Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Comidas de Outono

por Moira, em 30.09.10

Este é para mim um prato de Outono, pode servir como acompanhamento a uns pastelinhos de bacalhau, um peixe frito ou uns filetes, mas acreditem que eu até gosto dele simples sem mais nada.

Para norte faz-se com salsa, para sul é mais com coentros, a escolha das ervas é ao gosto de cada um, embora eu prefira com coentros, deve ser da minha costela árabe.

E porque é que isto hoje me veio à ideia? Porque, na minha opinião, vou almoçar os melhores pastéis de bacalhau da região de Lisboa, não, não fui eu que os fiz, são feitos pelas maravilhosas cozinheiras da empresa onde trabalho, desfiando o bacalhau à mão e com a ajuda de um pano, passando a batata cozida num passe-vite gigante e moldando os pastéis entre duas colheres de sopa, tal como me lembro de ver a minha avó a fazer.

Fiquem com o arroz que eu vou ali comer um pastelinho e já volto.

Arroz de Feijão

Ingredientes:

  • 1 chávena de arroz
  • 2 chávenas de água quente
  • 1/2 chávena de feijão cozido
  • 1 tomate pequeno
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 folha de louro
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de coentros
  • sal q.b.

Preparação:

Num tacho coloca-se o azeite, a cebola e o alho picados e deixa-se refogar uns minutos até a cebola ficar translúcida. Entretanto retira-se a pele e as sementes ao tomate e pica-se também. Adiciona-se à cebola e deixa-se cozinhar por breves minutos, mexendo para desfazer ao máximo o tomate, se necessário salpica-se com água.

Quando o tomate estiver cozinhado, junta-se o arroz, a água, o sal e a folha de louro, assim que ferver baixa-se o lume, quando tiver evaporado metade da água da cozedura, adiciona-se o feijão e a salsa ou os coentros, acabar de cozinhar retirar a folha de louro e servir quente.

 

Nota: Para quem gosta do sabor, mas não gosta de encontrar as ervinhas picadas na comida, faz um molhinho com as ervas inteiras, ata com uma linha e coloca assim no tacho, quando terminar retira e deita fora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50

México, uma vez mais

por Moira, em 27.09.10

Lembram-se do desafio do Lazyblog sobre comida mexicana?

Esse desafio teve uma enorme adesão e ele conseguiu reunir 150 receitas mexicanas ou de inspiração mexicana, passem por lá que vale a pena ver.

Entretanto aproveito para publicar mais uma receita de inspiração mexicana que não tendo entrado no desafio se encontrava esquecida.

Fajitas de Frango

Ingredientes:

  • 4 peitos de frango cortados em tiras bem finas
  • 2 pimentos, um verde e outro vermelho cortados em tiras
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola em gomos finos
  • sumo de uma lima grande
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 pitada de paprika
  • sal e pimenta preta q.b.
  • coentros picados (opcional)

Preparação:

Misture todos os ingredientes e deixe marinar por cerca de 1 hora.

Aqueça uma frigideira de ferro e quando estiver bem quente deite-lhe a carne juntamente com a marinada, deixe cozinhar até o frango estar cozido e a marinada evaporar, cerca de 15 minutos.

Sirva com tortilhas de trigo aquecidas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34

5ª Edição do World Bread Day

por Moira, em 22.09.10

Tenho o prazer de anunciar a 5ª Edição do Dia Mundial do Pão, que acontecerá no próximo dia 16 de Outubro, uma vez mais organizada pela querida Zorra do Blog 1x Umrühren Bitte.

 

Tal como nos anos anteriores, neste dia, vamos, mais uma vez cozer e falar de pão! Todos são bem vindos!

O tema é completamente aberto, podem fazer pão com ou sem fermento, usando massa velha, diferentes tipos de farinha, acrescentando sementes, etc.

 

Nunca fez pão? Está na hora de começar! É fácil e depois de sentir o cheiro do pão acabado de fazer na sua cozinha nunca mais vai parar de fazê-lo.

 

Não sabe que tipo de pão fazer? Não há necessidade de inventar a baguete de novo!

Poderá inspirar-se numa das edições anteriores do WBD roundup'06, WBD roundup'07, WBD roundup'08, WBD roundup'09 ou no BBD archive, mas se o fizer não se esqueça de mencionar o nome do blog que lhe serviu de inspiração.

 

Se não tiver tempo para cozer pão, pode comprá-lo na padaria e escrever um texto sobre esse pão ou a padaria onde o comprou.

Estou ansiosa para ver novamente uma cesta com pães vindos de todo o mundo!

 

Como participar:

Por favor, leia e siga atentamente as instruções abaixo. O preenchimento e envio do formulário e link para o post original são obrigatórios, se um deles estiver em falta a sua entrada não será exibida no Roundup. Obrigado pela sua compreensão!

