Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Gone Nuts - BBD #31

por Moira, em 30.06.10

Já todos perceberam que eu adoro fazer pão e desde que tenho este blog que faço pão todas as semanas, ao final deste tempo continuo a ficar hipnotizada a olhar para o forno a ver o milagre da transformação da massa e enebriada com o aroma do pão récem cozido.

Falta-me experimentar muita coisa em termos de pão, gostava de experimentar a "sour dough" ou "massa madre" cujo nome em português ainda não consegui perceber se é isco, massa mãe ou massa velha, seja como for parece-me a forma mais primária e saudável de fazer pão que no fundo é criar o fermento apenas a partir de farinha e água, sem qualquer químico ou aditivo, mas ainda não é desta vez que eu entro nessa aventura.

Para participar no 3º aniversário do BreadBakingDay promovido pela Zorra cujo tema são Pães com Frutos Secos resolvi fazer um Pão de Batata Doce e Nozes.

Pão de Batata Doce e Nozes

Ingredientes:

  • 450 g de batata doce cozida e esmagada com um garfo
  • 500 g de farinha T65
  • 200 ml de água morna (+/-)
  • 11 g de fermipan
  • 50 g de nozes
  • sal q.b.

Preparação:

Coze-se a batata doce, préviamente descascada, deixa-se arrefecer um pouco e desfaz-se com um garfo. Junta-se farinha, o sal, o fermipan, a água morna aos poucos e amassa-se muito bem, por fim adicionam-se as nozes. A massa deve ficar ligeiramente mais húmida do que a do pão e quanto mais amassar, melhor fica.
Depois de bem amassada, deixa-se levedar até duplicar de volume. Com as mãos enfarinhadas divide-se a massa e fazem-se umas bolas, que se deixam repousar mais 15 a 20 minutos antes de ir para o forno.

Coze em forno quente cerca de 20 a 25 minutos.

Nota: Se gostarem também podem adicionar à massa umas passas de uva ou figos secos finamente picados.

 

In English:

Walnuts and Sweet Potato Bread

Ingredients:

  • 450 g sweet potatoes, boiled and crushed with a fork
  • 500 g all porpose flour (T65)
  • 200 ml warm water (+/-)
  • 11 g de yeast for bread 
  • 50 g walnuts
  • salt q.b.

Preparation:

Peel and boil the sweet potatos and smash them with a fork, let them cool until warm, then add the flour, salt, yeast and the warm water gradually, knead very well. Add more warm water if necessary. The dough shoud be slightly wetter then bread dough and the more knead the better it gets. Let rise in a warm place covered with a cloth, until it duplicates volume.

Then divid the dough into pieces, make the breads and let rise for another 15 to 20 minutes.

Bake in preheated oven (220º) for about 20 to 25 minutes, it depends on the oven.

 

If you like it you can add to the dough dried grappes or figs finely chopped.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:21

Mais Peixe

por Moira, em 28.06.10

Diz-se que cada  um faz a cama em que se deita... Não foi este o caso. 

A cama em que estes robalos se deitaram foi feita por mim com cores apelativas como convém a um prato que se quer saboroso.

E como este blog andava muito carnívoro ando agora a tentar redimir-se de tamanho pecado, e graças mais uma vez à minha cunhadita temos de novo um belo peixinho fresco no forno e de novo o recurso às aromáticas Ervas de Provença vindas directamente da "Caracolândia".

Robalos no Forno em Cama de Legumes

Ingredientes:

  • 2 robalos pequenos
  • 1 alho francês
  • 2 a 3 cenouras
  • 1 colher de sopa de coentros picados
  • sal q.b.
  • 6 fatias de bacon
  • 1 colher de café de Ervas de Provença

Preparação:

Lavar os robalos, pôr-lhes sal e reservar por uma meia hora.

Entretanto lavar e cortar o alho francês e as cenouras às rodelas.

Num tabuleiro que possa ir ao forno barrar com azeite e colocar os legumes.

Retirar o excesso de sal do peixe, embrulhá-lo com as fatias de bacon e colocá-lo por cima dos legumes.

Como o peixe e o bacon já têm sal o ideal é não pôr sal nenhum nos legumes, senão vão ficar salgados.

Levar ao forno quente por cerca de 30 a 40 minutos conforme o forno e servir com arroz branco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08

3º Aniversário das Três Senhoras Gordinhas

por Moira, em 26.06.10

Demorou mas chegou, a minha participação no desafio do 3º. aniversário do Three Fat Ladies.

Destas três Senhoras eu só conheço a querida Pipoka e foi a pensar nela e nos seus pratos exóticos que fiz este Chutney de Figo e Maçã, uma mistura agri-doce que acompanha muito bem pratos de caril, mas que também é o acompanhamento perfeito para um prato de carne assada, um fondue, ou um simples bife grelhado, sendo por isso muito versátil.

Espero que as Três Senhoras Gordinhas continuem a presentear-nos com as suas iguarias que eu cá estarei para as ir provando e desejar-lhes as maiores felicidades.

