Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais uma Salada

por Moira, em 24.07.13

E porque uma salada nunca vem só, esta semana e em sequência da minha parceria com Bonsalt trago-vos mais uma salada.

É uma sugestão diferente, mas perfeita para quem gosta da combinação de doce com salgado e também muito versátil, pois pode servir como entrada, como refeição ligeira ou como acompanhamento de carnes grelhadas.

Salada de Trigo e Maçã

Ingredientes:

1 chávena de trigo cozido

1 maçã granny smith

1 mão cheia de arandos secos (ou passas de uva)

1 cebolinha nova picada

salsa picada q.b.

sumo de meio limão

azeite e vinagre

uma pitada de Bonsalt 

Preparação:

Lavar a maçã, cortá-la aos pedacinhos e passá-la pelo sumo de limão para não oxidar.

Misturar todos os ingredientes, temperar com Bonsalt, azeite e vinagre e servir fresco, como refeição ligeira ou como acompanhamento de carnes grelhadas.

Nota: Para cozer o trigo basta demolhá-lo durante a noite como se faz com o feijão e o grão e cozer no dia seguinte em bastante água durante mais ou menos 30 minutos. Depois de cozido guarda-se em caixas para usar posteriormente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:06

Está oficialmente aberta a época das Saladas

por Moira, em 18.07.13

Há algumas semanas que os meus almoços são saladas básicas.

Frescas, fáceis de confeccionar e usando ingredientes simples que se encontram à venda em qualquer supermercado. São super saborosas e muito práticas para quem está de férias.

Podem deixar os ingredientes preparados de véspera e fechados em caixinhas no frigorifico, depois é só chegar da praia, tomar um banho refrescante, temperar a salada e servi-la bem fresquinha.

A minha proposta neste Verão é que se deixem levar pela imaginação criem saladas diferentes todos os dias e aproveitem bem as férias. Mesmo que fiquem na cidade, não se esqueçam que ainda há muitos recantos por descobrir e as férias servem para isso mesmo, descansar a cabeça, mudar de ares, fazer novos amigos ou estar com amigos que já não vimos há muito tempo, visitar a família, entrar num museu ou ir à feira da ladra, beber um café num esplanada à beira rio e deixar o tempo fluir sem pressas.

Para quem vai de férias boas férias, para quem fica aproveitem bem a cidade. Já agora e se quiserem podem partilhar a foto das vossas saladas na página do Tertúlia no facebook.

Salada de búzios integrais da Milaneza com salmão cozido

Ingredientes:

1 posta de salmão cozido (ou sobras de salmão grelhado)

1 chávena de búzios integrais da Milaneza

tomate

coentros

azeite e vinagre para temperar

Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça ou em pratos individuais.

Temperar com azeite e vinagre balsâmico e servir fresco.

 

Salada de Camarão

Ingredientes:

Camarão Cozido

Alface

tomate

cenoura ralada

milho

pimento vermelho aos cubinhos

coentros

azeite e vinagre para temperar

Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça ou em pratos individuais.

Temperar com azeite e vinagre balsâmico e servir fresco.

 

Salada de Tomate e Bacalhau Assado

Ingredientes:

Tomate Xuxa

Pepino fatiado

cebola nova fatiada

bacalhau assado

coentros

Azeite e vinagre para temperar

Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça ou em pratos individuais.

Temperar com azeite e vinagre e servir fresco.

 

Salada de Rúcula, Laranja e Salmão Fumado

Ingredientes:

Rúcula

Laranja

Salmão Fumado

Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça ou em pratos individuais.

Temperar com azeite e vinagre balsâmico e servir fresco.

 

Salada de Tomate, Mozarela e Azeitonas

Ingredientes:

Tomate Cherry

Queijo Mozarela fresco cortado aos cubos

Azeitonas descaroçadas

mangericão

Azeite e Vinagre Balsâmico para temperar

Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça ou em pratos individuais.

Temperar com azeite e vinagre balsâmico e servir fresco.

 

Salada de Atum, Grão de bico e Pepino

Ingredientes:

Atum

Grão de bico cozido

cebola picada

Pepino fatiado

Preparação:

Colocar os ingredientes numa taça ou em pratos individuais.

Temperar com azeite e vinagre balsâmico e servir fresco.

 

Notas: Para quem gosta de saladas com massas, a Milaneza lançou recentemente umas massas para saladas, gosto especialmente das integrais, no entanto qualquer massa fica bem numa salada, desde que cozida no ponto certo.

Em quase todas elas usei tomate cherry, mas podem usar qualquer outro tomate a gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

Cozinhando com Bonsalt

por Moira, em 09.07.13

Faziam parte das ementas de tudo o que era pequeno restaurante de centro comercial, num tempo em que os centros comerciais eram pequenos e a área destinada à alimentação tinha uma enorme variedade de pequenas lojas com comida genuína feita com ingredientes à séria.

Hoje os centros comerciais são gigantescos, têm todos as mesmas lojas e a área destinada à alimentação, também ela gigantesca apresenta uma oferta meio híbrida, pouco variada e na maioria das vezes mal confeccionada (eu sei que há excepções, mas infelizmente são poucas).

Mas vamos ao que importa, estas tartes ou "quiches", se quiserem usar o francesismo, ainda hoje se podem encontrar com alguma facilidade e juntamente com uma salada dão um bom repasto a um preço simpático.

