Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Tradições Transmontanas

por Moira, em 28.04.11

Há coisas que são muito difíceis de pôr por palavras, podemos descrever todas as coisas o mais minuciosamente possível que ainda assim nunca conseguiremos descrever uma cor ou um sabor.

É por isso que por muito que escreva nunca terei adjectivos suficientes para vos descrever a cor, o aroma ou a textura do tradicional folar transmontano, que se faz e se oferece apenas pela Páscoa.

O meu conceito de folar caiu por terra quando pela primeira vez provei um folar transmontano, até aí os folares das minhas memórias eram doces e as bolas eram salgadas, mas ao chegarmos a terras transmontanas tudo muda, mudam os cheiros, muda a paisagem, mudam os sabores e mudam os conceitos, aqui a bola é doce, feita em finas camadas intercaladas por açúcar e canela, e o folar tem carnes, é um folar simples que leva apenas presunto, chouriço e salpicão, embora haja quem o aprecie também com um pouco de gordura do toucinho.

Para começar fatiam-se as carnes, depois faz-se a massa, que se a memória não me falha não faz a primeira levedação, preparam-se os tabuleiros, coloca-se uma parte da massa, depois colocam-se as carnes que se tapam com mais uma camada de massa, enquanto a massa leveda, temos que aquecer o forno, lá para dentro vão uns bons molhos de vides e alguns pequenos ramos, depois pega-se fogo e deixa-se arder até estarem reduzidos a brasas, nessa altura retiram-se as brasas, varre-se o forno e está pronto a usar. Parece simples? É é simples, mas para quem não está habituado é uma aventura. Eu sonho com o dia em que terei o meu pequeno forno, por isso estou atenta a todas as explicações, todos os pequenos pormenores fazem parte do processo de aprendizagem que é a vida.

Folar de Carnes Transmontano

Ingredientes:

Para a massa

  • 6 ovos
  • 500 g de farinha (+/-)
  • 125 g de margarina derretida (mas morna)
  • 125 ml de azeite
  • 1/4 de chávena de leite morno (+/- 100 ml)
  • 50 g de fermento de padeiro

Para o recheio

  • chouriço fatiado
  • presunto fatiado
  • salpicão fatiado

Preparação:

Dissolver o fermento no leite morno com um pouco de farinha, misturam-se os restantes ingredientes da massa e reserva-se.

Entretanto untam-se muito bem vários tabuleiros que se polvilham com farinha, dentro de cada tabuleiro coloca-se um pouco de massa, com a mão que se espalha pelo fundo do tabuleiro, cobre-se com uma camada de carnes fatiadas e tapa-se com mais uma camada de massa. Os tabuleiros não devem ficar cheios até cima porque a massa ainda vai dobrar de volume. Deixam-se a dormir (repousar para levedar) durante cerca de 45 minutos,  vão depois ao forno quente até cozerem e se apresentarem dourados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31


WOOK - www.wook.pt


38 comentários

De Bombom a 15.04.2015 às 15:47

Obrigada pela tua receita de Folar Transmontano, o tal que a minha avó Cristina fazia e que tantas saudades me traz.
Lembro-me bem dela, já muito velhinha, a amassá-lo mas não me recordo do processo de levedagem. De qualquer modo, recordo a textura que era muito diferente da do pão.
Vou levá-la comigo. Obrigada e Bem Hajas.
Bjs. Bombom

De Moira a 16.04.2015 às 14:42

Este é um bocadinho diferente dos habituais. A massa é um bocado líquida como podes ver pelas fotos. Depois de batida é colocada nas formas e só depois é que leveda antes de ir ao forno.
Bjs

De Bombom a 25.04.2015 às 17:02

Olá Moira (sulista como eu, he,he)
A textura final do Folar que a minha avó fazia é igual à do teu Folar, com os mesmos "buraquinhos". Já a da massa não me recordo, lembro-me de a ver amassar num alguidar, mas não tomei nota do aspecto da massa.
Levo a receita porque tenho de prová-la. Lembro-me que a receita dela levava banha, por isso vou dosear para 65 de manteiga e 60 de banha.
Quando fizer digo-te o resultado. Muito obrigada pela tua atenção.
Beijinhos da Bombom

De Mayte a 05.05.2011 às 20:35

Moira, preciosa, nunca e tarde si la dicha es buena y festejar con esta delicia las tradiciones más :D

He estado liadisima estos días, sesiones de fotografia :( y unos artículos con fecha ya caduca de entrada jo...me he perdido muchas delicias, espero poner remedio y seguir delitandome con tantas cositas ricas que siempre compartes.

