Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Erva Cidreira e Limão

por Moira, em 23.04.14

Eu devia beber água, por muitas e variadas razões, diz que é bom para hidratar e purificar, mas sou pouco amiga do precioso líquido, pelo menos para beber.

Por isso opto por dar-lhe sabores, sendo que assim já não é nenhum sacrifício beber água.

Deixo-vos uma boa sugestão.

Infusão de Erva Cidreira e Limão

Infusão de Erva Cidreira e Limão

Ingredientes:

  • 1 punhado de Erva Cidreira fresca
  • 1 litro de água
  • 1 limão pequeno
  • gelo q.b. (opcional)
  • 1 colher de chá de mel (opcional)

Preparação:

Enxagúe a erva-cidreira. Leve meio litro de água ao lume, quando ferver apague o fogão e junte a erva cidreira, deixe de Infusão por cerca de 10 a 15 minutos, coe e reserve até estar frio.

Lave o limão, corte-o em rodelas finas e coloque-o em infusão com a restante água.

Quando a infusão de erva cidreira esfriar, adicione à água com limão, coloque num jarro e leve ao frigorífico para refrigerar.

Se gostar pode adoçar com uma colher de mel. Sirva decorado com folhinhas de erva-cidreira e gelo.

Nota: Se não tiver erva-cidreira fresca pode fazer com a seca. Eu gosto desta infusão sem qualquer tipo de adoçante, mas pode adoçar a gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07

Todos temos uma história para partilhar

por Moira, em 09.04.14

Qualquer um pode partilhar a sua história, independentemente do lugar onde vive, por isso vamos lá a partilhar histórias com sabor, pode ser uma receita ou o relato de um momento feliz passado em família em que os sabores se misturam com as memórias.

Por cada história a Margão e a McCormick farão uma doação à United Way para ajudar a alimentar aqueles que mais necessitam.

Em Portugal a ajuda irá para o Banco Alimentar e para participar basta passar pelo site da Margão (link acima) e encontram no canto superior esquerdo o link para partilharem as vossas histórias, entretanto deixo-vos a minha:

A minha primeira sopa foi feita mais ou menos nesta altura do ano, há muitos, muitos anos atrás, eu devia ter os meus 12 ou 13 anos e ainda não dominava a arte dos tachos, mas a curiosidade e a vontade de ajudar levou-me para a cozinha.

A minha mãe trabalhava fora, como quase todas as mães deste país e eu na alegria de a poder ajudar resolvi fazer a sopa para adiantar serviço, no entanto, desconhecia que para cozer feijão era necessário deixá-lo de molho por várias horas.

O tacho foi para o lume com a água, o feijão e a folha de louro, e foi fervendo e fervendo sem que se apresentasse cozido, ainda assim resolvi acrescentar os restantes ingredientes, pensando que o tempo levaria a sopa a bom porto, mas claro que o resultado era previsível.

A minha primeira sopa foi um fiasco, os feijões pareciam pequenas pedras que a minha mãe ia pondo à beira do prato enquanto comia o caldo e me dizia que a sopa estava muito saborosa, enquanto eu, triste e cabisbaixa, pensava onde é que estaria o erro, já que tinha feito tudo como via a minha mãe fazer tantas e tantas vezes.

Hoje fazer uma sopa de feijão já não tem segredos e a receita até é bastante simples.

Sopa de Feijão com Couves

Começar por cozer o feijão que deverá ter estado de molho durante cerca de 8 a 10 horas.

Colocar o feijão numa panela de pressão e juntar o dobro da água, uma folha de louro e uma pitada de sal. Fechar a panela e deixar cozer durante cerca de 20 minutos.
Colocar num tacho 3 colheres de sopa de azeite e 1 courgette grande cortada aos pedacinhos, 2 cebolas pequenas picadas, um dente de alho picado, 2 ou 3 cenouras cortadas às rodelas e deixar refogar um pouco. Juntar cerca de 1 litro da água onde cozeu o feijão e deixar cozinhar até a courgette e a cebola estarem praticamente desfeitas. Juntar meia couve coração cortada aos pedacinhos, rectificar o sal, adicionar um pouco de água se necessário e deixar cozinhar até estar macia, adicionar meia chávena de feijão cozido e está pronta a ser servida.

Notas: Para esta sopa pode usar feijão encarnado, feijão catarino ou outro feijão a gosto, excepto o feijão frade que tem um sabor peculiar e não necessita de ser posto de molho. Quanto às couves, nesta sopa usei couve coração mas também fica excelente com couve portuguesa ou repolho. Tudo depende do gosto ou das couves que se têm na horta. Não pesei nada, porque as sopas em minha casa são quase sempre feitas a olho e para esta história apenas repeti o que aprendi ao longo dos anos com a minha mãe, que para mim continua a fazer as melhores sopas do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D