Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



nem carne, nem peixe

por Moira, em 26.04.12

A opção de hoje é vegetariana.

Às vezes sabe-me bem prescindir da carne e do peixe, mas para aqueles que não passam sem eles, esta salada quente de quinoa com legumes pode servir de acompanhamento.

quinoa

Salada Quente de Quinoa com Legumes Salteados

Ingredientes:

  • 1 chávena de quinoa
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola picada
  • 1 pedaço de alho francês cortado às rodelas
  • 1 cenoura pequena
  • 1 pedaço de abóbora aos cubinhos
  • sal para grelhados da Casa do Sal da Figueira da Foz
  • coentros picados (opcional)

Preparação:

Passe a quinoa por água corrente e coza em água e sal, na proporção de uma chávena de quinoa para duas de água. Depois de começar a ferver, baixe o lume para o mínimo e deixe cozinhar por 10 a 15 minutos.

Entretanto coloque o azeite num tacho e refogue os legumes em lume brando, adicione um pouquinho de água se necessário, tape e deixe cozinhar até estarem macios.

Junte a quinoa aos legumes polvilhe com coentros picados e sirva de imediato.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:25

com arroz e uma história

por Moira, em 19.04.12

Hoje a minha casa cheirou a de casa de mãe em tarde de domingo, do forno saiu um bolo perfumado que acompanhou um chá fumegante com aroma de bergamota.

Os bolos de arroz e os queques fazem parte do imaginário da minha infância e ambos tinham um ritual para serem comigos, no queque começava por comer cada uma das pontas estaladiças e de forte sabor a manteiga, ao bolo de arroz retirava o papel e começava sempre pela parte de baixo, guardando a parte crocante açúcarada para o final. Coisas de miúdos que nunca mais se esquecem.

Hoje os bolos da pastelaria já não sabem aos da minha infância, e a tradição já não é o que era por isso o Bolo de Arroz que fiz especialmente para o 1º aniversário do Blog O Bolo da Tia Rosa tem o formato de um queque, mas posso garantir que estava excelente.

Bolo de Arroz

Bolo de Arroz

Ingredientes:

  • 70 g de margarina
  • 125 g de açúcar + um pouco para polvilhar
  • 3 ovos
  • 50 g de farinha de trigo
  • 100 g de farinha de arroz integral
  • raspa de meio limão
  • 1 colher de chá de fermento em pó

Preparação:

Bater a margarina com o açúcar até obter um creme, juntar os ovos, um de cada vez só adicionando o seguinte quando o anterior estiver completamente incorporado na massa.

Por fim adicionar as farinhas com o fermento.

Vai ao forno quente em forma untada e enfarinhada, ou apenas pulverizada com óleo em spray, durante 20 minutos, depois polvilha-se com uma colher de sopa mal cheia de açúcar e coze durante mais 10 minutos.

Receita retirada do site da Vaqueiro, apenas com uma ligeira alteração na quantidade de farinha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:05

convidei para jantar - personagens de BD

por Moira, em 16.04.12

Convidei para jantar um marinheiro famoso e quando temos convidados fazemos de tudo para os agradar, por isso nada melhor que uma refeição de espinafres para um dos mais célebres marinheiros do mundo: Popeye!

Ele é um dos personagens da minha infância, embora não fosse a minha escolha mais óbvia, essa decerto seria a Mafalda, no entanto, o Popeye foi o primeiro que me veio à cabeça quando se fala de comida, não temos nada em comum a não ser o gosto por espinafres por isso quando tive que convidar um personagem da BD para jantar, não hesitei e convidei o Popeye, ele gosta de espinafres e nós também.

"I'm strong to the finish, cause I eats me spinach!"

Espinafres Salteados com Queijo de Cabra

Ingredientes:

  • 1 molho de espinafres
  • meio queijo de cabra
  • 3 ou 4 nozes picadas grosseiramente
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 dente de alho picado
  • 1 pitada de sal aromatizado

Preparação:

Leva-se um tacho ao lume com uma chávena de água, quando ferver colocam-se os espinafres já arranjados, deixa-se levantar de novo fervura e escorrem-se.

Entretanto coloca-se o azeite numa frigideira e adiciona-se o dente de alho bem picado, antes de o alho alourar juntam-se os espinafres e tempera-se com sal. 

