Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tão fofo ! Que pena ser falso...

por Moira, em 15.04.10

Antes de mais, e apesar de ter respondido a cada um dos comentários que me deixaram no post anterior, quero mais uma vez agradecer-vos todo o apoio, carinho e solidariedade, mas a vida continua e por isso trago-vos hoje algo para adoçar a boca depois de um momento de escrita um pouco amarga e nada costumeira neste espaço.

 

Quando eu era miúda era costume passearmos em família, às vezes iamos até Sintra ao fim de semana, vinhamos a comer queijadas pelo caminho, mas ao passar por Belas ainda havia barriga para um Fofo, de Belas pois claro!

O Fofo é um bolo muito simples, uma espécie de pão de ló recheado com um creme inegualável, por isso está longe da minha intenção reproduzi-lo, até porque adoro passar por lá para beber um café e literalmente "lambuzar-me" com um fofo e ficar com as mãos cheias de açúcar, eu sei que já sou crescida, mas há coisas que me continuam a dar tanto prazer como quando era miúda.

No fim de semana tive que fazer uma sobremesa e de repente lembrei-me de fazer um falso Fofo de Belas, queria algo simples, e de tão simples que ficou nem me passou pela cabeça colocá-lo aqui, apesar de o ter fotografado, como tinha feito a receita a dobrar sobrou um pedaço que levei para o escritório para dividir pelas colegas de almoço, elas gostaram tanto que achei que talvez valesse a pena falar dele e deixar a receita.

Falso Fofo

Ingredientes:

Para o Bolo:

  • 3 ovos
  • 125 g de açúcar
  • 50 g de farinha de trigo
  • 40 g de maizena
  • 1/2 colher de chá de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de água quente

Para o Recheio:

  • 3 gemas de ovo
  • 125 ml de leite
  • 125 ml de natas
  • 50 g de açúcar
  • 1 colher de chá de açúcar baunilhado
  • 15 g de farinha

Preparação do Bolo:

Separar as gemas das claras, bater as gemas com os açúcares até obter uma mistura esbranquiçada, adicionar a água quente, depois as farinhas e o fermento, por fim envolver as claras que foram préviamente batidas em castelo.

Vai ao forno quente a 180º, em forma untada e enfarinhada durante cerca de 20 minutos ou até espetar o palito e o mesmo sair seco.

Enquanto o bolo coze, prepara-se um creme de pasteleiro batendo as gemas de ovo com o açúcar até dobrar o volume, adicionar-lhe a farinha e um pouquinho de leite e reservar. Levar o restante leite com as natas ao lume, quando estiver quente juntar o preparado das gemas, baixar o lume e mexer com uma colher de pau até engrossar, retirando de imediato do lume, continuando a mexer. Tapar com pelicula de cozinha colocado mesmo por cima do creme para não criar "nata" por cima e deixar arrefecer.

Desenformar o bolo ainda morno, deixar arrefecer completamente sobre uma grelha, cortar ao meio e rechear com o creme.

Polvilhar a superfície do bolo com açúcar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:45

Eu Protesto !

por Moira, em 12.04.10

Os meus Leitores que me desculpem, mas o post de hoje é dirigido a uma pessoa e um blog específico, trata-se da Dª. Leonor Gonçalves, do site/blog Arquivo de Receitas, que ultimamente anda a copiar receitas e fotos do Tertúlia de Sabores e não só.

 

Sinto-me triste por escrever este tipo de posts, mas por outro lado não posso calar-me e tenho que protestar, afinal este é o meu espaço e sempre que este tipo de coisas acontecer, eu vou falar, vou reclamar e vou denunciar.

 

Eu sei que a internet é um espaço de partilha, mas ao começar o meu blog também percebi, sem que ninguém me dissesse, que havia regras, e a regra nº 1 é mencionar a fonte onde fomos buscar uma receita ou uma fotografia que não são da nossa autoria, seja ela um livro, uma revista, um blog ou um site. É simples, não dói, é um gesto de cortesia e acima de tudo uma forma de agradecer, a quem perdeu o seu tempo, por vezes precioso a confeccionar e a fotografar uma receita.

