Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Pavlova ou Suspiro de Frutos Silvestres

por Moira, em 08.09.08

A lista de doces era extensa, mas também éramos muitos e depois há que agradar a todos, uns não gostam de natas, outros não gostam de chocolate, por isso há sempre um bocadinho de tudo. Um dos doces mais solicitados em minha casa ultimamente é este Suspiro de Frutos Silvestres, vulgarmente conhecido por Pavlova.

É relativamente fácil de confeccionar embora tenha que haver alguma paciência com o tempo de forno (2 horas em forno muito brando 100º)

Para quem tenha o dom da paciência é uma receita que resulta se quiserem fazer pequenos ninhos para servir em doses individuais.

Desta vez a sobremesa ficou com o aspecto de um vulcão, mas a culpa foi minha que resolvi pôr-me a inventar, gosto mais do formato de ninho redondo.

Pavlova ou Suspiro de frutos silvestres

Suspiro de Frutos Silvestres

 

Preparação:

Forrar o tabuleiro do forno com uma folha de papel vegetal, desenhar um círculo de 24 cm de diâmetro  untar a folha com margarina.

Entretanto bater 4 claras em castelo com uma pitada de sal, adicionar aos poucos 175 g de açúcar, à parte adicionar 1 colher de chá de maizena com 160 g de açúcar, mexer bem e adicionar lentamente ao preparado das claras, por fim adicionar uma colher de chá de vinagre (utilizei vinagre de framboesas).

Deitar colheradas de massa sobre o círculo do papel vegetal para formar um ninho (atenção que a massa cresce).

Levar ao forno durante 2 horas a 100º. Ao fim desse tempo desligar o forno e deixar arrefecer dentro do forno. Retirar o papel vegetal, pôr num prato e decorar com fruta a gosto, acompanhar com natas batidas.

Eu servi com frutos silvestres, dos que se vendem congelados nas grandes superfícies, deixei descongelar com 3 ou 4 colheres de sopa de açúcar. O contraste do doce do suspiro com a acidez dos frutos silvestres é muito agradável.

 

Nota: Comam, mas não abusem, que isto é altamente calórico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:27


WOOK - www.wook.pt


18 comentários

De Jacqueline a 03.07.2014 às 17:55

Meu suspiro gigante cresceu e até dourou bastante, mas depois de uma hora com o forno desligado ele minguou e ficou mole, sabe o que pode ter acontecido :(

De Moira a 08.08.2014 às 15:45

Olá Jaqueline,
O suspiro pode não ter crescido por várias razões, as claras podem não ter ficado bem batidas, a temperatura do forno podia estar demasiado elevada, principalmente porque diz que ele dourou bastante, e o suspiro não pode dourar, ele tem que ficar bastante tempo no forno a baixa temperatura para secar lentamente e ficar crocante. De qualquer das formas ele não pode dourar, isso quer dizer que tinha temperatura a mais. No final ele fica branco.
Nada como experimentar de novo.

De Anónimo a 26.09.2011 às 14:48

Olá Moira,

Mais uma vez obrigado pela tua preciosa ajuda.
Infelizmente nem o forno nº2 nem os meus nervos colaboraram e acabou por não haver Pavlova.
Qualquer dias destes, sem estar debaixo de pressão, tentarei de novo.
Um beijinho e boa semana.

Mãe Caracoleta

De Moira a 27.09.2011 às 20:13

Que pena! Pode ser que para a próxima saia melhor.

De Anónimo a 24.09.2011 às 22:55

Boa noite Moira,

Desculpa a hora, mas estou em apuros culinários.
Comprei tudo para fazer uma Pavlova que deveria levar para um almoço amanhã.
Entretanto, seguindo a receita à risca, já repeti a parte inicial das claras por 3 vezes e não consigo fazer nada.
Tanto a tua receita como a que eu tenho,que é muito semelhante, têm imenso tempo de cozedura e a Pavlova cresce "as minhas" cozem rapidamente e não crescem, pelo contrário, minguam, fico sem cratera para colocar o recheio.
Qual é o truque?

Um Abraço.
Mãe Caracoleta

PS - Estou ansiosa pelo 500!!!

