Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Três Anos de Figo Lampo

por Moira, em 25.07.11

A Margarida está de parabéns, são 3 anos de Figo Lampo, 3 anos de sabores algarvios fotografados a preceito, 3 anos de partilha e amizade, tudo bons motivos para celebrar e é isso que vamos fazer, celebrar o 3, que como diz o povo, é a conta que Deus fez.

Para esta celebração queria fazer uma receita com apenas 3 ingredientes, mas não consegui, então resolvi utilizar a fórmula de sucesso do Paulo Futre, ou seja 3 + 1.

Um dos ingredientes é o atum de cebolada, tipicamente algarvio e como estamos em pleno Verão esta é uma boa sugestão para "piquenicar" aqui e ali, aproveitando o tempo e as sombras convidativas ao descanso.

Assim para levar na lancheira ou para uma simples refeição ligeira deixo-vos uma sugestão que nasceu a partir de uma lata de Atum à Algarvia, e como ainda estou de férias, bons cozinhados e até Agosto, altura em que estarei de regresso, ao trabalho e ao Blog.

Envelopes de Atum com Queijo Fresco

Ingredientes:

  • 1 embalagem de massa folhada
  • 1 lata de atum à Algarvia
  • 1 queijo fresco pequeno
  • 1 colher de chá de Ervas de Provença (ou outras a gosto)

Preparação:

Escorrer o atum, esmagá-lo com um garfo e misturar com queijo fresco igualmente esmagado e polvilhar com as Ervas de Provença.

Dividir a massa folhada em quadrados de tamanho igual, colocar um pouco da mistura sobre cada quadrado de massa, fechar a massa unindo as pontas e pressionando para selar a massa. Pincelar com gema de ovo dissolvida numa colher de água e levar ao forno quente o tempo suficiente para a massa dourar, cerca de 10 minutos.

Nota: Se não encontrar o atum à algarvia pode fazer um refogado com cebola, alho e tomate e acrescentar uma lata de atum escorrido, deixar evaporar praticamente todo o molho em fogo lento, deixar arrefecer e juntar então o queijo.

Também pode substituir as Ervas de Provença por coentros ou salsa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

Lançamento do Livro "Fim-de-Semana"

por Moira, em 20.07.11

Confesso que nunca tinha ouvido falar de Prudence Fuller até ao dia em que fui contactada pela Babel para promover o lançamento de uma nova colecção de livros de cozinha.

O primeiro livro é lançado hoje e chama-se "Fim de Semana" a sua autora é Prudence Fuller e propõe-nos sugestões fáceis e diferentes para partilhar de forma descontraída com amigos e família.

Prudence Fuller nasceu na Austrália mas cedo veio viver com a família para Portugal, fez vários cursos de cozinha, é gerente do Restaurante XS e dá workshops de cozinha, a sua ambição é continuar a reunir a família à volta da mesa durante muito tempo, e haverá coisa melhor?

Para o lançamento do livro "Fim-de-Semana", escolhi uma receita simples e tradicional que é sempre do agrado de todos e que me parece óptima para petiscar entre uns mergulhos e umas passeatas à beira mar.

Pataniscas da Horta com Espargos e Molho de Alho

Receita original de Prudence Fuller do Livro Fim-de-Semana

Ingredientes:

para as pataniscas

  • 1 molho de espargos (300 g)
  • 150 g de feijão verde
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 ovos
  • 150 g de farinha
  • 1 dl de leite
  • 1 colher de chá de fermento em pó
  • salsa picada, sal e pimenta q.b.
  • óleo para fritar

para o molho

  • 1 dente de alho pequeno
  • 150 g de queijo de cabra fresco
  • 2 colheres de sopa de iogurte natural sem açúcar
  • raspa de 1 limão
  • pimenta q.b.
  • cebolinho picado q.b.
  • flor de sal q.b.

Preparação:

do molho

esmagar o queijo, misturar todos os restantes ingredientes e reservar no frio.

 

das pataniscas

Começar por arranjar os espargos e o feijão verde,  a cozedura deve ser breve para não ficarem moles, por isso o ideal é colocar a água ao lume, quando ferver, juntar os legumes e contar 5 minutos assim que recomeçar a ferver. Retirar do lume, escorrer e passar por água fria para parar a cozedura., reservar.

Misturar a farinha com o fermento, adicionar os ovos e ir mexendo, juntar o leite aos pouquinhos e mexer até obter um polme liso e sem grumos.

Adicionar a cebola, a salsa, temperar com sal e pimenta e envolver, por fim juntar os espargos e o feijão verde cortados em pedaços pequenos.

Aquecer o óleo e fritar colheradas de massa, virando quando um dos lados estiver dourado. Escorrer em papel absorvente e servir quente com o molho de queijo e rodelas de limão.

