Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



para alguém muito especial

por Moira, em 02.05.12

Recentemente, por intermédio da Pipoka, conheci a Fátima Moura, autora do livro "Portugal - O Melhor Peixe do Mundo" na altura tivemos uma breve conversa de café em que se falou de comida, de livros e de cozinha em geral.

Em comum temos uma enorme admiração pela Dª Maria de Lourdes Modesto, de quem a Fátima é amiga de longa data e assim surgiu a ideia de um almoço, que se concretizou no passado fim de semana.

As convidadas levaram entradas e sobremesas e a Fátima ofereceu-nos um magnífico almoço de enchidos tradicionais portugueses.

Sabendo quem seria a ilustre convidada, a minha maior dificuldade foi a escolha da sobremesa, foi difícil não sentir o peso da responsabilidade. Depois de ter pedido sugestões no Facebook fui também folhear o meu caderninho de receitas e foi logo no início que encontrei esta tarte de feijão, receita da minha amiga Bela, colega de escola com quem partilhei venturas e desventuras de adolescente.

Obrigada Fátima por nos teres proporcionado este encontro e um agradecimento especial ao Mário Cerdeira por ter captado alguns dos melhores momentos.

Tarte de Feijão

Ingredientes:

Para a massa

  • 150 g de farinha
  • 75 g de manteiga
  • 2 a 3 colheres de sopa de vinho moscatel

Para o recheio

  • 250 g de açúcar
  • 125 g de puré de feijão branco
  • 3 ovos + 3 gemas
  • 50 g de manteiga
  • 1 colher de sopa de açúcar em pó para polvilhar depois de cozido

Preparação:

da massa

Cortar a manteiga fria aos cubinhos e misturar com a farinha até ter uma mistura areada. Juntar o vinho moscatel, 1 colher de cada vez (pode não ser necessário todo) até conseguir formar uma bola com a massa. Deixe repousar durante meia hora.

do recheio

Bater o puré de feijão com o açúcar, juntar os ovos e as gemas e continuar a bater até obter uma mistura fofa, por fim adicionar a manteiga derretida mas fria, envolvendo com cuidado para não baixar a mistura.

 

Estender a massa e forrar uma forma de tarte, picar o fundo da massa com um garfo para a massa não enfolar ao cozer.

Verter a mistuta de feijão sobre a massa e levar ao forno a 180º durante 10 minutos, depois baixar para os 150º e deixar cozinhar mais 20 a 30 minutos. Está cozida quando ao espetar um palito no centro da tarte, ele sair seco. Se necessário colocar uma folha de alumínio por cima, para não queimar.

 

Antes de servir polvilhar com uma colher de sopa de açúcar em pó.

 

Notas: Para que a textura da tarte fique perfeita, costumo retirar a pele aos feijões antes de os transformar em puré e descarto a película exterior da gema do ovo. Para este último procedimento a melhor maneira de o fazer é colocar as gemas sobre um passador do leite e furá-las de lado com a ponta de uma faca deixando-as a escorrer para outro recipiente, vai ver que no final fica uma película que parece uma nata.

 

Para quem estiver interessado a entrada que levei foi esta muito bem captada pelo Mário aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:41


WOOK - www.wook.pt


26 comentários

De Ameixinha a 31.05.2012 às 23:25

As novidades que eu perdi pah :) Sempre tiveste um círculo de amigas invejável ha ha Essa tarte deve ser um espectáculo com o toque do moscatel na massa.

De Gina a 10.05.2012 às 15:14

Moira,
Costumo comer doces de feijão sem nenhuma restrição. Já fiz bombom recheado com doce de feijão e aprecio o manju (bolinho japonês).
Saudade de deixar meus recadinhos por aqui. É a vida...
Bjs!

De joão - flavors and senses a 09.05.2012 às 16:02

Moira, que inveja me provocou...

De Isabel a 06.05.2012 às 21:32

Uma receita invulgar e que, ao julgar pelas fotos, deve ter resultado na perfeição.
Está com óptimo aspecto ! :-)
Tenho no entanto que lhe gabar a paciência pelo trabalho "de bastidores" porque tirar a pele ao feijão e a película da gema de ovo, nunca me ocorreria fazer. :-)
Está de parabéns por este magnifico espaço que detém.
Beijinho

www.blogdochocolate.com

De Maria a 05.05.2012 às 17:47

Moira, a tarte está espantosa, a foto também. Achei genial a ideia de retirar a pele dos feijões. Um trabalho de paciência mas que resulta, com certeza e como afirmas, num resultado perfeito.
Não me canso de te dar os parabéns pelos teus fantásticos trabalhos. Tenho a certeza que recebeste largos elogios até de uma Senhora da cozinha como é da D. Maria de Lourdes.
Beijinhos
Maria

De Cacahuete a 04.05.2012 às 17:17

Que grande honra que deve de ter sido Manuela. Eu ate tinha ficado em pulgas e de certeza que na noite antes nem sequer dormia. Pior ainda e cozinhar alguma coisa para convidadas tao ilustres...Mas aposto que foi maravilhoso e que as conversas foram deliciosas e que ficaram com gostinho por mais. Espero um dia tambem vir a conhecer ilustres figuras da nossa gastronomia tao boa e maravilhosa e tao mal julgada pelos europeus (segredo: especialmente os ingleses e espanhois).

Beijinhos

De Mónica Silva a 03.05.2012 às 15:24

Moira que grande responsabilidade essa, uma sobremesa para um almoço com alguém que percebe mesmo muito de culinária e imagino a tua indecisão :) mas que tem um aspecto fantástico, lá isso tem :)

Beijinho

De anasbageri a 03.05.2012 às 14:28

Moira,
Eu nem sei se seria capaz de cozinhar!
Até no mundo imaginário do Convidei para Jantar, não tive coragem de convidar a Dona Maria de Lurdes Modesto nem o Chefe Silva!
Gostei imenso da tarte, no Natal fazemos uns bolinhos fritos com grão, mas esta tarte parece-me ainda melhor, e já imagino aqui a minha família viking a abrir os olhos à sobremesa com feijão =D

um abraço e até breve

De Nay a 02.05.2012 às 19:51

Ficou perfeita e aposto de deliciosa :)

De Moira a 03.05.2012 às 09:59

Obrigada Nay!

De Susana Gomes (Gasparzinha) a 02.05.2012 às 18:28

Na presença da Maria de Lourdes Modesto, há lá coisa que não saiba bem? Imagino que a dificuldade tenha sido mesmo a escolha, mas os momentos especiais são ainda mais saborosos quando se partilham coisas boas como esta tarte.
:)
Bjs

De Moira a 03.05.2012 às 09:58

Amiga,
A responsabilidade da escolha é porque a senhora sabe mais de cozinha que 10 chefs juntos ;)
Felizmente a tarte foi do agrado de todos e a tarde foi fantástica, cheia de histórias e ensinamentos.
Beijocas

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D