Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tapioca com compota de papaia

por Moira, em 30.01.13

A It by Jugais desafiou vários blogues a criarem uma sobremesa para o dia dos namorados, em que um dos ingredientes fosse chá.

Um dos chás que me chamou imediatamente à atenção foi o Rooibos aromatizado serengueti que me fez relembrar as vastas planícies africanas, o cheiro da terra molhada depois de uma tempestade tropical e a cor avermelhada do pôr do sol, foi assim que surgiu esta receita de sabor simples mas ao mesmo tempo exótico.

Pudim de Tapioca com Compota de Papaia e Rooibos

Ingredientes:

Para a tapioca

  • 400 ml de leite de coco
  • 50 g de pérolas de tapioca
  • 40 g de açúcar

Para a compota:

  • 100 ml de chá roibos aromatizado serengueti
  • 1 papaia pequena (190 g depois de descascada e sem sementes)
  • 40 g de açúcar
  • 20 ml de licor de laranja (+/- 2 colheres de sopa)

Preparação:

Colocam-se as pérolas de tapioca de molho no leite de coco durante 2 a 3 horas para amolecerem, depois levar ao lume, quando levantar fervura juntar o açúcar e deixar cozinhar em lume brando, mexendo sempre para não pegar, até a tapioca estar cozinhada e macia. Se necessário junte um pouquinho de leite. Colocar em tacinhas e deixar arrefecer.

Entretanto preparar a compota.

Descascar a papaia, de preferência não muito madura, retirar as sementes e cortá-la aos cubinhos pequenos.

Levar o chá ao lume com o açúcar mexendo até o açúcar derreter, juntar a papaia e o licor de laranja e deixar cozinhar em lume brando até ficar com a consistência de uma compota. Deixar arrefecer e colocar por cima da tapioca antes de servir.

Notas:

Pode aromatizar a tapioca com casca de limão, baunilha ou canela.

Se não gostar de tapioca pode servir a compota de papaia com uma panna cotta feita com leite de coco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:24

Rolinhos de Peru com Frutos Secos

por Moira, em 24.01.13

Os dias têm estado frios, feios e chuvosos.

Apetece ficar enroladinha no sofá, ler um bom livro, fazer um pouco de tricô ou apenas tomando uma chávena de chá fumegante.

Por isso para o jantar preparei uns rolinhos de peru que ficaram deliciosos.

Rolinhos de Peru com Nozes e Tâmaras

Ingredientes:

  • 2 bifes de peru
  • 2 colheres de chá de mostarda de dijon 
  • 10 nozes
  • 10 tâmaras
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 folhas de louro
  • 50 ml de vinho moscatel
  • 50 ml de água

Preparação:

Barrar cada um dos bifes com a mostarda, colocar por cima as nozes e as tâmaras picadas, enrolar como se fosse uma torta, atar com um cordel para uso culinário ou prender com palitos, temperar com sal e pimenta e alourar numa frigideira com duas colheres de sopa de azeite e as folhas de louro.

Quando a carne estiver dourada por todos os lados, regar com o moscatel e com a água, tapar e deixar cozinhar em lume brando até a carne estar cozida e o molho ter reduzido para um terço. Servir com esparregado de nabiças ou com uma salada verde.

Nota: Se quiser pode engrossar o molho com uma colherzinha de maisena ou um pouco de natas, eu prefiro simples e por isso, também menos calórico.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:07

Oficina de Pão

por Moira, em 04.01.13

O Paulo do Zine de Pão de passagem por Lisboa e a Mercearia Criativa organizaram uma Oficina de Pão a que eu tive o privilégio de assistir.

Aprendemos a amassar, falámos da importância dos ingredientes e dos diferentes tipos de fermento, falámos do isco, como se prepara e como reconhecer o ponto de fermentação em que está, aprendemos a tender a massa e a dar-lhe diferentes formas.

Foram 3 horas muito produtivas, que pareceram apenas alguns minutos, em que o Paulo nos transmitiu a sua sabedoria com uma enorme paixão, que acredito, deliciou todos os presentes.

Amanhã, sábado, há mais uma Oficina de Pão, mas creio que há muito que está esgotada. Quem sabe teremos mais num futuro próximo, no entanto se ficaram curiosos e querem aprender um pouco mais, passem pelo Zine de Pão, leiam cada um dos seus posts e partam para a prática sem medos, que a vida é feita de aprendizagem constante.

No final da Oficina de Pão levámos uma porção de massa para cozer em casa, a minha massa ainda viajou para lá de Vila de Rei e foi cozida no pior forno do mundo, ainda assim o pão dela resultante recebeu muitos elogios e quando dei conta já só havia meia fatia que foi fotografada no dia seguinte.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:50


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D