Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Arroz de Peixe com Gambas

por Moira, em 10.06.08

Quando eu era miúda não tinha qualquer hipotese de à hora da refeição dizer, não gosto. Talvez por isso hoje em dia como de tudo e a única coisa a que ainda torço o nariz são as Iscas, sejam elas do que forem - odeio fígados!

Hoje em dia, os miúdos não gostam de nada, ou de quase nada, ainda por cima vejo constantemente pais a mudarem alguns hábitos alimentares por causa das criancinhas. Não acho justo!

A minha sobrinha esteve cá em casa, e é daquelas miúdas que apesar de gostar de arroz de cabidela (nem eu sou apreciadora) torce o nariz à maioria das comidas. Outro dia dizia-me que não gosta de peixe, cebola, cenoura, alho, coentros, enfim uma quantidade infinita de alimentos que são necessários para dar sabor a um bom prato.

Hoje, resolvi fazer arroz de peixe com gambas para o nosso almoço, como a F. gosta de arroz de marisco, (embora consiga escolher todos os pedacinhos de cebola e alho para o lado do prato), achei que não havia problema.

Comecei por picar a cebola e o alho no "1,2,3", refoguei com um fio de azeite, entretanto descasquei um tomate, tirei-lhe as sementes e triturei-o também no "1,2,3" e juntei-o ao refogado. Adicionei uma folha de louro, 2 lombinhos de pescada, 2 lombinhos de maruca e deixei cozer em lume brando. Entretanto lavei uma chávena de Arroz Carolino, adicionei-o ao peixe, juntei 5 chávenas de água quente, meio caldo Knorr de marisco, um ramo de coentros por picar e umas 8 gambas, descongeladas e descascadas, deixando apenas a cabeça e o rabo. Quando o arroz estava cozido, retirei-lhe a folha de louro e o molho de coentros e levei-o de imediato para a mesa, não sem antes tirar uma foto.

Arros de Peixe com Camarão

A F. gostou, porque o peixe não tinha espinhas, e não teve que escolher nem a cebola, nem o alho, nem os coentros, porque não os viu e o prato ficou com o sabor do costume.

E porque o prato em que foi servido era da minha avô, é quase uma relíquia que eu insisto em usar de vez em quando, e ainda por cima é lindo, aqui fica já lavadinho depois do belo almoço:

Prato de Faiança

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33

Ossobuco

por Moira, em 07.06.08

O D. estava farto de me pedir para fazer Ossobuco e eu sempre a adiar, entretanto foi às compras trouxe o dito, no mesmo dia compramos o Courier Internacional, e quando eu pensava em ir à procura de uma receita para o confeccionar ao passar as páginas do Courrier encontro uma notícia sobre as origens e a forma de confeccionar o Ossobuco.

Feliz e contente por não ter que perder muito tempo com o assunto pus de imediato mãos à obra e fiquei espantada com o resultado.

O Ossobuco é uma tradição Lombarda, embora não se conheça a sua origem exacta, no entanto já tem denominação de origem, passo a citar o Courrier "No final de 2007, a comuna de Milão atribuiu ao ossobuco a denominação comunal de origem."

Como os italianos têm uma gastronomia que eu adoro, achei melhor não me pôr a inventar e segui a receita do Courrier à risca.

 

Passa-se a carne por farinha e frita-se num pouco de margarina em lume forte, até ficar com uma corzinha de um lado e de outro, rega-se com vinho branco seco, tempera-se com sal, pimenta moída no momento e umas raspinhas de noz moscada e deixa-se cozinhar em lume brando, sempre que necessário acrescenta-se um pouco de caldo de carne.

Quando a carne estiver tenra, adiciona-se raspa de limão, uma colher de sopa de salsa picada e um dente de alho bem picadinho (a isto os italianos chamam "gremolata") , deixa-se fervilhar mais um bocadinho antes de servir.

 

O cuscus, segundo o Courrier, é um dos muitos acompanhamentos que ficam bem com o ossobuco, eu servi com um puré de batata que tinha sobrado do almoço e a coisa funcionou bem, no entanto uns grelos salteados também seriam um bom acompanhamento.

 

A foto hoje não saiu muito bem, mas dá para ver o aspecto. Gostamos tanto que vamos repetir brevemente.

Ossubuco

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:05

Salada de Frango com Fruta

por Moira, em 06.06.08

Há pratos que não nos saiem da cabeça, como esta salada, apesar de exótica e até um pouco estranha ela é simplesmente deliciosa, não sei onde a li, como tal não é da minha autoria, mas vale a pena experimentar.

 

Salada de Frango com Fruta

 

Ingredientes:

Para a salada:

  • Frango assado desfiado
  • 2 Tomates
  • 1 Maçã verde
  • 2 Kiwis
  • 2 Cenouras raladas
  • 2 ou 3 nozes picadas
  • 2 colheres de sopa de queijo ralado (pode ser emental, mozarela ou outro a gosto)

Para o molho:

  • iogurte natural e maionese em partes iguais
  • 1 colherzinha de ketchup

Preparação:

Corte o tomate e a maçã aos cubos, rale a cenoura, misture com o frango desfiado, regue com o molho e envolva.

Decore com o kiwi cortado às rodelas, as nozes e o queijo ralado.

Bom para os dias de calor que se avizinham.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

Sardinha Ex-Libris das Festas de Lisboa

por Moira, em 05.06.08

Ao falar das Festas de Lisboa é quase inevitável falar de Sardinhas, elas são uma espécie de ex-libris das festas. Recebi hoje o programa e adorei o aspecto gráfico, no Ano Europeu do Diálogo Intercultural as sardinhas vestiram culturas diferentes e por isso não resisto a mostrá-las aqui.

sardinha matrioska

sardinha Gaudí

sardinha africana

sardinha portuguesa

sardinha indiana

sardinha asiática

 

O Programa das Festas está aqui.

Todas as imagens, que tomei a liberdade de reproduzir, foram digitalizadas do Programa das Festas de Lisboa 2008.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:37

Codornizes Fritas

por Moira, em 02.06.08

Mais um fim de semana, mais um petisco, aqui fica a receita para o Manel e para a Leonor. que juntamente com o restante "clã" são os que fazem quase todas as minhas receitas.

Este prato foi-me ensinado pela mãe do Zé, amigo do coração, há muitos anos atrás, e eu que até não gostava de comer estes bichinhos passei a incluí-los nos meus preferidos.

Codornizes Fritas

Codornizes Fritas

Temperam-se 2 ou 3 codornizes, abertas e cortadas ao meio no sentido do comprimento, com 2 a 3 dentes de alho picados, 1 folha de louro, sal, pimenta e colorau, regam-se com 1 copo de vinho branco e deixam-se marinar pelo menos 1 hora. Passado esse tempo, escorrem-se e reserva-se a marinada. Fritam-se duas colheres de sopa de azeite, até estarem louras de ambos os lados, regam-se com a marinada, tapa-se o tacho e deixa-se cozinhar em lume brando até estarem cozidas. Servem-se simples ou sobre uma fatia de pão tostado com a respectiva molhanga por cima.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27


WOOK - www.wook.pt

Pág. 3/3



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D