São óptimas frias, que o calor aperta e bem, e são muito fáceis de fazer, quem quiser poupar tempo ou não tenha jeito para fazer a massa pode comprar a base já feita e estendida num qualquer supermercado e fazer apenas o recheio. Se optar pelas bases de compra, prefira as de massa quebrada, sempre são mais saudáveis que a massa folhada que tem um enorme teor de gordura.

Esta semana a minha escolha para cozinhar com Bonsalt vai para esta tarte vegetariana, uma das minhas preferidas.

Espero que seja do vosso agrado.

Tarte de Alho Francês

Ingredientes:

Para a massa:

  • 200 g de farinha
  • 100 g de manteiga
  • 10 folhas de mangericão
  • 1 ovo
  • 1 pitada de Bonsalt
  • 1 pitada de pimenta moída no momento

Para o Recheio

  • 800 g de alho francês cortado às rodelas
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 250 g de natas light
  • 50 ml de leite
  • 4 ovos médios
  • 1 pitada de Bonsalt
  • 1 pitada de pimenta moída no momento

Preparação:

Num robot de cozinha coloque todos os ingredientes da massa excepto o ovo e misture até obter uma massa areada (na bimby / thermomix são 5 segundos, velocidade 4), junte o ovo e misture de novo até formar uma bola (na bimby / thermomix 5 segundos, velocidade 5). Estenda a massa com um rolo da massa e forre com ela uma tarteira forrada com papel vegetal. Pique o fundo da massa com um garfo e reserve no frio por 1 hora.

Num tacho coloque o azeite, deixe aquecer um pouco e adicione o alho francês. Tempere com Bonsalt e pimenta e deixe cozinhar lentamente mexendo de vez em quando durante cerca de 10 minutos, ou até todo o líquido que se formar tiver evaporado. Deixe arrefecer antes de usar.

Numa tigela bata os ovos, tempere com Bonsalt e adicione as natas e o leite.

Espalhe o alho francês pela tarteira, deite os ovos por cima e leve ao forno quente a 180º durante cerca de 40 minutos.

Sirva fria com uma salada mista ou de tomate.

Nota: Se não tiver robot de cozinha e fizer a massa à mão pique o mangericão o melhor possível e misture-o com a farinha, o Bonsalt e a pimenta, corte a manteiga bem fria aos cubinhos e misture-os com a farinha trabalhando com a ponta dos dedos de forma a obter uma massa com o aspecto de areia molhada, adicione então o ovo e amasse rápidamente até obter uma bola. Estenta de imediato a massa com o rolo da massa, coloque-a na tarteira com o fundo forrado com papel vegetal e guarde-a no frio por cerca de uma hora antes de a usar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:15

Mais uma vez o café

por Moira, em 06.07.13

A ideia hoje era trazer uma receita que fizesse brilhar mais um dos novos Cafés Delta Origens, mas não queria uma receita qualquer, queria fugir ao tradicional, por isso escolhi uma receita retirada do livro "A Volta ao Mundo em 80 Pratos" de David Loftus, que reúne pratos excelentes de cerca de 40 chefs espalhados pelo mundo inteiro, uns já bastante famosos e outros ainda em ascensão.

Creio que a escolha não poderia ser melhor, um pão de tâmaras com café e nozes, que, apesar do calor abrasador, me levou a ligar o forno ontem à noite para executar este belíssimo pão (eu diria bolo dada a sua textura).

Porta da cozinha fechada para o calor não se espalhar pela casa e uma hora depois o aroma invadia todas as divisões fazendo despertar os sentidos, tornando-se difícil resistir-lhe. Aguardei no entanto pela manhã seguinte, onde a estrela da mesa do pequeno almoço foi devidamente apreciada e acompanhada por uma chávena de café com dois cubos de gelo.

Um pão que não é própriamente um pão, que tem um sabor único e ligeiramente doce, um aspecto rústico e uma textura húmida parecida com os pães de centeio negro da baviera.

Uma forma diferente de começar o fim de semana e uma receita a repetir muitas e muitas vezes. São servidos?

Pão de Tâmaras com Café e Nozes

(Receita de Debbie Loftus do Livro A Volta ao Mundo em 80 Pratos)

Ingredientes:

  • 250 g de tâmaras descaroçadas
  • 1 colher de café de bicabornato de sódio
  • 250 ml de café Delta Origens Colombia
  • 2 colheres de manteiga amolecida
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 ovo médio
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha
  • 150 g de farinha de trigo
  • 1 colher de café de sal
  • 1 colher de chá mal cheia de fermento em pó
  • 100 g de nozes picadas grosseiramente

Preparação:

Pré-aquecer o forno e regular a temperatura para 180º C

Untar uma forma de bolo inglês de 20x10 cm e forrar o fundo com papel vegetal.

Picar as tâmaras e colocá-las numa taça, polvilhar com o bicabornato de sódio, verter o café por cima e reservar.

Noutra taça bater o açúcar com a manteiga e o ovo, adicione o extracto de baunilha, junte a farinha, o sal e o fermento e misture bem, se a massa estiver muito compacta vá juntado um pouco do café das tâmaras.

Por fim acrescentar o café com as tâmaras e as nozes picadas.

Deitar a massa na forma e levar ao forno (colocar no centro) durante cerca de uma hora ou até estar cozido.

Quando estiver pronto, deixe arrefecer um pouco antes de desenformar, retirar o papel e colocar sobre uma rede para arrefecer.

Nota: Fica óptimo morno servido com manteiga e uma chávena de café.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D