 

O resultado final, o que aparece nos posts que vamos publicando, é para partilhar, com a família, com os amigos e com milhões de anónimos que habitam por esse planeta, no entanto o que eu faço, as fotografias que tiro, não deixam de ser minhas, são minha propriedade e sou eu que decido se podem ou não ser publicadas noutro local, e disso faço aviso na barra lateral do meu blog e na página do Flickr onde todos os direitos das fotos são reservados.

 

Nunca neguei um pedido para uso das minhas fotos, o único pedido que faço é que mencionem que as fotos são propriedade deste blog, fico feliz por fazerem as minhas receitas e por gostarem das minhas fotos, isso faz-me trabalhar mais e melhor, mas  quando usam as minhas coisas sem nada dizer, e fazem "orelhas moucas" às minhas mensagens e comentários, fico muito aborrecida, e é isso que está a acontecer neste momento.

 

Por um acaso uma amiga encontrou uma receita minha cuja foto também tinha sido feita por mim num site de receitas a que muitas de vós estão associadas, o site em questão é o Ptit Chef, acontece que a minha receita já não era só minha, também tinha sido enviada por uma outra pessoa, com alguns meses de diferença, retirando a parte da conversa e mantendo a foto e a receita.

Contactei o site em questão que não se dignou responder-me.

 

Já tinha percebido que não tem qualquer tipo de interesse fazer parte de comunidades que juntam as nossas receitas todos num mesmo saco, e nos dão uns selinhos todos giros para colocarmos nos nossos blogs, afinal quem lucra não somos nós, mas eles que recebem milhares de visitas à nossa pala, não têm qualquer tipo de controlo e ainda recebem proveitos porque estão cheios de publicidade.

Mas este não é o único site onde isso acontece, basta uma busca detalhada para percebermos que isto acontece um pouco por todo o lado, apesar de haver algumas excepções.

 

O site ou blog "copião" curiosamente tem um "Sobre" que passo a transcrever:

"Sobre…

Neste blog irá encontrar receitas e dicas para o seu dia-a-dia na cozinha.

Poderá encontrar receitas em português de Portugal e do Brasil. Como existem termos diferentes (para o mesmo produto) usados em ambos os países, contamos inserir, neste espaço, um glossário, para que não restem dúvidas em relação a algum ingrediente utilizado.

Contamos firmar parcerias com autores(as) de blogues de culinária que disponham de conteúdos relacionados com o tema desta página com a finalidade de trazer-mos a este espaço uma maior diversidade de conteúdos relacionados, oferecendo, naturalmente, contrapartidas para os seus autores.

As imagens que aqui poderá encontrar para ilustrar os conteúdos inseridos poderão conter a “marca de água” dos respectivos autores (utilizaremos vários métodos para identificar, sem margem para dúvidas a autoria das receitas).

Esporádicamente poderemos recorrer aos motores de busca, como por exemplo o GOOGLE, para pesquisar imagens de receitas dentro do contexto em que cada uma se insere."

 

Os sublinhados são meus e passo a comentá-los pois merecem alguma atenção:

 

Primeiro sublinhado diz que contam fazer parcerias, oferecendo naturalmente contrapartidas aos seus autores, desculpem-me a frieza, mas a única contrapartida que até agora recebi foi "Uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma", para além disso eu nunca pediria contrapartidas complicadas, apenas e tão só um nome e/ou um link, será pedir muito?

Se o facto de mencionar um nome e um link lhe dá muito transtorno, faça como muitos bloguers e diga apenas que fui buscar a receita "aqui", colocando o link na palavra aqui. Confesso que acho feio, mas mesmo assim sempre é melhor que nada.