  1. Fazer ou comprar pão, tirar uma foto (se possível) e publicar o seu artigo apenas no dia 16 de Outubro. Se quiser, pode fazê-lo no seu próprio idioma, no entanto apenas será aceite uma entrada por Blog.
  2. A sua entrada deverá ser feita num novo post criado especificamente para este evento e o mesmo não poderá participar noutros eventos culinários.
  3. Preencha este formulário para que a sua postagem seja incluída no "Roundup".
  4. A sua postagem deverá ser publicada no dia 16 de Outubro, no entanto ainda serão aceites publicações com data de sábado, 17 de Outubro.
  5. Não se esqueça de colocar no seu Blog o link para a página original deste evento.

A lista de todas as publicações (incluindo as imagens) será publicada antes do final de Outubro no blog acima mencionado, seria simpático que divulgassem posteriormente nos vossos blogs o link para Roundup final para que para além da vossa participação os vossos leitores possam ter acesso a todas as restantes participações.
Se tiver dúvidas ou sugestões, não hesite em contactar a Zorra.

 

Espero que participem, vamos de novo pôr as mãos na massa e mostrar os nossos pães.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

De Novo o Peixe

por Moira, em 20.09.10

Muita gente não aprecia peixe cozido, mas se o mesmo levar um molho, já marcha melhor e afinal de contas o peixe faz tanta falta.

Felizmente cá em casa gostamos de peixe e apesar de se comer peixe cozido de vez em quando fazemos umas variantes com molhos.

Hoje não trago uma, mas duas receitas de peixe que estavam esquecidas na pasta de fotos, é que por aqui se alguma coisa fica para trás entra mesmo no esquecimento, e não fosse a falta de espaço no disco e a necessidade de organização de algumas pastas e estas receitas já nunca mais viam a luz do dia.

É que por aqui, a dona deste blog faz a comida, fotografa, janta e vai de imediato passar a receita e escolher as fotografias, se não o fizer pode ainda lembrar-se de como fez, mas é impossível lembrar-se das quantidades e não vale a pena dizer que o ideal era tomar notas, blocos e caderninhos não faltam nesta casa, é mesmo do feitio da dona que teima ter uma memória de elefante, mas que às vezes tem apenas memória de formiguinha.

Hoje não há lista de ingredientes nem quantidades precisas, por razões óbvias será tudo mais ou menos a olho e à responsabilidade de quem estiver a comandar os tachos.

Dourada Cozida com Molho de Cogumelos, Aneto e Mostarda

Comece por cozer uma dourada temperada com sal uma meia hora antes de ir para o tacho. Junto com a água e a dourada coloque no tacho uma folha de louro, um dente de alho e uns grãos de pimenta.

Entretanto fazer um refogado com um fio de azeite e uma cebola aos gomos fininhos, adicionar uma colher de sobremesa de mostarda à antiga, aquela que vem com os grãos e que é mais escura que a mostarda vulgar, adicionar uns quantos cogumelos de diferentes qualidades,(costumo comprar umas embalagens de cogumelos congelados que trazem umas 5 variedades diferentes) e um pouco de aneto picado, temperar com sal e deixar cozinhar um pouco só para cozer a cebola e os cogumelos, adicionar umas colherzitas da água da cozedura do peixe e se necessário um pouco de maizena para engrossar o molho.

Quando o peixe estiver cozido, retirar com cuidado para uma travessa  e tirar-lhe a pele, servir com o molho e batatas cozidas com pele.

 

A outra receita é de uma enorme simplicidade.

Peixe Cozido em Molho de Tomate

Coze-se o peixe da mesma forma como expliquei acima, com alho louro e pimenta em grão.

Entretanto faz-se um refogado com cebola e alho muito picadinhos, adiciona-se tomate pelado e picado, uma folha de louro, tempera-se com sal e pimenta e deixa-se cozinhar em lume brando, no final adiciona-se uma colher de sopa de coentros picados ou salsa se preferir.

Quando o peixe estiver cozido retiram-se a pele e as espinhas e colocam-se os lombos do peixe dentro do molho, mexendo com cuidado e deixando apurar um pouco. Se preferir pode fazer com lombos de pescada ou com medalhões de maruca, apesar de que aí sai mais caro.

Serve-se com legumes cozidos, broculos ou couve-flor ou uma mistura de ambos. Também fica bem com arroz branco.

Alternativas para variar este molho, adicionar-lhe uma colher de caril e um pouco de leite de coco, ou então um pouco de pimentos assados às tiras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31

Com um pé no Verão outro no Outono

por Moira, em 17.09.10

Estamos com um pé no Verão e outro quase no Outono e eu já estava a ficar esquecida do desafio do Delícias e Talentos que nos propunha fazer uma delícia gelada, felizmente lembrei-me a tempo e ainda vos trouxe um geladinho para comemorar o final do Verão que se aproxima a passos largos, quem quiser participar ainda vai a tempo, o prazo termina no dia 21 de Setembro.

Este gelado tem a particularidade de não necessitar de sorveteira para o fazer, está no meu caderno de receitas desde os meus 16 ou 17 anos, já foi feito vezes sem conta e por isso já merecia ser partilhado convosco.