À venda a partir de dia 20 de Julho na sua livraria

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

Um Doce e uma Pausa

por Moira, em 10.07.11

Estou oficialmente de férias, o blog vai ficar parado durante algum tempo, à excepção de duas postagens que ficarão agendadas.

Para celebrar as férias escolhi uma receita daquele que foi o primeiro post do blog Sabores de Canela, que é também uma forma de homenagear a minha amiga Helena que partiu à aventura para terras de Vera Cruz, para ela votos das maiores felicidades.

 

 

 

 

 

Tarte de Muesli com Quark e Frutos Silvestres

(para 6 a 8 pessoas)

Ingredientes
para a base:
  • 120 g de muesli + 40 g Special K
  • 80 g de farinha de trigo
  • 80 g de manteiga
  • 50 g de açúcar amarelo
  • 1 ovo
  • 1 colher café de sal
Para a cobertura:
  • 300 g de queijo quark (no original queijo fresco)
  • 250 g de frutos vermelhos
  • 30 g de açúcar aromatizado com raspa de laranja e baunilha (2 colheres de sopa rasas)
Preparação:
Bimby / Thermomix
Deite todos os ingredientes para a base no copo pela ordem que aparecem e programe 12 segundos, velocidade 6.
Forre o fundo de uma forma untada com manteiga com a massa, dando-lhe uma espessura de mais ou menos 0,5 cm.
Coloque no frigorifico por 15 minutos enquanto o forno aquece.
Leve a cozer em forno aquecido a 180º durante 12-15 minutos.
Desenforme e deixe arrefecer em cima duma grelha.
Entretanto, lavar a fruta, secá-la com papel absorvente e reservar.
Numa tigela juntar o queijo quark com o açúcar aromatizado.
Quando a base estiver completamente fria, espalhe por cima o creme de queijo e decore com os frutos silvestres e folhinhas de hortelã.
Leve ao frio até servir.
Notas:
Esta tarte deve ser feita no próprio dia em que vai ser consumida, para que a base permaneça estaladiça.
No original a cobertura é feita com queijo fresco, mas eu optei por usar quark.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13

Umas Almôndegas Diferentes

por Moira, em 03.07.11

A primeira vez que fiz estas almôndegas, passei-as por pão ralado e fritei-as em manteiga para levar para este jantar, desta vez resolvi fazê-las com molho para servirem de refeição principal.

Almôndegas de Aves e Cenoura com Molho de Coco

Ingredientes:

Para as Almôndegas:

  • 250 g de peito de frango
  • 250 g de peru
  • 1 colher de café de açafrão em pó
  • 1 colher de café de colorau
  • 1 colher de sopa de sementes de coentros moídas
  • 1 colher de sopa de coentros picados
  • 6 a 8 folhas de hortelã picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cm de gengibre fresco ralado
  • 2 a 3 cenouras finamente raladas (+/- 150 g)
  • 1 cebola pequena picada
  • 3 colheres de sopa de sumo de limão
  • 2 colheres de sopa de miolo de broa, ou pão ralado em alternativa
  • sal e pimenta q.b.
  • farinha q.b. para enrolar as almôndegas

Para o Molho:

  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cebola média picada
  • 1 tomate maduro picado, sem pele e sem sementes
  • 2,5 dl de leite de coco
  • 1 colher de sopa de caril em pasta
  • sal q.b.

Preparação:

Misturar muito bem todos os ingredientes das almôndegas excepto a farinha, fazer bolinhas de carne que se passam por farinha e se reservam.

Fazer um refogado com o azeite e a cebola picada, quando a cebola se apresentar translúcida, adicionar o tomate e o caril em pasta, deixar cozinhar lentamente se necessário adicionar um pouquinho de água, quando o tomate estiver cozinhado juntar o leite de coco. Quando estiver a ferver, acrescente as almôndegas, agitanto frequentemente o tacho para não pegar, deixe cozinhar lentamente.

Sirva com arroz branco e ananás grelhado.

 

Notas:

Se preferir as almôndegas sem molho para levar para um pic-nic ou um jantar volante, em vez de as enrolar em farinha enrole-as em pão ralado e frite-as com um colher de sopa de margarina e duas ou três colheres de sopa de azeite.

Se as preparar para crianças omita os temperos fortes como o gengibre, a pimenta, o colorau e o açafrão.

Estas almôndegas podem ser feitas só com perú ou só com frango, peça no talho para lhe picarem a carne, como habitualmente cá em casa ninguém gosta de peito de frango o que faço é comprar o frango inteiro, e peço logo para me picarem os peitos, sai mas barato do que se for comprar só peitos de frango.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13


WOOK - www.wook.pt


Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D