Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Patê de Salmão Fumado com Requeijão

por Moira, em 09.11.08

Ontem lancei-me à aventura e fiz um Patê de Salmão Fumado, há tempos tinha provado um que não me tinha agradado plenamente por isso resolvi inventar.

Patê de Salmão Fumado com Requeijão - para 2 pessoas

Ingredientes:

  • 60 g de Salmão Fumado
  • 50 g de Requeijão
  • 1 colher de sopa de maionese
  • 1 colher de sobremesa de sumo de limão

Preparação:

Trituram-se todos os ingredientes e serve-se sobre pão tostado ou outro a gosto.

As bolinhas pretas não são caviar são Ovas de Lumpo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:11

Sardinhas Doces de Trancoso

por Moira, em 03.11.08

Há uns tempos atrás ouvi falar de um doce que desconhecia por completo - Sardinhas Doces de Trancoso, e o D. numa das suas viagens de trabalho deu um saltinho a Trancoso de propósito para procurar as ditas.

Na sua origem estão as freiras do convento de Santa Clara, a sua massa é estaladiça e o recheio é um doce de ovos com amêndoa.

Estas vieram da Casa de Prisca, onde poderão ler mais sobre a sua origem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Cozinha Medieval - Notas Finais

por Moira, em 02.11.08

Não fazia a mínima ideia que a cozinha medieval podia ser tão rica em condimentos, das festas medievais a que fui até hoje, apresentaram-me sempre uma sopa e umas carnes grelhadas. Descobri dezenas de receitas óptimas para o dia a dia, e que não estando obrigada a nenhum rigor histórico posso alterar como melhor me convir.

A casa ficou com um cheirinho a especiarias, que fazia lembrar um pouco os aromas de Natal na Alemanha.

Os doces e massas foram feitos por mim sem o recurso à batedeira por opção minha e saíram dentro do muito razoável. Hoje em dia há os mais diversos tipos de máquinas que batem, mexem, sovam, picam, pesam, cozem, assam e outra tanta parafernália de utensílios, que na minha opinião são óptimos para quem não sabe cozinhar, que me desculpem os adeptos da Bimby, mas eu gosto de pôr a mão na massa e sentir-lhe a textura. Texturas à parte, utilizar uma vara de arames para bater ovos e uma colher de pau para envolver a farinha serviu para exercitar muitos músculos do meu corpo que se encontravam adormecidos.

A nossa escolha

A escolha dos vinhos ficou a cargo do F., excepção feita a um vinho caseiro espanhol que me tinham oferecido há dois anos e que estava esquecido na despensa, e a um vinho francês que também tinha por cá esquecido. A escolha dele baseou-se única e simplesmente por um qualquer sinal que tivesse alguma ligação com o "medievo".

Mas não se assustem não os bebemos todos.

Pormenores do Comenda Grande e do Tapada de Coelheiros

O "Fleur de Grezette" infelizmente estava estragado, para grande pena minha pois já o tinha provado anos atrás sendo um vinho muito agradável da região de Cahors em França.

O "Tapada de Coelheiros" é o que é e não há nada a dizer, sendo que apesar de muito bom foi ultrapassado pelo "Farfalla" vinho de produção particular que um amigo trouxe de Espanha há já algum tempo. Deste vinho ninguém esperava nada, porque o pessoal não está habituado a vinhos caseiros, mas ao provar houve muito bons comentários.

Pormenores do Farfalla

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Cozinha Medieval - Ovos

por Moira, em 02.11.08

Quando a E. me falou em fazer estes ovos a minha primeira reacção foi dizer-lhe, deixa isso para outro dia, já temos tanto que fazer e isso deve dar imenso trabalho...

A resposta dela foi que tinha trazido ovos caseiros e que queria experimentar porque ia ser divertido.

Quando os vi, pensei... que coisa tão esquisita!  O aspecto não é nada representativo do sabor. Pessoalmente achei que não tinham nada bom aspecto, e confesso que de tudo o que estava na mesa foi a última coisa que resolvi experimentar. Posso dizer-vos agora que foi sem dúvida o prato que mais me agradou, a mim e creio que aos outros também.

O seu sabor é de uma simplicidade e ao mesmo tempo de um exotismo difícil de ultrapassar, por isso não se deixem levar pela imagem e experimentem.

 

Na receita original havia duas opções a E. fez a segunda.

Gehalbirte Ayer - Ovos Recheados
Ingredientes:
  • Ovos Cozidos
  • Salsa fresca picada
  • Sal e pimenta q.b.
  • uma mistura de gengibre, canela, noz-moscada e açúcar q.b.

Preparação:

Corte os ovos cozidos ao meio no sentido do comprimento. Retire as gemas e reserve as claras.
Numa tigela, esmague as gemas junte-lhes a salsa e os restantes condimentos, adicionando um pouco de ovo cru batido para humedecer as mistura.
Volte  a encher as cavidades das claras com esta mistura e frite numa frigideira com um pouco de azeite ou margarina, primeiro com a parte do recheio para cima, quando tiver alourado a parte de baixo, volte os ovos com cuidado para alourar a parte de cima.
 
Opção: Faça uma mistura de farinha, ovos ou leite, e passe os ovos por este polme antes de os fritar. (Nós não usámos esta opção)
Em vez da mistura de especiarias e salsa, pode misturar as gemas cozidas apenas com salsa e outros cheiros verdes, sendo que a salsa é sempre indispensável seja qual for a opção.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32


WOOK - www.wook.pt

Pág. 3/3



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D