Deixa-se cozinhar em lume muito brando, junta-se o queijo de cabra esfarelado, mexe-se a apaga-se o lume. Antes de servir polvilha-se com as nozes picadas.

É óptimo assim simples como entrada, mas também vai bem como acompanhamento para carnes assadas ou bife grelhado.

Nota: Para quem não goste de sabores fortes pode substituir o queijo de cabra por requeijão que fica mais adocicado.

 

Esta é minha participação na 3ª edição do projecto "Convidei para jantar" este mês alojado na Suvelle Cuisine e cujo tema é personagens de desenhos animados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44

la mousse au chocolat

por Moira, em 13.04.12

Estive recentemente em França, país escolhido para uns dias de descanso, já passaram duas semanas, mas na cabeça permanecem as paisagens bonitas dos pirinéus franceses e a memória dos sabores dos queijos de montanha e dos chocolates da "chocolaterie" da esquina, por isso quando a Vera lançou o desafio "Uma viagem, um país, uma receita" esta foi a minha escolha: Uma sobremesa que é um clássico francês.

É fácil encontrá-la em praticamente todas as ementas, seja qual for a região que se visite.

A história deste clássico é dúbia, diz-se por aí que foi inventada por Henri Toulouse Lautrec, no início do século XX e que inicialmente se chamava "maionese de chocolate", no entanto existem referências à mousse de chocolate em França ainda no século XVIII, o que faz algum sentido já que o chocolate chegou à Europa pela mão dos espanhóis no início do século XVII.

A receita é simples, deve ser por isso que é tão popular, pois é na simplicidade que reside a chave do sucesso, pode ter algumas variantes, mas na base estão sempre as claras batidas em neve, o açúcar e o chocolate.

Apesar de raramente variar a receita de mousse de chocolate cá de casa, esta variante baseada numa receita de Pierre Hermé foi feita a pensar na minha sobrinha que é completamente viciada em chocolate e a maior fã das minhas mousses de chocolate, é uma mousse bastante densa e com um acentuado sabor a chocolate, eu diria que é uma mousse para "chocoólicos".

Mousse de Chocolate e Tangerina

Ingredientes:

  • 300 g de chocolate negro
  • 6 claras
  • 4 gemas
  • 80 g de açúcar
  • 30 ml de natas
  • 20 ml de sumo de tangerina
  • raspa de duas tangerinas

Preparação:

Bata as claras em castelo, adicione-lhes 20 g de açúcar, bata mais um pouco e reserve.

Bata as gemas com o restante açúcar e a raspa das tangerinas.

Derreta o chocolate com as natas e o sumo de tangerina, 1 minuto no micro-ondas, se necessário acrescente mais uma fracção de 20 segundos, mexa o chocolate e junte-o às gemas. Por fim envolva as claras em castelo até obter uma mistura homogénea e fofa.

Verta numa taça ou em tacinhas, e polvilhe com chocolate granulado ou raspas de chocolate.

 

Inspirada numa receita de Pierre Hermé que encontrei na revista Saveurs de Março passado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:08

Boa Páscoa

por Moira, em 06.04.12

O tempo passa depressa, fui de férias, já voltei e sendo a Páscoa uma época festiva, não podia passar sem um doce para pôr na mesa.

Em nossa casa não temos a tradição da Páscoa, no entanto aproveitamos estes dias para estar em família, por isso lembrei-me de vos trazer uma das nossas sobremesas preferidas.

Apresento-vos o nosso pudim de pão.

Pudim de Pão

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 6 colheres de sopa de açúcar
  • sumo e raspa de meio limão
  • 500 ml de leite
  • 1 pãozinho e meio (carcaça ou papo-seco)
  • Caramelo líquido q.b. para barrar a forma

Preparação:

Parta o pão aos pedacinhos, amorne o leite e deite-o sobre o pão para o amolecer, misture os ovos com o açúcar, a raspa e o sumo de limão.

Misture os ovos com o pão e coloque numa forma de pudim caramelizada.

Coze em banho maria no forno por cerca de 35 a 40 minutos, ou na panela de pressão contando 15 minutos a partir do momento em que começa a ferver. Desenformar só quando estiver completamente frio.

Nota:

Este é um pudim pequeno.

Para variar, em vez de carcaças ou papo-secos pode usar pão de leite ou brioche.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D