Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Algo diferente...

por Moira, em 16.11.08

Ou se gosta ou se detesta!

Aqui em casa gosta-se. É um prato pouco usual, se os meus sobrinhos vissem isto, torciam logo o nariz, mas de facto eu gosto e o D. também, assim e apesar de diferente resolvi partilhá-lo, porque acredito que outras pessoas possam gostar.

Rabo de Boi Estufado com Batata Cozida

Ingredientes:

  • 1 rabo de boi cortado aos pedaços
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • 1 cenoura
  • 1 tomate maduro
  • 1 colher de sopa de calda de tomate
  • 1 pé de salsa picada
  • 1/2 copo de vinho tinto
  • 1 copo de água
  • 1 fio de azeite
  • sal q.b.

Preparação:

Coloque o azeite na panela de pressão e aloure a carne por todos os lados, retire a carne para um prato e deite para o tacho a cebola e o alho picado, a cenoura cortada às rodelas, volte a colocar a carne na panela, refresque com o vinho, pique o tomate e adicione juntamente com a salsa picada e o copo de água. Tape a panela de pressão e deixe cozer em lume brando por cerca de 25 minutos agitando a panela de vez em quando.

Sirva com batata cozida com a casca e bróculos cozidos.

 

Nota: Esta receita pode ser feita com qualquer outro tipo de carne de vaca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

Lombinho do Porco Assado

por Moira, em 12.11.08

Esta é uma receita daquelas que desde que fiz a primeira vez, fiquei apaixonada e volta e meia é repetente nas nossas refeições.

A inspiração é da Vaqueiro, a primeira vez que a vi publicada foi numa Revista Saberes e Sabores, e agora voltou a aparecer nas fichas de cozinha que a Saberes e Sabores está a publicar mensalmente junto com a Revista.

Esta é a minha versão, porque como sabem raramente levo uma receita á risca até ao fim.

O antes e o depois

Lombinho de Porco com Crosta de Broa, Azeitonas e Coentros

Ingredientes:

  • 1 lombinho de porco
  • sal e pimenta q.b.
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de louro
  • 1 cebola
  • 1 chávena de chá de miolo de broa esfarelado
  • coentros q.b.
  • 1 mão cheia de azeitonas
  • 1 fio de azeite
  • 1 copo de vinho branco
  • batatas pequenas q.b.

Preparação:

Temperar a carne com um pouco de sal, pimenta, uma folha de louro  e um dente de alho laminado, deixar assim uma ou duas horas.

Levar a carne ao forno, juntamente com umas batatinhas pequeninas e uma cebola cortada em gomos fininhos, regar com um fio e azeite e um copo de vinho branco, ir virando a carne e as batatas e regando com o molho até estar assado.

Entretanto esfarelar uma ou duas fatias de broa de milho e misturar com um pouco de coentros picados e um punhado de azeitonas também picadinhas.

Quando a carne estiver assada, pôr esta mistura de broa por cima e levar ao forno de novo só para tostar (eu reguei com um pouco de molho por cima).

Não é uma receita que fique com um aspecto extraordinário na apresentação, mas é sem dúvida muito saborosa.

Nota: Na receita original a carne vai a alourar no tacho com Vaqueiro de alho e depois põe-se uma cebola cortada em gomos fininhos, quando a cebola estiver loura, rega-se com o vinho branco e deixa-se cozinhar em lume brando. Só vai ao forno a gratinar a broa no final.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

S. Martinho

por Moira, em 11.11.08

Hoje foi o dia de S. Martinho, manda a tradição que se comam castanhas e que se prove o vinho novo.

Quando eu já pensava que não ia comer uma castanha de jeito apareceram-me com esta maravilha, ainda vinham com alguns ouriços, picavam que se fartavam, mas as castanhas apesar de pequenas eram simplesmente deliciosas.

Escusado será dizer que me borrifei para o jantar, que deixou de ser bife para ser, imaginem...

Castanhas Cozidas

Peguei numas quantas cortei um pouco a casca por cima, meti-as dentro de um tacho com uma pitada de sal, uma colher de chá de erva doce, um pau de canela, água e deixei cozer. Como a castanha é nova cozeu em pouco mais de dez minutos, talvez quinze, nem me dei conta.

