Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Algo diferente...

por Moira, em 16.11.08

Ou se gosta ou se detesta!

Aqui em casa gosta-se. É um prato pouco usual, se os meus sobrinhos vissem isto, torciam logo o nariz, mas de facto eu gosto e o D. também, assim e apesar de diferente resolvi partilhá-lo, porque acredito que outras pessoas possam gostar.

Rabo de Boi Estufado com Batata Cozida

Ingredientes:

  • 1 rabo de boi cortado aos pedaços
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • 1 cenoura
  • 1 tomate maduro
  • 1 colher de sopa de calda de tomate
  • 1 pé de salsa picada
  • 1/2 copo de vinho tinto
  • 1 copo de água
  • 1 fio de azeite
  • sal q.b.

Preparação:

Coloque o azeite na panela de pressão e aloure a carne por todos os lados, retire a carne para um prato e deite para o tacho a cebola e o alho picado, a cenoura cortada às rodelas, volte a colocar a carne na panela, refresque com o vinho, pique o tomate e adicione juntamente com a salsa picada e o copo de água. Tape a panela de pressão e deixe cozer em lume brando por cerca de 25 minutos agitando a panela de vez em quando.

Sirva com batata cozida com a casca e bróculos cozidos.

 

Nota: Esta receita pode ser feita com qualquer outro tipo de carne de vaca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

Lombinho do Porco Assado

por Moira, em 12.11.08

Esta é uma receita daquelas que desde que fiz a primeira vez, fiquei apaixonada e volta e meia é repetente nas nossas refeições.

A inspiração é da Vaqueiro, a primeira vez que a vi publicada foi numa Revista Saberes e Sabores, e agora voltou a aparecer nas fichas de cozinha que a Saberes e Sabores está a publicar mensalmente junto com a Revista.

Esta é a minha versão, porque como sabem raramente levo uma receita á risca até ao fim.

O antes e o depois

Lombinho de Porco com Crosta de Broa, Azeitonas e Coentros

Ingredientes:

  • 1 lombinho de porco
  • sal e pimenta q.b.
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 cebola
  • 1 chávena de chá de miolo de broa esfarelado
  • coentros q.b.
  • 1 mão cheia de azeitonas
  • 1 fio de azeite
  • 1 copo de vinho branco
  • batatas pequenas q.b.

Preparação:

Temperar a carne com um pouco de sal, pimenta, uma folha de louro  e um dente de alho laminado, deixar assim uma ou duas horas.

Levar a carne ao forno, juntamente com umas batatinhas pequeninas e uma cebola cortada em gomos fininhos, regar com um fio e azeite e um copo de vinho branco, ir virando a carne e as batatas e regando com o molho até estar assado.

Entretanto esfarelar uma ou duas fatias de broa de milho e misturar com um pouco de coentros picados e um punhado de azeitonas também picadinhas.

Quando a carne estiver assada, pôr esta mistura de broa por cima e levar ao forno de novo só para tostar (eu reguei com um pouco de molho por cima).

Não é uma receita que fique com um aspecto extraordinário na apresentação, mas é sem dúvida muito saborosa.

Nota: Na receita original a carne vai a alourar no tacho com Vaqueiro de alho e depois põe-se uma cebola cortada em gomos fininhos, quando a cebola estiver loura, rega-se com o vinho branco e deixa-se cozinhar em lume brando. Só vai ao forno a gratinar a broa no final.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

S. Martinho

por Moira, em 11.11.08

Hoje foi o dia de S. Martinho, manda a tradição que se comam castanhas e que se prove o vinho novo.

Quando eu já pensava que não ia comer uma castanha de jeito apareceram-me com esta maravilha, ainda vinham com alguns ouriços, picavam que se fartavam, mas as castanhas apesar de pequenas eram simplesmente deliciosas.

Escusado será dizer que me borrifei para o jantar, que deixou de ser bife para ser, imaginem...

Castanhas Cozidas

Peguei numas quantas cortei um pouco a casca por cima, meti-as dentro de um tacho com uma pitada de sal, uma colher de chá de erva doce, um pau de canela, água e deixei cozer. Como a castanha é nova cozeu em pouco mais de dez minutos, talvez quinze, nem me dei conta.