É um simples gelado de nata aromatizado com baunilha e habitualmente servido com molho de chocolate quente, mas pode perfeitamente ser servido com um molho de fruta da sua preferência, embora fique melhor com frutas ácidas, maracujá, morangos, frutos vermelhos.

Esta foi uma sobremesa difícil de fotografar, aliás o chocolate e as coisas brancas estão entre as coisas que eu não consigo fotografar de forma decente, por isso desculpem-me as fotografias menos boas.

Gelado de Natas com Molho de Chocolate Quente

Ingredientes:

  • 3 claras de ovo
  • 1 pitada de flor de sal
  • 6 colheres de sopa de açúcar
  • 1 pacote de natas 200 ml
  • 1 colher de café de essência de baunilha ou em substituição uma colher de chá de açúcar baunilhado

Preparação:

Bater as claras em castelo junto com a flor de sal, quando estiverem firmes adicionar 3 colheres de sopa de açúcar e continue a bater por mais alguns instantes.

Bata as natas, quando dobrarem de volume vá adicionando o restante açúcar e a essência de baunilha ou o açúcar baunilhado.

Coloque numa forma e leve ao congelador pelo menos durante uma noite.

Desenforme e sirva com molho de fruta ou molho de chocolate quente que é posto só na altura de servir para não derreter o gelado.

Para o molho triturei 2 colheres de sopa de doce de morango, juntei 3 colheres de sopa de água e umas 70g de chocolate, levei tudo ao micro-ondas cerca de 50 segundos e misturei com uma colher até ficar homogéneo.

Notas: Este gelado fica com o sabor da "viennetta". Pode diversificar adicionando oreos ou outras bolachas esmigalhadas ao creme antes de levar ao congelador.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54

Em busca do equilíbrio

por Moira, em 14.09.10

Depois de três publicações seguidas com doces, está na altura de regressar aos salgados.

Eu sei que vocês gostam mais de doces, mas tem que haver equilíbrio, não se podem comer doces todos os dias, por isso a minha sugestão hoje para além de salgada é diferente pois esta é uma comida que não se vê por aí todos os dias.

Eu não sou muito de comer miudezas, mas gosto de algumas e aprecio muito língua de vitela, por isso trago-vos um prato que me faz regressar à infância, em casa da minha mãe onde habitualmente era confeccionado ao fim de semana devido ao tempo que demora a preparar e a cozinhar e era sempre servido com ervilhas e puré de batata.

Língua de Vitela Estufada com Ervilhas

Ingredientes:

  • 1 língua de vitela
  • 1 cenoura
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher de café de pimenta preta em grão
  • 3 cravinhos
  • 2 chávenas de ervilhas congeladas
  • 3 colheres de sopa de calda de tomate
  • 1 colher de sopa de coentros picados
  • 1 pitada de colorau
  • 1 pitada de sal

Preparação:

Lave a língua e coloque numa panela panela de pressão com água fria, leve ao lume até levantar fervura, sem colocar a tampa.

Assim que ferver, deite fora a água e acrescente água limpa, a cenoura, uma cebola, a pimenta, o cravinho, a folha de louro, um dente de alho e uns talos de coentros ou um pouco de aipo, adicione sal q.b. feche a panela e deixe ferver durante 20 minutos por cada 500g de carne. 

Entretanto faça um refogado com a outra cebola e um dente de alho, acrescente as ervilhas, 1 pitada de colorau e três colheres de sopa de calda de tomate, tempere com sal, acrescente umas colheres do caldo onde está a cozer a língua e deixe cozinhar devagarinho, adicionando os coentros no final.

Quando a língua estiver cozida, retire-a do caldo e passe por água fria, com ajuda de uma faca retire toda a pele à volta da língua e deite fora.

Corte a língua em fatias e misture nas ervilhas deixando apurar um pouco, se necessário acrescente um pouco mais de caldo de carne.

Notas: A cenoura que esteve a cozer com a carne pode ser cortada em rodelas e adicionar à ervilhas.

Também pode acompanhar com uma salada verde e um pouco de puré de batata.

Guarde a 2ª água de cozedura da língua, para quem gosta é óptima para usar numa sopa.

Quando usar a panela de pressão, não esquecer que só se pode abrir a panela quando todo o vapor tenha saído naturalmente, para não correr o risco de queimaduras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16


WOOK - www.wook.pt Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes	Da Horta para a Mesa de Cláudia S. Villax - www.wook.pt

Pág. 1/2





tertulianos em linha

Insira o seu endereço de e-mail:

Entregue por FeedBurner




Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram


Follow Me on Pinterest




 








World Bread Day

World Bread Day 2013 - 8th edition! Bake loaf of bread on October 16 and blog about it!

World Bread Day

World Bread Day 2012 - After Hours Party


World Bread Day

Participações de anos anteriores

World Bread Day 2012 - Roundup Bake Bread for World Bread Day 2011 World Bread Day 2010 - Roundup World Bread Day 2009 - Yes we baked. - Roundup


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D