 

Deliciei-me a comer as castanhas cozidas acompanhadas com um copinho de Jeropiga porque eu detesto água-pé (nome tradicional para o vinho novo, feito com as uvas da última vindima).

 

Nota: As castanhas depois de cozidas, se sobrarem podem transformar-se em puré que se pode usar como acompanhamento de carnes ou utilizar para rechear codornizes ou outro tipo de ave, não se preocupem mais dia, menos dia há-de aparecer por aqui qualquer coisa recheada com puré de castanha, porque eu simplesmente adoro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

Folhados de Salsicha com Mozzarella

por Moira, em 11.11.08

Aos fins de semana os jantares fazem-se de pequenas coisas, os clássicos transformam-se, com mais ou menos inspiração, em pequenas almofadinhas e as salsichas enrolam-se em farripas de mozzarella... o resto da história vocês já adivinharam, ou não?

folhados de salsicha

Folhados de Salsicha com Mozzarella

Ingredientes:

  • massa folhada fresca (de compra que eu sou um bocadinho preguiçosa)
  • salsichas (tipo Frankfurt, mas alemãs, que as outras são molengonas)
  • farripas de queijo mozzarella (do que se utiliza para as pizzas, mas pode ser outro a gosto)

Preparação:

Desenrola-se a massa folhada fresca (ou estende-se com o rolo da massa se for massa folhada congelada) corta-se em pequenos rectângulos, põe-se no meio um pouco de mozzarella, um pedaço de salsicha e dobra-se a massa de forma a fazer uma pequena almofada que se sela dos lados com a ajuda de um garfo.

Vai ao forno  tempo de cozer e dourar a massa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Desafio Literário - a minha escolha

por Moira, em 10.11.08

Quando a Leonor do Flagrante Delícia me desafiou eu pensei que ia ser uma coisa complicada, mas afinal o desafio consistia apenas na escolha de três livros.

Ora como este blog trata de Culinária a minha primeira escolha é assim como que a minha "Bíblia" da Cozinha, é um 2 em 1 chama-se "Culinarium" e são dois volumes de páginas e páginas de iguarias e belíssimas fotografias, é do Instituto Culinário Vaqueiro e quanto a mim um dos melhores livros de culinária que anda por aí embora fuja um bocado ao tradicional.

Depois um autor sul-americano, porque eu adoro a literatura sul americana, aqui a escolha foi muito difícil porque eu gosto de muitos, mas acabou por recair em Laura Esquível, escritora mexicana com o seu famoso "Como Água para Chocolate", esta escolha deve-se ao facto de também directa ou indirectamente estar ligado à cozinha, pela particularidade de cada capítulo deste livro começar com uma receita.

Por fim a poesia, porque para além da cozinha esta é outra das minhas grandes paixões.

Portugal é um país de poetas, mas lá fora pouco mais se conhece que Fernando Pessoa ou Camões, e eles são tantos e tão bons que também a escolha foi muito difícil, deixei-me levar pelo coração e escolhi Eugénio de Andrade, o poeta que viveu a poesia na sua plenitude, e como não consegui escolher um livro escolhi 3 em 1, "Poesia e Prosa" uma retrospectiva de toda a sua obra.

 

"CONSELHO

Sê paciente; espera

que a palavra amadureça

e se desprenda como um fruto

ao passar o vento que a mereça."

Do Livro "Os Amantes sem Dinheiro" Eugénio de Andrade

 

Agora passo este desafio a três outras pessoas para que escolham outros três livros, assim os nomeados são:

Só têm que escolher 3 livros, que estejam a ler ou já tenham lido e que tenham gostado, pode ser o livro da vossa vida, o livro da vossas infância ou apenas um livro entre tantos outros. mas se não quiserem responder ao desafio também não virá nenhum mal ao mundo por isso sintam-se à vontade para responder ou não.

Se mais alguém quiser responder estejam à vontade, que por aqui não há regras.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30


WOOK - www.wook.pt



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day, October 16, 2017 World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D