 

Deliciei-me a comer as castanhas cozidas acompanhadas com um copinho de Jeropiga porque eu detesto água-pé (nome tradicional para o vinho novo, feito com as uvas da última vindima).

 

Nota: As castanhas depois de cozidas, se sobrarem podem transformar-se em puré que se pode usar como acompanhamento de carnes ou utilizar para rechear codornizes ou outro tipo de ave, não se preocupem mais dia, menos dia há-de aparecer por aqui qualquer coisa recheada com puré de castanha, porque eu simplesmente adoro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

Folhados de Salsicha com Mozzarella

por Moira, em 11.11.08

Aos fins de semana os jantares fazem-se de pequenas coisas, os clássicos transformam-se, com mais ou menos inspiração, em pequenas almofadinhas e as salsichas enrolam-se em farripas de mozzarella... o resto da história vocês já adivinharam, ou não?

folhados de salsicha

Folhados de Salsicha com Mozzarella

Ingredientes:

  • massa folhada fresca (de compra que eu sou um bocadinho preguiçosa)
  • salsichas (tipo Frankfurt, mas alemãs, que as outras são molengonas)
  • farripas de queijo mozzarella (do que se utiliza para as pizzas, mas pode ser outro a gosto)

Preparação:

Desenrola-se a massa folhada fresca (ou estende-se com o rolo da massa se for massa folhada congelada) corta-se em pequenos rectângulos, põe-se no meio um pouco de mozzarella, um pedaço de salsicha e dobra-se a massa de forma a fazer uma pequena almofada que se sela dos lados com a ajuda de um garfo.

Vai ao forno  tempo de cozer e dourar a massa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Desafio Literário - a minha escolha

por Moira, em 10.11.08

Quando a Leonor do Flagrante Delícia me desafiou eu pensei que ia ser uma coisa complicada, mas afinal o desafio consistia apenas na escolha de três livros.

Ora como este blog trata de Culinária a minha primeira escolha é assim como que a minha "Bíblia" da Cozinha, é um 2 em 1 chama-se "Culinarium" e são dois volumes de páginas e páginas de iguarias e belíssimas fotografias, é do Instituto Culinário Vaqueiro e quanto a mim um dos melhores livros de culinária que anda por aí embora fuja um bocado ao tradicional.

Depois um autor sul-americano, porque eu adoro a literatura sul americana, aqui a escolha foi muito difícil porque eu gosto de muitos, mas acabou por recair em Laura Esquível, escritora mexicana com o seu famoso "Como Água para Chocolate", esta escolha deve-se ao facto de também directa ou indirectamente estar ligado à cozinha, pela particularidade de cada capítulo deste livro começar com uma receita.

Por fim a poesia, porque para além da cozinha esta é outra das minhas grandes paixões.

Portugal é um país de poetas, mas lá fora pouco mais se conhece que Fernando Pessoa ou Camões, e eles são tantos e tão bons que também a escolha foi muito difícil, deixei-me levar pelo coração e escolhi Eugénio de Andrade, o poeta que viveu a poesia na sua plenitude, e como não consegui escolher um livro escolhi 3 em 1, "Poesia e Prosa" uma retrospectiva de toda a sua obra.

 

"CONSELHO

Sê paciente; espera

que a palavra amadureça

e se desprenda como um fruto

ao passar o vento que a mereça."

Do Livro "Os Amantes sem Dinheiro" Eugénio de Andrade

 

Agora passo este desafio a três outras pessoas para que escolham outros três livros, assim os nomeados são:

Só têm que escolher 3 livros, que estejam a ler ou já tenham lido e que tenham gostado, pode ser o livro da vossa vida, o livro da vossas infância ou apenas um livro entre tantos outros. mas se não quiserem responder ao desafio também não virá nenhum mal ao mundo por isso sintam-se à vontade para responder ou não.

Se mais alguém quiser responder estejam à vontade, que por aqui não há regras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30


WOOK - www.wook.pt



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D