Chutney de Figo e Maçã

Ingredientes: 

  • 4 maçãs reinetas
  • 12 figos secos
  • 2 ou 3 dentes de alho
  • 2 cm de gengibre fresco
  • 2 cravinhos
  • 1 colher de café de pimenta em grão
  • 1 colher de café de canela em pó
  • 1 colher de chá de coentros em grão
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 dl de vinagre de cidra
  • 2 colheres de sopa de amêndoas em lascas
  • 1 colher de sopa de corintos

Preparação:

Cortar os figos aos pedacinhos, picar os alhos e o gengibre e por fim as maçãs em fatias finas.

Numa tigela colocar as maçãs, os figos, o mel  e o açúcar e levar ao micro-ondas um minuto ou até o açúcar e o mel terem derretido.

Adicionar os restantes ingredientes e levar de novo ao micro-ondas por mais 15 minutos, mexendo com uma colher de pau a cada cinco minutos.

Colocar em frascos previamente escaldados e tapar de imediato. 

 

Notas: Aguenta-se perfeitamente durante um mês, masi não sei porque nunca durou tanto tempo. 

Usei figos secos para acabar com uns quantos que ainda restavam na despensa, mas pode e deve ser feito com figos frescos.

As maçãs prefiro usar reineta pois desfazem-se em puré com a cozedura ao contrário das outras.

O gengibre é ligeiramente picante, a pimenta em grão dá sabor mas não pica, por isso se gostarem de picante é só adicionar um ou dois piri-piri consoante o gosto.

Se não gostar do sabor tão avinagrado junte uma ou duas colheres de sopa de água.

 

Conteúdos com a Tag Chutney aqui no Tertúlia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:51

M de Desafio

por Moira, em 24.06.10

M de Moira, M de Morangos, M de Mozarela, M de Manjericão M de Mel...

Já sabem do que estou a falar não é?

É isso mesmo, do desafio Culinário do Delícias e Talentos que este mês nos pede para cozinharmos com ingredientes começados por M.

Foi difícil escolher e depois de ter feito uma lista com alimentos começados por M e sem que nada me ocorresse, resolvi que o melhor era fazer como a minha avó e consultar o frigorifico, foi o que fiz e tinha pelo menos 2 ingredientes, morangos e mozarela, depois foi pôr os neurónios a funcionar e o resultado foi uma bela entrada, para quem já esteja a torcer o nariz ao ver esta mistura, o meu conselho é que experimentem pois o resultado é surpreendente.

Pela minha parte, missão cumprida, a receita contempla quatro M's, nem nunca me passou pela cabeça que conseguiria juntar tantos.

Morangos com Mozarela

Ingredientes:

  • 1 mozarela de Búfala
  • 10 morangos
  • folhas de manjericão
  • 1 fio de azeite
  • 2 colheres de chá de mel líquido
  • 1 colher de chá de Vinagre de Jerez
  • sal e pimenta moída no momento

Preparação:

Escorrer o mozarela e cortá-lo ao meio no sentido do comprimento e depois às fatias, lavar os morangos e colocar meio morango por cima de cada fatia de mozarela, temperar com sal e pimenta moída no momento, regar com o mel previamente misturado com o vinagre de Jerez, decorar com o manjericão e regar com um fio de azeite.

Servir como entrada.

 

Notas: Para quem não sabe o mozarela de búfala é um queijo que vem dentro de um saco com soro, está normalmente nos corredores de frescos. O vinagre que utilizei é de Jerez mas pode ser utilizado outro tipo de vinagre.

A receita foi ligeiramente adaptada do site da Vaqueiro.

 

Para quem gostou desta sugestão proponho também a Salada de Espargos com Morangos e Abacate.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:21

Herbes de Provence

por Moira, em 22.06.10

Tenho vários desafios agendados aos quais ainda não consegui dar resposta, no Delícias e Talentos temos que cozinhar algo com pelo menos dois ingredientes começados pela letra M, é até dia 25, próxima sexta-feira e eu continuo sem ideias.

O outro desafio tem a ver com pão, é no blog 1x Umrühen Bitte, desta vez o tema é pães com frutos secos (nozes, amêndoas, avelãs, pistachos, cajús, etc.) a receita tem que estar numa das línguas solicitadas e o português ainda não está incluído por isso vou ter que a traduzir.

Por último tenho o desafio do 3º aniversário do Three Fat Ladies, mas esse também já está alinhavado.

Enquanto isso não acontece e porque ontem recebi uns saquinhos de Herbes de Provence enviados pela muito querida Mãe Caracoleta, não lhes consegui resistir e tive que usar imediatamente.

A receita é bem simples e tanto pode servir de refeição como de acompanhamento.

Legumes Assados no Forno

Ingredientes:

  • 1 pedaço pequeno de abóbora
  • 1 tomate
  • 1 cebola
  • meio pimento vermelho
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • sal q.b. (usei o aromatizado do costume)
  • 1 colher de café de Ervas de Provença
  • 2 colheres de sopa de amêndoas lascadas e sem casca

Preparação:

Untar um prato que possa ir ao forno com meia colher de sopa de azeite, colocar por cima a abóbora fatiada, depois o tomate e a cebola aos gomos finos e por fim o pimento, regar com o restante azeite e levar ao forno quente por uns 15 a 20 minutos. Por fim polvilhar com as amêndoas lascadas e levar ao forno apenas para tostar ligeiramente.

 

Notas: Usei sal e azeite aromatizado da Casa do Sal da Figueira da Foz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


WOOK - www.wook.pt

Pág. 1/3



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D