Un besiño grande, disfruta del casi fin de semana!!

De Moira a 05.05.2011 às 21:40

Hola Mayte,
Serás siempre bienvenida :)
Sesiones de fotografía? Tenemos noticias frescas?
Besiños

De Marmita a 04.05.2011 às 13:02

Tb adoro este tipo de folar.. adoro tudo o que é transmontado pra ser honesta.. é destas pequenas maravilhas que eu adoro nas raizes dos meus pais! Gosto muito de viver perto de Lisboa.. mas nunca me considerei uma menina da cidade...

Boa receita.. beijo meu

De Moira a 05.05.2011 às 21:04

Eu não desgosto de viver em Lisboa, mas sou sincera, se pudesse ia viver para Trás-os-Montes, que tem tradições riquíssimas como em tantas outras regiões do país.
Beijinho

De alcina a 03.05.2011 às 23:06

Por acaso não sou apreciadora desse folar transmontano, tenho um amigo de lá que na páscoa traz sempre e não sou fã, ainda que goste de tudo que leva, para mim folar é docinho :-) não aprecio esses que levam azeite, lá para os meus lados é tipico um bolo de azeite e eu também não gosto :-)
Mas ficou bonito bem amarelinho :-)

De Moira a 03.05.2011 às 23:35

Olá Alcina,
Não se pode agradar a todos :)
Eu gosto muito deste folar, de pão de azeite e de bolos de azeite, mas também gosto de folares doces com erva doce e canela ;)
A cor amarelinha é dos ovos caseiros.

De Susana Antunes a 03.05.2011 às 19:52

Obrigado por partilhares estes pequenos tesouros...
É sempre uma surpresa visitar este cantinho...
Estamos sempre a aprender...
E isso é mesmo muito bom.... ;)
Beijinhos e boa semana...

De Moira a 03.05.2011 às 19:54

Obrigada Susana!
Temos tantos tesouros em Portugal e muitos há que não são partilhados, é uma pena, porque todos nós e as gerações futuras têm a ganhar com a partilha das nossas tradições.
Beijinhos e boa semana para ti também.

De Victoria a 03.05.2011 às 01:03

Adoro estas receitas, já fiz bola de carne mas nunca experimentei o folar transmontano. Vou experimentar tem que ficar óptimo !!! Beijinhos.

De Moira a 03.05.2011 às 17:39

Victoria,
O folar transmontano é o equivalente a uma bola de carnes, apenas a massa tem uma textura diferente. Depois diz o que achaste. Beijinhos

De Ameixinha a 02.05.2011 às 19:03

Já provei o folar salgado de Chaves que é bem bom e, este que apresentas, ficou fantástico. Massa amarelinha (benditos galináceos) e bem aberta. Que beleza, que vontade!

De Moira a 03.05.2011 às 17:37

Os ovinhos caseiros fazem destes milagres :)
O folar de Chaves nunca provei, mas deve ser bom como quase tudo na região.

De Juanjo a 02.05.2011 às 16:27

Increíble Moira,
Que bonitas fotos y que receta tan maravillosa, tiene que ser estupendo probar algo así.
Saludos
Juanjo

De Moira a 03.05.2011 às 19:43

Probarlo es bueno, pero hacerlo en tan buena compañía y en horno de leña es aún mejor :)
Saludos

De joão - flavors and senses a 02.05.2011 às 00:56

Olá,
tenho comido algum folar nestes últimos dias.. directa dos fornos da avó cá para casa.. um chá e um pedaço de folar..

De Moira a 03.05.2011 às 17:35

Que sortudo!

De teresa dias a 01.05.2011 às 23:52

Olá Moira,
Como boa transmontana fiquei encantada com o teu folar. Não conhecia. Deve ser delicioso!
Conheces a bola de carnes transmontana?
O teu cantinho continua encantantório.
Bjs.

De Moira a 03.05.2011 às 17:35

Como é que uma transmontana não conhece este folar?
Na região de Miranda não existe Bola de Carnes, o que se faz é este folar de carnes e a bola doce que publiquei no post anterior.
Bjs

Comentar post


Pág. 1/2



Fotos no Flickr




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Tradutor



Também estamos aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram

Instagram


Pinterest

Pinterest


Networked Blogs


Eventos na Blogosfera

World Bread Day

World Bread Day 2016 (October 16) World Bread Day 2015 (October 16)


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D