Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vamos ao Cinema ?

por Moira, em 03.04.09

Sem Reservas, em inglês "No Reservations" é um filme divertido que também trata de cozinha, o enredo começa com um dos personagens a falar sobre codornizes, de que vos deixo uma pequena transcrição:

"Alguns Chefs chamam-lhe "Lovebirds". Um prato romântico para aquela ocasião especial. Bem confeccionadas, são tão macias como manteiga.

Podem ser assadas, recheadas, com arroz selvagem, ou cozidas...   ...ou pode-se grelhá-las, escaldá-las, fazer no churrasco e até fritá-las.

Mas não há maior pecado que cozinhar demais uma codorniz. Para ser perfeita, deve ter um toque rosado no peito.

Mas deve-se ter a codorniz certa. Tem de ser carnuda ou secará rapidamente.

Prefiro servi-las assadas. Dá-lhes um sabor mais encorpado e suculento. E guarnecidas com raviolis de trufas e cogumelos selvagens, são deliciosas.

Claro que, também podemos cozinhá-las em bexiga de porco embebidas numa mistura de Madeira e Conhaque..."

Esta descrição encantou-me e mais uma vez estou de volta às codornizes, não serão servidas com raviolis de trufas e cogumelos selvagens, que o tempo é de crise e eu nem saberia como tratar tão preciosos elementos.

Por isso optei por recheá-las com cogumelos vulgares e servi-las com arroz de açafrão, passas e pinhões.

Codornizes Recheadas com Cogumelos

Ingredientes:

  • 4 codornizes
  • 10 cogumelos frescos picados
  • 12 cebolinhas
  • 1 cálice de Carcavelos Doce (pode ser substituido por Porto ou Moscatel, mas se não tiver nenhum destes um simples vinho branco faz bem o efeito)
  • um fio de azeite
  • sal e pimenta

Preparação:

Limpar as codornizes e recheá-las com os cogumelos picados temperados com uma pitada de sal e pimenta.

Alourar as codornizes no azeite, adicionar as cebolinhas e deixar alourar também, temperar com sal e pimenta moída no momento, regar com o vinho e deixar estufar tapado, em lume brando, durante 10  minutos. Levar ao forno quente por uns 5 a 10 minutos só para tostar a pele.

 

Arroz de Açafrão com Passas e Pinhões

Ingredientes:

  • 1 chávena pequena de arroz (usei basmati)
  • 2 chávenas de água (a mesma chávena usada para medir o arroz)
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de pinhões
  • 1 colher de sopa de passas de uva
  • 1/2 colher de café de açafrão das índias em pó
  • 1/2 caldo knorr de galinha

Preparação:

Passar os pinhões e o arroz no azeite por uns minutinhos sem deixar dourar, adicionar as passas, o caldo knorr e a água (cuidado ao pôr a água para não se queimar com o vapor que se vai soltar). Deixar cozer até evaporar toda a água. Servir quente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10

Novo Desafio no Blog da Mary

por Moira, em 02.04.09

 

Depois do desafio sobre a Cor Laranja feita pela  Mary para o dia 1 de Abril, agora vamos ter o desafio Vermelho, o desafio é para quem quiser participar e as postagens devem ser publicadas no dia 15 de Abril e obrigatóriamente ter a cor Vermelha no título ou corpo do post e claro no ingrediente principal.

Sendo uma cor que dá pano para mangas, ponham a imaginação a trabalhar e dia 15 vamos ver se o número de participantes duplica. Se tiverem dúvidas é só perguntar à Mary.

Já estou a imaginar doces gulosos, e tantas outras iguarias que se podem fazer em vermelho, vamos pôr a blogosfera "in red".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:16

Variações sobre uma Cor - Dia Laranja

por Moira, em 01.04.09

Respondendo ao simpático desafio que a Mary fez no seu blog e em resposta ao Dia Laranja a minha escolha ficou por uma receita simples, porque o tempo era pouco.

Fiz um Pudim de Ovos com algumas variantes ao que costumo fazer e que já aqui apresentei antes, desta vez inclui laranja e rooibos, dois elementos cuja cor é laranja.

Rooibos

A foto acima foi gentilmente cedida por DrPritch, Toronto - Canadá

Para quem não está familiarizado com o Rooibos, aqui ficam algumas informações, Rooibos é uma palavra em Afrikaans que significa "red bush" ou "arbusto vermelho".

Originário da África do Sul, o seu  nome cientifico é Aspalathus linearis, na Europa é conhecido desde o séc. XVI, tendo sido estudado por botânicos de toda a Europa sendo a sua fama derivada aos poderes curativos que lhe são atribuídos.

É uma infusão muito agradável, de sabor adocicado mesmo sem adição de açúcar, tem propriedades antioxidantes, não contém cafeína e é muito utilizado na medicina popular. Mas atenção com os pacotes de chá Rooibos que por aí estão à venda, certifiquem-se na lista de ingredientes que é realmente Rooibos, pois a maioria contém mais de 50% de chá preto, e a restante percentagem é uma mistura de rooibos com hibisco e outros aromas, excepção feita para o da foto acima e ao do Lidl, facilmente identificável pois tem uma girafa no pacote.

Pudim de Ovos aromatizado com Rooibos e Caramelo de Laranja

Ingredientes:

Para o Pudim

  • 1 chávena de ovos
  • 1 chávena de açúcar
  • 1 chávena e meia de leite
  • raspa da casca de uma laranja grande ou duas pequenas
  • 1 saqueta de chá Rooibos

Para o caramelo

  • 1 chávena de açúcar
  • 1/2 chávena de sumo de laranja

Preparação:

Aquecer o leite sem o deixar ferver e pôr lá o pacote de chá em infusão, deixando-o até o leite arrefecer.

Fazer o caramelo, levando ao lume o açúcar com o sumo de laranja, até ter uma calda que se distribui por forminhas ou uma forma de pudim.

Misturar os ovos com o açúcar, sem bater muito para não fazer espuma, adicionar a raspa da laranja e o leite frio.

Pôr nas formas previamente caramelizadas, tapá-las com folha de alumínio e levar ao forno, em banho maria por cerca de 30 minutos.

Retirá-las do forno e deixar arrefecer completamente antes de desenformar.

 

Para próxima cor, a minha escolha pode ser, amarelo, verde ou vermelho. Venha o que vier cá nos arranjaremos, só tenho algumas dúvidas quanto ao azul, será que alguém se atreve? Gostava de ver...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:34


WOOK - www.wook.pt

Pág. 3/3



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D