 

Quanto ao segundo sublinhado, diz a senhora "utilizaremos vários métodos para identificar sem margem para dúvidas a autoria das receitas", bom... ou eu estou definitivamente míope, ou o método para identificar as minhas fotos/receitas está naquilo a que eu chamo escrita invisível.

 

Deixei comentários que simplesmente não foram aprovados, enviei uma mensagem mas nunca obtive resposta.

Por isso deixo aqui hoje o meu protesto e um alerta, é que também já vi cópias de fotos de receitas de outros blogs, aquelas que consegui identificar informei as respectivas bloggers.

 

Por razões óbvias não vou deixar link para o site/blog Arquivo de Receitas, esperando que a Leonor Gonçalves leia este post e finalmente se decida a colocar nas minhas receitas/fotos a menção que pertencem ao Blog Tertúlia de Sabores.

Já agora, pergunto-lhe muito sinceramente, qual é o problema de dizer a quem pertencem as coisas ? 

E para que é que tem copyright no seu site é para proteger os conteúdos que lhe pertencem ou os que não lhe pertencem ?

Seja mulherzinha e faça as coisas como devem ser, vai ver que lucra muito mais com isso ou será que nunca lhe ensinaram que roubar é muito feio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Hoje Somos Vegetarianos

por Moira, em 10.04.10

Nunca tinha comido, nem feito um crumble salgado e a única coisa que posso dizer é que vou fazer muito mais vezes com todas as variações que entretanto me passaram pela cabeça.

Uma refeição saudável, que pode servir de acompanhamento a pratos de carne assada, mas que para nós foi o prato principal e estava muito, mas muito bom.

Não acreditam? Experimentem e logo verão!

Crumble de Vegetais

Ingredientes:

  • 1 cebola
  • 1 courgette
  • 1 beringela pequena
  • 2 tomates maduros
  • 1/2 pimento vermellho
  • sal aromatizado da Casa do Sal
  • 1 colher de sopa de azeite
  • umas folhas de oregãos frescos
  • 1 raminho de tomilho

Para o Crumble:

  • 50 g de farinha
  • 50 g de manteiga fria aos cubinhos
  • 40 g de queijo ralado no momento
  • 20 g de farinha de mandioca

Preparação:

Cortar a beringela em rodelas com um dedo de espessura e polvilhá-la com sal grosso.

Num tacho colocar o azeite e a cebola picada, adicionar o tomate cortado em pedaços, sem pele e sem sementes e deixar ferver, adicionar um copo de água e a courgete cortada em pedaços.

Passar a beringela por água, cortar as rodelas em quartos e adicioná-la ao resto dos legumes, juntamente com o pimento cortado aos quadradinhos, temperar com o sal aromatizado, os oregãos e o tomilho, deixar cozinhar até evaporar completamente todo o líquido, apagar o lume e deixar arrefecer um pouco.

 

Ligar o forno a 180º.

 

Entretanto preparar o crumble, misturando as farinhas com a manteiga e o queijo até ter uma mistura idêntica a migalhas.

Colocar os legumes num recipiente que possa ir ao forno, pôr por cima o crumble e levar ao forno até estar dourado.

 

Notas: O queijo que usei foi gran padano, mas pode ser usado qualquer outro queijo, mais ou menos forte, que dê para ralar.

Os legumes usados na receita são os mesmos usados para fazer a ratatuille, por isso pode ser feito com sobras da mesma, ou com sobras de quaisquer outros legumes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32

Para uma Brazuquinha com Carinho

por Moira, em 09.04.10

De há um tempo para cá, sempre que uma colega de trabalho faz anos eu faço um doce, para além de ser um presente carinhoso é uma forma deste blog ter de quando em vez umas coisas doces, senão já estaríamos a dieta há muito tempo.

Hoje a "nossa Brazuquinha", como lhe chamamos carinhosamente, faz anos, não vou dizer quantos, porque ela acha que já são muitos, mas em relação a mim ela é uma menininha.

