Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sonho de uma Noite de Verão

por Moira, em 05.07.10

O Verão já chegou, as temperaturas têm vindo a subir e finalmente consegui encontrar uma nova ajudante de cozinha por um preço convidativo, confesso que não entendo a tão grande diferença de preços das sorveteiras, esta não chegou a custar 20 €, em cerca de meia hora tinha o gelado pronto e o único defeito que lhe encontrei foi fazer muito barulho, mas como não conheço as outras não tenho meio de comparação.

A sorveteira é óptima para utilizar a fruta que no verão amadurece mais rapidamente, como é o caso dos alperces ou dos morangos, e é graças a ela que a época dos gelados começou por aqui e vai manter-se até ao final da temporada sempre que se justificar.

Começo por um gelado fácil, a fruta pode ser alterada para outra da sua preferência, posteriormente hei-de experimentar outras misturas mais elaboradas mas igualmente simples de confeccionar.

Gelado de Alperce

Ingredientes:

  • 250 g de alperces maduros descascados e sem caroço
  • 200 g de natas
  • 120 g de iogurte natural
  • 1 colher de sopa de licor de alperce (facultativo pois usei caseiro)
  • 6 colheres de sopa de açúcar

Preparação:

Triturar a fruta e misturar os restantes ingredientes num liquidificador.

Colocar na sorveteira por cerca de 30 minutos ou conforme instruções da máquina.

 

Nota: Para fazer o gelado sem sorveteira, colocar a mistura numa caixa, levar ao congelaror batendo a massa de 20 em 20 minutos para evitar a formação de cristais.

Servir com canudinhos de baunilha, fruta em calda, molho de chocolate, amêndoas torradas ou simples.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:24

Um Doce com Dedicatória

por Moira, em 01.07.10

Para as minhas colegas de trabalho, como forma singela de animar os tempos menos bons que temos atravessado esperando que o futuro não nos reserve tempos muito difíceis. E já que no trabalho não se bebe, brindemos com Doces: Ao Futuro!

Uma sobremesa simples e muito refrescante para estes dias quentes, uma espéciede cheese-cake à portuguesa que se faz em casa da minha mãe há muitos anos, desde os tempos em que eu ainda andava no Secundário e a minha mãe trabalhava num conhecido hotel da capital.

Por lá esta era uma sobremesa frequente que variava na cor da gelatina e nos frutos utilizados, mas a cuja receita nem todos tinham acesso, por muitos anos eu própria não lhe tive acesso, hoje apesar de a conhecer de trás para a frente, faço-a à minha maneira e com uma composição um pouco mais light, para comer sem pecado.

Sobremesa de Requeijão

Ingredientes:

Para a base

  • 12 bolachas digestive (158 g)
  • 58 g de manteiga

Para o doce

  • 1 requeijão
  • 2 iogurtes naturais (120 g cada)
  • 1 pacote de natas (200 ml)
  • 4 a 5 colheres de sopa de açúcar
  • 5 folhas de gelatina (9g)

Para a cobertura

  • 1 pacote de gelatina de pêssego ou outra a gosto
  • fruta fatiada a gosto

Preparação:

Picam-se as bolachas, misturam-se com a manteiga e forra-se com elas o fundo de uma tarteira, pressionando bem para ficar compacto.

Faz-se a gelatina de fruta conforme indicação na embalagem e deixa-se à temperatura ambiente até ser necessária.

Colocam-se as folhas de gelatina de molho em água fria só até amolecer

Batem-se as natas até dobrar o volume e junta-se o açúcar, os iogurtes e o requeijão esfarelado. Retiram-se as folhas de gelatina da água, escorrem-se e levam-se ao micro-ondas por 20 segundos para derreter e juntam-se ao preparado anterior.

Vaza-se o preparado de requeijão sobre a massa de Bolacha e leva-se ao congelador por cerca de meia hora para solidificar.

Entretanto corta-se a fruta às fatias e reserva-se. Usei pêssego em calda e cerejas.

Quando a parte do requeijão estiver sólida, distribui-se umas colheres de sopa de gelatina de fruta por cima (no máximo 1 milímetro de altura) e distribui-se a fruta de forma harmoniosa, e deitam-se mais umas colheres de sopa de gelatina por cima indo de novo ao frio para solidificar.

Esta última parte deve ser feita gradualmente para que as frutas não saiam do sítio e comecem a boiar.

Quando esta segunda camada estiver sólida pode-se colocar metade da gelatina, levar ao frio e por fim a restante gelatina.

Para desenformar, passar uma faca a toda a volta do doce, abrir o aro da forma e retirá-lo servir bem fresco.

 

Notas: Se preferir pode fazer em pequenas doses individuais, colocando a bolacha no fundo de copinhos, por cima a massa de requeijão e procedendo de igual forma no final.

Se não gostar de gelatina, pode fazer a base igual, acrescentar raspa de limão à massa de requeijão e servir com doce de fruta ao seu gosto por cima.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:44


WOOK - www.wook.pt

Pág. 2/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D