figos e abóbora). Nunca me lembrei de fazer pouco, mas agora que sei que se faz bem no micro-ondas, vou experimentar.

Só uma dica (que serve para os doces feitos ao lume e talvez sirva para estes): se juntares sumo de limão, a compota atingue a consistência desejada mais facilmente, pois o limão funciona como gelificante (é importante se estiveres a fazer doce de uma fruta com pouco pectina).

bjs

De Moira a 15.09.2008 às 18:03

Obrigada pela dica, desconhecia esse pormenor, costumo usar o sumo de limão nas frutas que por si só são demasiado doces, como as amoras.
Cá em casa faço sempre pouco porque somos só dois e adoramos a variedade em cima da mesa ao pequeno almoço, principalmente ao fim de semana.
Bjs

Comentar post



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D