Ela é a única Brasileira a trabalhar na nossa empresa e é responsável por eu gostar tanto dos salgadinhos da Tia Cleuza, do Bolo de Mandioca da Vilma, e de tantas outras coisas boas que de vez em quando ela trás para eu provar. E se ela nos mima de vez em quando com gostosuras brasileiras, hoje é a minha vez de a mimar com um bolo de aniversário. Muitos Parabéns !

Para comemorar escolhi um bolo muito antigo, de um livro também ele muito antigo emprestado por outra colega de trabalho, presumo que seja do início do século passado, talvez dos anos 40 e comemorativo dos 70 anos do Fermento em Pó Royal, uma marca que é por si só um ícone da culinária.

O que achei mais curioso nesta receita é que começamos por bater as claras e vamos adicionando a elas todos os restantes ingredientes, no final temos uma massa fofa.

Bolo de Abacaxi

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 300 g de açúcar (coloquei apenas 200 g)
  • 1/4 de chávena de água (coloquei 100 ml da calda do abacaxi)
  • 180 g de farinha de trigo
  • meia colher de chá de fermento em pó royal
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • Fatias de abacaxi para forrar o fundo da forma (usei enlatado)

Preparação:

Bater as claras em neve, adicionar-lhe as gemas e o açúcar lentamente, depois a calda do abacaxi, adicione a seguir a farinha e o fermento e por fim a essência de baunilha.

Unta-se muito bem uma forma, polvilha-se com açúcar mascavado e forra-se o fundo com rodelas de abacaxi, põe-se a massa por cima e vai ao forno, temperatura média até estar cozido.

Embora a receita original diga 50 minutos, os fornos hoje são bem mais sofisticados e no meu demorou 30 minutos a 180º e tive que pôr papel de alumínio por cima para não queimar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:09

Já Cheira a Primavera

por Moira, em 06.04.10

Os meus jantares do dia a dia, são simples, raramente têm sopa e muito menos entradas, no entanto o prato principal tem obrigatoriamente legumes ou saladas a acompanhar, no final há sempre fruta e as sobremesas doces estão reservadas apenas para jantares com amigos ou ocasiões especiais, tal como as entradas.

No entanto a receita que vos trago hoje, exerceu sobre mim um tal fascínio que tive de a fazer só para nós, transformando uma refeição normal da semana, numa refeição especial.

A Primavera chegou à minha mesa vinda do extraordinário Gastronomia e Cia, com esta receita que praticamente não deu trabalho nenhum a confeccionar, apesar das alterações que sofreu por falta de dois ou três dos ingredientes usados na receita original, adorei a mistura de sabores, espero que gostem tanto como eu.

Espargos de Navarra com Morangos e Abacate (para 2 pessoas)

Ingredientes:

  • 6 espargos brancos de conserva
  • 4 morangos
  • 1/2 abacate
  • 1 cebola nova pequena
  • 2 azeitonas cortadas (no original são usadas azeitonas pretas)
  • 1 pitada de pimenta moída no momento
  • 1 pitada de sal
  • umas lascas de queijo curado
  • azeite (no original leva azeite baunilhado)
  • vinagre de xerez

Preparação:

Lavar os morangos, secá-los e cortá-los em cubos.

Picar a cebola, adicioná-la aos morangos, temperar com sal e pimenta, azeite e vinagre, mexer bem e reservar.

Entretanto cortar as azeitonas. Secar os espargos com papel de cozinha e colocá-los no prato de servir, cortar o abacate em lâminas e colocá-las ao lado dos espargos.

Colocar os morangos temperados por cima dos espargos, as azeitonas e as lascas de queijo. Regar com um fio de azeite e servir.

 

Notas:Usei o queijo italiano Gran Padano, mas para a próxima usarei um manchego, decerto ficará melhor.

A receita original usa um sal de rosas, alecrim e laranja que ainda não tive oportunidade de fazer mas que está para breve.

Usei azeitonas recheadas com amêndoas, porque não tinha as azeitonas pretas usadas na receita original.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:28


WOOK - www.wook.pt



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D