De Moira a 24.09.2011 às 23:03

Olá
As claras têm que ficar muito bem batidas como se faz para os suspiros, depois de bater em castelo vais acrescentando o açúcar aos poucos, elas ficam firmes e brilhantes, o tempo de forno prolongado é para as claras não queimarem, as claras têm que secar devagarinho.
Se não ficar com cratera não te preocupes, podes pôr a fruta por cima na mesma.
E não te esqueças do vinagre, é mesmo importante, se não quiseres usar vinagre põe sumo de limão.
Fico a torcer para que dê certo.
Beijinhos

De Moira a 24.09.2011 às 23:06

Esqueci-me de dizer que o forno têm que ter uma temperatura baixa para elas não cozerem depressa. Quando isso acontece a pavlova fica mole por dentro, e não é o que se pretende, pois a pavlova não é mais que um suspiro gigante :)
Boa sorte

De Anónimo a 25.09.2011 às 06:54

Obrigado Moira pelas tuas sábias explicações.
Tenho usado sumo de limão e são esses passos que tenho seguido, talvez o problema esteja no forno, que é meio disparatado (muito forte, mesmo em temperaturas baixas).
São 6:50, ainda tenho tempo, vou avançar para a 4ª Pavlova e usar o forno nº 2. Vamos ver se desta vez alcanço o objectivo.

Bem haja e bom domingo.
Mãe Caracoleta

De caderninho de receitas a 04.07.2011 às 00:11

Parece deliciosa... era mesmo isso que eu pretendia...
Diz-me uma coisa de que tamanho fica mais ou menos???
Beijinhos e obrigada pela dica ;)

De Moira a 04.07.2011 às 00:22

Só leva 4 claras mas fica grande, este prato tem 27 cm de diâmetro.

De Glau a 10.09.2008 às 03:01

Cada receita que tem por aqui! Uma mais maravilhosa que a outra...

De Moira a 10.09.2008 às 11:08

Mais uma vez agradeço o seu comentário, fico muito feliz por ter gostado do meu cantinho, entretanto já cusquei As Madames na Cozinha e também gostei bastante, principalmente as amoras em geleia de moscatel, deve ser uma delícia.

De leonor a 09.09.2008 às 21:39

Boa noite, mais uma vez...

Obrigada pela resposta...aliás sou só eu que tenho a agradecer porque as suas palavras animaram o meu dia!... só posso acreditar na sua sinceridade e esperar que acredite na minha: fiquei mesmo muito feliz pela visita...
Não fazia ideia do que era ter um blog, nem tinha o hábito de visitar blogs. Tudo isto é muito novo para mim, vou chegando e aprendendo aos poucos o funcionamento e os cantinhos deste mundo culinário virtual. Os comentários enchem-me de alegria, principalmente os positivos, como o seu!

Um beijo

De Mão na MAssa a 09.09.2008 às 15:52

Olá!

O que tens de fazer agora é dar umareceita tua à tua parceira e vise-versa, e fazer a receita que ela te mandar

Bjs

De leonor a 08.09.2008 às 21:25

Esta Pavlova parece-me irresistível!...e os frutos vermelhos a escorrer...deliciosos! :)
...um "ninho" para uma boa colherada:)

Beijo e uma boa noite!


Obrigada pelo comentário, deixou-me muito feliz!:)

De Moira a 09.09.2008 às 11:22

Obrigada pela visita! Foi para mim uma honra ter um comentário seu no meu humilde blog. Isto parece lamechas mas é sincero! Quem sabe a Leonor um dia faça os pequenos "ninhos" que eu por falta de destreza no uso do saco de pasteleiro me sinto incapaz de concretizar ;-)
Beijo e continuação de bom trabalho!

De pipoka a 08.09.2008 às 18:14

Então deve ser a minha impaciência que me faz estragar tudo o que leva claras....

bjs

De Moira a 08.09.2008 às 18:23

Compreendo o teu desespero, em molotof's sou um desastre, esta pavlova e os souflés ainda vão saindo mais ou menos. Felizmente o meu fogão agora tem um programador que apita quando acaba o tempo, tem sido uma ajuda preciosa. Bjs.

Comentar post



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D